quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Mãe Maria - "Os portadores da tocha: apontando o caminho para o Oceano de Amor" - 20.09.2016


Gabriel: Por favor, queridos, leiam na sintonia dessa música abaixo. Eu particularmente recomendo que coloquem a música em uma altura agradável e leiam em seguida a mensagem em voz alta. Poderão sentir maravilhosas vibrações de luz em seus corpos. 


Franz Schubert - Ave Maria (Instrumental)

----------------------------------------------------------------------------------------------------------


Amados Filhos,

Que as bênçãos do Amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações. 

Há uma renovação, uma expansão, uma preparação em andamento que está a vos mergulhar, pelas últimas vezes, nos conflitos internos - pois há necessidade de enfrentar os vossos medos com ternura. Estais a perceber como guardastes tantas coisas em vós e, agora, com o balançar das ondas do grande oceano de Amor, começais a ver toda a velha bagagem, ainda adormecida, emergir em vós. Meus filhos, como é bom poder ver-vos determinados, a iluminardes tudo aquilo que já não vos servis mais! Como é bom ver a velha bagagem se dissolvendo bem diante de vós e perceber os vossos corações cada vez mais fortalecidos. Cada vez que vos balançais nas ondas do oceano do Amor, mais certos ficareis de que ali é o vosso estado natural.

Sabei que há muitos seres que estão em vossos caminhos com a linda missão de ajudar a erguerdes-vos de dentro de vós próprios. São missões sublimes, onde o sacrifício é visto e abençoado. Sacrifício amoroso de vos permitirdes adentrar em campos onde não podeis exercer seu total potencial, em profunda misericórdia àqueles que começam sua jornada do alinhamento perfeito. Essas almas nobres se colocam a disposição da Luz e, como guias luminosos, caminham segurando uma simples tocha de Luz, apontando o caminho ao grande oceano de Amor. Elas aceitaram manter sua grande Luz suavizada, a fim de não ofuscar os viajantes do caminho e, neste gesto misericordioso, caminham, atraem e despertam mais almas pelo caminho que passam, a agir de igual modo. Vós sois as Luzes misericordiosas do mundo, tenho-vos dito e assegurado isso, como Mãe que sou. 

Ide ao encontro de vós próprios, tendo a certeza que estais amparados no Amor de todos nós. Confiai, pois, que nenhuma alma está perdida e que os anjos no meio de vós estão a iluminar a todas elas. Confiai também que sois um desses anjos e que fazeis a diferença na vida de alguém. Olhai à vossa volta, amados! Sois aqueles que segurais a tocha e, ao mesmo tempo, aqueles que sois guiados. Não há diferença entre vós. Oh, como desejamos que vos vísseis da maneira como vos vemos. Oh, queridos, quando é que passareis a perceberdes isto? Quando é que começareis a ver o quão amados e importantes sois? Quando percebereis que nada tem poder sobre vós, nada pode mudar o vosso destino final na Luz, e que o Amor é e sempre será a chave...? 

Nada como o tempo, que não existe!... O Amor é a chave para quebrar todos os medos, angústias e incertezas. O Amor é a ponte que une todos os espaços, físicos e não físicos. O Amor É... O amor é todas as ligações puras e divinas. É a chama que arde constantemente. É o néctar dos Deuses a mover-vos para cima, em êxtase. É o elo Sagrado entre Deus e o Homem, simbolizado em um arco-íris de Luz que flui do coração de Deus para o coração do homem. E esse arco-íris, essa ponte sagrada, dá-se nos momentos sublimes, onde o Amor está em manifestação. Sede, pois, amados, essas pontes, sem medo. Sabei que estais nos momentos sublimes a desmantelar todas as armadilhas das trevas, porque, novamente, elas não podem se manter onde há Luz e Amor. O Amor é o sopro acalentador, é a tempestade renovadora, é a força de um guerreio, é a suavidade de uma camponesa, é a harmonia da natureza, é o sopro do vento sobre as folhagens, é a terra fértil, é o beijo de um beija-flor na sua amada flor... Oh, amados!... Nenhuma palavra humana é capaz de expressar o que verdadeiramente sois. Nenhuma palavra humana é capaz de expressar o Amor. 

