AS CARACTERÍSTICAS DOS GUERREIROS, PORTADORES E TRABALHADORES DA LUZ E MOSTRADORES DO CAMINHO

Compartilhe esse artigo


GUERREIROS DA LUZ…
PORTADORES DA LUZ… TRABALHADORES DA LUZ… MOSTRADORES DO CAMINHO… DE QUEM
ESTAMOS FALANDO?
  
Estas
são expressões que, de repente, ganharam notoriedade no mundo da web, nos
livros, nos filmes, em palestras e congressos…
Mas,
primeiramente, o que vem a ser “Luz” senão a lucidez sobre si mesmo e sobre a
Criação Divina, a Sabedoria que alia conhecimento e amor incondicional?! Sim,
porque conhecimento sem amor é bestialidade, é árido de significado e função.
Seres
de Luz, ou seja, que já incorporaram a sua mestria (conhecimento + amor), são
abundantes hoje no planeta, com a clara missão de ajudar na manifestação do
Plano Divino para a Terra, que é ancorar a nova consciência – de 5ª dimensão –
para alavancar a ascensão do corpo planetário (Gaia e sua humanidade) ao roll
das dimensões superiores.
São
um grupo de seres – encarnados ou não – planetários (da própria Terra),
interplanetários, intergalácticos e multidimensionais que se uniram a esse
serviço de ancoragem, cura, ensinamento e libertação do corpo planetário de
Gaia, em seu momento de transição.
Poderíamos
nominá-los apenas “Seres de Luz”, mas a mente humana precisa de rótulos, de
referências, para perceber uma realidade. Trata-se de uma ferramenta
compartimentada, portanto, para conceber uma ideia ela necessita fragmentar o
objeto de sua percepção. E, assim, temos essa gama de denominações para um
grupo Uno, com funções diferentes.
Sendo
a “harmonia e a funcionalidade” (e não a perfeição) a constante do Universo,
para existir a expansão é necessária a harmonização desse grupo em
compartimentos de competências específicas. O que equivale dizer que não existem
aqui hierarquias verticais de importância, mas tão somente a junção de
consciências comprometidas em realizar um trabalho.
Tomemos
como exemplo um motor de carro: uma complexa engrenagem de várias peças que
somente exercem uma função (fazer o motor funcionar) se unidas, e cada uma em
seu lugar específico. Peça alguma é melhor ou mais importante do que a outra…
Todas são funcionais e indispensáveis para que o motor funcione.
Essa
é a razão – unicamente para a compreensão da mente humana – pela qual esse
grupo de Seres lumínicos é designado como Guerreiros da Luz, Portadores da Luz,
Trabalhadores da Luz e Mostradores do Caminho. Cada um em sua função, atuando
simultaneamente, cria, neste Agora, o milagre da ascensão de um corpo
planetário a dimensões de vibração superior.
Baseada
nessa compartimentação funcional, vamos dar um breve esclarecimento sobre o
trabalho de cada grupo, cujos integrantes são selecionados nos planos sutis
para desempenharem funções compatíveis com suas maiores e melhores habilidades:
Guerreiros da Luz: como o próprio
conceito da palavra já diz – guerreiros – é um grupo de enfrentamento direto
com a escuridão. Sua função primordial é a libertação
planetária
.
São
eles que revelam, que denunciam, que desmascaram, que combatem diretamente os
escuros, lhes tirando os sustentáculos; são eles que arriscam sua liberdade de
ir e vir, enfrentando processos judiciais forjados com acusações falsas,
exílios e prisões injustas; são eles que arriscam suas vidas físicas, bem com a
vida de suas famílias; que enfrentam a descrença e o escárnio da humanidade
ainda adormecida na ilusão… Para que a ilusão se desvaneça, é necessário
tirar-lhe a máscara e mostrar a verdade, ainda que muitos não aceitem ou sequer
acreditem.
São
seres de frequência “índigo”, ou
seja, de muita robustez anímica, muita coragem e muito conscientes de suas
missões, para permanecerem firmes na linha do “front” de batalha. São aqueles
mais visíveis e mais expostos, portanto, os mais perseguidos e eliminados
também. Mas são irredutíveis em seus propósitos.
Apenas
citamos alguns exemplos mais conhecidos mundialmente,em nosso momento atual:
Gandhi, Nelson Mandela, Martin Luther King, John e Bob Kennedy, David Icke,
Steven Geer, Robert Lazar, Julian Assenge, Edward Snoden, Kevin Annett, Chico
Mendes, John Lennon, Michael Jackson…
Todos
os Guerreiros da Luz estão sob a proteção e mentoria de Arcanjo Miguel e seu
exército de anjos de fogo azul.
Portadores
da Luz
:
são aqueles cuja missão é pura e simplesmente ancorar a Luz emanada do Sol
Central, neste momento único, em que atravessamos o cinturão de fótons. Sua
função no Plano Divino é a ancoragem da Luz
no planeta
