domingo, 27 de novembro de 2016

SaLuSa - "A Empatia das Almas Estrelas" - 24.11.2016


Queridos, o SaLuSa me pediu que deixasse essa canção abaixo para ser ouvida no momento da leitura. Recomendo que leiam a mensagem em voz alta enquanto a música de fundo toca. - Gabriel RL



----------------------------------------------------------------------------------------------------------


O Criador vos fez uma promessa que está sendo cumprida no devido tempo. Estais a ouvir aos quatros cantos o Sopro Divino a colocar-vos em um estado de contemplação, levando-vos à empatia com todos aqueles a vossa volta.

Amados, nunca foi vontade do Criador que caísseis nas armadilhas das trevas, e quando estas colocaram-vos uns contra os outros a fim de separar-vos, o Criador deste Universo decretou que toda ajuda fosse enviada para esse setor da Galáxia, a fim de restaurar a ordem e a energia da Unidade. Ativou nas “Almas Estrelas” todos os seus potenciais para que elas pudessem sustentar na superfície planetária a Ideia Original e, ainda que sob intensa pressão, as manteve determinadas a cumprir com seus propósitos: AJUDAR TODAS AS OUTRAS A DESPERTAR.

Com essa ajuda e com a vossa própria força interior, erguestes-vos das baixas vibrações e acelerastes o processo da vossa ascensão. Criastes em volta da Terra uma capa de Luz que está a curar todo o sistema do vírus impregnado pelas forças das trevas, há milhares de anos. Com a nossa ajuda, estamos assegurando que essa capa não só se mantenha, mas também se torne tão poderosamente forte, que seja impenetrável. Aqueles mais sensíveis podem sentir uma onda no ar de paz e segurança, e estão passando essa segurança àqueles as suas voltas, garantindo, de alguma maneira, que a Luz se mantenha ancorada e em avanços. As Almas Estrelas estão como âncoras na superfície planetária, e a entidade conhecida como Yaldebaoth não consegue contê-las e, nisso, está a desintegrar-se rapidamente devido à Luz que está sendo ancorada na Terra.

A principal ideia das forças das trevas era manterdes-vos separados uns dos outros, criando conflitos e ameaças de bandeira falsa a fim de não quererdes outra coisa senão estardes isolados uns dos outros. Isso nunca foi a vontade do Criador quando decidiu autorizar a Experiência Terra. Ele sabia dos inúmeros avanços que todas as almas que viessem a experimentar na dualidade terrestre teriam. Sabia também dos riscos e, claro, sabia do potencial de todos os seres envolvidos no Projeto. Deu-se então a largada e as forças das trevas se infiltraram e tiveram sua chance de exercer o seu papel na experiência. Mas o que eles não contavam era que vós, as Almas Estrelas, éreis almas extremamente corajosas, e estáveis ainda que sob o véu do esquecimento, intimamente ligadas ao Criador e a sua ideia original.

O sentimento empata está cada vez mais intenso em toda parte e todas as almas, conectando-se umas às outras, estão vendo que nunca precisaram temer os seus semelhantes. Ainda que alguns digam que pessoas perigosas existem e devem ser contidas, é para se considerar que ali também existe uma alma e nela há Amor, por mais que superficialmente não vos pareça. Essas pessoas contidas pelas leis terrestres, na nova fase da vossa Terra, terão a oportunidade de reverem suas atitudes, e passarão por um trabalho psicológico e desimpregnador, para que possam voltar ao convívio social de maneira honrosa. Tenhais em mente que todos aqueles contidos pelas leis terrestres arcarão com suas responsabilidades diante da Lei Universal, mas saibais também que serão tratados tão amorosamente como vós sois agora.

