sexta-feira, 3 de março de 2017

O GRUPO ARCTURIANO - "REAÇÕES NEGATIVAS / O PODER DA INTENÇÃO E DO AMOR EM AÇÃO ..." - 26.02.2017



 REAÇÕES NEGATIVAS  / O PODER DA INTENÇÃO E DO AMOR EM AÇÃO / SOBRE AS PRÁTICAS RELIGIOSAS ORGANIZADAS E O NÍVEL DE CONSCIÊNCIA   

Queridos leitores, encontramo-nos com vocês em amor durante estes tempos de tanta agitação aparente. Não tenham medo, pois tudo é o que precisa ser para a evolução e o crescimento da maioria. É um tempo de confusão mesmo para vocês que estão despertos, fazendo muitos de vocês questionarem se há ou não realmente um processo de ascensão acontecendo.

Vocês estão testemunhando os primeiros passos do despertar para aqueles que até agora aceitaram como verdade tudo o que lhes foi dito pelos governos, igrejas e os conhecidos como especialistas. Os olhos interiores estão começando a se abrir e, com eles, pequeninos botões de consciência estão começando a desabrochar. Muitos estão percebendo repentinamente que muito do que eles aceitaram sem questionar não era para o bem da maioria, mas, pelo contrário, era para o bem de apenas alguns.

Observem os muitos que começam a se defender por si mesmos e a exigir respostas. A Luz está começando a brilhar naqueles que estavam confortavelmente escondidos dentro das agendas egoístas e eles não têm respostas - o rei (ilusão mundial) está finalmente sendo visto sem roupas. (Nota da equipe de tradução: os Arcturianos fazem referência ao final do conto de fadas “A roupa do rei”).

Acostumados à obediência cega, muitos em posições de poder não estão preparados para questionar nem sentem qualquer obrigação de responder. A obediência sem questionamento é uma faceta da velha energia que está se dissolvendo rapidamente na presença das frequências mais altas da Luz, trazendo agora a verdade do empoderamento individual para a consciência mundial.

À medida que a maioria começa a reconhecer e reivindicar seu poder inato, ela cria grande medo naqueles que estão confortáveis e lucrando com o status quo. Isso, por sua vez, está levando-os a responder com o que eles conhecem, as ferramentas do sistema de crenças tridimensional – repressão, violência e punição.

A recuperação do poder inato é um dos primeiros e mais poderosos passos da jornada evolutiva, mas muitos ainda não compreendem completamente o que eles estão começando a sentir. Uma vez que os indivíduos só podem expressar seu estado atual de consciência, vocês estão testemunhando uma onda de ações que refletem conceitos de resolução, alguns pacíficos e outros não.

Não tenham medo, queridos, pois tudo é o que precisa ser por ora. Como dissemos antes, isso não significa que os indivíduos despertos não possam ter um posicionamento enquanto as ações são feitas com a intenção de servir, dando exemplo e amor incondicional com o propósito de ajudar a despertar os outros para métodos mais elevados de resolução.

Queremos falar sobre o amor em ação, o amor que não é simplesmente emoção ou consciência, mas o amor expresso externamente através de palavras faladas ou ações tomadas. Como acontece com todas as ações, a intenção define a energia na qual a atividade flui. Quando o amor incondicional é a intenção por trás de uma ação, ele sempre carregará uma ressonância alta, independentemente de quão mundana a ação possa parecer aos outros.

Há momentos em que palavras ou ações severas são a única maneira que algum grupo ou indivíduo pode compreender que suas palavras ou ações não são aceitáveis ou que o que estão fazendo está interferindo na liberdade ou no bem de outra pessoa. Os pais fazem isso o tempo todo quando disciplinam seus filhos.

Infelizmente, nem toda a ação severa se baseia no amor incondicional. Frequentemente a disciplina de crianças, prisioneiros, membros da igreja ou qualquer pessoa sob a autoridade de alguém não é feita para o bem daquele que está sendo disciplinado, como eles dizem a si mesmos, mas é uma desculpa para se entregar ao abuso egoísta de poder.

O mal uso do poder é uma ferramenta utilizada por aqueles que inconscientemente carregam energias de carência e baixa autoestima. Exercer poder sobre o outro sem amor dá a estes seres queridos uma falsa sensação de ter a força e o poder que todos procuram mas que só podem ser encontrados dentro de si.

O amor em ação significa ter tempo para perguntar a si mesmo: "Por que eu estou tomando essa atitude? É para punir ou informar? É para dominar ou para ensinar, ou simplesmente porque agora estou escolhendo expressar amor em todas as minhas ações?”.

Tendo experimentado muitas vidas (encarnações) na Terra, a mente e os reflexos de muitos ainda estão programados (até serem limpos) para agir sob a ação do medo, do julgamento e da crítica em situações desconhecidas. Essas reações são antigas energias ainda ativas na memória celular ou conceitos aprendidos nesta vida em relação às regras da 3D de como tudo deve estar em ordem para estar certo.

A evolução gradual e contínua da humanidade é facilmente reconhecida pela observação de como as "regras" de uma geração parecem velhas e bobas para a próxima geração e, posteriormente, completamente alteradas. Tanto sofrimento desnecessário ocorreu no passado e ocorre ainda hoje simplesmente porque as "regras" impostas àqueles que não têm o (ou poder de decisão) por pessoas com "autoridade", sejam políticos, líderes da igreja, pais ou filhos adultos.

