JESHUA BEN JOSEPH - "O SEU VALOR" - 16.04.2019



Amado, continuemos com a nossa série sobre o valor.

Nós falamos do valor do amor, e você conhece o sentimento expandido quando você se apaixonou por alguém e não há mais ninguém no mundo que acenda sua luz tão intensamente, faça você ganhar vida, como aquela pessoa que permite que você se sinta totalmente vivo, totalmente valorizado, com o sorriso no rosto e um sorriso no coração.

Nós falamos do valor do amor como você o dá aos outros. Eles vêem que eles têm valor aos seus olhos, e isso muda tudo para eles. Na verdade, cada um de vocês tem muito mais valor do que você imagina.

Foi-lhe ensinado por muitos séculos que você tem que provar isto a si mesmo. Você tem que se qualificar pelo valor. Mas, na verdade, você tem valor desde o início mais maravilhoso das formas de ser. Mesmo antes de você ter manifestado um corpo, você tem o valor do Ser Criativo.

Você é o Ser que se expressa como muitos. Pense nisso por um momento. Perceba - torne real em sua consciência - como isso poderia ser. Você é aquele que se expressa como muitos.

Como você veria os raios da luz do sol na água enquanto as ondas da água brincam no oceano, vocês são os raios da luz que tocam; nos céus, vocês são os raios de luz quando você tem uma certa tempestade e você tem os flashes de luz. Isso é você criando. Na verdade, como eu lhe disse muitas e muitas vezes, não há separação. Você é tudo o que você vê e muito mais.

Nós falamos do valor da respiração. Ao tomar sobre si a consciência da forma, você constrói nela a respiração que dá a vida. Você é o sopro da vida, expressando-se. E falamos das várias formas de vida que vocês criaram e estão aperfeiçoando. Algumas formas foram expressas e então se completaram e se embutiram na história. Algumas formas ainda estão por vir.

Às vezes, em meditação, você imaginou: “Como seria ser o grande alado, uma ave de rapina? Como seria ser a lagarta, e como a consciência mudaria com a mudança de forma para uma conhecida como a borboleta? Como seria ser um grande quadrúpede? Como seria ser um mastodonte?”

E você pensou: “Como seria ficar em silêncio e sentir o que está acontecendo com alguém que vive em outro estado, em outro local, dentro desse grande conglomerado de estados?”

Você pensou em alguém e instantaneamente está com ele enquanto pensa nele. Há momentos em que ele usará a tecnologia, ligará para você e dirá: “Acabei de pensar em você. Você está pensando em mim?” E sim, claro, você está, e às vezes será apenas uma sensação de calor, uma sensação de ter se conectado.

Agora, em todos os momentos você está conectado. Nunca há nenhum momento em que você esteja separado de alguém em quem você pensa, e de alguém no reino do ser. Sim, isso confunde a mente, porque a mente está acostumada a estar tudo em ordem. Mas, na verdade, você é como a vastidão do oceano, a vastidão do céu. Esse é você.

Agora vamos falar sobre o seu valor. Você tem algum valor? Sim, você tem muito valor. Você é, na verdade, a extensão da Energia divina. Você é a extensão que entra no que parece ser uma realidade muito delineada e, no entanto, a qualquer momento você é capaz de se sintonizar com um fluxo de consciência, uma corrente de energia que o tira do pequeno ponto de foco.

Outras vezes, você se sente tão cercado pelas circunstâncias e pelas emoções que precisa fazer uma pequena faxina, mudando e limpando a energia. E então, quando você se mover para o espaço de conhecer e reivindicar o seu Cristianismo, a sua Unidade com Todos, você mudará o seu mundo.

Eu o ouço dizendo que quer mudar o mundo. Você quer mudar as percepções, os eventos futuros, os relacionamentos. Você quer torná-los mais amorosos, mais solidários. Então você permite a respiração profunda e se move para um novo espaço de energia.

Agora, você ouviu dizer, e seus cientistas confirmarão, que tudo é energia. No nível físico, tudo é energia. Então, se você sente que está cercado por muita energia densa, saia e fale com as árvores. Fale com os pássaros, as flores. Fale com a brisa do vento que passa e saiba que você é verdadeiramente tão livre quanto o vento, porque não há separação.