Confiai, pois, que o Amor nunca será vencido, em hipótese alguma. Deixai a chama do Amor arder e fundir-vos nos momentos sublimes que Deus concede a vós constantemente. Não tenhais medo de vós próprios. 

Quem sois vós, amados? Sois aqueles que expressam todo Amor de seu ser... Aquele que diz: “eu te amo”, aquele que diz: “estou em paz e feliz”, aquele que se delicia com o Amor divino! Esses sois vós, mergulhados no prazer divino, infinito e imensurável. Quebrador de barreias, restaurador, purificador!

Renovai, pois, constantemente os vossos votos de Amor e Luz, a fim de garantir que não caiais nas armadilhas daqueles que desejam mover-vos para baixo. Confiai, amados, que o Amor sempre vencerá e nada nem ninguém é mais capaz do que vós próprios para assegurar isso. Estou a banhar-vos, neste instante, em meu amor, para que estejais seguros e confiantes destas minhas palavras. Banho-vos em meu sentimento, porque esse, sem dúvida, reconhecereis, eu sei, pois, - Amor de Mãe É. 

Falo a todos vós, meus filhos e filhas, que lançais os olhares a mim a suplicar ajuda... Oh, meus filhos! Oh, minhas filhas!... Deixai, pois que o Amor vos banhe. Não hesiteis em ouvir o vosso coração. Ide para ele e confiai na Luz que está a vos banhar. O ego teme isso... como teme! Mas estai certos que somente a atenção ao sentimento sublime vos moverá das mãos dele e vos dará a força para vos erguer do medo e vos empoderar, pois assim as gargalhadas sarcásticas afinarão e serão, para vós, sons inaudíveis, incompreensíveis e sem poder. E todas as lembranças da velha energia, dos velhos tempos, ser-vos-ão realmente insignificantes, como as são, para mim. 

Há muito, queridos, há muito o que fazer e estais avançando como seres determinados neste caminho. Eu vi muitas eras, meus filhos, eu acompanho-vos há eras... Vi tudo o que possais imaginar. Eu presenciei dores e amores, presenciei Luz e trevas, caídas e redenções, eu vi a coragem nos olhos dos filhos da Luz e vi a determinação daqueles que obedecem às trevas para impedir o avanço da Luz. E em todos esses momentos, confiei. Confiei no poder de Deus a reger vossas vidas, dando o amparo necessário para que pudésseis caminhar rumo à vossa ascensão final, na Luz.

Posso assegurar-vos que a vitória já é vossa, pois assumistes com toda força dos vossos corações, as mais sublimes tarefas e, em meio aos turbilhões de energias em vosso interior, vencestes tudo aquilo que veio para vos sacudir interiormente! Mentalizastes-vos na Luz e assegurastes-vos de que não tornaríeis a cair novamente, como no passado. Viestes para essa vida, amados, determinados a isso, e sabedores que ser-vos-ia dada toda ajuda necessária para que conseguísseis. Continuai, pois, dando todo Amor dos vossos corações nesse caminho e recebê-lo-ei de volta. Eu vos garanto isso.

Bem-amados, eu vos deixo agora, derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos em meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, a Vossa Mãe. 

Gabriel RL: Gratidão sempre, amada Mãe! Gratidão!... (Lágrimas...)

Oh, meu filho!... Como disse tantas vezes... que as tuas lágrimas sejam para fertilizar o solo da Mãe Terra de Amor. As tuas e a de todos os meus filhos sobre a Terra. Eu vos amo, sem fim!

Gabriel RL: Oh, grato, minha Senhora! Grato... 


Veja mais canalizações minhas Aqui
Veja mais mensagens de Mãe Maria Aqui
Revisão de texto: Luis Fernando Rostworowski e Solange Yabushita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...