quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Pai Tomé Africano – "O brilhante trabalho dos mentores e guias do outro lado do véu" - Julho / 2016


Gabriel: Por favor, queridos, leiam na sintonia dessa música abaixo. Eu particularmente recomendo que coloquem a música em uma altura agradável e leiam em seguida a mensagem em voz alta. Poderão sentir maravilhosas vibrações de luz em seus corpos.


-------------------------------------------------------------------------------------


Originariamente, a mensagem do Pai Tomé Africano foi entregue ao canalizador Gabriel Raio Lunar através de psicofonia no dialeto dos antigos escravos, e nem tudo foi transcrito de acordo com a norma padrão da Língua Portuguesa para o emprego de ajustes gramaticais facilitadores da compreensão, que não ficou prejudicada, nesse caso.

--------------------------------------------------------------------------

Transcrição da mensagem:

Salve! Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo! (Para sempre seja louvado!) Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo! (Para sempre seja louvado!) Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo! (Para sempre seja louvado!) Graças a Deus! Salve a Força Luz! Graças a Deus!

Aqui, vamos lá! Muitos de vocês em seus momentos, - vamos colocar, - de perturbação espiritual, quando vocês sentem a presença de algum espírito perto de vocês e, no caso de um médium de incorporação, não incorpora, mas sente ali do lado! Às vezes, vocês vão dormir… - Quantos de vocês que estão ouvindo aqui, encarnados e os desencarnados também, e os que vão ver isso depois, - tiveram experiências de dormir e “sonhar”, porque não é sempre sonho, sonhar que está matando ou está sendo morto, brigando, descabelando-se, dando tapa na cara, levando tiro, coisa feia! Aí acorda todo quebrado, parece que passou um trator por cima! Às vezes, passou, pois muitas vezes seu cobrador, o espírito que quer acertar contas com você, é grande. Então é um trator mesmo! Eles querem acertar as contas com você, aí, esses velhos aqui têm que quebrar a cabeça, têm que se virar! O velho não vai dizer se estressar, porque nós não nos estressamos, nós nos agitamos! Aí, filhos, é que é o momento da graça! Muitas vezes vocês estão passando por situações em que nada dá certo na vida de vocês. Vocês batem numa porta, batem noutra, batem noutra, batem noutra e todas fechadas! E nada resolve! E então, vocês começam a adoecer, pois começa um grande movimento de forças negativas. Tá certo? E nós, seus mentores, que estamos sempre com vocês, que estamos sempre do seu lado que, às vezes vocês xingam, às vezes vocês reclamam, às vezes vocês chutam o balde e às vezes vocês falam uma coisinha que nos deixam tão tristes:  - “Me sinto tão sozinho! Me abandonaram!” - Isso nos deixa muito tristes! Porque enquanto nós estamos aqui “se virando do avesso” para ajudar vocês, vocês ficam aqui “embaixo" de “mi mi mi”, - é assim que vocês falam, né? Pelo amor de Deus, né?

Então, tem um espírito que numa vida passada você cortou a cabeça dele fora!  - Eu fiz isso? – É. Você mesmo! - Mas eu sou tão bonzinho! – Sim, você também é bonzinho, mas existe um passado. O velho vai falar uma coisa aqui deste filho, (Gabriel), num sei se ele vai gostar, mas vou falar! Vou colocar ele como bode expiatório! Seguindo... Cortou a cabeça do cara lá, antes deu um monte de bofetadas no rosto dele. Passou-se muito tempo. Você encarnou de novo, de novo e de novo e aquele cara lá está vibrando no ódio de revolta, porque ele também quer a sua cabeça, tá certo? E vocês estão seguindo seu caminho. Você encarnou, teve vida feliz e o cara lá vibrando ódio. Aonde? Sabe-se Deus! E então chega um momento em uma encarnação sua que você está bem, que está tudo certo, e então, Deus em sua bondade infinita, em nome do nosso senhor Jesus Cristo, permite a aproximação daquele espírito de você para o cumprimento da Lei Universal, Causa e Efeito. Bate e volta. Então o espírito se aproxima e não consegue te ver, por ele estar vibrando tanto no ódio, mas ele sente você! E a graça, filhos, vocês são abençoados,...  e a graça é que tantas vidas que vocês já tiveram, tanta coisa boa que vocês fizeram, graças a Deus, mais coisa boa, graças a Deus! Graças a Deus! Graças a Deus! Mas vocês também escorregaram algumas vezes, Graças a Deus também, porque faz parte do aprendizado de vocês, daquilo que vocês se propuseram nesta terra! 

