JENNIFER HOFFMAN - "RELATÓRIO DA ENERGIA PARA NOVEMBRO DE 2019"




É um novo mês e estamos chegando ao final de um ano bastante caótico, passando para um novo ano  bastante raro. Não apenas estamos nos aproximando do ano 2020, como também estamos nos movendo para um alinhamento astrológico bastante raro e poderoso que abalará o mundo em todos os níveis: já está começando.

Novembro é um bom mês para fazer algumas tarefas domésticas e começar a pensar no que queremos fazer na próxima parte de nossas vidas. Se você optar por fazer isso, é uma expansão da missão da sua alma e o início de um novo propósito de vida. Você já deve estar sentindo o impulso de procurar novas direções ou está considerando novos caminhos para sua energia. Tudo irá acontecer neste mês e em dezembro, então não há razão para se apressar, tudo está acontecendo e a energia estará disponível para você na hora certa. Você lerá mais sobre isso no Relatório de Energia de Novembro.

Você está pronto para o final de 2019? Temos apenas mais dois meses neste ano e o convido  para ver o que aconteceu desde o início deste ano, conforme avançamos nos aspectos históricos, raros e poderosos deste mês e em dezembro e janeiro de 2020.

O que você aprendeu desde janeiro de 2019?

O que é diferente em sua vida agora? Como você mudou, e está mais consciente, em paz, em alegria e se sentindo confiante, claro e congruente?

Não importa o quanto tenha sido difícil este ano para você, todas as situações contêm uma bênção e este mês podemos descobrir as bênçãos e usá-las como base para o novo caminho energético que começa em dezembro e estabelece uma base sólida para 2020.

Enquanto começamos Novembro, somos um pouco prejudicados por um Mercúrio retrógrado  em Escorpião, que nos leva de volta a Saturno retrógrado em Escorpião de 2015, um período muito longo e desafiador que nos levou ao âmago de nosso ser, enquanto lutávamos com a dura realidade de dois dos nossos professores mais difíceis. Então, vamos voltar agora para obter os últimos remanescentes do que aprendemos durante esse ciclo.

E em 11 de novembro Mercúrio passa na frente do Sol, um aspecto bastante raro que aconteceu cerca de 13 vezes em um século. Até agora, tivemos quatro desses trânsitos, em 1999, 2003, 2006 e 2016. Mercúrio rege o carma de nossa vida, de modo que isso deve nos deixar cara a cara com mais uma oportunidade de lidar com nosso passado cármico, enquanto continuamos a limpeza energética da casa em que estivemos envolvidos em todo o ano.

Nos próximos meses, será muito útil se concentrar em avançar e usar o passado como um trampolim para o empoderamento, em vez de um lembrete do que perdemos ou não pudemos concluir. Usamos o passado da melhor maneira quando nos concentramos em como nossas experiências passadas nos capacitaram a deixar para trás antigas crenças e padrões de energia, em vez de quão difícil foi o passado.

A energia de Novembro pode gerar muita raiva e essa é uma emoção que não devemos ignorar. Não é "não espiritual" ficar com raiva, que é uma crença que temos, que nos obriga a deixar nossa raiva de lado. A raiva tem muitos benefícios, inclusive nos mostrando onde estamos limitados, com medo, e também lança uma grande luz sobre a fonte e o propósito do nosso karma. Fique com raiva e, em seguida, dê o próximo passo, pergunte a si mesmo sobre o que está com raiva, por que está com raiva e que mensagem sua raiva guarda para você. A resposta pode ser muito esclarecedora.

Esse será um tema para Novembro - criar 'limonada a partir dos limões', por assim dizer. Sim, o passado pode ter sido difícil, mas se é nisso que focamos, perderemos o benefício dessas experiências e o que elas têm a nos ensinar, além de como usá-las para evitar repetições no futuro.

Além do puxa/empurra do mercúrio retrógrado, estamos acompanhando as forças contínuas de transformação, impulsionando-nos  para o Grande Despertar e ciclo de ascensão de 2020. Esse movimento de energia não é algo sobre o qual temos controle, é uma força irresistível a que ou nos juntamos de boa vontade ou somos apanhados em seu vórtice. O movimento foi se desenvolvendo lentamente o ano todo e agora está aqui. O que acontece depois?

Uma de nossas ferramentas mais poderosas é nossa soberania energética, que estabelece nosso controle sobre os movimentos de energia em nossa vida. Não podemos controlar o que acontece com alguém, mas podemos controlar o que fazemos com a energia em nosso próprio campo de energia. Quando construímos fortes limites de energia com base em nossa soberania energética, podemos gerenciar o fluxo e o movimento da energia em nossa vida, bem como a forma como a usamos, mas há uma pequena mudança com a qual precisamos estar cientes.

Nossa soberania energética também nos tira da reação emocional e nos leva para o fluxo energético, para que não possamos nos envolver no drama, trauma e no caos de nossas emoções. Os problemas da vida são vistos através das lentes de como e o que estamos manifestando com nossa energia, e não como nos sentimos sobre o que alguém fez ou disse, ou o que aconteceu. Nossas vidas agora fluem com congruência, e não no turbilhão dos altos e baixos do envolvimento emocional e de sua dor e drama.

Embora pensemos que é uma ótima opção, se estivermos usando nossa energia emocional para darmos profundidade e significado à nossa vida, uma vida vivida com congruência de energia, limites e soberania pode parecer um pouco monótona. Mas é algo em que precisamos pensar, porque é uma parte forte da impressão da energia criativa de Novembro que definirá o cenário de como lidamos com a energia de 2020.

A lua cheia de 12 de novembro é aos 16 graus de Touro e lança outra luz brilhante na formação da conjunção de Saturno / Plutão. Lembre-se de que essa conjunção, em Capricórnio, não acontecia desde o ano de 1516, por isso é um marco extremamente importante em nossa evolução coletiva. Com esta lua cheia, também temos Mercúrio retrógrado e está passando na frente do sol. Tivemos quatro desses trânsitos nos últimos 20 anos - em 1999, 2003, 2006 e 2016. Esses foram anos poderosos e desafiadores para mim - e você?

E temos uma lua nova em 26 de novembro, aos 4 graus de Sagitário, que pode parecer um pouco desconfortável, pois não possui aspectos importantes. Enquanto  luas novas geralmente representem novos começos, acho que esta, em um signo do fogo, será uma chamada final para fazer uma limpeza final da energia, em preparação para os grandes eventos de Dezembro e Janeiro.

E, finalmente, Júpiter termina em novembro no último grau  de seu signo, Sagitário, antes de entrar em Capricórnio para se tornar parte do grande alinhamento da conjunção Saturno / Plutão. Para saber como isso o afeta, volte 12 anos para quando Júpiter esteve anteriormente em Capricórnio - ele tem um ciclo de 12 anos. Júpiter traz bênçãos e benefícios, mas você não pode julgá-los como bons ou ruins. As bênçãos podem incluir a clareza da consciência e despertar e, às vezes, esses podem ser um desafio.

Estamos em um importante ponto decisivo para a humanidade e em nosso ciclo de ascensão. Use a energia deste mês para limpar seu campo de energia de coisas que não servem para a próxima parte do seu caminho, deixe o passado para trás, lide com o seu passado, sua tristeza, sua raiva e seus arrependimentos. Deixe-os queimar na pira da transformação à medida que você cria espaço para sua plena integração 3D / 5D e os próximos passos de sua ascensão.

Tenha um ótimo mês


Autor: Jennifer Hoffman 
Facebook: Jennifer Hoffman
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais Jennifer Hoffman Aqui