A Federação Galáctica pelo Andarilho dos Céus 26.10.2012 - Sementes das Estrelas

A Federação Galáctica pelo Andarilho dos Céus 26.10.2012

Compartilhe esse artigo



Saudações da Federação:
Hoje começamos com a
enumeração dos acontecimentos que conduziram a este lugar, a esta época, ao
agora. Estamos aqui, e estivemos sempre a orientar-vos durante este tempo.
Vocês estiveram sempre na expectativa dos acontecimentos que iriam chegar, como
deviam. O tempo aproxima-se cada vez mais do inevitável. Há tanto para ser
feito no vosso mundo e tão pouco tempo para concretizá-lo. 
Todo o planeta foi
envolvido por um campo de plasma que foi ativado recentemente e que age para
manter as formas mais elevadas de vibração da energia, enquanto permite às
vibrações inferiores, mais negras e mais densas, afastar-se sem que haja
impedimentos. Logo que elas estejam fora, não podem regressar. É o começo da
fase final da purificação do planeta. A demora que impediu isto de acontecer
mais cedo foi ocasionada pela vossa estação espacial, que estava numa órbita
demasiado próxima para não ser afetada pela ação deste campo. Foi estabelecido
um acordo para deslocar esta órbita para que a rede se tornasse operacional, sem
quaisquer efeitos adversos para os humanos.
À medida que esta
energia for ativada, ireis verificar cada vez menos influência dos Illuminati
nos vossos assuntos do dia-a-dia. Ao princípio ela não será notada pelas
massas, mas no final alguém “irá experimentar antes de decidir,” através de uma
ação conhecida por ser contra os princípios dos Illuminati e, ao fazê-lo, não
encontrará a resistência que, de outro modo, deveria acontecer. Isso irá
inspirar mais a “levar os assuntos ao limite” até se tornar visível que os
Illuminati, que ninguém vê ou distingue quem são, mas que sabemos que estão
presentes, já não estão aí, ou se estão, já não se opõem às ações
implementadas. Como este conhecimento irá alastrar, mais melhoramentos para o
bem da Humanidade irão começar a tomar forma no vosso mundo. Quando isso
acontecer, vereis surgir uma avalanche de movimentos, que não encontrão
oposição, criados pelos humanos e vocacionados para o que todos desejam –
prosperar, ser livre, explorar, estar ciente da verdade e encontrá-la.
Será um acontecimento
gradual, se bem que não tenha sido lento durante décadas e milênios, mas será
derrubado no preciso instante em que o vosso povo compreender que pode levar
uma existência livre e desimpedida do controlo dos que procuraram escravizar-vos.
Quando os cientistas criarem tecnologias para o benefício de todos, ou quando
essas coisas se tornarem do conhecimento geral e que não forem “postas de lado”
pelo controlo dos que não querem que vocês as tenham, ou quando as instituições
cuidarem e atenderem às necessidades do povo e não das corporações, ou quando
os políticos criarem leis justas e representativas para todos. Lentamente, mas
com firmeza, ireis ver esse mundo novo desenvolver-se.
A nossa intervenção
nesses assuntos tem sido praticamente invisível, mas temos estado aí.
Preparamos o terreno para impedir que as energias negativas circulem no vosso
planeta. Afastamos outros grupos negativos que se instalaram no vosso mundo por
motivos egoístas, impedimos que outras raças chegassem aí nesta ocasião crucial
de transferência de campos de energia no vosso planeta e à volta dele, e
orientamos-vos ao longo deste processo para que permanecessem informados, em
contacto, motivados e sabedores do que se está a passar no vosso mundo.
Como estes assuntos se
desenvolvem e como o braço de ferro dos Illuminati se forma cada vez mais
frouxo, aprendereis a vossa verdadeira História e ireis fortalecer-vos com a
sua mensagem de esperança para todos vós. Realmente, vocês já começaram a ter
conhecimento através da descoberta de civilizações perdidas há muito que
começam a ser relatadas na vossa comunicação mediática. Como tudo isto emana
sobre vós como um povo e tornais-vos cientes do quadro mais alargado, quer no
vosso mundo quer em todo o Universo, chegaremos de braços abertos, com amor e
respeito pela vossa jornada. O processo já começou e estamos a superintender
muito mais em vosso nome.
O que poderia ser mais
alegre do que um encontro daqueles que estão a ver estas coisas a terminar? E
dizemos a todos vós: Olhem para cima e estaremos aí convosco, com amor e
respeito mútuo. A nossa jornada partilhada proporcionou-nos muita alegria.

Fiquem em paz.

Compartilhe esse artigo

About Author

Neva (Gabriel RL)