JESUS - "TODOS VOCÊS SÃO MANIFESTAÇÕES PERFEITAS DO DIVINO UM"



O assunto mais importante com o qual os humanos precisam lidar é o Amor – que é o seu verdadeiro e único estado de ser – ou a aparente falta de Amor que eles experimentam enquanto estão na forma (fisicalidade) como seres humanos. Mas, é claro, não falta amor, porque existe apenas o amor, que é o campo infinito da energia divina em que toda a vida sensível é amorosamente e eternamente mantida e abraçada. 

O Amor é encontrado dentro! Não existe outro lugar em que possa estar, porque não existe nada fora, o lado de fora é irreal, não é nada, é um sonho – um mundo irreal da forma que dura apenas enquanto o coletivo consciente que nele está vivendo na forma escolhe e o mantém. 

Forma em que parecia ser separada de outras formas onde, experimentaram um sentimento de alienação, abandono, uma sensação de estarem perdidos ou não serem e, deste sentimento inquietante o temor surgiu. Nunca tinham sentido medo porque, na realidade, no campo do Amor não há nada a temer, porque tudo é UM, vivendo em perfeita paz e harmonia consigo mesma num estado de alegria eterna! 

Medo que é a principal limitação experimentada através da forma e, daí, surgem todas as outras limitações. Poderiam até dizer que as palavras limitação e medo sejam sinônimas uma da outra. Quando as pessoas superam seus medos, ou passam por eles e vão além deles, as limitações simplesmente diminuem. 

Vocês tem um ditado que diz, “Sintam o medo, mas não deixem ele dominá-los”, como aqueles que parecem destemidos aos outros. É claro que não são destemidos,  simplesmente não estão permitindo que seus medos dominem ou os controlem. No Evangelho de São João, existe a afirmação “O AMOR PERFEITO AFASTA O MEDO” e, quando vocês se envolvem e agem a partir do Amor, descobrem que têm força para superar seus medos e afastá-los! 

Julgamento, culpa, amargura, ódio e ressentimento são atitudes limitantes que vinculam as pessoas à crenças sobre o certo e o errado – crenças que são frequentemente inválidas – o que torna quase impossível que tenham discussões significativas para resolver os problemas que as estão dividindo. 

Amor é aceitação incondicional de todos e ouvido de qualquer pessoa sem julgamento. E, quando é pretendido e demonstrado, todos os problemas podem ser resolvidos satisfatoriamente sem culpas, vergonha ou punição e todos se sentirão honrados e respeitados quando essa resolução for alcançada. 
É o ego que constantemente exige a atenção de uma pessoa e que sua opinião seja honrada como verdade. Mas a perspectiva ou percepção do ego sempre é dirigida pelo medo. Sempre que se sentem emocional ou psicologicamente perturbados ou desconfortáveis, seus egos estão no banco do motorista – situação especialmente perceptível quando, na verdade, dirigem porque a irritação aparentemente surge como resultado de comportamentos irracionais ou perigosos de outros motoristas. E, quando aceitam e lidam com o que surge em suas vidas, sem fazer nenhum julgamento e sentimento de necessidade de julgar, esses sentimentos irracionais se dissolvem. 

Amor que sempre honra e respeita todos com quem interage – toda a vida senciente. Não existe necessidade de julgamento ou separação dos seres devido à cor, raça, cultura, posição social ou credo, porque essas diferenças aparentes são apenas diferenças de forma, um aspecto do sonho ou do mundo ilusório, que é o único estado em que poderiam estar, possível de experimentarem a forma e todas as suas limitações. 

Cada um de vocês são todas manifestações perfeitas do Divino UM, Mãe/Pai/Deus, Fonte, experimentando a Si Mesmos da única maneira que podem – numa miríades de reflexões de Si Mesmos que lhes permitem conhecer a Si próprios em todos os aspectos de Suas infinitas e múltiplas possibilidades criativas. São UM com a Fonte e que estão desde o momento da Criação, desfrutando com o Uno a variedade infinita de expressões criativas magníficas, bonitas e surpreendentes que Ele escolhe – a todo momento – ser. 
Ao mesmo tempo, ou no mesmo momento eterno, como humanos na forma, estão experimentando o irreal, um estado de limitação e medo em que o conflito está sempre presentes, aparentemente ameaçando suas existências físicas, suas vidas, em todos os momentos. 

E, até que se lembrem de que são seres espirituais eternos tendo uma experiência temporária e irreal da vida na forma, medos e conflitos que surgem dela, aparentemente guiarão e governarão seus comportamentos, suas vidas, porque seus comportamentos são suas vidas, que é o que são… Até se lembrarem. 

Parece-lhes que a vida seja um evento único e que, quando termina, simplesmente, deixam de ser. Um pensamento aterrorizante. Muitos tentam coletar ou reunir uma abundância de bens materiais que a experiência demonstrou durar uma vida humana, a fim de serem lembrados através desses artefatos pela tribo ou cultura à qual pertencem. 

E seus cemitérios transbordam de pedras e ornamentos memoriais para aqueles que já retornaram aos reinos não-físicos. As pessoas têm medo de se tornarem invisíveis ou esquecidas. No entanto, como seres divinos e eternos, sempre são vistos, está permanentemente à vista de Deus e nunca podem ser esquecidos. 

Na medida em que o Amor preencher seus corações, quando começarem a se lembrar de que realmente são seres espirituais tendo uma experiência temporária na forma, o medo desaparece e, com isso, a necessidade de guardarem coisas! Muitos de vocês conhecem almas amorosas que têm muito pouco em termos de bens materiais e que são extremamente satisfeitas e felizes. 

E, nessa era de despertar, cada vez mais de vocês está escolhendo se afastar dos desejos materialistas, na medida que a realização ou a consciência de suas verdadeiras naturezas se tornam mais firmemente sentida. O amor flui através de vocês, assim como cada um vocês e a Fonte sempre pretenderam. 

E essa consciência começa a dissolver os medos e necessidades egoístas que, durante eras, são incentivados e levados a conflitos. Em vez disso, vendo que todos são UM e, que o que um indivíduo diz ou pensa afeta a todos, agora, as pessoas sabem que reconhecem amorosamente a Unidade, ou se veem cegas e egoisticamente tentando manter um estado irreal de separação. 

Com essa conscientização cada vez mais presente, o serviço aos outros se torna cada vez mais a motivação para a ação, a paz e a satisfação pessoal substituem o sentimento de necessidade anterior e quase constante que estava motivando e guiando seus caminhos na vida. 

A vida é o campo de energia divina em que tudo existe interdependentemente, é Amor, do qual ninguém está separado, nem por um momento e, quando isso é reconhecido, é impossível não se comportar da maneira que se destina a ser, em benefício de todos e que, fazer isso é intensamente satisfatório. 

A Unidade é realizada, conhecida e vivida, trazendo felicidade duradoura que lida adequadamente, no momento, com tudo o que surge e precisa ser tratado pelos seres na forma. É disso que se trata o seu processo de despertar e que continua em ritmo acelerado. 

Seu amoroso Irmão, Jesus. 

Canal: John Smallman
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais mensagens do Jesus Aqui