background

terça-feira, 14 de abril de 2020

Benjamin Fulford - "Atualização Semanal"


13.04.2020

ELITES LUTANDO DESESPERADAMENTE CONTRA UMA REVOLTA GLOBAL DE ESCRAVOS.

Não há dúvida sobre isso… O planeta Terra está no meio de uma revolta de escravos! 

Estamos vivendo tempos que serão escritos daqui a milhares de anos. Estamos testemunhando a derrubada de um antigo sistema de controle envolvendo assassinatos, mentiras e suborno. O grupo da família endogâmica que controla esse sistema babilônico de escravidão por dívida é chamado de Máfia Khazariana… ou, mais simplesmente de Cabala Obscura. O epicentro dessa revolta está nos Estados Unidos. 

Embora, haja enormes nuvens de desinformação espalhadas por todos os lados, vamos tentar resumir o que está acontecendo. O evento desencadeador foi a falência da Cabala Obscura, proprietária da CORPORAÇÃO DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA, em 16 de Fevereiro de 2020, uma data que vai ficar na história. Os chineses, em essência, disseram para Cabala Obscura que não aceitariam mais seus certificados de dívida e que, em vez disso, disseram que a partir de agora o pagamento é exigido em ouro ou outras coisas que realmente existem..

A Cabala, antecipando este evento, tentou curvar os chineses à submissão com um ataque fracassado de armas biológicas e um ataque eletromagnético mais bem-sucedido, usando 5G e satélites. Esse ataque provavelmente causou milhões de baixas em Wuhan, China, segundo fontes da CIA que visitaram secretamente Wuhan, após o ataque. 

Enquanto isso, a falência da Corporação dos EUA desencadeou uma guerra civil não declarada nos Estados Unidos que continua em andamento. Aqui está como a inteligência britânica do MI6 vê a situação. 

“Parece ser a restauração da Primeira República Federal sobre a Segunda Constituição, ilegal (maçônica) secreta. As garantias sugerem que o CEO da Colony Corporation, do Distrito de Columbia tenha jurado a constituição correta. Lá a guerra civil já está no horizonte.” 

É por isso que o presidente dos EUA, Donald Trump, não usa mais o selo presidencial. 

Fontes do Pentágono dizem que: “A declaração de lei marcial está completa, pois todos os 50 estados estão sob declarações de desastre. O comando conjunto de operações especiais (JSOC) recebeu ordens de marcha e Trump se declarou presidente de guerra”. É por isso que um milhão de reservistas foram mobilizados. 

“Parece que os principais cães de Hollywood, Wall Street, Vale do Silício e outros podem ter sido detidos ou mantidos em prisão domiciliar”, dizem as fontes. 

Ao mesmo tempo, vários estados dos EUA, principalmente a Califórnia, se declararam independentes do regime de Washington DC. O Governador da Califórnia, Gavin Newsom, disse que “como estado-nação” a Califórnia adquiriria os suprimentos hospitalares que o governo federal não forneceu e pode até “exportar alguns desses suprimentos para os estados necessitados”. 


Dois contatos pessoais que vivem em locais diferentes na Califórnia, relatam terem visto tanques nas ruas de lá. Também, existem vários terremotos não naturais sendo detectados em torno da base da Área 5, em Nevada e nas bases subterrâneas militares na Califórnia. 

Fontes do Pentágono dizem que “os túneis da cabala se estendem do México ao Canadá, então a guerra aos cartéis mexicanos foi declarada para interromper o fluxo de drogas, armas, humanos, crianças, terroristas e dinheiro”. 

Em Israel, o abate parece ter começado com a “morte por coronavírus” do ex-rabino-chefe israelense Eliyahu Bakshi-Doron, que pediu o assassinato de judeus que se casam com não-judeus. 


Esta guerra não terminou de maneira alguma com a elite reagindo com força. Por exemplo, isso é visto na chamada para vacinação de todos com o que provavelmente será um coquetel de substâncias tóxicas, incluindo microchips, disseram fontes da CIA. 

