POR QUE OS SERES SUPERIORES E A FAMÍLIA ESTELAR NÃO PERMITEM UMA GUERRA NUCLEAR? - Sementes das Estrelas

POR QUE OS SERES SUPERIORES E A FAMÍLIA ESTELAR NÃO PERMITEM UMA GUERRA NUCLEAR?

Compartilhe esse artigo


Existem várias indicações de que os extraterrestres que viajam em
objetos voadores não identificadas nos salvaram das armas do chamado governo
escuro, especificamente armas nucleares.


Desde
1948, pilotos militares e pessoal que trabalha em várias instalações militares
observaram o fechamento de usinas nucleares e a desativação de armas nucleares
contrariando agendas governamentais.

O ex
piloto dos EUA capitão Robert Salas disse que testemunhou tal evento em
primeira mão em 16/03/1967, na Base da Força Aérea de
Malmstrom em Montana
, que abrigava mísseis nucleares Minuteman. Ele
revelou:

“A
Força Aérea dos EUA está mentindo sobre as implicações de segurança nacional em
relação aos objetos voadores não identificados em bases nucleares e podemos
prová-lo”.

O capitão
Salas descreveu a desativação que
aconteceu sob os seus olhos:

“Eu
estava de serviço quando um objeto veio e pairou diretamente sobre a base. Os
mísseis [nucleares]se desligaram, 10 mísseis Minuteman. E a mesma coisa
aconteceu em outro local uma semana depois. Existe um grande interesse em
nossos mísseis para estes objetos voadores estarem monitorando. Eu pessoalmente
acho que eles não são do planeta Terra”.

Relatórios
semelhantes foram feitos por militares do Reino Unido e da Rússia.
O
pesquisador de OVNI Robert Hastings de Albuquerque, que organizou
uma conferência no National Press
Club
 sobre o assunto, disse que mais de 120 ex-membros do
serviço militar disseram que viram objetos voadores não identificados perto de
bases nucleares e observando testes.

Edgar
Mitchell, o mesmo astronauta que
foi relacionado em recentes e-mails divulgados pelo Wikileaks sobre Podesta, acreditava que os
extraterrestres vieram ao nosso planeta para não permitir uma guerra nuclear.
Ele diz que os OVNIs foram vistos pairando sobre o primeiro teste de armas
nucleares
 do mundo que aconteceu no deserto de White Sands no
Novo México em 16/07/1945. Ele disse que os extraterrestres vieram à Terra para
não permitir uma guerra nuclear entre os EUA e a Rússia durante a guerra fria.
Pelo menos um grupo de extraterrestres (numerosos) querem nos ajudar a criar a
paz na Terra.

As
teorias sobre porque as armas nucleares são consideradas como não permitidas
pelos seres extraterrestres evoluídos são numerosas.

As armas
nucleares são consideradas uma abominação porque afetam linhas de tempo e
realidades além das nossas. Razão pela qual escudos protetores foram colocados
em torno da Terra para conter possíveis danos nucleares que afetem o espaço e
outros planetas.

Quando
uma alma está perto de uma explosão nuclear que acontece no espaço, ela é
quebrada e espalhada, tornando muito difícil a cura. Todas as partes espalhadas
da alma devem ser coletadas, mas algumas destas partes podem entrar em outros
corpos, ou seres sencientes, resultando em um salvamento e recuperação
extremamente difícil.

Embora na
maioria dos assuntos o livre arbítrio deve ser honrado, não é o caso quando se
trata de guerra nuclear, os efeitos são tão devastadores que ela não pode ser
permitida.

Como os
illuminati planejam expandir suas guerras espaciais, as armas de energia
direcionada fizeram sua estreia fantástica a partir de uma plataforma de
armamento espacial que revelou um programa secreto em 11/9/2001, transformando
em poeira Edifícios em NYC. As reações da baixa energia
nuclear
 foram testadas pelo SPAWAR, o programa espacial da
marinha do EUA que pode ser um programa de energia livre viável. No entanto,
este não é o seu uso pretendido. À medida que o futuro presidente dos EUA fala em aumentar o armamento
nuclear
, temos de nos perguntar como os ETs benevolentes responderão
à guerra de consciência aqui na Terra sendo expandida para os céus.

De acordo
com Michael Ellegion através de um post de Mark Huber.

“A
Federação Galáctica neutralizou diversos mísseis nucleares e malas nucleares.
A maioria da população da Terra não tem ideia de quantas vezes eles entraram
nos bastidores para influenciar, alterar ou parar certos eventos muito
destrutivos e o uso indevido de numerosos sistemas de armas altamente secretas
e projetos que são muito destrutivos para a mãe Terra e a humanidade, que teria
aniquilado grande parte da vida neste planeta”.

“Se
não tivesse sido pela vigilância constante dos extraterrestres na Terra,
parando estes incidentes muito perigosos e muitas outras formas de intervenção,
as condições ambientais ruins como estão neste momento no planeta, estariam
literalmente uma bagunça muitas vezes pior do que agora !”

Também é
sugerido que os extraterrestres podem desativar essas perigosas tecnologias
nucleares e satélites sem sequer tocá-las, usando tecnologia infinitamente mais
avançada do que a desenvolvida na Terra.

As armas
nucleares foram colocadas em quarentena na Terra, depois que os mesmos seres
maléficos (Ets negativos, os mesmos que tentam a tanto tempo destruir a Terra) destruíram outras vidas em diferentes planetas, dentro e fora do
nosso Sistema Solar, ou as incapacitaram para que aprendamos a ser menos
guerreiros à medida que evoluímos nossa consciência.

É
altamente provável que Marte tenha sido uma vez habitado por estes seres
guerreiros e que eles destruíram a superfície do planeta, ficando sem recurso
vieram para a Terra e continuaram com os mesmos hábitos deploráveis.

Guerra
nuclear em Marte é, de fato, a premissa de um trabalho de pesquisa de um
especialista que divulgou em uma publicação científica no “Journal of
Cosmology”. O Dr. John Brandenburg publicou seu opus magnum, “Evidência de uma
explosão termonuclear maciça em Marte no passado, a Hipótese Cydonia e o Paradoxo de Fermi“, que foi inteiramente ignorado pela
mídia convencional
. Se você tentar acessar o documento, no entanto,
o mecanismo de pesquisa algumas vezes exibe a mensagem: “Você não tem permissão
para acessar /JOC24/Brandenburg.pdf neste servidor”.

É
possível que os eventos que vemos acontecendo entre os países neste
planeta sejam na verdade uma extensão de uma guerra entre raças alienígenas do
espaço.

Além
disso, como a guerra nuclear pode aniquilar toda a vida, ela desrespeita a
escolha de livre arbítrio da maioria das criaturas sensíveis que agora vivem
neste planeta. Mesmo os mutantes irradiados provavelmente não sobreviveriam ao
nível de armamento nuclear que a cabala criou. Podemos ler histórias deste
possível resultado em numerosos volumes literários. O que poucos deles
informa é que fomos salvos de nós mesmos, das crianças pequenas e ignorantes
brincando com armas, muitas, muitas, muitas vezes.

Christina
Sarich


Autor: Christina Sarich
Tradução: A Luz é Invencível
Veja mais Artigos Aqui e Federação Galáctica Aqui



Compartilhe esse artigo

About Author

Neva (Gabriel RL)