background

terça-feira, 24 de julho de 2018

BENJAMIN FULFORD - "MÁFIA KHAZARIANA CONDENADA COMO RESULTADO DO ACORDO SECRETO ENTRE PUTIN/TRUMP" - 23.07.2018



Hoje em dia, ler o The New York Times e outras propagandas da máfia khazariana é como ler o Pravda, pouco antes da queda da União Soviética. Ninguém mais acredita em mentiras. No entanto, mesmo estas mídias estão sendo forçadas a relatar que a União Europeia Socialista Soviética está em apuros. Isso, porque o presidente dos EUA, Donald Trump  e o presidente russo, Vladimir Putin, concordaram que seu inimigo comum é a máfia khazariana e estão agindo sobre isso de muitas maneiras, como veremos abaixo.

Retornaremos a isso, mas, primeiro, vamos dar uma olhada em  duas recentes pesquisas de opinião, que mostram que a máfia khazariana perdeu o controle nos EUA. A primeira é uma pesquisa do Axios, que mostra que 92% dos Republicanos e 72% dos americanos acreditam que as “maiores e tradicionais fontes de notícias relatam notícias que sabem ser boatos, falsas ou propositadamente enganosas”.

https://www.axios.com/trump-effect-92-percent-republicans-media-fake-news-9c1bbf70-0054-41dd-b506-0869bb10f08c.html

Outro fato é uma pesquisa do Gallup que perguntou aos americanos sobre o que eles estavam preocupados. O “aquecimento global” não teve nenhum registro nada e a Rússia ficou com menos de 1%, apesar de uma massiva e prolongada campanha da mafiosa mídia khazariana promover essas duas questões como as preocupações mais importantes do planeta.

https://www.commondreams.org/news/2018/07/21/zero-hour-youth-led-marches-across-globe-demand-immediate-and-ambitious-climate

http://www.climatedepot.com/2018/07/21/new-gallup-poll-americans-do-not-even-mention-global-warming-as-a-problem-36-problems-cited-but-not-climate/

Isto é justamente como foi com o Pravda ("Verdade"), pouco antes da queda da União Soviética controlada pela máfia khazariana.

A mídia de propaganda khazariana, também, foi atingida por uma devastadora "bomba da verdade", lançada pelo presidente russo Vladimir Putin na conferência de imprensa que se seguiu à reunião de 16 de Julho com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Putin falou para centenas de jornalistas e propagandistas que “os associados de negócios da [neoconservadora corretora de energia Bill] Browder ganharam mais de US $ 1,5 bilhão na Rússia. Nunca pagaram impostos, nem na Rússia nem nos Estados Unidos e, ainda assim, o dinheiro escapou do país, sendo transferido para os Estados Unidos”, quando “enviaram uma enorme quantia, cerca de US $ 400 milhões, como uma contribuição para o país, para a campanha de Hillary Clinton”.

Apenas esta verdade detonou toda a campanha do Russiagate contra Trump, que os khazarianos esperavam que os salvasse. No entanto, eles não serão salvos, porque perderam totalmente o controle do aparato militar e de inteligência. Fontes do Pentágono, dizem que as informações fornecidas por Putin sobra a Browder, ajudarão a "destruir Hillary e sua cabala".

Além disso, o mais recente desertor de alto perfil do controle khazariano é o ex-diretor de inteligência nacional James Clapper, dizem fontes do Pentágono. "Clapper nunca esqueceu seu juramento militar e os horrores dos tribunais militares como general de três estrelas da Força Aérea (USAF) e que atirou Obama sob o ônibus", disseram as fontes. 

O depoimento de Clapper “pode mandar Hillary Clinton, o ex-diretor do FBI James Comey, o ex-diretor da CIA John Brennan e outros traidores para a forca. De fato, Clapper pode ter agido em conjunto com o almirante Mike Rogers, da National Security Agency e os Chefes do Estado Maior o tempo todo, dizem as fontes do Pentágono.

O fato de que o Departamento de Estado dos EUA retirou uma declaração culpando a Rússia pela queda do voo 17 da Malásia sobre a Ucrânia, um dia depois do encontro de Trump com Putin pode ser um sinal de que essa é a questão que derrubará o ex-presidente Barack (Candidato da Manchúria) Obama .

Também, existem outros sinais de que esse incidente poderia ser importante. Um deles é a prisão do ex-presidente da Malásia Najib Razak devido a um escândalo de corrupção de US $ 4,5 bilhões.

https://www.theguardian.com/world/2018/jul/03/former-malaysian-leader-najib-arrested-in-45bn-graft-probe

Este é um grande problema porque, neste escândalo, a trilha levou ao Rothschild Bank AG em Zurique, na Suíça. Este banco, por sua vez, é uma subsidiária da filial francesa da Rothschild & Co., com sede em Paris e controlado pela família Rothschild.

