Jennifer Hoffman - "O convite da energia do drama e do trauma"



Se você sente que o mundo se transformou em um filme de ficção científica ruim, não está sozinho. A idéia de países fechando suas fronteiras, vôos parando, a permanência em casa, quarentenas, empresas fechadas e o mundo parando, é simplesmente surreal, mas para o futuro imediato é a nossa realidade. E como é global, todos estão focados neste evento agora. Este é realmente um momento raro na história e um evento que é outro ponto crítico no nosso caminho de integração da ascensão 3D / 5D.

Se você estiver em casa, como muitos de nós, use esse tempo para refletir sobre suas intenções, escolhas e aproveitar a quietude. Para tantas pessoas, a vida é vivida através de suas distrações. Agora elas têm a chance de se libertar das distrações e passar um tempo com elas mesmos ou com as pessoas que vêem passando em seu caminho para a próxima distração. Como você pode usar essa pausa para se envolver na autoconsciência, nos cuidados pessoais e na auto-estima?

E se a perspectiva de estar em um ambiente fechado cria caos, o artigo desta semana lhe mostra como evitar confrontos da realidade e se arrastar para o drama, trauma e caos de outras pessoas sem parecer indiferente, insensível e sem apoio.

Esse é o tópico do boletim desta semana.

O que você faz quando alguém quer que você apoie o drama, o trauma e o caos? Como você evita se envolver nos problemas de outra pessoa e não se sentir insensível, indiferente ou sem apoio? É possível apoiar à distância, mantendo os limites de energia?

Sim, é e é importante perceber agora e colocar isto em ação. Especialmente agora, já que muitas pessoas estão assustadas, chateadas e inseguras com relação ao futuro, é importante manter fortes limites de energia. Às vezes, é uma escolha que somos forçados a fazer - envolver-se no drama de outras pessoas, ou permanecer em nosso próprio caminho de energia. E existe uma maneira de recusar esse convite e manter o nosso equilíbrio energético.

Como você leu no Relatório de Energia de Março, a escolha para nós agora é escolher entre ser o Curador Martirizado ou o Mestre Empoderado. Este é o melhor exemplo disso. Quando outros nos convidam a entrar em seus dramas, traumas e caos, temos a opção de recusar e não permitir que eles usem nossa energia para apoiar sua causa. Porque é isso o que eles estão tentando fazer.

O que você faz quando alguém o convida a contribuir com sua energia para o drama, trauma e caos? Você tenta apoiá-lo dizendo "sim" (do qual se arrependerá mais tarde) ou se recusa, para proteger a sua energia e permanecer em seus limites de energia?

E podemos aprender como fazer isso, ao mesmo tempo em que nos comprometemos a reconhecer sua soberania energética. A reconhecer as suas habilidades e sua força, não concordando com a sua consciência de vítima.

O melhor presente que você pode dar a alguém é lembrá-lo de seu poder e apoiá-lo da maneira mais poderosa possível.

O melhor presente que você pode dar a si mesmo é permanecer na segurança e proteção de seu campo energético e recusar qualquer convite para compartilhar sua energia em situações que não atendam a sua intenção para a realidade de paz, alegria, amor e abundância que você deseja para si mesmo.


Autor: Jennifer Hoffman 
Facebook: Jennifer Hoffman
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais Jennifer Hoffman Aqui