background

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

7 DICAS PARA LIDAR COM UM CORAÇÃO PARTIDO



Quem nunca passou pela dor de ter o coração partido? Não é das melhores experiências, ninguém quer passar por isso, mas, em algum momento, acontece.

Quando estamos em uma relação, esperamos que dure para sempre, mas… esse sempre pode ter duração de vários tamanhos. Fato é que quando uma relação acaba, não existe culpados e, sim, responsáveis pelo fim. Os dois lados da história têm a sua parcela de responsabilidade para chegarem até esse resultado.

Quem já passou por uma experiência assim sabe o quanto pode ser doloroso um fim de relacionamento, e quanto mais tempo durou, mais intensa é essa dor.

Em muitos casos a pessoa fica temporariamente desorientada, triste, abatida, perde o ânimo e o apetite. Pior do que a choradeira e a dor física! Sim, porque é comum a pessoa ter reações físicas de dores generalizadas no corpo, febre emocional, desordem no aparelho digestivo e por aí vai.

Pior do que isso é a dor na alma! O buraco que se instala bem no meio do seu peito e parece que nos rasga de dentro para fora, fazendo com que tudo perca o sentido.

Essa dor da perda, do término, pode ser comparada à dor do luto. Ela dura por tempos diferentes para cada um, mas pode levar em média de 6 meses a 2 anos, mas, como disse, isso é relativo.

E agora? O que fazer? Quando se passa por uma forte emoção como essa, é preciso se permitir sentir tudo o que ela traz consigo. Dê-se o tempo necessário para extravasar essa dor.

1. Chore, chore muito!

Não guarde essa dor em você ou em breve criará algo ainda pior em seu organismo.

2. Encare a situação de frente!

Passado esse primeiro momento, desfaça-se das lembranças que o fazem sentir-se próximo do seu (sua) ex.: fotos, presentes, objetos, tudo mesmo. Não se iluda e nem fique se torturando sonhando com uma possível volta. Isso só prolongará o seu sofrimento.

3. Não se isole por muito tempo!

É claro que em uma situação como essa, a maioria quer ficar sozinho(a) para chorar a sua dor… e é muito justo. Mas, contudo, não permaneça muito  tempo em isolamento, pois o estado de estar deprimido só agrava a situação.

4. Procure pelos seus melhores amigos!

Todos nós temos alguém com quem contar. Aquele amigo(a) que não nos julgará, que nos acolherá e dará um ombro amigo. Desabafe, abra-se para essa pessoa na qual confia. Isso fará bem para você começar a lidar com a situação e, se seu amigo for ponderado o suficiente, ainda terá uma palavra certa para lhe dar.

5. Assista a uma comédia, um programa de humor, vídeos engraçados no YouTube.

Ainda que você não se sinta nem um pouco disposto a isso, lembre-se: você precisa querer de forma consciente se ajudar a sair dessa fase e desse sofrimento. Ainda que faça de forma mecânica no começo, mas faça! Logo a sua vibração estará melhor, porque se permitiu acessar uma sintonia diferente.

6. Faça mais daquilo que você ama!

Seja lá o que for isso para você: sair com os amigos, ir ao cinema, sair para dançar, fazer algum curso que há tempos queria, ler mais, praticar algum esporte, aprender algo novo… as possibilidades são muitas! Aproveite que você está com tempo agora para se amar mais, para se cuidar mais e redescobrir quem você é de verdade. Permita-se usufruir desse tempo consigo mesmo(a).

7. Em alguns casos, é aconselhável buscar por ajuda profissional.

Dependendo da bagagem emocional que a pessoa carrega e se não conseguir lidar com isso sozinho(a), sugiro fortemente que busque a ajuda de um terapeuta que poderá entrar com recursos e ferramentas próprias para fazê-lo lidar com essa situação de forma responsável e saudável.

Existe vida após o término!

Essa experiência do fim de um relacionamento afeta de maneiras diferentes a cada um. Para alguns é uma libertação e motivo de festa, dependendo do que a pessoa passava nessa relação, mas, para outros, pode ser bastante desafiador esse recomeço.

Em toda relação sempre há algo de bom que se pode levar. Então, seja grato por essa experiência vivida, ao quanto você evoluiu e cresceu como pessoa, quais os aprendizados que se tira disso e siga em frente.

Ser feliz é algo que só depende de nós e de mais ninguém. Seja feliz, independentemente de estar numa relação ou não. Não transfira essa responsabilidade para outros, menos ainda para seu parceiro(a). Quando você estiver bem consigo mesmo e com sua própria companhia, você estará pronto(a) e aberto(a) a um novo relacionamento, se assim desejar.

Aquilo que antes parecia ser o fim do mundo vai se mostrar como algo que deveria ter acontecido assim mesmo. Você passará a enxergar com clareza que foi o melhor que poderia ter acontecido. Então, siga em frente.

Existe uma infinidade de possibilidades que a vida põe diante de você. Abra-se para o novo, mas lembre-se sempre de se colocar em primeiro lugar. Nada e nem ninguém podem ser mais importante do que a sua saúde física e emocional.

Esteja bem com você… e encontrará alguém que combine com o seu bem-estar. 


Auxilie curtindo e compartilhando essa publicação no rodapé da postagem, para que ela possa alcançar cada vez mais Sementes! Gratidão! ❤

Autor: Colunista do Site O Segredo
Veja mais Artigos Aqui

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...