LETRA E


ELIAR-FLOURS, O ARTISTA = é uma expressão / roupagem de expressão primária nesse universo local (Nebadon) em Sírius A. Tendo sua essência primária vinda do Universo Magnético chamado de Quadril 5. O Magnetismo puro que existe ali não deixa a energia densificar-se. A missão principal de Quadril 5 é emitir magnetismo a outros Universos e regular o cinturão magnético que tem em todas as galáxias. Quadril 5 é o Universo mais velho. (Mensagem de Kryon sobre a sua origem no Universo Magnético Quadril 5: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2015/07/a-origem-de-kryon.html)

Eliar também é um dos seres responsáveis por ancorar e sustentar o Magnetismo na Ilha Magnética (Vide mais sobre as Ilhas e suas Expressões aqui: http://www.sementesdasestrelas.com.br/search/label/NOVAS%20ILHAS), a Força que ajuda na dissipação da Ideia Materialista extrema e reconecta o SER ao ESPÍRITO, inspirando-o ao AMOR SEM LIMITAÇÕES e dando-lhe, novamente, a verdade de que TUDO NA CRIAÇÃO É ENERGIA E É ETERNO. Vários seres magnéticos estão encarnando nessa Ilha e/ou vindo de outras Ilhas e estão sendo inspirados de acordo com seus planos de alma. 

Essa Ilha tem algo interessante: Devido ao Forte Magnetismo, ela ajuda, rapidamente, na Criação de Momentos Sublimados, não materiais. Ajuda as almas a terem as experiências mais sublimadas que seus corpos carbônicos em transformação possam sustentar. Os habitantes dessa Ilha são chamados a manterem sempre a Amorosidade e a transformarem qualquer energia materialista extrema em suavidade e equilíbrio. O equilíbrio entre a matéria e o ESPÍRITO é necessário para que consigam ter experiências mais elevadoras. O Magnetismo da Ilha, como é muito intenso, ajuda nesse processo, já que é uma Ilha sutil e, praticamente, não deixa a energia da matéria “dominar”, dando sempre um ar de Espiritualidade Viva - o que, naturalmente, equilibra com a matéria sutil existente. A mente humana está programada para a materialidade, mas aqueles que entram na Ilha são fortemente atraídos para algo além da matéria, por mais “materialistas” que possam ser. O Magnetismo presente é poderosamente atrator. Atrator para o ESPÍRITO.

Eliar também é um Guardião direto da “Junção Magnética” ou “JM”, citada pelo P1 (Vide: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2017/09/juncao-magnetica.html). 

É um ser Criador, um Criador de Sistemas Estelares, Um Paisagista Estelar, Um Harmonizador Estelar. É um Mestre Arquiteto e Engenheiro Celeste e muito mais. É uma energia multicolorida que “engole” tudo que não é positivo, transformando em sua própria essência aquela densidade no mais belo paraíso brilhante e colorido. É um anjo multicolor magnético. 

Quando em criações de sistemas inteiros e planetas, ele e seu agrupamento se reúnem para, juntos dos elementais, darem a formosura necessária àquele planeta. Há, então, separações de porções secas (separando continentes, países, etc...). Trabalham para que as montanhas, cachoeiras, pedreiras e demais sistemas da natureza ocupem as suas harmônicas posições. Esses seres são energias poderosas e têm a capacidade criadora amplamente desenvolvida, graças às suas conexões primárias com os Elohim e os Senhores Solares.

Podem facilmente chegar em um espaço e começar a visualizar algo que logo se manifesta. Quando nos planos mais elevados, chegam em sistemas sendo criados e, como se estivesse fazendo um desenho em um quadro de Luz, começam a materializar o que "desenham no quadro". Cada ponta dos dedos pode ser vista como pinceis de Luz, cada um de um tom brilhante. É um grande Artista Celeste e ele, com seu agrupamento, embelezou muitos sistemas de mundos. Seu agrupamento é um dos responsáveis por harmonizar esteticamente a Terra Interna. É um Artista Universal, um Arquiteto, um Engenheiro Celeste e todos os demais sinônimos.

Tem também, naturalmente, a habilidade de "apagar", como se apaga rabiscos em um quadro negro, as intenções das trevas. Suas mãos são pura energia com 4 tons específicos em destaque: Verde, Rosa, Amarelo e Azul e consegue facilmente desmanchar qualquer intenção escura. Certa vez, em mundos densos, foi levado a zonas astrais negativas, amplamente dominada por magos negros. Ao que, com sua chegada, sentou-se no alto de uma montanha, estendeu um quadro de Luz, fez uma oração invocando os Elohim e a presença de todos os elementais universais, chamando pelos Senhores Solares, balançou as duas mãos como se tivesse enxugando-as (e, neste momento, elas ficaram coloridas de Luz radiante), e ele começou a apagar todo aquele cenário negativo. Simplesmente como se apagasse com um apagador rabiscos em um quadro-negro.