Não há separação. Você é o próprio vento, e eu o vi sendo o vento de vez em quando, quando você levanta um bom campo de energia. Você foi o vento, que é uma boa maneira de limpeza. Eu vi aquele sopro através das emoções. (Sorriso)

Você tem valor? Sim. E em um nível muito importante, quando você interage com os irmãos e irmãs, você permite que eles se elevem mais porque você vê valor neles. Isso é o quanto você é poderoso.

Muitas vezes você não pensa no seu efeito sobre os outros, porque pensa: “Bem, é claro, eles sabem quem são. Eles sabem que têm valor. Eles sabem que são importantes”. E, no entanto, às vezes, eles não sabem disso. Eles são apenas atores, porque não sabem mais o que fazer. Eles continuam agindo como se estivessem curtindo a vida, mas na verdade estão com medo.

Então você vem e olha nos olhos deles e vê o valor neles, e eles captam uma centelha de algo um pouco diferente. Você olhou para eles. Você realmente olhou para eles.

Agora, você sabe que no seu dia e hora, neste exato momento, as pessoas frequentemente passam, ou talvez haja uma superficialidade, “Oi, como você está?”, O que não significa nada do que eles interpretam.

Mas quando você para e realmente olha para eles e talvez diga alguma coisa para eles, isso muda o nível de energia para eles e para você também. Isso lhes permite dar uma olhada diferente em si mesmos.

Quando você está feliz em ver alguém, isso muda o campo de energia, e pode fazer toda a diferença naquele dia. Você não sabe; eles podem ter se levantado de manhã e dado um berro que era um berro de tristeza, dizendo: "Estou fora daqui".

Você tem hoje aqueles que optam por permitir que o corpo seja liberado. Por quê? Porque eles sentem que não têm valor. Eles sentem que não há nada pelo que valha a pena viver.

E ainda se eles estiverem em algum lugar e você os encontrar e olhar para eles, olhar verdadeiramente para eles, eles podem mudar de ideia e decidir ficar mais um dia, ou talvez mais, porque você os viu e viu o Cristo deles. Você viu o valor deles. Você viu que é a divindade andando sobre dois pés, usando a energia do Todo para se expressar por mais um dia.

Você pode não saber o que fez; Na verdade, muitas vezes você não sabe. Mas porque você olhou para eles e realmente os viu, eles sentiram que isso mudou suas vidas. E você pode dizer: "Bem, eu não fiz nada. Eu apenas disse olá. Eu apenas disse: "Oh, eu gosto do que você está vestindo. Aquela camisa que você usa é bem colorida.”

Você pode até não conseguir esta proximidade com eles - ou você pode. Ou você faz um comentário que lhes permite saber que você está se compartilhando com eles. É sutil e eles podem questionar: “Bem, ele realmente falou comigo? Bem, você sabe, acho que sim. Eu não tenho certeza. Mas talvez eu fique por aqui mais um dia para ver o que acontece.”

E mais um dia é mais um dia, é mais um dia, e talvez eles vejam algo pelo que valha a pena viver. Eles escolheram - como todos vocês fazem no começo - escolheram nascer.

Mesmo em famílias onde eles têm um filho após o outro, após o outro, após o outro, todos eles escolheram? Sim, eles o fizeram, junto com o hospedeiro.

Acabei de ouvir a frase: o corpo hospedeiro, ou seja, a mãe que é o corpo hospedeiro. Na verdade, é "a mãe". Não apenas "o corpo hospedeiro". A expressão precisa de um pouco mais de sentimento; mais uma vez com sentimento. A mãe. Eles escolheram - mãe e filho - em acordo mútuo.

Vocês todos têm valor. Não pode ser diferente, porque você é a extensão do princípio criativo. Como você pode não ter valor se você é a extensão do Um - do Princípio Criativo?.

Você sabe disso. Você é bendito, se pratica isto e o manifesta para outros. Abençoado você é. Ou, em outras palavras, feliz é você. Esse é o verdadeiro significado de “abençoado”. Feliz você é se você vive a partir do espaço da Unidade. Unidade com amor traz alegria.

