background

sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

SAUL - "A ESCOLHA MOMENTÂNEA QUE FIZERAM PARA EXPERIMENTAR A SEPARAÇÃO ESTÁ PRESTES A SER REVERTIDA"



A humanidade está surfando a onda em direção ao seu momento de despertar e isso, agora, está muito próximo. Deixem de lado suas dúvidas e ansiedades, porque está tudo bem. O despertar, como já lhe disseram tantas vezes, é inevitável!

Parece que estão esperando há muito tempo por esse magnífico evento, embora, na verdade, isso foi apenas há um momento atrás, um instante. A separação da Fonte nunca aconteceu, jamais poderia acontecer porque não tem como se separar. Só existe a Fonte, o campo infinito do Amor, no qual tudo o que é criado tem sua existência eterna em paz e alegria.

No entanto, por um momento, apenas por um instante, imaginaram a separação e, por estarem imbuídos de poder infinito da Fonte, o que imaginaram pareceu existir e, então, parece que estão presos, amarrados e imobilizados dentro de um vasto universo de fisicalidade, de forma.

Isso é completamente irreal, embora, para vocês pareça muito sólido porque, na fisicalidade estão sempre em contato com outros objetos – desde o chão sob seus pés até tudo com o qual interagem em suas vidas diárias.

Vidas que parecem ser muito físicas, uma vez que seus corpos interagem com outros corpos e objetos físicos. MAS, se prestarem bastante atenção aos seus sentimentos, às suas sensações de consciência ou entendimento, fica bem claro que não são seus corpos.

Dentro de cada um de vocês existe um conhecimento de que podem se afastar de onde seus corpos fisicamente estão – por exemplo, sentados, andando, trabalhando, dirigindo um carro – a qualquer momento suas mentes podem estar em algum lugar distante do espaço em que seus corpos estão presentes. Não são apenas seus corpos, no entanto, os movimentam e manipulam, no todo ou partes dele, com a intenção de assim fazê-lo.

Quem é então, que define essa intenção? É o senso de consciência em seus campos de consciências, através, do qual cada um de vocês sabe que existe – suas capacidades de imaginarem – e que toma a decisão de agir de acordo com o que imaginaram.

Na verdade, são muito mais livres do que pensam. No entanto, escolheram serem limitados por seus corpos. Nas últimas décadas, muitas pessoas foram capazes de tornar seus corpos mais ágeis e fortes, tanto física quanto mentalmente, através de vários tipos de treinamentos, onde os resultados disso podem ser vistos nos novos recordes estabelecidos em competições atléticas e acadêmicas em todo o mundo.

Não obstante, seus corpos são limitadores porque pretenderam que fossem. Mas não são limitados, exceto na medida em que acreditam ser. E, porque a humanidade geralmente acredita ser limitada, contida, restringida, é isso que as pessoas geralmente experimentam.

Despertar é abandonar e descartar as limitações e, assim, se libertar completamente de todos os limites ou restrições. Seu verdadeiro estado é de liberdade absoluta e completa e, memórias profundamente enterradas disso são o que os levam a ultrapassarem fronteiras, a buscar mais da vida do que parece possível aos seres humanos na forma física.

Muitos alcançam um nível de liberdade muito superior ao que seus pais experimentaram e, em seguida, ficam felizes em se contentar com esse nível mais alto de liberdade. Outros acreditam que nunca podem alcançar o nível de liberdade que seus pais experimentaram e se acomodam infelizes naquele nível mais baixo.

Alguns acreditam que não devam ser limitados e passam a vida empurrando os limites das habilidades e liberdades humanas para níveis cada vez mais altos. Suas crenças individuais estabelecem suas limitações.