As forças das trevas, naquele ambiente, se enfureceram e começaram a lançar feitiços contra ele, que os apagava antes de chegarem até si. Por fim, ele criou um jardim com lindas rosas coloridas, lagos, lindas árvores de folhas coloridas e abriu-se um lindo clarão como se o Sol baixasse ali. Viu-se todos os seres que antes tentavam atacá-lo, deitados na grama e respirando suavemente, como se encantados e em pura paz. Ele os vestiu com roupas brancas, e de lá do seu quadro de Luz, colocava seus respectivos nomes celestes em suas vestes, ao que de imediato aparecia escrito nas vestes.

Quando nas grandes naves-mãe, é sempre chamado para decorar os ambientes com sua energia multicolorida. Além da habilidade com "as mãos", pode-se ouvi-lo a cantar cantos universais, e vê-se o ar sair da sua boca em forma de cores radiantes e, da mesma forma, criar ambientes belíssimos e perfumados.

Tem passagens / expressões em outros sistemas estelares neste universo local de Nebadon, como em Órion, Plêiades, Arcturus, Beta Draconis, Capela, Vega, Andromeda, e muitos outros sistemas, conhecidos e não conhecido dos terranos. Nas Plêiades pertenceu ao exército de Caiel e Coiel (Vide: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2017/11/quem-sao-caiel-e-coiel-mencionados-pelo.html). Na ocasião, fazia parte de um exército invasor daquele sistema, e deparando-se com Caiel e Coiel, por “algum motivo”, ao estar em suas presenças, mudou de lado e passou a estar do lado deles dois, impedindo o avanço das forças invasoras. Naquele momento era Comandante de umas das Frotas invasoras e simplesmente deu a ordem para que ao invés de atacar, apoiassem Caiel e Coiel contra as demais Frotas que adentravam aquele sistema desejosas de dominar completamente aquele aglomerado. Na ocasião, Eliar chamava-se Growis, um poderoso Comandante e Estrategista. Desde então, apoia diretamente essas duas Forças chamadas de Caiel e Coiel que atualmente também estão encarnadas na superfície terrana. 

Quando em Sirius, participou de várias experiências nos planos Sirianos e, em um deles, junto com cientistas siderais, tentou trazer um sistema etéreo para o físico para ajudar algumas almas a terem suas experiências em planos físicos, o que acabou por não funcionar e levou o planeta a explosão. Explosão essa que levou ao que conhecemos hoje como Cintamanis (Vide: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2015/06/cobra-portal-2012-cintamani-08062015.html / http://www.sementesdasestrelas.com.br/2017/06/cobra-grade-cintamani-29052017-materia.html). É também um âncora das Forças Sirianas na superfície terrana, sendo também integrante direto da Nave Alfa, do Comandante Sohin. Eliar também tem sua própria Nave neste universo, é uma nave em formato de diamante brilhante, em tons de Verde, Rosa, Amarelo e Azul.

Eliar tem várias passagens no plano terrano, desde o início das eras. Lemúria, Atlântida (atuando mais no astral), nos tempos de Moisés (na travessia do Mar Vermelho, sendo um dos muitos próximos do profeta), no velho Egito (recebendo consagrações e sustentações de Raios de essência e missão: Branco e Violeta, respectivamente). Na época de Jesus, era cobrador de impostos e primo do Matheus Apóstolo, estando também na casa de Zaqueu no dia que Jesus curou o paralítico. Depois do desencarne de Jesus, seguiu palestrando a Palavra e realizando curas. Estando também nesta época muito próximo a Paulo de Tarso, recebendo instruções poderosas. Viajou com Paulo algumas vezes em suas pregações, e ajudava nessas viagens. Esteve encarnado também entre os Templários, entre os Equitumans (Vide: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2018/02/equitumans.html), tendo forte laços com essa origem, e posteriormente veio também como Tumuchy (Vide: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2018/02/tumuchys.html). Encarnou também entre os Franciscanos de Assis, sendo um dos discípulos de Francisco de Assis chamado Janio. É pertencente direto também da Tribo daquele conhecido por Seta Branca, que é o mesmo espirito de São Francisco de Assis, Faraó Tutakamon, Oxalá, Apostolo João Evangelista e líder dos movimentos Equitumans e Tumuchys. (Vide mais sobre Seta Branca: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2018/04/homenagem-ao-vale-do-amanhecer-pai-seta.html). Na Mongólia encarnou como Muqali (Lê-se Mucali: https://en.wikipedia.org/wiki/Muqali) um dos 10 generais do Genghis Khan que comandava 10 mil homens, sendo que muitos desses homens agora fazem parte do seu agrupamento tanto no plano físico como nos planos astrais, e muitos outros estão em processo de serem resgatados das zonas de baixa vibração da Terra. Eliar também encarnou algumas vezes em Roma, uma delas na época do imperador Constantino.