Vocês vieram sabendo do risco que era encarnar neste planeta! Naquela longínqua galáxia e encarnar na Terra, numa célula que estava se debatendo, vocês decidiram encarnar ali, conscientes, e então se envolveram em todo o projeto, se envolveram, literalmente! Mas também acontecem deslizes! E, voltando ao ponto: Deus permite que ele se aproxime de você! E sua empresa começa a falir, sua namorada, seu namorado, seu companheiro, quem quer que seja, te trai, te deixa! Seu filho começa a se debandar, nada mais dá certo, parece que virou do avesso! A pessoa começa a andar para trás sob a ação daquele espírito! Tá claro? Aí, nós começamos a trabalhar, nós começamos a trabalhar mais intensamente, porque antes, nós estávamos lá do lado do espírito tentando convencê-lo a seguir o caminho dele, sem ir até você, pois nós estávamos tentando mostrar: olha, deixa ele. Ele já está bem! Ele já não é mais o mesmo. Ele já está noutra!  - Não. Eu quero a cabeça dele! - O quê que nós vamos dizer para o espírito? Há casos que não adianta irmos com conversa mansa! E nós respeitamos. Tá certo? Nós ficamos projetando. Uma hora ou outra, vamos lá com ele e repetimos o discurso: deixa ele tranquilo. Ele já está bem. Não prejudica mais ele. Segue o teu caminho. Vai viver tua vida. Larga desse ódio que tu tá se afundando. - Eu quero a cabeça dele! - E então, nós nos reunimos, - e isso tudo enquanto vocês estão de canto de parede com a chupeta no chão!  - Eu tô tão sozinho! - Tudo isso acontecendo enquanto vocês estão lá reclamando! Que coisa feia! E nós trabalhando! Nós chamamos um mentor, chamamos outro, chamamos o mentor do espírito lá e ele também vai e dizemos: Olha, deixa ele lá, vem comigo! - Quero a cabeça dele! - Tá difícil a coisa, né?

Então, depois de um tempo, depois de tentadas e tentadas situações para amenizar, para resolver, para liberar ambos os lados, filhos!... Depois de tanto tentar negociar a situação, vocês vão dormir! O velho pergunta ao espírito cobrador: É isso mesmo que você quer?  - Eu quero a cabeça dele!  - Pois o velho vai levar você hoje para arrancar a cabeça dele! - Como é? - Vou levar você hoje, me espera que eu venho te buscar! Aí o velho sai, espera o filho dormir, o filho dorme, sai do corpo e o velho diz: vamos!  - Pai para onde o senhor vai me levar, pai? - E então trazemos o filho em espírito e há um terreno. Espera aqui, filho! O velho fala para o espírito cobrador: Vem! E ele chega. - Espírito cobrador: Foi você que fez aquilo comigo! - Sim, vai logo, mata ele! Aí o espírito vai lá e arranca a cabeça dele fora! Pronto, arrancou a cabeça?  - Arranquei!  - Está tranquilo agora?  - Estou! - Vamos caminhar?  - Vamos! - Vamos embora e levamos ele! Aí o filho volta para o corpo: - Eu estou com uma dor! Uma dor de cabeça! Uma enxaqueca! - Está claro, né filhos? O que será que aconteceu? E, de repente, os caminhos começam a abrir novamente! De repente, as coisas começam a clarear, Graças a Deus! A libertação está acontecendo! Aconteceu! Com a Graça de Deus!

Não é sempre assim que nós queremos resolver. Queremos resolver de forma que não precise disso, que não precisemos criar esse cenário holográfico, essa situação que não está existindo!  -Ah, mas ele era um espírito e eu também sou. - Quando chegamos lá, nós projetamos da projeção, da projeção, da projeção, da projeção do espírito. Um dia vocês vão entender quando estiverem do lado de cá. Nós colocamos como se fosse um computador, como se fosse o "vídeo game”! Põe você para brigar ali! Aí, um mata o outro, mas apenas no "vídeo game” e está resolvido! Está claro até aqui? Resta alguma dúvida? Então, depois do "vídeo game”, ele acha que matou, mas não matou nada, era tudo virtual. Nós precisamos fazer isso para ele poder sair do ciclo vicioso, pois vocês não têm ideia o que é a mente de um espírito aprisionado no ódio há 376 anos, no mesmo pensamento! Imagina vocês, filhos, repetindo a mesma palavra por trezentos e tantos anos e não é só a palavra, é o sentimento, é a energia. É por tudo isso que o espírito vai perdendo a sua energia vital por si próprio, ele vai perdendo o calor da chama branca da vida! Aquela chama vai se apagando, por conta daquele ódio! Então, às vezes é necessário utilizar este método para que o espírito saia desse ciclo para poder, pelo menos, dar uma chance para que haja um diálogo conosco. Depois que ele sai daquele ciclo -  está satisfeito?  - Estou! - Então vamos! - E nós pegamos ele! Ele abriu espaço e nós lhes enchemos de amor! 