. Para exercerem a sua função, estes necessitam tão somente
estarem no planeta e deixarem-se inundar de Luz e emaná-la através de seu coração
compassivo e amoroso.
Muitas
dessas âncoras estão por aí, sendo chamadas de mendigos, de vagabundos, de sem
ambição, de alienados e párias sociais, pois se recusam a estarem inseridos no
sistema de controle da matrix…
São
seres com frequência predominantemente “cristal”.
Se
prestarmos atenção, veremos em seus olhares extrema ternura e compaixão, e nada
têm a ver com miséria material. A sua riqueza está em seu interior e no
trabalho de ancoragem que abnegadamente exercem.
A
grande maioria, simplesmente está inserida no seio das famílias, nas
instituições, nas empresas… apenas espargindo Luz à sua volta. São aquelas
pessoas comuns, cuja presença é tão benéfica que você não quer sair de perto
delas, ou passaria uma noite toda conversando com elas sem se cansar… São
como lâmpadas, atraindo mariposas. Elas, simplesmente, SÃO e ESTÃO!
Trabalhadores
da Luz
:
trabalham com a Luz nos processos de ancoragem por meditação, nos processos de
cura holística, quântica e espiritual, nas canalizações de cura, nos trabalhos
em nível de ação social, cura através da expressão artística de qualidade
lumínica, etc. Sua função definida é a cura
planetária,
em todos os níveis.
Geralmente,
carregam em si a frequência “cristal e
arco-íris”
, pois sua atuação demanda muita compaixão, poder e sabedoria
para manipular as energias do universo.
São
Seres a quem é aconselhável não se envolverem com o trabalho dos Guerreiros da
Luz,  para não estarem vulneráveis a
baixarem suas vibrações em contato energético com os escuros, uma vez que sua
missão é curar, muitas vezes, através da doação de sua própria energia, como é
o caso do passe magnético. Ou, ainda que trabalhem com canalização de energia
cósmica, baixarem a vibração significa que parte da energia canalizada seja
absorvida por si mesmo, canalizando pouca energia ao paciente sob seus
cuidados.
Sempre,
nas mensagens de nossos Irmãos mais conscientes da Companhia do Céu, como eu
gosto de chamá-los, é recomendado aos Trabalhadores da Luz não se envolverem
diretamente nas questões de “combate” à escuridão, não porque quem está no
trabalho de combate está errado, mas pelo cuidado de não baixarem suas
vibrações, não saírem de seu foco, que é a cura planetária.
Mostradores
do Caminho
: São as Consciências engajadas no trabalho de esclarecer, orientar, ensinar…
São responsáveis por extirpar a
ignorância planetária
, com relação às leis cósmicas e às verdades divinas.
Eles
estão aí, escrevendo livros, administrando sites
e blogs, canalizando mensagens de
seus mentores e dos Seres celestiais e galácticos de Luz, ministrando cursos,
proferindo palestras, unindo pessoas para se instruírem em congressos,
encontros, simpósios, workshops, viagens espirituais… Percorrem o mundo todo,
levando sua palavra, seu conhecimento e sua sabedoria aos que ainda lutam
contra a cegueira que envolve a mente humana.
É
um trabalho gigantesco e árduo, porque a alma traz em si toda a sabedoria, mas
a mente humana, em predominância na 3ª dimensão, não ouve e sequer reconhece a
alma como fonte de conhecimento e poder pessoal. Trata-se de uma tarefa de
quebrar velhos paradigmas e velhas crenças que impedem a expansão da
consciência, requisito indispensável ao processo de ascensão.
Geralmente
são seres de frequência “diamante”,
ou seja, agregam as características e atributos das frequências índigo e
cristal.
Em
que pese esta compartimentação funcional, não quer dizer que o Ser que se
comprometeu com uma delas não tenha os atributos das outras… Alguns
apresentam todas as funções, expressas em um menor grau, tal que não comprometa
a realização de sua função primordial. Assim como, um grande número deles
portam características e atributos das frequências vibracionais índigo, cristal, arco-íris e diamante, expressas
concomitantemente.
Portanto,
não deve haver comparações, não há que conceber hierarquias de importância, não
há que emitir julgamentos de certo e errado… Somos todos peças igualmente
indispensáveis ao funcionamento e ao êxito dessa magnífica engrenagem que é o
Plano Divino para a Ascensão Planetária.
Sejamos
UM em nossa consciência… e sejamos únicos em nossas expressões e funções,
dentro da grande “sopa” do Tudo Que É!
Conceição Vitor


Fonte: 
Blog “Alma Céltica”: http://almaceltica.blogspot.com.br/
Veja mais artigos de Conceição Vitor Aqui
Compartilhe esse artigo

About Author