Eliar Flours tem conexão com todos os elementais dos sistemas de mundo onde experienciou. São incontáveis os sistemas os quais ele experienciou. Possui também conexão com os seres magnéticos do Universo Magnético Quadril 5, com os Senhores Solares Hélios e Vesta. (Vide: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2018/02/saudacao-e-invocacao-helios-e-vesta.htmle com os Elohim, especialmente o Elohim da Graça. Eliar Flours, não por acaso, dentro do PVSE é o Primeiro representante dessa Força. Eliar, você representa esse Elohim e sua Força. 

O Elohim da Graça é um Elohim poderosíssimo que está atualmente a disposição da humanidade para acelerar este processo, uma energia que permite sacudir a velha energia dos campos energéticos e romper com todos os laços kármicos. Graça é o Elohim do Raio Prateado e sua energia é visível em forma de neve iridescente. Parece um pó mágico. Portanto, se notarem esse pó à sua volta, saibam que a Graça está com vocês. Graça é a força Divina que lhes possibilita romper totalmente com o passado a qualquer momento. 

Está sendo chamado pelo Plêiades 1 para ancorar nas zonas astrais inferiores e na superfície a energia da criação artística, irradiando a energia da beleza e Amor onde for. Chamado a ir nos vales negros onde a sombra e o desequilíbrio formam paisagens tristes e devastadas, para que ali incorpore o Artista Universal e recrie o quadro, dando tons alegres e iluminados. Na superfície, é chamado para que, quando em lugares onde a densidade seja evidente, ancorar ali sua energia artística e transformar aquele ambiente em um lindo campo verde com lindas flores coloridas. Se houver seres sensíveis neste ambiente, poderão até sentir a brisa e o cheiro das flores, mesmo que ainda no ambiente tridimensional pareça nada ter mudado. É um ser que naturalmente exala o cheiro de jasmim. 

Chamado a movimentar suas Forças em resgates de muitas almas do seu agrupamento dos tempos da Mongólia e trazê-las de volta aos seus estados Divinais. Chamado a junto com Zero i consagrar os Símbolos Geométricos quânticos da 13ª dimensão e manter essa Força ancorada na superfície terrana, fato que expandirá consideravelmente a consciência de muitas almas. (Vide Símbolos: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2017/06/simbolos-potencializadores-pessoais.htmlChamado a manter seu magnetismo protetor em volta do PVSE, já que é um dos guardiões desse Vórtex e um dos guardiões diretos daquele conhecido como Zero i. Eliar é um agente da Luz que desceu na corte de Zero i e seu agrupamento também como um guardião dessa Força e Missão, e quando foi chamado pelo Arcanjo Miguel para isso, disse: “SENHOR, EU SEREI A SUA FORÇA E PROTEÇÃO E NADA MUDARÁ ISSO”.

Querido e amado Eliar, seu lema é: “EU SOU A COR E BRILHOS ORIGINAIS DA FONTE PRIMORDIAL!"

Identifique seu Canto Celeste: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2018/02/os-cantos-das-setes-raizes-celestes.html

É até onde Jesus me permite ver e transmitir. 

Gabriel RL

EM ESPÍRITO E VERDADE E/OU EM ESPÍRITO E EM VERDADE = Presente pessoalmente em/no local a que se refere. 

EQUADOR - 22X / SETOR 1: Astral inferior dessa região onde, por pensamentos negativados, estão presos espíritos da Velha Europa, era medieval. E também espíritos que foram levados para lá desde a vinda de Jesus, quando houve uma grande limpeza no astral. Alguns seres que precisariam reencarnar foram transferidos para esta região, para aguardarem uma oportunidade de reencarne. Eles haviam sido convidados para serem levados às naves de recuperação, mas não quiseram, e tiveram seu livre arbítrio respeitado, mas também não puderam sair deste lugar. Estão agora recebendo a oportunidade de resgate através do agrupamento de Zero i. Atenção, Avatares PVSE e afins, fazer intensiva para iluminação deste setor e elevação de almas. O tempo é chegado para que assim seja.