A cabala matou a filha e a neta de Robert F. Kennedy Jr. como vingança, por alertar sobre os perigos de suas vacinas, disseram fontes do MI6. Kennedy diz: 

“Os médicos indianos culpam a campanha de [Bill e Melinda] Gates por uma epidemia devastadora de paralisia flácida aguda não-poliomielite (NPAFP) responsável pela paralisia de   490.000 crianças”. 


Além disso, como sinal de quem ele realmente trabalha, o Primeiro-Ministro canadense Justin Trudeau disse na quinta-feira que “os canadenses não poderão voltar à vida normal como a conheciam antes da nova pandemia de coronavírus, até que uma vacina esteja disponível”. Justin, filho de Fidel Castro, quase que certamente matou seu irmão, o verdadeiro filho de Pierre Trudeau, para se tornar Primeiro-Ministro. 


A elite, também, está usando a falsa pandemia e quarentena para forçar a população a renunciar de seus direitos humanos/trabalhistas. Como resultado, “em vez dos trabalhadores, agora, exigirem a restauração de salários, horas e direitos no local de trabalho, estão clamando por qualquer chance de trabalhar, sob quaisquer condições estabelecidas. As elites podem se dar ao luxo de fazer isso porque receberam trilhões de dólares para fazerem isso”, observa o escritor Joaquin Flores. 


Um advogado de Stanford, observa que as liberdades estão sendo drasticamente reduzidas: 

“Enquanto líderes em todo o mundo lutam contra a disseminação do coronavírus, eles estão acumulando novos poderes. Na medida em que as legislaturas limitam ou suspendem as atividades em nome do distanciamento social, muitas das normas que definem democracia – eleições, deliberação e debate, freios e contrapesos – foram suspensas por tempo indeterminado… França e Bolívia adiaram as eleições. O Peru entregou ao presidente ampla e nova autoridade legislativa. Israel aumentou drasticamente o alcance de seu estado de vigilância.” 


Cada vez mais pessoas estão acordando para o fato do coronavírus ser utilizado para restringir as liberdades em todo o mundo – seja um fake. O Dr. Scott Jensen, um senador republicano do Minnesota, por exemplo, diz que o Governo dos Estados Unidos ordenou aos médicos que classificassem toda e qualquer morte como sendo proveniente do “coronavírus”. 


Um médico da CIA nos enviou este comentário: 


“Trabalho nos cuidados de saúde. Quando pacientes em dois hospitais trabalham na morte, se tiverem QUALQUER problema respiratório, temos ordens para escrever como COVID a causa mortis na certidão de óbito. Estes pacientes nunca foram sequer testados para detectar o vírus. Cancer, traumas, mortes por perda de sangue agora, são todas mortes causadas por COVID. Se estiverem doentes, quase toda os pacientes recebem oxigênio. Portanto, se morrerem, a COVID é colocada na sua certidão de óbito! Isto é um esquema fraudulento! É tudo mentira!”

Uma fonte da CIA, também, nos enviou o seguinte: 

O Coronavírus é originário da cidade de Wuhan, na China, e já chegou a todos os cantos do mundo. Mas este vírus não chegou a Pequim, a capital da China, nem da capital econômica, Xangai, perto de Wuhan, porquê…? 

Pequim é a cidade onde vivem todos os líderes da China. Os líderes militares vivem aqui, aqueles que dirigem o poder da China vivem aqui e não há nenhuma barreira em Pequim! Está aberta! O Corona não tem efeito aqui, porquê…? 

Xangai é a cidade que dirige a economia, é a capital econômica da China, onde vivem todas as pessoas ricas da China! Quem mantém a indústria funcionando, aqui não tem nada fechado, o Corona não tem efeito aqui…!  Porquê…? 

Como vimos na semana passada, o laboratório de armas biológicas no epicentro deste “coronavírus” é propriedade da Fundação Soros, uma frente Rothschild: 

Informamos aos chineses que o Coronavírus foi rastreado até às suas instalações, na “666 Gaoxin Road”, em Wuhan, China. 