Quando vocês reagirem negativamente a uma pessoa, lugar ou evento, parem e deem um tempo para se perguntar  por que vocês tiveram essa reação. "No que eu estou acreditando que está fazendo eu me sentir dessa maneira? Isso é real?" Reações negativas são seus professores e bênçãos, que servem como ferramentas para ajudá-los a descobrir o que vocês ainda podem estar mantendo no seu sistema de crenças, permitindo a vocês, então, liberar e limpar tudo o que vocês encontrem.

Esse é o momento mais poderoso da Terra. As energias de alta frequência de Luz estão fluindo e disponíveis para todos. Essas energias afetam a todos, permitindo que reconheçam facilmente todas as coisas que não ressoam o amor universal. A consciência universal está na angústia dolorosa de dar à luz o poder de cada um. Está nascendo agora, hoje, no mundo ao seu redor.


O amor incondicional deve ser aplicado em cada ação, não importa o quão aparentemente banal possa parecer. Segurar a porta para alguém enquanto, em silêncio, reconhece que é um ser divino, faz de vocês Trabalhadores da Luz e permite que essa simples atitude carregue uma frequência espiritual. O mesmo ato de segurar a porta para alguém, quando feito com um senso de obrigação ou ideia de separação, não flui com a mesma energia, mas aparentemente será igual.

Gestos de ajuda feitos sem consciência da unidade (amor incondicional) são uma fase muito importante da jornada porque são os primeiros passos rumo à obtenção de uma consciência de unidade. Todos os gestos de ajuda são, na verdade, amor, mesmo que a pessoa que a pessoa não saiba disso.

É exigido a cada indivíduo apenas viver segundo o mais alto estado de consciência que já tenha atingido. Se a pessoa escolhe viver em um estado de consciência inferior ao já alcançado (fingindo, para agradar o outro), ela sentirá culpa e desconforto porque está fora de sincronia com seu eu interior/Eu superior.

Intenção, intenção, intenção, queridos. No início, vocês devem ficar cientes das intenções por trás de cada palavra e ação, mas logo chega a hora em que esse esforço consciente não é mais necessário porque sua prática se tornou seu estado de consciência alcançado, permitindo que todas as ações fluam automaticamente em correntes de amor incondicional.

Alcançar a consciência da unidade de tudo dentro de UM é o objetivo da jornada espiritual. Muitos de vocês já estão lá, e descobriram que raramente reagem às coisas como antes. Vocês se tornaram os mostradores do caminho, e o tempo para mostra-lo está muito próximo à medida que muitos rapidamente se tornam prontos para conhecerem esse caminho.

Os ritos e rituais das religiões organizadas são simplesmente ferramentas – algumas eficazes e outras não –, geralmente criadas por seres humanos bem intencionados, e não por Deus, com o propósito de informar os outros sobre a verdade (seu conceito dela). Cada alma alcança o ponto em que já não há qualquer benefício para continuar as práticas religiosas organizadas, porque chegou à percepção de que a única igreja real está dentro. Isso não quer dizer que as atividades da igreja nunca mais podem ser desfrutadas ou compartilhadas com amigos, mas a crença de que elas são necessárias não está mais lá.

Todas as religiões organizadas começam com mensagens sobre a verdade recebidas e ensinadas por um indivíduo que atingiu um estado de consciência altamente evoluído. No entanto, dentro de uma geração ou duas, a pureza das mensagens originais é sempre perdida e essas começam a ser preenchidas com falsidades. Isso acontece quando os ensinamentos originais são interpretados e depois ensinados por aqueles cujo estado de consciência é muito menos elevado. Esses professores, ministros, figuras de autoridade podem ter boa intenção, mas, por causa de sua incapacidade de compreender os significados reais das verdades mais profundas da forma como foram ensinados pelo professor original, eles ensinam conceitos, e não a verdade.

Há ainda aqueles que precisam da orientação e estrutura da religião organizada para ajudá-los a aprender a se comportar, mas cada alma atinge um ponto onde os ensinamentos apresentados a eles por outros parecem velhos e acabados – confiem nessa sensação. A Verdade repousa silenciosamente dentro, esperando o reconhecimento de cada pessoa, porque é o único lugar onde poderia a Verdade estar, sendo vocês o que vocês são - a Unica Consciência Divina, tudo o que existe.

Em certo ponto, cada pessoa deve parar de procurar fora do eu pela verdade. A "Verdade", como ensinada por outros, nunca pode subir mais do que o estado de consciência alcançado pelo professor, que é muitas vezes bem intencionado, mas ainda mantém muitas crenças de terceira dimensão. Um verdadeiro mestre espiritual sempre guia e ensina o aluno a procurar dentro, o único lugar onde a verdade pode ser encontrada. Este é o propósito da meditação, da natureza e do silêncio - práticas que acalmam a mente de modo que a voz ainda pequena dentro de si possa ser ouvida.

A jornada evolutiva é simplesmente o processo de se lembrarem de quem e o que vocês já são através de experiências de separação. Cada porção da realização alcançada deve então ser vivida e manifestada muito como o fruto que pode aparecer do nada em árvores. Se a fruta não é colhida, ela permanece não manifestada e apodrece.

Permitam que os frutos de sua consciência fluam abundantemente sem medo em cada situação carregada em correntes de amor incondicional.

Nós Somos o Grupo Arcturiano
    

Canal: Marilyn Rafaelle 
Tradução: Sementes das Estrelas / Amanda Cordeiro, Leila Ramos e Melk Sales
Revisão de texto: Amanda Cordeiro
Veja mais mensagens do Grupo Arcturianos Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...