EQUIPE MÉDICA UNIVERSAL = Especialistas em medicina biológica e etérica - (Possíveis integrantes da Nave-Mãe Avalon - Não tenho confirmação sobre isso, ainda). 

ERM (ENERGIA REPROGRAMAÇÃO MASCULINIDADE) = Seria um tanto complexo, ou mesmo uma tentativa vã, tentar definir a Fonte e do que ela é feita. No entanto, em simplicidade, podemos dizer que Ela é formada por duas energias básicas que estão em simbiose perfeita. Poderia-se chamar essas energias de Yin e Yang, Masculina e Feminina, Alfa e Ômega, A e B, ou quaisquer outras denominações que você, como aspecto de Deus Pai / Mãe, possa vir a criar. Pensar na Fonte Primordial ou em quaisquer coisas que derivam dela, como tendo apenas uma dessas energias, seria como pensar num lago, porém este sem água, ou ainda, a porção de água sem um fundo ou margens que lhe conferem uma forma. Percebem que não há como existir um separado do outro para que a entidade “lago" exista? Tudo que há na criação é um aspecto perfeito da Grande Fonte Primária. Assim, caso haja algo que tenha, aparentemente, apenas uma dessas energias, tal coisa nunca esteve tão longe de ser verdadeira ou real. 

Há inúmeros sistemas de mundos que experimentam a dualidade em vários níveis. O planeta Terra a experimenta em um nível extremo. Aqui, os contrastes são demasiadamente aparentes. A luz e a escuridão bailam entre si, de forma tão perfeita, neste planeta, que fora possível criar ricas formas de experiências. Uma delas foi proporcionar algo, à primeira vista impossível, às consciências divinas que aqui estavam. A oportunidade da própria Fonte experimentar, mesmo que por alguns momentos, a impressão de ser apenas masculino ou  feminino. Esta impressão é possível ser sentida devido a intensa sensação de desconexão com o núcleo interior, Deus Pai/Mãe. Em meio aos primitivos grupos humanos sobre o planeta, era possível notar uma forma separada de masculino e feminino bem mais expressiva, uma vez que a conexão com suas essências era mínima. No entanto, à medida que a reconexão com o núcleo foi sendo estabelecida, as formas duais foram, na mesma medida, perdendo sua validade sobre aquelas consciências.

Este período transitório que experimentamos no planeta, é um período de reunificação de todas as energias da Criação. É o momento onde, depois de um longo período de grande contração, a Fonte volta a expandir-se em Luz e inevitavelmente, como todos são UM com a Fonte, o processo de expansão se faz também para todos. 

Ao longo das eras, a programação da energia masculina foi sendo construída baseada na desconexão com o coração. Sem a doce energia da mãe. O resultado disso, são as guerras constantes, em todos os níveis, devido a falta de empatia com os demais a sua volta. Uma mãe  amorosa nunca mandaria um filho à guerra. O Masculino, começou a ser moldado de forma rígida, assim como uma espada numa forja. Inflexível, dura e com grande capacidade de ferir. Impedido de expressar suas emoções, precisando ser duro para receber pancadas sem perder a rigidez, até que, em algum momento, diante de tanto estresse, possa vir a quebrar / colapsar totalmente. Esta energia foi lapidada para agir dessa forma, para este “Modus Operandi”, no entanto, este é um final da linha para esta forma de expressão da Sagrada Energia Masculina, sobre a superfície planetária. Queridos representantes do Deus Pai, permitam a reabertura completa de seus corações, deixem que a empatia, a amorosidade, a sutileza, a delicadeza, a suavidade, a flexibilidade, a compaixão, a doçura, sejam seu novo e Real “Modus Operandi”. Convidem a porção feminina para entrar na dança. Permitam que seu masculino apaixone-se pelo seu feminino. Deixe que seu Masculino cuide do seu Feminino e que seu Feminino, cuide do seu masculino. Percebe como sente-se seguro, confortável e com a energia do Lar a envolvê-lo, ao visualizar isso? Este é seu estado natural. 

