AARAYA, O MENSAGEIRO SIRIANO – “BREVE MENSAGEM”

Compartilhe esse artigo
Amadas Almas, Saudações!


Para um determinado segmento religioso terrano, e segundo seu calendário linear, comemora-se então o “aniversário” do Cristo. E muitos, em suas meditações íntimas se perguntam se haveria algo de errado em todo esse processo, considerando a leitura expandida de suas ocorrências sob a ótica de sua Família extra-dimensional. E a resposta é: “Não. Nada demais.” [sorriso]


Obviamente que rechaçamos toda e qualquer forma de excesso, mas não existe um elemento que torne o evento em si algo afrontoso, sob qualquer aspecto. Se o objetivo é celebrar o Amor, dentro dessa perspectiva tudo está de acordo.


Vamos evitar nesse Agora ingressar no mérito de seu cardápio, propriamente dito. Também estamos a par de sua divergência de entendimentos sobre o que se pode e o que não se pode servir numa ceia, por exemplo.


Apenas recordemos que seus antepassados, mesmo àqueles dos tempos de Sananda sobre a Terra, serviam-se de alimentos que hoje muitos de vocês viriam com desaprovação. [sorriso]Todavia, é pertinente que nos recordemos que cada qual serve-se em seu prato daquilo que desejar; não é o melhor momento para polemizar.


Quanto ao “aniversariante” de generosa parcela de vocês, se pudesse lhes fazer um único pedido, seria esse:


“AMEM-SE INCONDICIONALMENTE!’


Ainda verifica-se muita polaridade alimentada por Buscadores invigilantes e em nada isso combina com o momento de celebrações, entendam. Quem ingressa nessa postura, lamentavelmente externa a própria limitação do sentido de coexistir harmoniosamente e, frequentemente, por meras questões egoicas, quando próprio Sananda se furtava dessas práticas, entre os seus contemporâneos. Ele tratava sim de Amor, e isso era o suficiente para que cada qual realizasse sua própria reforma íntima.


Família, estar em Amor é estar em Cristo. Nada pode ser mais relevante do que isso, porque é a base de absolutamente tudo o que de mais elevado e expandido pode-se uma criatura experienciar em seu despertar consciencial sobre a face de Gaia e além dela.


O Universo reverbera suas emanações e as propaga num fluxo quântico ainda incompreensível para a atual configuração do Homem em processo de vivificar o Novo Homem, mas a marcha é rítmica e progressiva porque o sentido, a direção, o foco foi estabelecido pelo humano engajado. E assim é! [sorriso]


A gentil centelha siriana do Menino Jesus habita em vocês, em cada um de vocês, aqui e em demais planos paralelos com similar alegria por serem quem são, e por ainda assim buscarem suas melhores versões. Celebremos sempre!


Selamat Jalwa! (Esteja na alegria eterna!)


Amorosamente,

•AarayA de Sírius


Canal: Dinnho Beduzupo

Fonte: https://www.facebook.com/AarayaDeSirius
Veja mais mensagens como esta clicando aqui
Compartilhe esse artigo

About Author