E então a sua mente começa a abrir, a chama começa a brilhar de novo mais intensamente. Os mentores dele começam a ter mais acesso a ele, começam a ter maiores oportunidades de diálogo e, então, nós o levamos para certos lugares, para tratamentos, para passe magnético, para re-estabilizar-se e depois nós o chamamos! Ele já está bem. A vida do outro já está melhorando, os caminhos já estão se abrindo e nós o levamos para uma salinha e passamos um filme ali, para ele! Ele começa a ver aquele filme emocionado. É a história da vida dele desde o começo da criação até aquele momento e, então, chega um instante daquele filme, que ele vê uma cena que o toca muito. Ele mata o melhor amigo por inveja! Como que ele mata o melhor amigo? Numa emboscada, e depois dá pancada na cabeça do amigo e amarra uma corda em volta da cabeça dele e sai puxando, puxando e levanta até certa altura, até matar sufocado! Quem é esse amigo? O mesmo que tinha arrancado a sua cabeça! Salve Deus! Aí ele chora! A princípio ele não aceita que tenha feito aquilo e depois entra na dor, nos sentimentos mais pesados como o remorso, por ter perseguido tanto aquele outro, mas, de novo, o coração começa a abrir e ele começa a entender porque nós tivemos que agir de certas formas! Começa a entender o que nós vínhamos falando para ele desde o começo! Estão entendendo, filhos? E então, filhos, acontece a libertação completa! Graças a Deus! Deus é maravilhoso, filhos! O ciclo vicioso é quebrado e o Amor acontece! Depois de um tempo de equilíbrio, aquele que estava encarnado, desencarna, eles se encontram no astral e planejam uma encarnação juntos! Um nasce como filho do outro e é aquele amor! Um não desapega do outro! Amor verdadeiro! Amor que transcendeu tudo! Em Cristo Jesus! Graças a Deus!

Então, filhos queridos do coração, sejam gratos sempre por todos esses desdobramentos que vocês têm, que vocês sonham apanhando, tudo isso! Acordem e deem graças a Deus! Talvez vocês não saibam o porquê daquilo, qual o sentido! Deem graças a Deus e confiem em Deus, confiem no que está acontecendo! A situação está difícil? A vida parece não andar? Louvado seja Deus! Agradeçam a Deus por tudo e confiem nele! Graças a Deus!

Muitos de vocês que escutam (ou leem), tanto vocês encarnados como os desencarnados, em vida, escutaram a vozinha: Pula daí! Se mata! Mata ele! Pula na frente do carro! Né? Muitas vezes é alguém do passado de vocês e é o momento de vocês mostrarem Amor! É o momento de vocês mostrarem que estão diferentes! Para alguns de vocês pode parecer que o velho está sendo muito catastrófico, mas é o que acontece enquanto alguns de vocês estão chorando porque a chupeta caiu! E então quando ouvem a vozinha, é o momento do Amor! De você abrir seu coração, mas, ainda, chamar seus mentores, chamar Deus, chamar Jesus, trazer toda sua força para iluminar aquele espírito, aquele ser que precisa da sua Luz! Que às vezes vibra tanto no ódio que se torna uma “bolinha de pelo” de ódio, que perde a forma física! Vocês já ouviram falar disso? São os ovoides ou os elítrios(*).

Vocês passam por tudo isso, filhos! Vocês, da primeira onda, passam por tudo isso para aprenderem a diferenciar os seus sentimentos, o que é você e o que não é você! O que vêm de vocês, filhos? Pelo amor de Deus! O que que vêm de vocês? O que vocês são? Vocês são Amor, filhos! Vocês são Luz! Vocês são benevolência, filhos! Não importa o que digam! Que a raça humana não presta, que isso, que aquilo, que o ser humano não presta! Não importa, ignorem! Vocês são Luz, vocês são seres benevolentes! Esses são vocês! Vocês são alegria, vocês são paz, felicidade, vocês são plenitude! Essa palavra diz tudo! Saiu disso? Presta atenção! Acorda, meu filho! Não é você! Salve! Mas claro que isso é impossível. Fui claro? Graças a Deus! Salve a Força Luz de nosso senhor Jesus Cristo! Salve Maria de Nazaré! Salve a força dos Pretos Velhos e das Pretas Velhas! Salve a força Africana! Salve a força de Preto Velho Africano! Salve a Chama Branca da Vida! Salve a força cristalina!

Com a força de Jesus Cristo, no amor de Jesus Cristo, de Maria, de todo povo africano e povo de Aruanda, eu me despeço agradecendo a todos vocês pela paciência, por emprestar seus ouvidos para esta prosa que espero ser proveitosa! Salve! 

Neste mesmo dia, antes da incorporação do Pai Tomé, houve a incorporação do Pai João de Aruanda que entregou a primeira mensagem do dia. Clique Aqui para ver a mensagem do Pai João.

Gabriel: Muito grato, meu velho querido, por tanta sabedoria e amor.


(*) Elítrio: É o ódio acumulado de um espírito que vai afetando a saúde do corpo, pelo que a medicina convencional nada consegue fazer. “O espírito, traumatizado pelo ódio, vai se deformando e concentrando, a ponto de ficar com o tamanho aproximado de uma cabeça de mico, onde predominam os olhos grandes, e com os braços e pernas atrofiados e colados ao corpo.”  Mais informações aqui
Veja mais canalizações minhas Aqui
Transcrição: Melk Sales
Revisão de texto: Solange Yabushita


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...