Para auxiliar no processo de equilíbrio do Sagrado Masculino, *Manoliah, um querido ser da Galáxia Azul (X440-Z9), entregou um Geométrico Sagrado e um código para auxiliar os seres que, atualmente, estão encarnados em biológicos Masculinos e fizeram o download da velha e densa programação da masculinidade distorcida. Grandes seres se voluntariaram para tomarem um corpo masculino e receberem a mais dura e distorcida programação masculina para que, a partir de dentro, pudessem reprogramá-la completamente. Há muitos deles encarnados por todo o globo e a velha programação tentará reforçar o masculino distorcido para que este suprima quaisquer iniciativas de reprogramação dessa força obsoleta.  

Mestres e Mestras, Manoliah, representando a Sagrada Expressão da Deusa, os convida a ancorarem o equilíbrio dessas duas polaridades energéticas da Criação. Um protocolo auxiliará aqueles que desejam atuar como reprogramadores sobre todo o Pacote distorcido da Energia Masculina. Realize este ancoramento durante 21 dias de forma ininterrupta, de preferência, no mesmo horário. Caso deseje continuar, após os 21 dias, siga a forma que lhe vier à intuição. 


Utilizem este Geométrico, usado como imagem que ilustra a mensagem, juntamente como o Código Mestre abaixo. Sigam sua intuição quanto a forma que devem usar o Geométrico. Em seguida, verbalizem em voz altiva este Código de ancoragem da Deusa por três vezes.

UTEYA - MI MY - HAU - MI MALU-I MI! que significa: DIVINA DO DIVINO EM MIM ESTÁ, DIVINO DA DIVINA EM MIM ESTÁ. 

Ao ancorar  / decretar, recomenda-se que seja na língua especifica da Galáxia Azul: UTEYA-MI MY-HAU - MI MALU-I MI!

Gratidão, amados Mestres por suas intenções sempre Positivas!

Melk Sales 

ESCUDO EL U = É um escudo de Luz que ancora imediatamente a energia de CAIEL / COIEL na superfície terrana. Há milhões de anos, nas Plêiades, CAIEL / COIEL (http://www.sementesdasestrelas.com.br/2017/11/quem-sao-caiel-e-coiel-mencionados-pelo.html) marchavam lado a lado à frente de seu exército. Cada um deles, segurando uma enorme lança de Cristal. Estas lanças tinham várias funções, dentre estas, estava a de dar informações aos seus. Quando as lanças eram erguidas paralelamente ao ar formavam um escudo a qualquer ataque contrário e esta era a informação de que aquele era o momento de seguir em frente com toda força. Este escudo faz-se necessário para suavizar ou anular completamente alguns movimentos como é o caso das investidas MiD aos Trabalhadores da Luz.

ESPECIARIAS CELESTES = Oportunidades divinas para rendição à Luz. 

ESTRELA 9 = Estrela 9 é uma nave Cristalina gigantesca. Uma das principais funções dos tripulantes dessa nave é manter a segurança em toda quarentena, impedindo o escape de entidades que estão dentro da barreira que envolve todo o Sistema Solar. Os seres tripulantes dessa nave são humanóides e medem em torno de 3(três) a 4(quatro) metros de altura. São magros, têm olhos grandes, um pouco maiores que os dos humanos terranos. Usam macacão prateado colado pelo corpo. Eles têm quatro dedos nas mãos e nos pés. São poderosamente empatas e conseguem paralisar a ação de seres com intenções negativas, apenas com o seu olhar penetrante. A nave tem cerca de um bilhão de consciências e é aproximadamente do tamanho de Júpiter.

ESTRELA A = Sirius A 

ETÂNIO = É um ser Solar, uma individualização do Plêiades 1 (ao que se chama Plêiades 2). Senti sua energia por dias e eu, Gabriel, não havia entendido se era pra escrever algo. No dia 12.01.2017, o agrupamento, que é muito similar à imagem que poderão ver no link abaixo, se aproximou de mim. Como se em sussurros, eles começaram a me ditar as informações. São seres sérios e amorosos e muito precisos em suas informações. Me envolveram em uma energia muito afetuosa e num clima de respeitabilidade transmitiram segurança acerca das atividades solares, como se quisessem informar que "está tudo bem, tudo sob controle". Que a energia que me envolveu possa envolver a todos durante a leitura, e além. Para mais, vide o link: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2017/01/etanio-pleiades-2-elucidacoes-sobre-as.html

ETNYA SOLARIS = É um ser Solar, puramente energizador e condutor da alegria. É um ser cerimonial. Responsável por preparar grandes eventos nos planos espirituais. É conhecida no Grande Sol Central, como Etnya, o Brilho Solar. A sua assinatura energética é conhecida onde quer que ela vá, pois irradia a pura energia solar e nenhum ser deixa de conhecê-la.