Como estais a voltar ao vosso estado natural de empatia com o vosso semelhante, vós, as Almas Estrelas, estais, além de ancorar toda Luz necessária para o salto planetário, fazendo com que muitas almas impregnadas de trevas, voltem-se para si mesmas e revejam muitas das suas atitudes. Creiais, amados, quanto mais vós vos permitis colocardes no lugar do outro, mais compreendereis as razões de muitas atitudes grosseiras e desesperadas. Nenhuma alma no universo é criada com maldade no Ser, mas muitas escolhem, por livre-arbítrio, experimentar as zonas mais profundas da densidade, onde se pode encontrar o mais tenebroso sentimento. Mesmo assim, elas nunca deixaram de ser assistidas pelas Forças da Luz, que estão constantemente empenhadas em erguê-las novamente à Luz. Vós, as Almas Estrelas, sois aquelas que decidistes ir ao mais profundo abismo e resgatardes essas almas.

Muitos de vós, nesse mergulho, perdestes-vos no abismo e, graças a vossa conexão tão profunda e íntima com o Criador, conseguistes vos erguer e ainda ajudardes muitos à vossa volta. Era de se esperar, pois não fostes a essa experiência de mãos atadas, mas levastes as infinitas ferramentas que adquiristes ao longo das eras da vossa existência. Amados, sinto-me honrado em poder compartilhar os meus pensamentos convosco, sabendo que também tenho muito a aprender com todos vós. Estive presente no início da vossa experiência, vi todas as vezes que achastes que não iríeis conseguir, vi todas as vezes que, com um brado de guerreiro erguestes-vos em meio à dor e pressão sentidas nas baixas vibrações. Vós sois verdadeiramente almas incríveis!

Estais a ir em frente, e o vosso destino está bem a vossa vista. Não recuareis mais e aqueles ao vosso lado, naturalmente serão arrastados pela vossa Luz penetrante que ilumina e toca os corações de todos a vossa volta. Nenhuma alma que se aproxime de vós é capaz de dizer que não sente algo diferente no ar. A nível interno, ela sabe que aquilo que é lhe é emitido é também a sua natureza. Isso, por muitas vezes, acaba por deixá-la confusa e reclusa, onde tenta administrar as energias e sentimentos extraídos com o vosso contato. É sabido que não durará muito tempo. Aqueles, mesmo os mais endurecidos pela velha energia, serão tocados pela Luz tão penetrante na Terra, nesse momento. Ainda que muitos decidam não darem o seu salto agora, o farão mais tarde, e levarão com eles a impregnação de Luz que deixastes, simplesmente, com a vossa presença.

Não temais confiar em vossos sentimentos e naquilo que vos está sendo entregue. Confiais e abraceis com Amor, pois muitos desejaram estar no vosso lugar neste momento tão precioso e não o puderam. É um tempo maravilhoso para experimentardes, e a vossa Família das Estrelas está ao vosso lado para vos dar sustentação. Não vos decepcionareis quando seguirdes o impulso do vosso coração, que está, como dissemos, intimamente ligado ao Criador Supremo.

Eu Sou SaLuSa, de Sirius, e venho novamente a desejar-vos todas as bênçãos e Luz no vosso passo final, rumo ao grande salto. Estou, especialmente nesse momento, muito emocionado! Posso dizer que deixo cair lágrimas de alegria e honra de estar na vossa presença e poder ser o Porta Voz da Federação Galáctica trazendo informações a cada passo, e um pouco da vossa verdadeira história. Pouco porque, como já dissemos, nada do que estamos dizendo há tanto tempo é o suficiente para representar quem sois, de fato. Iluminastes as mais profundas trevas. Destes Amor e Força a quem achava que isso não mais existia. Entoastes um mantra de liberdade, e este foi ouvido por todo universo, atraindo para vossa Terra um exército que, somando todas as letras de todos os vossos livros terrestres, não seriam capazes de enumerar. E agora, o que sentis com as nossas palavras?... Oh... nós sabemos o que sentis... É o mesmo que nós, neste momento, a bordo da Nossa Nave, sentimos: O SENTIMENTO FAMILIAR.

Estamos agora observando a Terra e todos vós, com um sentimento em comum: ELES SÃO INCRÍVEIS!

Estejam em Paz,

Estejam na Luz.

Gabriel: Querido SaLuSa, sempre muito honrado e grato!


Veja mais canalizações minhas Aqui
Veja mais mensagens do SaLuSa Aqui
Revisão de Texto: Solange Yabushita e Tania Campos
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...