SAUL - "TODO MUNDO QUER APENAS SER VISTO, HONRADO, RESPEITADO E AMADO"



O processo de despertar da humanidade está se acelerando muito rapidamente agora, e sinais disso são claramente evidentes nos principais canais da mídia. As pessoas optaram por não aceitar mais a retórica e as promessas feitas por políticos e outras figuras conhecidas que expressam publicamente seus pontos de vista e opiniões, porque ficou totalmente claro que não têm sentido. 

Os que ocupam cargos de autoridade ou altos cargos, são, na maioria das vezes – com algumas exceções – interessados apenas em manter ou fortalecer seus cargos, porque são viciados em poder, principalmente no poder sobre os outros. No entanto, a maioria da população do mundo não está mais preparada para ceder seu poder, para capacitar outras pessoas para governarem suas vidas. 

Como disse na minha mensagem anterior: Ninguém tem o direito de anular sua própria autoridade soberana. E, agora, a humanidade está demonstrando que não está mais disposta a permitir que isso aconteça. 

Mudanças que são aspectos inevitáveis e essenciais do despertar da humanidade, da evolução espiritual em curso da humanidade, estão ocorrendo num ritmo cada vez mais rápido em todo o mundo, num belo planeta, na medida em cada vez mais de vocês decidem acordam e percebem que, como seres humanos na forma, cada uma de suas vidas individuais tem um propósito divino que só pode ser concretizado pelo indivíduo que vive e experimenta essa vida particularmente. 

Uma vida vivida com temor, que é motivada unicamente pela necessidade de sobreviver não tem sentido e que, por um longo tempo, a maioria dos seres humanos acreditando que a sobrevivência era o único objetivo da vida e, consequentemente, tornou-se o caminho pelo qual a maioria tentou assim viver. 

Todavia, esse modo de vida não tem sido satisfatório e não poderia ser uma vez que vocês são muito mais do que formas humanas com as quais, principalmente, se identificam  - formas que envelhecem, decaem e morrem. Acabaram esquecendo essa Verdade divina, por suas próprias escolhas, porque queriam experimentar a separação da Fonte. 

Queriam experimentar a independência, um estado de autoconfiança e liberdade que, momentaneamente, pensaram que não tinham – algo como a parábola do filho pródigo do Novo Testamento. Como nessa parábola, um final extremamente feliz espera seu despertar para a percepção de que são sempre foram e serão UM com a Fonte ,no eterno momento do AGORA, onde residem em infinita alegria. 

O caos, a confusão e o sofrimento, agora, experimentados numa proporção tão grande da humanidade, estão claramente demonstrando que uma vida movida pelo medo e pela sobrevivência, onde parece que todos estão competindo agressivamente por recursos essenciais que, em breve, se esgotarão, levam apenas a conflitos e mais sofrimento. 

Esse caos e confusão estão levando muitos a buscarem novas maneiras de interagir, seja em caráter local, nacional e internacionalmente, de modo que a cooperação substitua a concorrência. Em seguida, novos projetos e planos que permitirão que todos convivam harmoniosamente no planeta Terra – em interdependência voluntária que reconheça e honre os direitos e necessidades de todos – serão criados. 

Este é o único caminho sensato para a humanidade, e em todos os lugares, grupos de base estão se formando com a intenção de se envolverem com grupos semelhantes em outros lugares. 

A vida no planeta Terra pode ser boa para todos onde, os jovens de hoje são os que tornarão isso possível. Eles estão muito mais conscientes do que as gerações mais velhas das necessidades essenciais de mudanças, para que TODOS possam viver com liberdade e dignidade em todo o mundo. 

As velhas crenças que as sociedades e culturas honram e que muitas de suas leis apoiam e fazem cumprir, estão rapidamente mudando ou sendo descartadas, uma vez que, claramente, se pode ver que têm total falta de compaixão. 

São todos seres divinos, sua verdadeira natureza é o Amor e essa realidade está se tornando cada vez mais aparente. Existe um grande número de livros, seminários e oficinas prontamente disponíveis, que ensinam essa verdade e ajudam as pessoas a encontrá-la em si mesmas. Sempre estiveram lá! 

Na verdade, todo mundo quer apenas ser visto, honrado, respeitado e amado. Mas por eras, esse desejo se tornou subserviente às necessidades de sobrevivência, aparentemente muito mais urgentes e motivados pelo medo. Amor e medo não podem coexistir. 

