JENNIFER HOFFMAN - "RELATÓRIO DA ENERGIA DE SETEMBRO DE 2019"




Agora, chegamos ao último trimestre de 2019 e foi um ano bem agitado até agora, mas a diversão está realmente começando a partir deste mês. Ao nos aproximarmos da data central de Janeiro de 2020, podemos começar a encerrar o aprendizado e acelerar a manifestação de nossos novos caminhos de vida. O que eles irão ser? Isso depende do que escolhemos e a escolha é um tema significativo de Setembro.

Ainda estamos ressoando com a poderosa atividade energética de Agosto, especialmente com a lua nova de 30 de agosto e o stellium de Virgem. Isso trará muitas opções à frente, incluindo muitas de nossas escolhas anteriores. A chave para usar essa energia da maneira mais poderosa e benéfica é usar o passado como um trampolim para o presente, observando o que ganhamos ou perdemos como resultado de nossas escolhas no passado e usarmos essas informações para criar as escolhas de hoje. O potencial de transformação de Setembro é forte, mas tudo depende das escolhas que consideramos e do que escolhemos e, em seguida, de como decidimos agir.

Conseguimos passar por Agosto e suas poderosas luas novas e cheias, mas antes de você dar um sinal de alívio, saiba que sua energia será crucial em Setembro e durante o resto do ano. Estamos na reta final de 2019, levando-nos aos aspectos importantes, históricos e raros de Janeiro de 2020. Enquanto eu pensava no que escrever para este relatório de energia, essa citação de Robert Frost veio a minha mente,

"Duas estradas divergiam em uma floresta e eu - eu peguei a menos percorrida, e isso fez toda a diferença."

Neste mês, porém, eu mudaria a referência a 'estrada menos percorrida' para 'estrada nunca percorrida', porque é o caminho que nunca seguimos antes que nos levará aos resultados que nos darão paz, alegria , realização, amor e a transformação que queremos. Estamos em um novo território agora e isso requer nova energia, novos alinhamentos, o acesso a novos potenciais, novos pensamentos e ações ousadas, novas e inspiradas.

Vamos olhar para a palavra transformação, porque é o que sempre procuramos. Queremos que tudo mude, que se transforme, para que finalmente fiquemos felizes, ricos, e nos sintamos bem com nossas vidas e conosco. Mas antes que possamos nos transformar, temos que fazer algumas escolhas e depois tomar algumas decisões. Temos que escolher nossa transformação, o que fazemos considerando as possibilidades, avaliando nosso potencial, estabelecendo intenções, alinhando-nos com a energia delas e depois decidindo sobre a transformação para a qual estamos prontos e  permitiremos que isto ocorra.

Isso soa como muito trabalho? Pode ser, mas como a maioria dos aspectos do nosso caminho de ascensão, é simplesmente um processo. Não podemos ter transformação sem nos apresentarmos escolhas e possibilidades e depois decidirmos o que iremos fazer. Agir é um aspecto do processo de manifestação e também o caminho que escolhemos - o velho, o familiar, ou o menos percorrido, o novo. Podemos percorrer a 'rotunda da indecisão' enquanto ponderamos sobre as velhas escolhas e tentamos trazê-las para o presente ou podemos seguir o caminho que nunca percorremos antes e ver o que podemos criar à medida que avançamos.

Uma coisa que sabemos agora e aprendemos neste ano: os modos antigos não funcionam mais e muitos não podem ser redefinidos, e reformulados para criarmos o que queremos hoje.

Mas as escolhas têm consequências e é aí que podemos ficar presos. Fazemos escolhas em torno do medo das consequências ou ignoramos as consequências e escolhemos o que queremos? É uma decisão difícil. E é aí que Setembro é crucial, porque tivemos 8 meses para estarmos com nossas escolhas e consequências, nossos resultados, e descobrir o que está funcionando e o que não está funcionando. Uma boa referência para avaliar isso é finalmente reconhecer quando as coisas terminaram a sua validade, ficaram sem energia e simplesmente não funcionam mais.

