SIMON & JENNIFER - "A MENSAGEM DA LUZ CHEIA: O AMOR ESTÁ AUMENTANDO" - 21.01.2019



Nosso espírito, a essência de quem nós somos, as paixões que nos impulsionam, o significado por trás dessas coisas pelas quais nos sentimos apaixonados e o amor que sentimos, são todas coisas que existem fora de nossa realidade física. Podemos ver os recipientes dessas coisas no mundo ao nosso redor, nas coisas que criamos e naquilo que nos é caro, mas a consciência no interior dessas coisas não pode se limitar aos recipientes, refletindo-os. Tudo o que podemos ver com os nossos olhos é mais profundo que sua representação e muito maior do que a forma que assume.

Embora seja fácil acreditar que nossa realidade física, nossa autoimagem e a aparência das coisas ao redor são o que as definem, devemos também considerar que são meramente representações e recipientes para a consciência que deseja vir à  superfície.

À medida que olhamos para dentro de nós mesmos, além de nossos pensamentos e planos, mais profundamente do que quaisquer ideias conceituais de quem somos, acessando o mundo de nossas emoções mais profundas, além de nossos temores, nossos desejos e nossa inspiração e mais profunda ainda…finalmente nos deparamos com um abismo, um oceano de consciência, que é o oceano de onde tudo em nosso mundo emergiu: cada pessoa, cada lugar. Esse oceano está em todos os aspectos de nossa realidade, nas profundezas de sua manifestação. No sonho que foi certa vez.

Estamos em um estado de profunda transformação pessoal e coletivamente. A consciência, sob as formas que nossos olhos podem ver, está se tornando mais disponível à nossa percepção. Enquanto processamos as camadas de traumas e dor que nos isolam de nossa profundidade e nos mantêm aprisionados em um ciclo de medo e sofrimento, estamos nos conectando ao significado mais profundo da vida, acessando valores humanos que estão em harmonia com a verdade de nosso ser e percebendo a essência de nossa consciência espiritual. E somente ao permitir que essa consciência surja em nosso interior, estamos então reformulando a própria manifestação do recipiente que a contém, a identidade que encarnamos e a manifestação das estruturas que vemos em nosso entorno.

Enquanto a consciência em nosso interior, as paixões que nos impulsionam e o significado por trás dessas coisas estão começando a vir à tona, estão nos solicitando que liberemos e permitamos nos moldar a partir de dentro. Estão nos pedindo que confiemos que a forma que assumirem será fiel à consciência interna e permitirá que o fluxo natural dessas essências os moldem.

Nossa verdade interior e nossa natureza autêntica estão surgindo dentro de nós. Impulsionando nossas dores para a superfície e nos pedindo que permitam que elas se curem, forçando os limites em que existimos a serem remodelados, emanando em lugares que nos esquecemos de ver e sentir. Os limites que sentimos são os lugares que são pequenos demais para a consciência em desenvolvimento e que está pressionando. A frustração que sentimos é a paixão de nossos sonhos querendo vir à tona.

Somos instados a nos manter mais do que antes em nossos vasos humanos, a expandir as limitações e permitir que o espírito em nosso interior emane em direção à Criação manifesta, para criar uma nova realidade que seja grande o bastante para incorporar mais profundidade e espírito do que nunca. Somos solicitados a confiar na nova forma  que a nova realidade está se tornando, para permitir que as ondas da consciência mudem o recipiente que as contém.

O amor está aumentando. Não o detenham, incorporem-no!

Com amor,

Simon & Jennifer


Autor: Simon & Jennifer
Fonte: https://wakeup-world.com/
Tradução: Ivete Brito – adavai@me.com http://www.adavai.wordpress.com
Veja mais Simon & Jennifer Aqui