background

sábado, 1 de dezembro de 2018

SAUL - "AO SE SENTIR EM UM COM OUTRO, TEMORES, CONFLITOS E DESCONFIANÇAS SE DISSOLVEM" - 27.11.2018



Ao se sentir em UM com outro, temores, conflitos e desconfianças se dissolvem.

A mudança está no ar, de fato,  enormes mudanças e revelações serão feitas em breve, na medida em que a humanidade progride mais eficazmente para o momento de seu grande despertar.

Despertar sempre foi a Vontade de Deus para com vocês e a Vontade de Deus, a Vontade divina, de fato, a Vontade da Humanidade - a Vontade coletiva de todos vocês, desde que a irreal, todavia, muito real experiência de separação começou - é Vontade Única a ser Sempre alcançada. Não existe outra maneira!
É claro que muitos de vocês perguntam e continuam a perguntar: “Se Deus é Amor e Sua Vontade é para sermos felizes, então, por que existe tanta dor e sofrimento no mundo?” Porque é tão difícil para que entendam e aceitem que a Vontade Una, a Vontade coletiva e a de Deus, é para que todos  que  experimentam a ALEGRIA eterna? Essa é a realidade!

O que estão vivenciando e o que parece terem experimentado por eras - julgamento, culpa, conflito, dor e sofrimento - é ilusório. Sim, a dor e o sofrimento são muito convincentes e parecem totalmente reais, porque em sua forma física, o corpo humano, tem sentidos e sentimentos incorporados a ele para permitir que cuide de si mesmo e aproveite a vida.

E essa sensibilidade tem um preço - vocês têm um ditado que diz: “Não existe almoço grátis!” - e esse preço é a capacidade de sentir prazer e dor, felicidade e sofrimento. Seus corpos são instrumentos sensíveis, através, dos quais a consciência momentaneamente experimenta a irrealidade da separação da Fonte.

A experiência da separação foi apenas uma sensação momentânea, mas que parece estar em andamento há milhares de milênios. Na Realidade existe apenas o Amor - que inclui paz, contentamento, felicidade, cuidado, cooperação, harmonia – aquilo que experimentam como seres humanos que não seja do Amor é irreal, mesmo que pareça muito real.

Em sua maioria, identificam-se, quase de todo coração com seus corpos, com suas formas humanas e com os sentimentos e sensações que eles padecem. Entretanto, quando entram em meditação, contemplação, ou apenas relaxam e a “tagarelice de seus cérebros” diminui ou até mesmo cessa por um tempo, então, se encontram em paz consigo mesmos em autoaceitação.

O sofrimento é resultado de seus pensamentos e julgamentos e culpa do que eles carregam. É disso que se trata o sentido da separação. Quando se sentem UM com o outro - seu parceiro, cônjuge, filhos, num relacionamento amoroso – o medo, conflito e desconfiança se dissolvem. E, se está padecendo com dores físicas, mentais ou emocionais devido a doenças ou ferimentos a seus corpos, ou por razões emocionais ou psicológicas, a presença de pessoas queridas, frequentemente traz alívio.

Simplesmente, tudo versa sobre isso - ser um, ser amorosamente apoiado,  saber  que não está sozinho. Esse  conhecimento,  esse sentimento interior de pertencer, de estar em casa, amado e aceito é o que todos procuram. E, claro, isso é Realidade! É nesse ponto que estão em todos os momentos de suas eternas existências. Apenas, temporariamente, acabaram de perder o acesso à percepção consciente desse fato.

Estar separado do Amor, da Fonte é  insuportável. Algo que nunca pode acontecer. No entanto, como humanos individuais e separados, parece que estão isolados, sozinhos, separados de todos os outros. Todos sonham quando dormem e, às vezes, seus sonhos são terríveis e brutalmente reais, às vezes sem graça, memoráveis, divertidos, excitantes ou edificantes.

E, então acordam e eles desvanecem, porque eram irreais e, muito rapidamente são totalmente esquecidos. Bem, a separação como estão a experimenta-la como seres humanos em forma física, também, é um sonho, que  é  irreal, e do qual  vão  acordar. E, como acontece com os sonhos, quando isso acontece, toda a memória da separação também desaparecerá e, mais uma vez, se encontrarão, onde sempre estiveram, em total Alegria, UM com a Fonte.

Estão todos cientes de que uma enorme mudança está ocorrendo, mesmo que incapazes de identificar bem o que está mudando. Sentem  e  sabem  que está acontecendo. E, ao mesmo tempo, na medida em que mais “coisas” surgem para serem tratadas tanto em si quanto em outras pessoas com quem está interagindo, a vida pode ser e, para alguns, muito desconfortável e muito perturbadora. Apenas aceitem que o que está acontecendo é um aspecto necessário e inevitável do processo de despertar.

Em sua maioria, já experimentaram mudanças indesejadas em suas vidas, mudanças que podem ter ocorrido de forma repentina e inesperadamente. É por isso que todos tendem a ser cautelosos com as mudanças. Muitos planejam suas vidas para evitá-las, embora, a verdadeira mudança, no estado separado e irreal que experimentam como humanos seja inevitável.

Então, ao invés de se preocuparem com o que pode acontecer, do que possa aborrecer ou perturbá-los em suas vidas individuais... Comemorem, porque estão  acordando do sonho da separação para a alegria absoluta da Unidade da qual, profundamente, dentro de si mesmos sabem  disso. Sim, a maioria se esqueceu de quem é, no entanto, o véu do esquecimento será removido e, assombro e alegria, permanentemente, substituirão o desconhecimento temporário, todavia, aterrorizante, de quem cada um de vocês realmente é.

Todos os dias, ou momentaneamente ao longo do dia, sem falta, conforme as ocasiões permitirem, entrem e se conecte com o Amor, com a Fonte, com a Mãe/Pai/Deus que está sempre lá presente, esperando para abraçar e ajudá-los a sentir a completa aceitação que  certamente são suas e suas heranças. São sempre e divinamente amados e  nada  pode mudar isso.

Com muito Amor, Saul.



Canal: John Smallman 
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais mensagens do Saul Aqui

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...