Jennifer Hoffman – “Mudança e perda ou transformação e ganho”

Compartilhe esse artigo

Querida Jennifer: Nos últimos dois anos, perdi tudo, meu trabalho, minha casa, meus amigos e mal converso com a minha família. Embora esteja procurando emprego, não consigo encontrar um e moro com um amigo agora com quem não me relaciono bem.

Não sei o que fazer para corrigir a minha vida e estou tendo dificuldades para descobrir meus próximos passos. Como recupero minha vida e como crio a vida estável, segura e feliz que desejo?


Resposta de Jennifer: O que você está experimentando foi sentido por muitas pessoas na década passada e é difícil quando tudo na sua vida muda dessa maneira, aparentemente ao mesmo tempo. Suas respostas de tristeza, medo e arrependimento por essas mudanças a estão impedindo de criar a nova vida que deseja. Embora possa ser difícil encontrar a energia e a coragem para ver novas possibilidades para si mesma, é isso que você deve fazer para algo em sua vida se transformar. Você pode estar se perguntando por que isso aconteceu com você, então vamos falar sobre os reais motivos por trás do que aconteceu aqui.

Tudo entra e sai de nossa vida a nosso convite, consciente ou inconsciente, em resposta ao desejo de mudança de nossa alma, de modo que não é possível realmente “perder” nada. Se não apreciamos ou valorizamos o que temos, ou se isto serviu a seu propósito em nossa vida, desconectamos nossa energia disto e isto deve deixar nossa vida.

Esse processo é o que cria o fluxo de entrada e saída de pessoas, situações e experiências para dentro e para fora da nossa vida. Quando somos gratos pelo que temos e apreciamos todas as circunstâncias e situações, e reconhecemos quando ficamos sem o caminho da energia com pessoas e situações, alcançamos o fechamento com o que não mais ressoamos e seu fluxo de saída é gracioso e sem esforço. O espaço vazio que criamos com esta liberação é preenchido com as coisas novas que estabelecemos  em nossa intenção de receber.

Mas quando nos sentimos zangados e impotentes, quando odiamos as circunstâncias da vida e ficamos chateados com as pessoas e com nós mesmos, criamos uma desconexão energética sem antes criar o espaço para o novo chegar. Podemos então nos encontrar na situação em que você está, onde tudo parece partir de uma vez e nossas vidas ficam vazias. Nós nos sentimos sozinhos, sem apoio e desalinhados com a nossa vida.

Algumas perguntas para você considerar são:


Você gostava do trabalho que tinha ou ficava frustrada, com raiva e se sentia limitada por ele?


Você gostava dos seus amigos ou eles eram desafiadores e não a serviram e nem a apoiaram de maneira significativa?


Você está alimentando ressentimento e raiva em relação a sua família e ainda precisa resolver com eles ou dentro de si mesma?


Você tem expectativas de como sua família interage com você, que eles não podem atender, porque são incapazes de fazer isso, mesmo que você pense que eles sejam, ou está tentando convencê-los a fazer o que você quer. Com a energia se movendo tão rapidamente quanto agora, as respostas aos nossos desejos podem chegar muito rapidamente. Não importa se estamos consciente ou inconscientemente desejando que nossas vidas mudem; quando dispersamos nossa energia através da raiva, medo e nos sentimos impotentes, obtemos resultados incompletos. O universo trabalha conosco, não para nós. Ele não criará algo para nós que não criaremos ou que não criaremos primeiro para nós mesmos.

Para preencher a sua vida com o que você ama, você deve primeiro se dar o fechamento com o que você permitiu deixar a sua vida (o que você diz ter perdido), o que não está mais alinhado com sua energia ou intenção, agradecendo por isso. e apreciando o que você já criou e as lições que isto representa. Então você precisa começar a trabalhar com sua intenção para criar algo novo para sua vida agora. Pode levar algum tempo, mas, novamente, você está pronto para a mudança, e isso também pode acontecer muito rapidamente.

Depende de como você está disposto a ver a si mesmo como poderoso, em vez de impotente, o quanto você pode aceitar que todos estão onde podem estar, que pode não ser onde você quer que eles estejam, perdoe a si mesmo e aos outros e dê a si mesmo o fechamento que precisa para concluir essas conexões energéticas com a sua ‘velha’ vida e criar algo novo e maravilhoso em sua vida agora.

Você não recuperará sua vida antiga (de qualquer forma, não gostava dela ou ainda a teria), mas criará uma vida nova e mais gratificante e aprenderá a lição poderosa de como a energia funciona e com que intensidade ela responde a você, então pratique a gratidão e a apreciação e use a intenção para criar sua vida, em vez de dispersar a sua energia inconscientemente e depois se encontrar no espaço vazio e temeroso, como você experimentou.


Autor: Jennifer Hoffman 
Facebook: Jennifer Hoffman
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais Jennifer Hoffman Aqui
Compartilhe esse artigo

About Author

Neva (Gabriel RL)