PALAS ATHENA - "QUAIS SÃO OS TESOUROS DE VOSSO CORAÇÃO?"





Eu sou a morada do Criador e em mim Ele se expressa em vida abundante. Eu sou o templo do Altíssimo e em mim ele habita para sempre, sou sua hospedeira, sua serva, sua filha, sua enviada, sua obreira. Em seus campos sirvo, seu Amor eu levo, sua Graça eu espalho. Tudo em mim pulsa o que Ele é, pois o que Ele é me preenche e me satisfaz. Faz-me plena e nessa plenitude eu torno-me abençoadora, a levar sua luz, sua Verdade, sua Justiça, em firmes passos, em nobres escolhas, em sólidas ações no Bem, para que tudo o que for erguido, permaneça de pé por Ele, para Ele e Nele, para sempre. 

Que todos vocês sejam abençoados, neste dia! Felizes os que edificam sua vida com os tijolos do amor, da luz, da renovação espiritual, do trabalho e do crescimento. Felizes são todos aqueles que plantam, que semeiam o Amor por onde passam. Felizes são os filhos que dedicam sua vida ao serviço do Reino, a eles o pão será dado, a água pura será servida, a saúde será estabelecida para que subsistam em seus planos, em seus projetos a favor de Deus e por Deus.

Edifiquem suas ações na nobreza do espírito para que em nobreza vivam e para que por ela, sejam todos vocês medidos. Desço sobre vocês como a serena chuva, como o orvalho da manhã que abraça as folhas e a relva, como os raios de Sol que cortam os céus escuros da madrugada trazendo luz e calor. Abram os olhos, filhos de Deus, e contemplem a maravilha da grande obra do Criador em volta de vocês e em si mesmos. Por onde olham, há o milagre da vida Dele se expressando em perfeição sublime. Os céus são como pinturas em telas de material caro. As árvores são como esculturas feitas com o mais rico elemento. Os pássaros, as flores, tudo, é adornado como se adornam joias com pedras preciosas. Isso tudo é posto pela Fonte para vocês, enchendo o mundo, a fim de que se maravilhem e através disso se recordem de que o Amor abunda e a Luz vos cerca, de todos os lados.

Contemplem as obras divinas, contemplem a graciosidade esplendorosa da arte do Espírito Eterno e usem isso como motivação em prol do Bem, da felicidade, do amor, da paz, da alegria, da gratidão. Sim, encham vossos lábios de gratidão e vosso coração de contentamento. Pois o homem que assim vive é abraçado pela sorte e seus caminhos, abertos são. Sua vida é promissora, seu fruto é excelente, sua posteridade é próspera e permanece em abundância. 

Eu quero vos chamar a atenção para algo importante hoje - Atentem-se aos tesouros do coração. Quais são os tesouros de vosso coração? Sabiam que eles vos alimentam e criam estados em vocês? Os tesouros do coração do homem são as coisas que o movem sobre a Terra, de um lado para outro. São seus estímulos mais fortes nesta vida. E recebem toda sua energia. Recebem seu tempo, sua dedicação. Os tesouros de vosso coração são as metas que abraçaram, as coisas que mais têm amado e as que mais têm recebido vossa importância. Esses tesouros têm sido bons? Tem sido de bem e felicidade? Eles têm produzido paz em vosso coração? Ou ansiedade, revolta, medo, frustração, insatisfação? 

Porque eu vos vejo assim muitas vezes, debatendo-se por isto ou aquilo, fazendo de coisas deste mundo, razões para serem felizes. Vejo-vos perderem o sono, o apetite. Pior, vejo-vos perderem a gratidão e o bom exercício da apreciação ao Bem. Deixam de olhar para o céu e contemplar as estrelas por causa do brilho das coisas da terceira dimensão. E perdem o foco daquilo que é mais importante, o simples, o real, o presente, o Amor. Deixam de dar um abraço em quem amam porque estão sempre com pressa. Deixam de conversar com entes amados por intolerância, orgulho, defesa. Perdem momentos de alegria em lugares simples, em circunstâncias simples por priorizarem outras coisas, que nem são tão valiosas assim, mas que acabam chamando mais atenção. O mundo tem vos distraído do que importa, filhos de Deus. Prestem atenção nisso.