Valor, mérito, dignidade - que foi traduzido como “adoração”. Você adora. Eu fui adorado, por quê? Porque eu permiti que minha vida fosse vivida até mesmo através do que poderia ter sido uma experiência muito dolorosa. Não foi. Na consciência, não foi experienciado como doloroso. O corpo não estava totalmente feliz com a energia da crucificação, mas para minha consciência, isto não foi um problema.

Você pode passar - e já passou - vidas em que lhe pediram para liberar o corpo no que muitas vezes foi uma experiência dolorosa. Você sabe disso mesmo neste dia e hora. O corpo não gosta de se reorganizar, e irá reclamar - moderada e extremamente.

Permita que o corpo seja feliz. Permita que o corpo viva na alegria. Permita-se saber de onde você criou o corpo, de onde você veio, e você veio dessa experiência do Um. Quando você terminar esta experiência, você continuará eternamente, além do conceito do tempo. Agora, isso confunde a mente um pouco. "O que você quer dizer, eu irei continuar 'além do conceito de tempo'?" Isso é, todo esse tempo é: um conceito.

"Bem, eu tenho que envelhecer?" Na verdade, não. Você é tão jovem agora como era quando nasceu. E, às vezes, quando você procura uma resposta para alguma coisa, sente que ainda é inocente, sem saber.

Quando você percebe - compreende em sua consciência - o seu valor, em primeiro lugar, há o sentimento de exultação: “Meu Deus, meu Deus! Eu sou isso?”. Sim, você é isso."Agora o que eu irei fazer com isso?". Você irá sorrir. Você irá amar. Você irá viver como o Cristo que você é, permitindo-se sorrir, ser, sentir-se tão jovem como sempre foi.

Esse é um novo pensamento. “Você quer dizer que eu sou tão jovem agora como sempre fui?”. Na verdade, sim; você está criando. Se você quer criar a juventude, você pode criar a juventude do corpo com a sabedoria adquirida da vida. Humm, boa combinação. Por que não? Experimente. Veja como se sente.

Tudo é como você julga, como você o chama. É como com suas equipes esportivas. Você tem seus juízes - os árbitros, os que chamam se é uma bola ou um ataque. Tudo em sua vida é como você chama. Chame isso de bom. Chame-o de bênção. Mesmo que você não veja a bênção imediatamente, diga: “Eu sei, Jeshua me disse, haverá uma bênção nisso algum dia”.

E você viu em sua vida algo que você não recebeu na época, você se lembrou mais tarde e disse: “Oh, esse era o significado daquilo. Isto foi por que se isso não tivesse acontecido, X, Y e Z não teriam acontecido depois ".

E você viu o valor, o valor em tudo o que você cria. Então olhe para tudo o que você cria e saiba que ele tem valor, tem significado e se alegre.

Vocês são grandes criadores; e às vezes você dirá isso sobre si mesmo: “Oh, eu sou um grande criador. Veja o fertilizante que eu criei”. Mas outras vezes você olha em volta e diz: “Olhe para os amigos que eu trouxe para a minha vida. Veja a alegria na minha vida.”

Sim, você está criando isso a cada momento e apreciando-o, porque quando você aprecia algo, você fica feliz com isso e isto cresce, aumenta; e você aprecia. Então torne a sua vida feliz, porque você pode fazer isso.

Eu sei. Eu sei O Que você É, e eu amo Aquilo Que você É. E quando você se sente feliz, a energia ao seu redor, a aura, se expandem. Alguém perto de você pode sentir a energia expansiva, e colocar um sorriso no próprio rosto.

Você tem valor? Sim, você tem um grande valor, incomensurável. Você é a extensão do Princípio Criativo do Um. Você é Bem-aventurado.

Que assim seja.

Jeshua ben Joseph (Jesus) 


Nota: “Jeshua ben Joseph” é o nome aramaico original de Jesus, a personificação da energia crística na Terra.

Canal: Judith Coates
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais mensagens do Jeshua  Aqui / Judith Coates Aqui