JENNIFER HOFFMAN - "AS BÊNÇÃOS DA CLAREZA" - 17.01.2019




Estamos na segunda semana de um novo ano e é aí que podemos perder força depois de definirmos intenções poderosas para o que queremos usar como uma promessa de um novo ano e um novo começo. Queremos resultados instantâneos, especialmente quando nossas intenções são fundamentadas em tudo o que pensávamos estar errado no ano anterior.

Até agora, neste ano, tivemos muito apoio à clareza, o que significa que descobrimos o denso, escuro e obscuro e o trouxemos para a luz, para que possamos ver todos os detalhes. E nesta semana nós temos outro eclipse da lua cheia que irá lançar ainda mais clareza nas coisas.

Basta lembrar que a clareza apenas esclarece as coisas, ela não fornece soluções ou estratégias. Nós apenas vemos as coisas como elas são, talvez pela primeira vez. A clareza oferece muitas bênçãos e esse é o tema do boletim informativo desta semana.

Quero lhes desejar as bênçãos mais brilhantes do novo ano em sua vida e toda a alegria, paz, amor e prosperidade que o seu coração deseja.

Como escrevi no Relatório de Energia de Janeiro, as energias de Janeiro têm tudo a ver com clareza e isso apenas deixa as coisas claras, não faz mais nada. A clareza tem seu lado positivo e negativo. A vantagem é que vemos as coisas como elas são. A desvantagem é que a clareza pode revelar o que não quisemos ou não pudemos ver antes.

Clareza, como todos os princípios universais, é um princípio sem julgamento, absoluto. Mas com clareza, sabemos onde estivemos e onde estamos agora. E então podemos começar a fazer planos para os próximos passos.

A clareza é um grande presente que tem bênçãos maravilhosas, mas não pense que elas sejam boas ou maravilhosas o tempo todo. As bênçãos também são sem julgamento, elas nos abençoam com verdade, luz, consciência, informação, conhecimento e compreensão. Às vezes, elas abrem nossos olhos de maneiras que nada mais acontece quando vemos a verdade sobre nossa situação ou sobre outra pessoa.

Quando liberamos a clareza, uma resposta pode ser menos do que ideal. Por exemplo, estabelecer limites de energia pode resultar em ataques de raiva, rejeição, abuso e todos os tipos de mau comportamento. Você deixa seus limites claros e outros não gostam disso. Eles responderão à sua clareza com suas sombras, seus medos, ansiedades e dúvidas, densos, escuros e obscurecidos.

Talvez você esteja claro sobre seus sentimentos em um relacionamento e compartilhe sua clareza dizendo a alguém que você o ama. Ele responde de outra maneira porque sua clareza revelou seus medos sobre amor, abandono, rejeição e sua própria insegurança emocional.

Onde você vê a luz, os outros vêem suas sombras. De fato, suas sombras se tornam óbvias por causa de sua luz.

Não podemos julgar a validade da clareza pela resposta que recebemos, seja de nós mesmos ou dos outros. A única coisa que fazemos quando recebemos ou damos clareza é esclarecer as coisas. Então os próximos passos podem se tornar óbvios ou temos escolhas diferentes.

As escolhas óbvias são claras quando percebemos que não conseguiremos o que queremos de alguém, ou a nossa clareza ilumina os seus medos. As escolhas que a clareza revela podem significar que algumas escolhas não são mais possíveis e outras escolhas se tornam possíveis.

A clareza também pode revelar que nossas expectativas são irrealistas, impraticáveis ​​ou insustentáveis. Isso é um presente porque nos tira de caminhos insatisfatórios e nos permite escolher outros. Não julgue a clareza pelas consequências que ela pode gerar ou pela verdade que ela revela.

Acolha a clareza como um farol de verdade e consciência e tudo o que se torna claro com clareza é uma luz em nosso caminho e um indicador para a verdadeira realização de nossas intenções para que nosso bem maior e melhor possa se manifestar de uma maneira clara, direta e sustentável .

A clareza é um pilar fundamental do nosso caminho de ascensão e uma âncora da integração 3D / 5D.

Acolha a sua clareza e deixe-a guiá-lo para o seu céu na terra.


Autor: Jennifer Hoffman 
Facebook: Jennifer Hoffman
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais Jennifer Hoffman Aqui