Setembro é um mês para a transformação, mas isso não acontece por si só. Precisamos examinar o potencial e as possibilidades, definir novas intenções e ver como podemos nos alinhar e integrá-las em nossas vidas - é aqui que a visão encontra a realidade, onde precisamos testar os nossos planos na dura realidade de nossas vidas. Às vezes, as coisas parecem melhores no papel, como costumava dizer um dos meus amigos.

Setembro começa com o raro e contínuo stellium de Virgem de todos os planetas pessoais. A lua seguiu em frente, permanecendo em um signo por 2 ou 3 dias, mas o Sol, Mercúrio, Vênus e Marte estarão em Virgem até o dia 15 para Mercúrio e Vênus, 23 para o Sol e 5 de Outubro para Marte . Durante esse tempo, eles farão a quadratura de Júpiter e o trígono Saturno, Urano e Plutão, e se oporão a Netuno. Todos esses são signos de terra, representando ancoragem e estabilidade.

Toda essa energia de terra trabalhando em conjunto - você acha que estamos recebendo uma mensagem para ancorar a nossa espiritualidade em nossas realidades 3D? Poderíamos obter uma confirmação mais relevante de como a integração da ascensão 3D / 5D está funcionando agora?

Em Setembro, temos a escolha contínua do mestre / servidor de Virgem a fazer - somos o curador mártir ou o mestre empoderado? Onde estamos usando nossa vitimização para escapar da realidade ou nos empoderarmos? Sim, ser vítima é uma maneira poderosa de evitar expressar nosso verdadeiro poder, porque simplesmente temos medo de sair da nossa zona de conforto familiar e desconfortável.

Temos a lua cheia de Peixes em 14 de Setembro, outro sinal de pontuação de agosto e temos uma  quadratura Júpiter / Netuno durante todo o mês, desafiando-nos a ancorar nossa espiritualidade e a compreendermos as verdades espirituais na consciência material. É ótimo falar sobre amor e luz, mas como isso se traduz na dura realidade de nossa vida cotidiana?

Se você me segue no Facebook, venho revelando o roubo de longa data de conteúdo e propriedade intelectual por Christine Kane e outros (a quem ainda não nomeei) e como tive que tomar medidas firmes para detê-los. Embora eu ame meu papel de professora espiritual e autora, a difícil realidade de ter meu trabalho roubado por outros é a verdade de como nosso caminho espiritual nem sempre é de 'amor e luz', às vezes precisamos agir para nos protegermos contra aqueles que fazem o possível para extinguir nossa luz, perverter nosso trabalho e nos tirar do nosso caminho.

Isso aconteceu com muitos autores e professores espirituais, e muitos pararam de escrever porque se cansaram do roubo de seu trabalho. Karen Bishop, que escreveu 'O que há no planeta Terra' por muitos anos, parou de escrever e de compartilhar suas profundas idéias de ascensão por esse motivo. Não farei isso, mas defenderei meus direitos (e os seus) e revelarei esses ladrões e o que eles estão fazendo.

Não podemos esquecer o equinócio em 23 de Setembro (outono para nós no norte, primavera para vocês no sul) e o movimento do Sol no território de Libra. Este é o signo do equilíbrio, justiça e "inimigos abertos". Portanto, espere desafios para suas novas intenções, mas não deixe que eles o detenham em seu caminho. Estes são os mesmos desafios que você experimentou em muitas vidas. Use seus poderes de discernimento, discriminação e determinação para permanecer no curso. Temos uma ascensão a completar e não deixaremos que alguns nos parem.

Aproveite o potencial transformador de Setembro, mas também perceba que é preciso agir,  para que a energia flua. Não podemos nos sentar nas margens dos rios dos sonhos e esperarmos chegar a algum lugar. É hora de uma ação intencional e inspirada, para reavivar nossa determinação, renovar nossa visão e o nosso compromisso com nosso caminho da ascensão. 

Tenha um mês maravilhoso.


Autor: Jennifer Hoffman 
Facebook: Jennifer Hoffman
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais Jennifer Hoffman Aqui