background

terça-feira, 19 de agosto de 2014

BENJAMIN FULFORD - "OS ARQUIVOS X DE BENJAMIM FULFORD" - 18.08.2014



Aviso aos leitores, esta é a ultima de uma série de informes emitidos nas quatro semanas sobre temas sensíveis ao tempo. A partir da próxima semana, voltaremos para a cobertura dos últimos acontecimentos mundiais.

Como resultado de seu envolvimento com várias sociedades secretas, este escritor tem testemunhado uma série de eventos extraordinários que só podem ser classificados como material de arquivo X.

A primeira vez que coisas estranhas começaram a acontecer foi em 2007, logo após este escritor lançar um desafio público para as famílias que secretamente, controlam o mundo por meio do Federal Reserve Board.

No principio, eu acordava com palavras desconhecidas em minha mente e uma vontade irresistível de procurá-las no dicionário. Por exemplo, numa manhã acordei com a frase "números de Fibonacci" na minha cabeça. Quando busquei o significado, me dei conta que era um conjunto de números que são usados ​​para explicar o crescimento natural, que foi concebido pelo matemático medieval de mesmo nome. Fibonacci também foi responsável pelo ensino da matemática da usura ao grupo de famílias banqueiras como os Médici e os Borgia que eventualmente, fundaram o Federal Reserve Board.

Noutra ocasião, acordei com a frase "dialudes pós-cronométricos" em minha mente. Também tive que buscar. A dialude é algo que foi diluído, como o sal na água salgada. Pouco tempo depois, fui convidado para uma reunião onde as pessoas que afirmavam serem não humanos em forma humana e realizaram uma atuação em que recriavam a reconstrução do planeta Terra, coletando o pó de sua explosão.

A mensagem que recebi foi que este planeta foi destruído uma vez e que membros de uma civilização avançada o reconstruiu para nós, nos dando a oportunidade de fazer as coisas certas desta vez.

TEM mais. Pouco antes de ser convidado a conhecer o líder de uma sociedade secreta asiática, alguém anonimamente me enviou uma tradução chinesa do livro de Haruki Murakami "Kafka on the Shore". Quando me encontrei com o chefe da sociedade secreta asiática, ele me perguntou por que eu estava lhe dando o livro e eu disse a ele que, de alguma forma, senti que LHE era apropriado. Mais tarde naquele ano, quando visitei o Canadá, o despachante aduaneiro começou a se me perguntou o que ele achava de Haruki Murakami e seu livro "Kafka on the Shore". Quando voltei para o Japão, encontrei uma cópia de Inglês do livro em minha biblioteca. Então eu a li. A essência dessa novela era que a realidade seria reiniciada de forma a por fim aos erros do passado.

Talvez alguma organização tenha buscado uma maneira de fazer isso. Todavia, em qualquer caso, tanto quanto estou ciente, foi definitivamente um arquivo X.

Outro episódio ocorreu quando visitei o chefe de uma sociedade secreta diferente na China. Meu voo implicava numa mudança de avião em Taiwan. No aeroporto de Taipei fui comprar uma lembrança taiwanesa muito comum, conhecido como Senka ( ). Perguntei aos transeuntes onde poderia comprar alguns e me apontaram numa determinada direção. Enquanto eu caminhava, tive a estranha impressão de que o corredor foi ficando cada vez mais longo e nunca terminava. Finalmente desisti. Mais tarde, após uma reunião bem sucedida com as pessoas da sociedade secreta da China, encontrei uma loja justamente ao lado do local de encontro que vendia Taiwan Senka.

Então, no meu retorno ao Japão, havia uma loja que só vendia Senka bem ao lado do saguão do aeroporto, onde não havia nenhuma antes. Senti-me como um personagem num jogo de computador, quando recebe um prêmio digital por passar um obstáculo.

Aconteceram muitos desses episódios quando me encontrei com membros de várias sociedades secretas asiáticas. Por exemplo, itens como brincos de ouro da Virgem Maria, uma substância que parecia excremento com um diamante incrustado nela 0,88 quilates, um dragão de ouro e mais coisas que pareciam se materializar espontaneamente. Além disso, os objetos em minha casa estavam mudando sutilmente. Por exemplo, eu tinha um saco de papel com erva-mate que tinha se rasgado, então coloquei o conteúdo num saco plástico. No entanto, a erva parecia voltar espontaneamente para o saco de papel. Também me lembro de acontecimentos que experimentei como se eles tivessem acontecido de uma forma ligeiramente diferente no passado. É como se a realidade se reiniciasse varias vezes e em cada vez que foi reiniciada, pequenos detalhes foram alterados. Ou isso, ou alguém estava tentando mexer com a minha mente, entrar em minha casa e mudar as coisas ao redor.

Também ocorreram muitos acontecimentos fora deste mundo quando fui para a Itália para uma reunião com membros da loja maçônica P2. Em Roma, eles me levaram para uma reunião da P2 num lugar secreto, onde me foi mostrado um projetor estranho que pode projetar uma grande imagem da Virgem Maria de 22 milhas no céu. Também mostraram alguns retratos estranhos parecidos com espelhos em 3D disseram que eram portais para outras dimensões. Aqui está uma foto do local:


Mais tarde, Vincenzo Mazzara, um "Cavaleiro dos Cavaleiros Teutônicos" me levou numa excursão pelos principais locais da P2 em Milão. Mostrou-me uma igreja, onde uma gravura de uma cobra enrolada em torno de uma cruz era a peça central da exposição. Ele, então, me conduziu para uma catedral em que ele me mostrou uma janela que representa o Sol Negro adorado pela P2. Enquanto eu olhava, senti como se estivesse em pé sobre uma nuvem na borda de um abismo frio e negro que absorvia a vida. Então eu vi o que parecia com um redemoinho preto e branco gerando todas as cores do arco-íris. Aqui está uma foto do Sol Negro.


A conclusão a que cheguei, nestas e outras experiências sobrenaturais é que esta realidade é um tipo de construção digital. É a única explicação que faz sentido. Porque a exploração espacial humana da Lua foi interrompida? Por que objetos anômalos (oops-art(*)) são encontrados em todos os lugares?


Talvez sejamos como um Super Mario num jogo de Nintendo, tentando sair da máquina de jogos e descobrir que vivemos numa realidade finita. Talvez os objetos anômalos sejam restos de "sessões de jogos" anteriores ou jogos diferentes.

Se for esse o caso, então os seres humanos devem encontrar uma maneira de hackear o sistema operacional conhecido como o planeta Terra, a fim de atualizá-lo. Isso pode ser feito, por exemplo, alterando os genes para que possamos nos tornar imortais através da construção de novas realidades virtuais ainda mais realista do que esta, criando novos significados e criar outras coisas.

Também teremos que derrubar a classe dominante que nos tem mantido como ovelhas em currais durante todos estes anos. Se tivermos êxito, então todos os tipos de coisas maravilhosas acontecerem são possíveis.

Na próxima semana, voltaremos ao mundo do aqui e agora que todos compartilhamos, trabalhando nas formas de tornar esta realidade melhor.


Autor: Benjamin Fulford 
Fonte primária: http://benjaminfulford.net
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge


Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...