background

domingo, 25 de fevereiro de 2018

OS ANJOS - "LIDANDO COM A VIOLÊNCIA DO MUNDO" - 24.02.2018



Somos a Luz para aqueles que estão na escuridão

Vocês vivem em uma escola aí em sua Terra. Há graduados espirituais e há alunos de jardim de infância espirituais. Há estudantes brilhantes e aqueles que ignoram completamente o curso. Há alunos gentis e os valentões. Vocês estão juntos na escola. Vocês são família.

Então, o que fazem quando testemunham a violência em suas notícias… ou em suas próprias vidas? Como vocês podem aceitar o fato de que cada alma leva dentro dela a luz de Deus, e, no entanto há alguns que ferem, matam e desvalorizam a outra vida? Queridos, sabemos que não é fácil estar na Terra agora. É um momento de mudança grande e gloriosa, um momento em que as emoções estão borbulhando nos corações humanos, às vezes com proporções vulcânicas.

A beleza deste tempo é que muitos de vocês estão encontrando uma nova paixão, inspiração ou um desejo de liberar o passado. O lado triste deste movimento é que há mais indivíduos “emocionalmente descontrolados”, como vocês dizem, e que odeiam os outros devido a sua própria dor insuportável. Todos são família. Até aqueles que matam, ferem e desvalorizam os outros são família. Eles estão desorientados, mas são ainda parte de vocês. Eles precisam de suas preces.

Aqueles que são pais sabem que vocês amariam os seus filhos ainda que vocês não gostassem deles. Vocês veriam a sua luz e potencial se eles escolhessem não viver nesta luz. Vocês acreditariam em sua capacidade para o bem, ainda que eles nunca agissem de acordo com isto. Vocês os viram como bebês puros e inocentes. Vocês sabem quem eles realmente são.

Vocês podem imaginar, queridos, que é assim que Deus e os seus anjos vêem cada um de vocês. Nós vemos a luz pura e inocente do Divino em cada um de vocês.

Assim, e quanto aqueles que matam os outros, como no caso do recente tiroteio; “Como nós os vemos”?, vocês perguntam. “O que acontece as suas almas? Onde está a justiça?” Ouvimos os seus gritos.

Vemos a verdade destas almas. Vemos a sua sensibilidade à vida, a sua dor, desespero e os seus gritos desesperados por amor. Vemos a sua sensação de abandono, sua frustração e até mesmo a sua raiva. Nós lhes enviamos mais amor ainda. Tentamos delicadamente orientá-los para situações mais delicadas, pensamentos e realidades mais gentis, mas eles ainda têm  livre arbítrio. Quando vemos que eles irão usar o seu livre arbítrio de uma forma violenta, fazemos o melhor possível para guiar e proteger a todos em seu caminho, de acordo com o projeto e escolhas de sua alma.

Os céus estão mobilizados, queridos, antes de cada desastre - natural ou provocado pelo homem. Há legiões de anjos aí para ajudar.

Algumas almas que morrem no caminho dos raivosos concordaram em deixar o planeta para inspirar a compaixão, a mudança social ou familiar. Algumas almas que morrem nas mãos dos desorientados, inscreveram-se para uma experiência mais curta de vida. Algumas almas no caminho simplesmente ignoraram as suas orientações, e quando foi apresentado o momento da escolha em que cada alma tem que ficar ou partir, eles dizem em algum nível do seu ser. “Escolho voltar ao Lar.” Isto é difícil de imaginar quando vocês não se lembram da felicidade do céu, mas uma vez que se lembram, nós os tranquilizamos: não há medo da morte. Muito pelo contrário: Muitas vezes, temos dificuldade em ajudar as almas cujo tempo não chegou para retornar à Terra!

Enquanto isto, o que acontece àquelas almas que estão com tanta dor, que elas provocam grande sofrimento e escuridão no mundo? Isto varia, queridos. Algumas delas morrem e se recusam a entrar na luz porque elas não acreditam que o amor existe. Estas almas desorientadas reencarnam várias vezes, causando estragos até que finalmente, alguém ore fervorosamente, o suficiente para que a sua alma ouça e se sinta digna de amor. Algumas delas morrem e despertam na transição. Elas entram na luz, vêem e sentem na revisão de sua vida toda a dor que elas causaram. Estas almas querem, então, compensar toda esta dor. Muitas vezes, elas querem retornar e ajudar a humanidade, ou algumas delas acreditam erroneamente que devem voltar e sofrer para “pagar pelos seus pecados”. Deus não exige pagamento. Deus quer que todos sejam curados.

Assim, queridos, não somente pelas vítimas da alma ferida, mas ainda mais por aqueles que estão cometendo tais atrocidades em seu planeta. Orem pela sua cura, seu despertar, seu retorno à luz. Orem para que, quando elas morrerem, elas saibam que  são dignas do amor de Deus, para que possam ser curadas. Orem também pelas almas que não sabiam o suficiente para entrar na Luz…

“Que todas as almas feridas se curem e se elevem. Traga-as para a Luz do seu amor. Traga ao Lar os desorientados, os esgotados, os tristes, os irritados, os feridos e ajude a todos a se elevar enquanto, coletivamente, avançamos para uma luz maior.”

Os perdidos ouvirão as suas preces. Se um número suficiente de pessoas considerá-las dignas de amor, às vezes, isto é o suficiente para que elas mudem e recebam o amor que existe e sempre existiu, esperando por elas. Vocês - através de suas preces e o seu compromisso com o amor - podem trazê-las de volta ao Lar.

Deus os abençoe.

Nós os amamos muito.

Os Anjos


Canal: Ann Albers
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais mensagens dos Anjos Aqui

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...