Em muitas reuniões, onde está se indo para o lado muito sério, Etnya chega trazendo a energia da leveza e alegria, suavizando as "tensões" e fazendo-os sorrir apenas com sua chegada. É um ser, quando dentro das grandes naves mães, como tripulante do exército arcturiano, tem estatura de um metro e sessenta, que quando em estado meditativo, sobe para mais de três metros.

Encarnou várias vezes no plano físico Terrano, Atlântida, Mu, Egito, e na época da descida do Ascenso Jesus Cristo. É, por natureza, integrante da mônoda do Mestre Jesus. É muito solicitada nos planos espirituais para dar aulas para crianças de várias raças estelares, onde muitos deles a chamam de Nya.

É muito amada pelos essênios, onde em uma das suas iluminadas vidas, esteve presente nos rituais sagrados de consagração. Consagrou muitos seres, trazendo a energia de Áton aos seus corações, e unificando-os ao Deus Sol. Tem intensa conexão com Áton, podendo chamá-lo sempre que quiser. Ela é um dos seus próprios raios na superfície Terrana.

Está sendo chamada pelo Plêiades 1 a incorporar definitivamente sua energia solar na superfície Terrana, assim como para ir nas zonas astrais inferiores e levar a energia da alegria. Especialmente, para ir a pontos onde se encontram almas depressivas e suicidas, e levar ali o seu brilho de energia solar. E ancorar a energia de Áton. Quando disser "EU SOU ETNYA, PORTADORA DO SOL DA VIDA E HONRO AQUELE A QUEM REPRESENTO", - descerá sobre ela uma intensa energia vinda direta do Sol Central Galáctico, que chegará ao Sol Local e chegará através do seu Chakra Coronário, parando no Cardíaco. E dali, saindo raios como um leque, e cada raio desse leque representa as infinitas oportunidades para ser feliz e agradecer a vida. É uma mestra solar, o próprio sol em corpo Terrano.

Logo que seu nome foi anunciado nas Notas do Plêiades 1, Etnya recebeu mensagem de *Hélios e Vesta através de canalização do Gabriel. Na mensagem, eles explicaram que o SOL É A FONTE DE TUDO, É A FONTE DE VIDA. E orientaram sobre o que a Etnya, como PORTADORA DO SOL DA VIDA faz: “Na função de ser, você é um ser atrator com a função de ensinar as pessoas e de atrair as pessoas para que elas voltem o seu centro a girar ao redor da FONTE DE TODA A VIDA. O SOL é o ponto central de atração, um magnetizador, um organizador, um impulsionador - e é isso o que você é. É isso o que você tem que fazer: ser, irradiar, ensinar as pessoas a confiarem no centro da FONTE DA VIDA colocando-as em torno e seguras deste centro que é o SOL DA VIDA. Porque assim é a Etnya. E nós pedimos apenas que você faça isso. Continue sendo essa expressão mais simples, e tão poderosa! Colocar as pessoas novamente a girar em torno do Sol, em perfeito equilíbrio, pois o Sol rege todas as coisas com Amor Incondicional e isso deve ser feito com todos, sem distinção porque, como o Mestre Amado Siriano disse: ‘Deus faz chover sobre bons e maus, justos e injustos’”.

Etnya esteve também encarnada em outros tempos onde Gabriel, em transe mediúnico, a vê num imenso salão. E descreve: “ali todos estão vestidos quase iguais. O lugar é parecido com um palácio egípcio. Ou, talvez, um templo essênio. Todos estão usando roupas brancas com cintos dourados na cintura. Algumas pessoas que, talvez sejam parte da corte de um reinado, e outras como se fossem ser iniciadas em algum ritual. Neste grande salão entram pessoas em grupo de 7 em 7. É colocado um capuz sobre a cabeça delas, cobrindo todo o rosto. Elas são dirigidas por alguém da corte, até outra sala. Ali tem alguém vestido de forma semelhante, mas com alguns detalhes diferentes. É uma senhora que, na altura do peito da sua roupa, usa um símbolo solar com os raios saindo. Um símbolo dourado. De tão dourado, parece vivo na roupa. E essa senhora está irradiadíssima! Há um raio dourado chegando ao coronário dela, descendo até o peito e irradiando. Cada uma dessas 7 pessoas é levada até ela e as pessoas se abaixam em sinal de reverência. Ela põe as duas mãos na cabeça da pessoa, diz algumas palavras em um idioma desconhecido, invoca o Deus Sol. Diz umas palavras específica à pessoa, tira o capuz da própria cabeça e pede que a olhe nos olhos. Quando a pessoa olha, a senhora abre os olhos e aparecem dois sois. A pessoa se emociona e a senhora abaixa a cabeça e fecha os olhos novamente. Aí vem o outro dos sete, depois o outro, o outro e o outro. O ritual se repete com todos os sete. Todos os capuzes são retirados e eles saem felizes. Entram mais sete. Assim ocorre com todos os grupos que estão na fila para fazer essa iniciação. Eles são iniciados nessa pequena sala. Há muito perfume de rosas no local. No final, todos tomam uma bebida. A senhora está animada e feliz. Todos estão muito felizes. Todos a respeitam muito. A amam muito. E percebe-se a energia de Aton no ambiente”.

