VUZÔNIA



Alguns dias atrás, eu estava em um sonho lúcido. Na ocasião, lembro-me de ouvir a querida Vó Cambina da Bahia me passando algumas instruções. Me falava sobre um ser, pedindo que eu o desenhasse. Porém, enquanto ela me instruía, não conseguia vê-la, apenas escutá-la. E via alguns feixes de luz branca vindo até mim. 

Aquela situação estava um tanto confusa, então eu dizia: “Vó, não estou conseguindo compreender muito bem. Como é esse ser? Não estou vendo ainda”. Ao que ela respondia algo como “Meu Fio... O corpinho e a cabeça....” em ritmo pausado, com voz doce, como se estivesse explicando algo pacientemente. 

Depois sua voz ficava mais intensa e nítida e ela começava a repetir a mesma frase: “O corpinho e a cabeça, Meu Fio!... O corpinho e a cabeça, Meu Fio!...”. Imagino que tentando enviar a imagem dele para mim (Risos). Bem nessa hora sua voz foi sumindo e eu fui acordando em meu corpo, de forma consciente. Então um pouco antes de abrir os olhos, ouvi o nome: VUZÔNIA. 

Em seguida, vi dois pezinhos na minha tela mental. Pela textura e características daqueles pés, logo imaginei se tratar de um ser de origem no Reino Dévico. Na mesma hora compreendi: Iria desenhá-lo começando pelos pés, depois o corpinho e em seguida a cabeça, como a Vó estava tentando explicar (Risos). E assim o fiz. 

Os seus pés e corpo são como troncos de árvore, mas o rosto é bem liso e “macio”. Seus cabelos parecem ser inteiramente de folhas, e quando ele se mexe, algumas folhinhas caem. Algumas vezes vi também delicadas asas brancas em suas costas, transparentes e luminosas, que mexiam muito rápido. Mas que ora pareciam sumir completamente, como se ele as tivesse recolhido para dentro de suas costas. Ao final, tentei captar o cenário, então me permiti ser guiado, chegando até esta cena representada: Ele está saindo de dentro de uma árvore, através de um pequeno portal. 

Quanto à personalidade, sinto que ele é bastante agitado e alegre, a sensação era de que ele iria sair correndo a qualquer momento para resolver alguma coisa. E ao mesmo tempo muito doce. A altura me pareceu algo em torno de 8 (oito) a 10 (dez) centímetros, como se ainda coubesse na mão.

Após finalizar a imagem, enviei para Neva / Gabriel RL, que trouxe mais algumas informações:

“Ele é uma espécie de "Gerente de Operações", administrando situações dévicas do seu reino. Muito disciplinado e atencioso, quando necessário, pois se chamam ele para tratar de assuntos que ele considera sem importância ele diz “Não - não - não" muito rapidamente/aceleradamente (risos). E sai de perto, praticamente deixando o outro ser falando só! (Risos... Estou vendo ele fazendo isso…). 

Uma curiosidade: Ele também costuma aprontar algumas situações com gente preconceituosa. Isto é, esconde coisas, fura pneu de carro, queima celular ou relógio (especialidade dele), faz com que o chuveiro não esquente, etc. E fica bastante nervosinho. Quando ele vê alguém tendo alguma atitude preconceituosa, é como se dissesse bem rápido “Ah é - Ah é - Ah é? Tá bom - tá bom - tá bom! Peraí - peraí - peraí!”. E apronta com a pessoa. (Risos). Ainda assim, de forma muito amorosa.

Ele atua no Reino Dévico há muito tempo. E tem previsão de entrada para o Reino Humano por volta do ano 2500. Ele está muito feliz com sua representação e agradece muito a você, por mostrar ele exatamente como ele é. Ele também está grato à Vó por sua parceria. (Sorriso)”.

Sendo assim, compartilho essa imagem e vibração com vocês, meus queridos, reverberando também a minha gratidão por essa experiência. Gratidão em especial à querida Vó Cambina, pela encomenda deste trabalho, por assim dizer (risos), à querida Neva pelas informações trazidas e, claro, ao querido Vuzônia — o protagonista do dia de hoje — por me permitir representá-lo. Me sinto muito honrado por esse momento! Salve!

Héreluz Starkys. (Equipe Sementes das Estrelas).



ATENDIMENTOS E CONSAGRAÇÕES COM NEVA (GABRIEL RL) CLICANDO AQUI

MAIS CANALIZAÇÕES MINHAS (NEVA) CLICANDO AQUI

-----------------------------------------------------------------------------------

Pela Verdade, nada mais que a Verdade,

Em Amor e Bênçãos,

Neva (Gabriel RL)