Agora é a hora de liberar essas crenças inválidas e limitantes, crenças que os ancoram no passado, em memórias passadas de limitação como - “Eu não posso fazer isso, o que as pessoas pensariam?” “Nunca poderia aprender como fazer isso agora, estou muito definido em meus caminhos.” “A maneira como estou vivendo minha vida está funcionando para mim, então por que arriscar mudá-la?”- isso parece oferecer segurança. As crenças limitantes são como véus ou telas que os impedem de ver as enormes possibilidades que a vida lhes oferece e que, por medo, se recusam a questioná-las, abrindo esses véus e telas e olhando além delas.

Crenças fixas e inquestionáveis são limites autoimpostos que aumentam ainda mais as limitações básicas, que é um aspecto muito importante na fisicalidade para vocês, como seres humanos. São mais facilmente vistas em outras pessoas – que apoiam persuasões religiosas, visões econômicas, filosofias ou convicções políticas diferentes das suas – enquanto são frequente e extremamente difíceis de ver em si mesmas.

Essa necessidade egoísta, aliada ao temor de não estar certo, com a qual tantas pessoas estão infectadas, levou a humanidade a conflitos violentos por eras, conflitos que causam dor infinita e sofrimento para o grande número de pessoas e que jamais levou a solução dos problemas que apareceram e que, em primeiro lugar, as levaram aos conflitos.

A experiência é adquirida quando enganos ou erros são cometidos e a razão deles é investigada e compreendida. Diariamente, existem inúmeras situações em que ocorrem e nas quais isso acontece. Uma das lições que é aprendida repetidamente é que os seres humanos cometem erros e erros.

Saber o que os causou para, em seguida, tomar medidas para impedir sua reincidência, leva à sabedoria. Infelizmente, principalmente por medo, julgamentos defeituosos ou desonestos, são frequentemente feitos, na tentativa de culpar os outros por erros acontecidos, com a finalidade de transferir a culpa dos verdadeiros responsáveis, para evitar serem envergonhados e punidos.

Nas últimas décadas, houve muito progresso na compreensão das razões do erro humano e novas leis e diretrizes foram introduzidas para reduzir e, sempre que possível, impedir sua ocorrência. No entanto, quando erros são cometidos, os responsáveis - geralmente pessoas que estão nos níveis de gerência maior da organização envolvida – quase invariavelmente estão plenas de temor e horror, se envolvendo em algum tipo de subterfúgio para evitar de serem responsabilizadas.

O caminho a seguir é mudar a maneira de como os erros são tratados, para que os responsáveis possam registrar relatórios verdadeiros sobre as ocorrências, sabendo que serão auxiliados com Amor, no tratamento do sentimento de horror e culpa que surgirem neles como resultado de seus erros e, assim, ajudando enormemente na prevenção de outras ocorrências semelhantes. 
Obviamente, se a negligência criminal ou a intenção criminosa for a causa do evento, os responsáveis devem ser chamados a prestar contas e, depois que uma investigação completa for realizada, receberem o apoio amoroso necessário para permitir que mudem suas crenças equivocadas que os levaram a se comportar dessa forma.

Lembrem-se de que são todos – e não há absolutamente nenhuma exceção - filhos amados de Deus, perfeitos, exatamente como foram criados. A escolha momentânea que fizeram para experimentar a separação está prestes a ser revertida para que despertem. Até lá, é essencial que, diariamente, estabeleçam a intenção de, apenas, serem amorosos em seus pensamentos, palavras e ações. 

Quando fazem isso, suas intenções afetam toda a humanidade e, toda a humanidade é poderosamente auxiliada a se afastar do medo, do julgamento e da culpa e, para uma mentalidade amorosa e, interagir amorosa e respeitosamente entre si, assim como Deus.

Este é um passo essencial em suas caminhadas para o Despertar, que é a maneira pela qual Mãe/Pai/Deus, Fonte, Amor, sempre interagem e se envolvem com todos.da criação. É assim que experimentarão a vida quando acordarem e, assim, a alegria eterna os abraçará e envolverá. 

Com muito Amor, Saul.


Canal: John Smallman 
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais mensagens do Saul Aqui