Alguns dias depois dessa revelação, ainda pela mediunidade de Gabriel, Arcanjo Miguel pré-anunciou o que o Plêiades 1 iria informar logo a seguir: “Etnya Solaris reconhecendo origem”.

* Hélios e sua chama gêmea Vesta são a hierarquia máxima do Sol do nosso Sistema Solar, sendo eles os representantes de Deus Pai-Mãe para a nossa Galáxia e focalizam para nós a Luz Divina no sol espiritual por detrás do nosso sol físico.

ETTINA-UI-TA (OU ETTIUITA), A BRISA DA MANHÃ É um ser de energia céltica, mais parece uma brisa suave. Quase nunca ninguém a viu em sua forma espiritual completa (Digamos, uma forma humanoide, física, fisicalizada), nem mesmo nos planos espirituais. Quando lá se apresenta, costuma-se ver apenas seus olhos, lindos olhos verdes que a cada abrir e fechar mudam de cor, alternando entre o verde planta e azul celeste. Ou, se ela estende as mãos, é como se só as mãos se materializassem, deixando todo o resto do corpo astral fluídico, como uma fumaça colorida. Quando anda, pode-se ver os pés descalços, que só se "materializam" a cada pisar no "chão". Enquanto um pé toca o "chão" suavemente, o outro mantém-se fluídico, sem tocar o chão. Quando este toca, se materializa e, automaticamente, o outro torna-se fluídico, e assim é em todo o caminho... Poderia também, ser chamada de Fada multicolor da natureza.

É um ser vindo de um sistema não conhecido pelos Terranos ainda. Poderia se dizer que veio de um mundo semelhante a aquele apresentado no Filme "Avatar".

É um ser Dévico, com imensa capacidade de manipular o clima de qualquer sistema. Ela e seu agrupamento de seres, são aqueles que, quando em suas expressões mais elevadas, criam as suaves brisas das manhãs. São eles que dão o ar fresco que, somado ao perfume das flores, trazem a suave energia revigorante que também chega com o raiar do Sol. Eles são a própria expressão de "Brisa + Flores + Sol". Tem sua chama atualmente no reino Dévico e é um dos guardiões das energias geradas pelas trovoadas. Ela, sua chama, é como se fosse um dos seres do agrupamento Dévico responsável pelos trovões.

Em seu sistema de mundos, de onde veio, é muito querida, assim como nos reinos dévicos terrano, onde ela costuma ir quando sai da sua forma física terrana atual. Aliás, é a única maneira de ser vista, ao menos um fragmento dela - é quando tem um fio da sua energia encarnado em um corpo físico.

Há muito tempo atrás, quando em uma batalha entre grandes aldeias, ela era uma guardiã de uma das aldeias - a pacífica. A aldeia atacante era extremamente ambiciosa e queria entrar na aldeia pacífica e roubar as joias preciosas que eles tinham, assim como roubar as poções mágicas que eles tinham para fertilizar os solos e manter o ar puro e agradável. A aldeia pacífica, todas as noites se reunia para cantos de louvor à natureza, onde ancoraram poderosas energias dévicas. Estas eram as que asseguraram a fartura, o bom tempo, perfumes naturais e perfeita interação com os animais das redondezas, onde até o mais feroz, ao se aproximar da aldeia, ficava suave como uma brisa da manhã. Os invasores queriam todos esses poderes e quando começaram a se aproximar da aldeia dos pacíficos, estes se assustaram e todos correram para a tenda da Ettiuita, pedindo socorro. Ela dormia, e quando ouviu, abriu os olhos suavemente, com imensa serenidade, levantou-se e, de igual modo e foi até o meio da aldeia. Todos a observavam e enquanto os invasores se aproximavam, ela começou a cantar um canto ainda não ouvido por nenhum da aldeia. Começou a dançar suavemente, evocando os seres dévicos e pode-se ver formar ali em volta dela um pequeno vórtex de energia azul e verde. As árvores começaram a balançar fortemente, mas não havia vento no momento. O chão começou a tremer. O Sol, que estava a iluminar a aldeia, escondeu-se atrás de nuvens densas. Trovões começaram a ser ouvidos e grandes feras da natureza chegaram na aldeia pacífica e ficaram a rodeando.

