Jesus – “Verdadeiramente, mesmo nestes tempos perturbadores, há uma enorme razão para a esperança e a alegria”

Compartilhe esse artigo
Atualmente, a população da Terra está enfrentando muita ansiedade, uma vez que suas governanças estão impondo bloqueios em muitos países, limitando severamente a soberania e a liberdade das pessoas. 


Oficialmente o motivo desse bloqueio é relatado como sendo para a proteção da humanidade, uma medida de precaução essencial para impedir ou limitar enormemente a propagação do coronavírus, reduzindo enormemente o número de pessoas que possam ficar doentes e reduzindo muito o número de pessoas infectadas e o número possíveis óbitos por esse contágio. 


Geralmente as pessoas aceitam a sabedoria dessas medidas, no entanto, naturalmente, estão preocupadas com a intenção de longo prazo daqueles que impuseram esses regulamentos restritivos e com o modo de como podem ser usadas para continuarem limitando a liberdade pessoal, depois que a pandemia atingir o pico e iniciar sua dissipação de uma forma ampla.


Na medida em que outras questões avançam para a vanguarda da grande mídia, substituindo a epidemia de COVID-19, uma pressão crescente será exercida sobre inúmeras autoridades governamentais em todo o mundo para facilitar e remover as restrições à liberdade de movimento das pessoas, que alegavam serem temporárias quando foram introduzidas. 


As pessoas começarão a reivindicar sua soberania individual enquanto se tornar evidente que há muito tempo existe uma tremenda corrupção nas governanças – sejam elas supostamente democráticas ou poderosamente autoritárias – em todo o mundo que não podem mais ser ocultadas  da visão pública. 


A pandemia levou as pessoas a questionar de maneira mais livre e profunda a motivação dos que têm autoridade e, dando-lhes tempo e oportunidade para fazê-lo.


Este é um momento em que a população humana cresce muito rapidamente, conscientizando-se, não apenas, da interdependência de todos os seus membros individuais, bem como, também, de sua total dependência do planeta Terra, que é um vasto sistema interconectado e interdependente em que os o bem-estar de cada parte é essencial para o bem-estar de todas as outras. 

Nos últimos trezentos anos, o enorme dano causado ao seu lar planetário, em parte, devido à ignorância ou recusa em aprender sobre essa interdependência e em parte devido à insana crença de que teriam o direito inalienável de usarem o planeta como um produto de consumo que poderia e seria descartado quando não estivesse mais em uso, não pode mais continuar e, muito menos ser ignorado. 


O conhecimento do vasto dano que coletivamente infligiram à sua bela casa, finalmente, está surgindo na consciência da humanidade, com muitos grupos se formando em todo o mundo com a intenção de pôr fim a essa maciça profanação e começar o grande trabalho de reparar alguns desses danos. 


Há muito que não pode ser reparado, no entanto, com as enormes mudanças de atitudes e comportamentos que estão acontecendo, agora, novas ideias e empreendimentos criativos permitirão a substituição de alguns desses sistemas irreparavelmente danificados por novas alternativas ecologicamente corretas que beneficiarão Gaia e todas as demais formas de vida que ela tão amorosamente apoia.


Verdadeiramente a humanidade entrou num momento de enorme possibilidade criativa, um momento em que, ao deixar de lado os impulsos egoístas cheios de medo e, pela queda de máscaras que tantos usavam – pelo medo de serem vistas como as pessoas inadequadas que eles de maneira totalmente irrealista, acreditam aque são – e, em vez disso, se permitirem ser eles mesmas, os seres bonitos que realmente são. 


Então as mudanças que são essenciais para a sobrevivência humana no Planeta Terra poderão ser realizadas e efetivadas. Este agora é um momento de potencial essencial, um potencial que precisa ser visto, reconhecido e desenvolvido – AGORA!


No entanto, o coletivo humano tomou muito recentemente a decisão e uma decisão irreversíveis de avançar, de dar um grande salto em sua evolução espiritual, para que um estado de “Céu na Terra” possa ser estabelecido. 


Será um estado em que todos são abundantemente, todavia não desperdiçados, a todo o momento e em que empreendimentos criativos ilimitados e intermináveis podem e serão empreendidos para o deleite e a alegria de todos e, portanto, é claro, deleitando a Mãe/Pai/Deus, como ela cuida com tanto carinho de todos os seus filhos amados.


Atualmente, há muita confusão e medo, já que a mídia faz o máximo para concentrar sua atenção nos aspectos negativos do coronavírus e parece haver muitos, mas, estando geralmente isolados, como a maioria de vocês. 


Agora, têm muitas oportunidades de entrar e se conectarem com suas equipes de apoio espiritual ou com quem normalmente escolhem chamar ou orar nos reinos não físicos. Fazer isso e, ao mesmo tempo, escolher abrir seus corações, permite que a orientação intuitiva do tipo mais benéfico flua com o fluxo de Amor/Vida que é o que são e que os elevará e o inspirarão, na medida em que se tornam cada vez mais despertos e cientes de que exatamente são e onde devem estar neste momento do agora. 


Essa realização dissolverá suas dúvidas e ansiedades, trazendo grande conforto ao saberem que suas presenças em forma, neste momento de potencial inestimável para a humanidade, não é apenas essencial, mas também incrivelmente eficaz, mesmo que não estejam obtendo o tipo de positivo feedback que é frequentemente recebido quando se lida com outras pessoas que, como vocês, estão atualmente vivendo a vida como seres humanos na forma.


Verdadeiramente, mesmo nestes tempos perturbadores, há uma enorme razão para a esperança e a alegria, porque nunca estão sozinhos e sempre pode escolher sintonizar e experimentar o calor e a alegria do Amor, do Uno, da Mãe/Pai/Deus em cujo abraço amoroso estão, eterna e seguramente envolvidos.


Seu amoroso Irmão – Jesus.

Canal: John Smallman
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais mensagens do Jesus Aqui
Compartilhe esse artigo

About Author