A partir do momento em que uma tela de celular, computador ou TV é bem mais atraente do que a tela do céu de um entardecer da primavera, com suas cores, nuvens, luzes e formas únicas, algo está errado. Voltem a atenção ao que realmente importa e isso, está à vossa volta, o tempo todo. Não esperem a despedida pelo desencarne para reconhecerem o quão importante era aquela pessoa. Não esperem que a chuva passe e a seca chegue para admitirem que o cair das águas do céu, cuja expressão é um verdadeiro espetáculo, merece ser visto, apreciado, notado. O bailar dos ventos nas copas das árvores, o doce canto dos pássaros, a companhia de um amigo, a música ouvida em agradável som, enquanto os olhos se voltam ao mundo belíssimo, desenhado para vocês. Porque vocês ouvem músicas em sons extremamente altos, não porque de fato apreciam isso, mas porque fogem do real através dos decibéis que vos distraem, até de si mesmos. 

Não tiro a importância que tudo tem em vosso mundo, mas todas as coisas têm sua medida saudável e equilibrada. Assim como o sabor do vinho se perde no desenfrear da bebedice, tantas outras belas e saudáveis coisas perdem o bom sentido quando em desfrute desmedido são vividas. Amados, centrem-se no que importa e tudo será vivido em perfeita medida. Mas, peço que prestem atenção às coisas que tem sido deixadas para trás por causa de outras, que não têm tanto sabor assim! Não se iludam, o que é bom, verdadeira e perpetuamente bom, é sempre colocado na vida de vocês. Percebam isso com gratidão e reconhecimento sábio. Há coisas boas nas redes sociais, em contatos virtuais, em entretenimentos que desfocam vocês do real e do agora. Porém, sejam cautelosos e comedidos nisso, para que o essencial e verdadeiramente importante não passe despercebido. 

O sentido e sabor daquele momento com um amigo, numa conversa fluida e harmoniosa não deve ser perdido e ignorado, deixado como última opção. Aquele momento de solitude e silêncio, num local tranquilo, à noite, onde as estrelas possam ser observadas, não deve ser abandonado por causa dos tantos afazeres e constante necessidade de passarem tanto tempo focados nas telas do celulares. Elas não podem ser mais apreciáveis do que o firmamento tão perfeito colocado sobre vossas cabeças, a fim de que se deleitem de sua perfeição e beleza exibida a vocês, sempre. 

Atentem-se ao importante, para que amanhã não sintam saudade do que não foi vivido e sim, gratidão pelo tempo desfrutado de maneira rica e realmente satisfatória. Não se esqueçam disso, o sabor da vida também está nas coisas cotidianas e simples. Admiro quem carrega em si mesmo grandes sonhos, perspectivas, projetos imensos, planos para um amanhã grandioso. Porém, aprecio quando mesmo envolvido em grandes objetivos, a simplicidade e o foco no que realmente importa não é abandonado. A vida é um grande presente, desfrutem dele. Com gratidão, presença, humildade, atenção, valor, carinho, motivação. Isso promove um bem que não podem contabilizar. 

De fato, não é este o grande objetivo da vida na Terra? Então, vivam tudo isso, abracem essa oportunidade com todos os vossos sentidos. Para que o verdadeiro sentido da vida seja compreendido, vivido, experimentado, assumido, cultivado. E o verdadeiro sentido da vida está em simplesmente viver, não nas pretensões, sonhos e metas. Quando se vive tudo o que a vida oferece agora de maneira plena e com sabor, abraça-se a maior das conquistas. Ela não está na posse, mas na experiência. Na experiência plena e pura não há posse, há o sentir. O sentir é o que vos satisfaz, não a posse. É no sentir que encontram Deus. Por isso querem tanto a posse, para sentir através dela. Então sintam, simplesmente sintam o máximo de vida que puderem agora mesmo; E garanto, que se assim fizerem, terão a plena posse de tudo o que realmente importa e verdadeiramente satisfaz. 

Eu vos abençoo, agora e sempre!

Sou Athena, vossa aliada


Canal: Vinícius Francis
Veja mais Palas Athena Aqui