background

sábado, 25 de janeiro de 2020

GRUPO ARCTURIANO - ''A CONSCIÊNCIA CRISTICA"



Caros leitores, sejam bem-vindos à nossa mensagem neste período sazonal em que grande parte do mundo está comemorando de acordo com suas crenças e tradições. É um período durante o qual muitos que escolheram viver fechados para os outros, pela primeira vez, experimentam uma sensação de unidade.

Amar e dar, mesmo nos níveis mais primitivos e inconscientes, são facetas da unidade. A jornada evolutiva espiritual começa em um nível de desconhecimento. Sua natureza Divina está totalmente presente por dentro, mas eles ainda não estão preparados para entendê-la e abraçá-la.

As crianças pequenas amam com facilidade porque ainda não foram condicionadas por crenças de separação e dualidade.

O amor só é capaz de fluir com a mesma ressonância que a consciência da pessoa da qual está fluindo. Porque a Consciência Divina é tudo o que existe, todas as coisas são criadas e fluem dessa Consciência Única. No entanto, quando a Consciência Divina individualizada se condiciona com falsas crenças e conceitos, suas expressões refletirão isso.

Examine honestamente e com frequência o que você ainda pode estar mantendo como verdade na consciência, pois você é criador em virtude de ser quem é e para o que é, não há consciência não expressa.

A mais alta expressão de amor por aqueles que vivem totalmente enredados no sistema de crenças tridimensionais pode simplesmente ser através de doar roupas velhas ou desfazer-se de coisas que não se quer mais, fazendo doações de dinheiro ou simplesmente cumprimentando um sem-teto — ações simples, mas ações que têm o potencial de abrir portas bem fechadas para uma consciência mais profunda.

É muito importante examinar honestamente a intenção por trás de cada ação, queridos. "Estou fazendo essa ação de caridade ou ato amoroso para ser visto pelos outros, para me sentir bem com os meus valores, ou estou compartilhando a partir da constatação de que o que dou fisicamente, emocionalmente, mentalmente ou espiritualmente nunca vem de mim pessoalmente, pois poderia se esgotar, mas através de mim, daquela Fonte Infinita que nunca fica seca?"

O que importa é a intenção por trás de cada ação. Uma moeda de dez centavos, doada de um coração cheio de amor e unidade, é muito mais poderosa para quem dá e para quem recebe, do que centenas de dólares doados sem amor.

É importante ser aberto e honesto em relação às intenções por trás das palavras e ações comuns. Você está rapidamente indo além de uma grande quantidade de programação antiga neste momento, e um refinamento de sintonia pessoal está ocorrendo. Muitos hábitos comuns, mas de baixa ressonância, considerados sem importância, na verdade têm a capacidade de manter uma pessoa em alguma faceta da velha energia.

Durante esses tempos de comemoração, pergunte a si mesmo o que exatamente você está comemorando - o nascimento de um indivíduo crístico há 2000 anos, os milagres de Hanukkah (*), ou apenas porque é a época para festas e presentes? Você que lê essas mensagens está pronto para levar a sua consciência dessa época de festas para um nível mais profundo, entendendo que a história do Natal é a sua história — que os milagres e o nascimento representam o nascimento da sua própria cristandade.

Já declaramos em mensagens de Natal anteriores, mas reiteraremos que a história de Natal, representa o nascimento da consciência de Cristo, que ocorre em algum momento para cada pessoa. Todos devem eventualmente acordar. Uma escolha consciente de evoluir permite que a realidade da Unidade com a Fonte desperte e, eventualmente, se expresse como o Natal pessoal — o culminar de experiências externas e internas através de centenas de vidas que finalmente geram o estado de consciência plenamente realizado.

A Consciência Crística é sua própria proteção em virtude de ser plenamente realizada como o único poder.

Cada momento agora é o momento certo para começar a viajar em direção à estabilidade. Em particular, as energias da celebração e doação facilitam o amor e a experiência da unidade. Todo gesto de amor, por menor que seja o sentido material, acrescenta Luz e eleva a energia do coletivo. As energias que fluem da celebração amorosa entre as pessoas substituem a energia do caos e da destruição, pois as energias do amor são reais, enquanto o caos e a destruição não têm realidade ou lei para mantê-las ou sustentá-las.

Torne-se o Natal permitindo a aceitação e o reconhecimento de sua Divindade, permitindo que ela flua para um mundo que está sofrendo com cada palavra e ação, independentemente de como ela possa ser aceita. Seja quem você é e nunca tenha medo de amar através de quaisquer formas que ressoem com você, pois não há amor menor ou maior. 

O amor é a cola energética que conecta todas as coisas dentro do UM.

Deixe o seu Natal, HanukKah ou outras celebrações florescerem em frutos amorosos que não cessam no final de Dezembro. Dê, sirva e ame da maneira que parecer mais apropriada, ao ver o mundo a partir de um nível de empoderamento espiritual.

Você está pronto. Você fez o trabalho. Agora aceite quem você é e viva-o através da celebração e da alegria de entender o verdadeiro significado do Natal.

Nós somos o Grupo Arcturiano. 

(*HanukKah: Também conhecido como Festival das Luzes, se trata de uma festividade do judaísmo celebrada todos os anos durante oito dias.)


Canal: Marilyn Rafaelle 
Tradução: Sementes das Estrelas / Flávia Grimaldi
Revisão de texto: Walter Neto / Héreluz Starkys
Veja mais mensagens do Grupo Arcturianos Aqui