Quando os invasores se aproximaram mais, viam apenas relâmpagos e brilhos intensos dentro da aldeia pacífica e começaram a se assustar, pensando em desistir de entrar. Mas o seu líder insistiu e foi tomado de grande pavor quando viu Ettiuita rodeada de relâmpagos. E quando ela abriu os olhos, lindos olhos verdes, o líder estremeceu completamente, fazendo-o voltar e recuar com toda a sua tribo.

Tudo voltou ao normal. E a noite foi como todas as demais, de cantos e invocações de Luz.

Ela está sendo chamada pelo Plêiades 1 a evocar suas forças no astral e superfície Terrana, a fim de ajudar na purificação do ar, e eliminação de gases tóxicos, tais como chemtrails e outros. Sendo chamada a trazer aos corações dos humanos Terranos o sentimento das manhãs de brisas suaves, perfume de flores e brilho de sol. Chamada também a incentivar magneticamente os corações de todos aqueles desconectados da natureza, para entregarem seus corações à Mãe Terra. Chamada a suavizar as grandes tempestades nas áreas mais frágeis, e a fortalecer onde houver maior necessidade. Está a nível interno em constante conexão com sua chama - guardião dos trovões - e pode se conectar com ele sempre que desejar.

É até onde Jesus me permitiu ver.


Demais termos usados nas mensagens do Plêiades 1, são intuitivamente compreendidos pela mente linear, dispensando, assim, maiores explicações aqui. 

--------------------------------------------------------------------

Espero que, de alguma maneira, eu tenha conseguido trazer  elucidações sobre as mensagens da série "UMA RÁPIDA NOTA SOBRE A SITUAÇÃO" - dos nossos amigos de energia esférica Plêiades 1.

PARA ACOMPANHAR AS MENSAGENS "UMA RÁPIDA NOTA SOBRE A SITUAÇÃO", DO PLÊIADES 1, CLIQUE AQUI.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

IMPORTANTE: Antes de finalizar essa exposição, é oportuno explicar que já obtive anteriormente a informação sobre a existência das “esferas de consciência”. Durante o curso que canalizei, “Iniciação/Curso: A Caminho da Multidimensionalidade – tomando consciência das realidades paralelas”, El Morya, o Mestre inspirador desse curso, coloca o aluno em meditação e o conduz ao encontro com essas esferas de consciência, comprovando, dessa forma, a veracidade da informação. Isso está gravado no CD do curso, no ponto 00:30:00 a 00:31:20 do contador. Eis abaixo a transcrição do excerto:

“... o Amor pulsa em seu coração. Rapidamente você é levado a um espaço, um espaço único que não tem limites, que não tem paredes, que não tem teto, que emite apenas, uma radiação branca intensa. E, nesse espaço, você consegue observar outras luzes iguais a você, outras consciências. E, para facilitar o seu entendimento, são esferas como sóis, iguais a você. Não físicas. Apenas energia. São milhares delas!... Milhares de consciências. Bilhões de consciências. Trilhões de consciências!... Ao infinito. E você, completamente em paz, sentindo todo Amor que faz parte do teu ser. Você se unifica a todas elas. Vocês agora, são apenas UMA CONSCIÊNCIA!...” 

AGRADECIMENTOS

A Candido Pedro Jorge e a Pablo Felini, integrantes da minha amada equipe Sementes das Estrelas, pela elaboração prévia dos TERMOS E EXPRESSÕES UTILIZADAS pelo Plêiades 1.

A Tânia Zanelatto de Campos e Solange Yabushita pela revisão textual.

A Davi Aguiar, pela colaboração nas pesquisas.


A Luís Fernando Rostworowski pela produção do vídeo exemplo.

Em amor, bênçãos e Luz,

Gabriel RL (Um pouco mais sobre mim, CLIQUE AQUI)

ENUNCIADOS DO PLÊIADES 1 x FATOS CLIQUE AQUI

INFORMAÇÕES E GLOSSÁRIO ESPECÍFICO, EM INGLÊS, CLIQUE AQUI

INFORMATIONS AND ESPECIFIC GLOSSARY, IN ENGLISH, CLICK HERE