Esta investigação, juntamente com o depoimento de Clapper é susceptível de implicar a filial francesa dos Rothschilds no sequestro dos voos 370/17 da Malásia. Este avião, na realidade uma aeronave de segunda mão comprada da Malásia, foi “sequestrado” na Malásia e enviado via Tel Aviv para a Flórida, onde foi carregado com armas nucleares e usado pelo antigo regine para ameaçar 58 líderes, reunidos na Holanda para um “encontro  de segurança nuclear”. 

https://en.wikipedia.org/wiki/2014_Nuclear_Security_Summit

Após o Voo 370, foi repintado para o Voo 17, lotado com cadáveres e enviado para a Ucrânia, onde foi abatido, numa vã tentativa de iniciar uma guerra nuclear com a Rússia. O ponto aqui é que o testemunho de Razak e Clapper, juntamente com a trilha do escândalo Malaio, levou diretamente ao ramo francês dos Rothschilds.


Os Rothschilds franceses possuem enorme influência na Ásia. Por exemplo, Zhou Enlai, o primeiro premier da China comunista, bem como o ex-lider Deng Xiaoping e muitos outros, foram todos educados na França por comunistas franceses. Esses comunistas franceses eram agentes da máfia khazariana, provavelmente, financiados pelos Rothschilds franceses, de acordo com um professor comunista francês que participou da revolução comunista chinesa e suas consequências.

A filha do Ministro das Finanças do Japão, Taro Aso, também está vinculada com a filial francesa dos Rothschilds. Eles usam Aso, entre outros, para comprar apoio para o seu governo secreto na Ásia de gângsteres chineses e japoneses, de acordo com um colaborador próximo de Aso. Isso ajuda a confirmar o que a NSA tem nos dito sobre a influência dos Rothschild na China e no Japão.

Os Rothschilds franceses, também, enviaram um representante para se reunir com a Sociedade Dragão Branco (SDB) após o ataque nuclear em 11 de Março de 2011 resultando no tsunami e um assassinato em massa no Japão, para ameaçar com outros ataques, disseram as fontes da SDB. Eles recuaram, após receberem ameaças contrárias, como a de atacar a Ilha de La Palma no Atlântico com armas de terremoto e enviar um tsunami de 100 metros para a Costa Leste dos EUA, disseram as fontes. Vocês podem confirmar que, imediatamente após o ataque de Fukushima ocorreu um enorme e inexplicável enxame de terremotos em La Palma.

https://ruffletheteacher.com/2011/08/12/la-palma-canary-islands-700-earthquakes-since-july-2011/

Por sua vez, o ramo suíço foi educadamente solicitado pelas famílias reais asiáticas para devolver o ouro roubado que vinha usando para financiar o BIS e o G7. Se nenhuma resposta satisfatória estiver disponível, Forças Especiais e possivelmente armas nucleares serão empregadas, prometem os membros da SDB.

O fato de Trump ter dito à CBS News que a UE de propriedade de Rothschild era um "inimigo" e de também sugerir de que não arriscaria uma Terceira Guerra Mundial para proteger países europeus, mostra que esses países não têm mais forças militares para apoiá-los. Portanto, é apenas uma questão de tempo de como e quando a Rússia e os EUA removerão controladores Rothschild da UE.

https://www.cbsnews.com/news/donald-trump-interview-cbs-news-european-union-is-a-foe-ahead-of-putin-meeting-in-helsinki-jeff-glor/

https://www.politico.eu/article/donad-trump-nato-montenegro-defending-could-mean-world-war-iii/

Enquanto isso, nos EUA, muitas batalhas ainda estão por vir. O médico cardiologista de George W. Bush foi morto na semana passada, o que levou fontes do Pentágono a dizer que este incidente poderia provocar os disparos das "Armas de Agosto".

https://www.theguardian.com/us-news/2018/jul/22/heart-doctor-to-george-hw-bush-dies-in-bicycle-shooting

As “armas de Agosto” podem ser necessárias para preparar uma segunda reunião, dessa vez de cúpula com Trump e Putin, que fontes do Pentágono dizem que pode acontecer em Setembro. Presumivelmente, a informação dada por Putin a Trump ajudará o Pentágono a convidar quem mais precisa participar da reunião nos EUA.

http://tass.com/world/1014095

Fontes do Pentágono ofereceram o seguinte indício sobre o que esperar: “Depois de chamar seus seguidores de superelite, Trump teve o poder de derrubar não só o Vale do Silício e Hollywood, mas também o Federal Reserve Board e a Big Farma.”

Além disso, fontes do Pentágono dizem que a eleição no Zimbábue, que deve ocorrer no dia 30 de Julho, será importante para que o ouro africano seja necessário para sustentar uma nova moeda africana como parte da próxima revisão monetária global.

Num sinal de que os antigos governantes sabem do que está escrito na parede, Henry Kissinger, que apenas presidiu uma reunião da Bilderberg, na Itália, disse que Trump “pode ser uma daquelas figuras da história que aparecem de tempos em tempos para marcar o fim de uma era e forçar tais governantes a desistirem de suas velhas pretensões”.

https://sputniknews.com/world/201807201066554344-kissinger-trump-putin-summit/

Isso soa como uma declaração de rendição.


Auxilie curtindo e compartilhando essa publicação no rodapé da postagem, para que ela possa alcançar cada vez mais Sementes! Gratidão! ❤

Autor: Benjamin Fulford 
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais artigos do Benjamim Fulford Aqui

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...