No entanto, como seres humanos na forma, em sua maioria parece que pode, que  podem amar aqueles que são seus amigos, sua família e que são de suas convicções étnicas, religiosas, políticas ou cultural, enquanto odeiam ou desprezam aqueles que parecem ser diferentes. 

Mas, nessas circunstâncias, o Amor é condicional e que, se algum dos que vocês amam – uma pessoa, uma equipe, um grupo, uma organização – que mudam essas crenças ou opiniões que, discordam de vocês ou não os sigam, de alguma maneira esse “Amor” pode virar ódio! 

Essas aparentes diferenças entre vocês podem ser encontradas em grupos em todo o mundo, onde as pessoas se identificam com a “minha” família, “meus” amigos, “minha” escola, “minha” equipe, “meu” empregador, “minha” igreja, “minha” Pátria, etc. 

Identificar-se emocionalmente a um grupo fornece um sentimento de pertencimento, de ser visto e aceito, enquanto esse sentimento subjacente – que praticamente todas as experiências humanas – de não ser bom o suficiente, não ser totalmente aceitável, não ser amado, então, é projetado para fora, para os grupos aos quais o pronome “meu” não se aplica, transformando-os em inimigos que devem ser combatidos e derrotados. 

A loucura desse tipo de crença, agora, é amplamente reconhecida. No entanto, ainda existem muitos que se apegam a essas crenças com muita firmeza e que, ao que parece, ainda não estão prontos para questioná-las com seriedade e honestidade. Essas crenças são tão parte do seu senso pessoal de identidade que questioná-las ou alterá-las seriam suas autodestruições. 

Existe muita dor interior não reconhecida, causando-lhes intenso sofrimento pessoal, que, absolutamente, precisam pertencer a grupos com a mesma mentalidade, para que possam projetar o medo que isso acarreta em raiva a grupos diferentes de si mesmos. Para eles é uma maneira essencial de evitar admitir e sentir a intensa dor dentro de si. 

Ao passarem pela vida, encontrarão eventos e situações que se esforçam para atrair suas atenções para dentro, para se conscientizarem e se abrirem a seus sofrimentos, para que possam ser curados; mas até que eles mesmos estejam dispostos a olharem para dentro, tudo o que os outros podem fazer é estarem cientes de suas dores e pretenderem enviar-lhes amor. 

Manter a intenção de enviar Amor a outro é uma das maneiras mais poderosas e eficazes de ajudá-los, mesmo que não tenham noção disso. De fato, nas últimas décadas, diariamente, muitos têm definido essa intenção e isso tem um enorme efeito em todo o mundo, havendo muitos relatos de pessoas que foram gravemente feridas, oferecendo compaixão e perdão àqueles que as machucaram e, assim, curando ambas as partes. 

Lembrem-se, o Amor é natureza de todos, é o que cada um de vocês é. O Amor é tudo o que existe. Pode chamá-lo de Mãe/Pai/Deus, Sabedoria Divina, Inteligência Suprema, Fonte ou qualquer outra palavra ou frase que funcione para vocês. Mas é claro que não existem palavras  que para descrever ou definir a Realidade em que toda a vida tem sua existência eterna e alegre. 

No entanto, quando se vai para o interior, para seu santuário interno e sagrado, onde o Amor reside em todos os momentos de suas existências eternas, vocês podem acessar o profundo conhecimento interior de que é UM com a Fonte. Experimentar que, pela primeira vez, é surpreendentemente edificante, uma sensação de poder que garante absolutamente sua eterna e divina natureza como UM com Tudo o Que Existe, confirmando positivamente a todos  vocês que  A SEPARAÇÃO NÃO EXISTE! 

Despertar é se tornar consciente dessa Verdade divina e, quando isso acontece, tudo dentro de vocês que não está em completo alinhamento com o Amor, simplesmente, desaparece. Estando totalmente desperto e consciente, serão incapazes e não desejarão reter ou manter crenças, emoções ou sentimentos irreais, na medida em que a Luz do Amor divino brilha através de vocês e se estende para além, abraçando a todos os outros igualmente, porque todos são outros e, no entanto, é claro, não existem outros e a realização disso é realmente um motivo para comemorar! 

Com muito Amor, Saul.


Canal: John Smallman 
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais mensagens do Saul Aqui