O fato desta informação não constar das primeiras páginas dos jornais chineses é revelador. 

A razão, aparentemente, é que na semana passada houve comunicações secretas entre os Rothschilds e os chineses, de acordo com fontes da Sociedade Secreta Asiática. Os Rothschilds disseram que tinham dispositivos na Rússia destinados para a China. Os chineses responderam dizendo que se fossem novamente atacados, retaliariam, bloqueando a Suíça e Israel. Em vez da guerra, se ofereceram-se para vender aos Rothschilds 1.000 toneladas de ouro e continuam à espera de uma resposta formal. Os asiáticos deixaram claro que a situação atual não pode ser resolvida pela força, apenas pela cooperação. O Embaixador chinês nos Estados Unidos, Cui Tiankai, afirma: 

Vamos trabalhar juntos para responder a esta crise global, para salvar a vida das pessoas, para salvar o futuro da economia global e para salvar o futuro da comunidade global. “Esta é a nossa tarefa primordial”. Cui apela para “um novo e eficaz sistema de governança global…baseado no respeito mútuo e…no pleno reconhecimento da diversidade”. 


A ONU será, no mínimo, radicalmente reestruturada no âmbito de um sistema de governança melhorado. Neste momento, eles estão com falta de fundos. “Compreendemos que há dinheiro na calha, embora não tenha sido ocialmente recebido”, armou Stéphane Dujarric, porta-voz do Secretário-Geral da ONU, na semana passada.


Os Asiáticos, também, estão reprimindo o medo do coronavírus. É por isso que “foram detidas, pelo menos, 266 pessoas por divulgarem informações relacionadas ao coronavírus em 10 países asiáticos, da Tailândia à Índia e à Mongólia, de acordo com uma estatística da AFP baseada em relatórios policiais”.


Fontes da Sociedade Secreta Asiática dizem que os seus membros, agora, estão descobrindo que o coronavírus é falso. No entanto, os ataques electromagnéticos das redes 5G são a verdadeira ameaça, pelo que estão lidando com ela. 

Para aqueles que ainda não compreendem que a ameaça 5G não é “notícia falsa”, por favor vejam este artigo apoiado por cerca de 100 citações científicas. 


Fontes do MI6 relatam: 

Vemos tudo isto como uma guerra híbrida contra os Estados-nação do mundo, onde, ao ter o Primeiro-Ministro-Executivo da Grã-Bretanha em queda, os restantes líderes mundiais deveriam ser galvanizados, o que agora estão, etc. 

Em outras palavras, podem ter armado o “coronavírus de Johnsons”, a fim de assustar com sucesso outros líderes mundiais.

No Japão, os militares estão a preparando uma ação contra o regime fraudulentamente instalado do Primeiro-Ministro escravagista Shinzo Abe, porque ele tem pressionado pela 5G e está provocando o colapso da economia com a falsa pandemia, dizem fontes japonesas de direita próximas do Imperador.

Entretanto, na medida em que cada vez mais pessoas acordam para a falsa pandemia, há sinais de hologramas do Projeto Blue Beam, em todo o mundo. Aqui estão exemplos da Indonésia, Israel e de várias partes dos Estados Unidos. Mantenham a cabeça erguida, pois – em breve – também pode haver algum espetáculo nos céus acima de suas cabeças. Esta é apenas uma pequena parte da falsa festa do fim dos tempos, que está sendo organizada e levada a cabo, concordam várias fontes. 


Jerusalém: 


Cleveland: 


Detroit: 


Constatamos também que o encerramento da maior parte das atividades comerciais não essenciais já foi uma bênção para a natureza. 

O objetivo é ter um mundo em harmonia com a natureza, onde todos tenham um nível de vida saudável e feliz. Este planeta pode se transformar num céu destinado a todos, incluindo um espírito imortal para aqueles que o desejem. Lembre-se de que, apesar, da humanidade estar vencendo, a batalha pelo Planeta Terra ainda não terminou. Todos nós precisamos de fazer a nossa parte. 

Fim.


Autor: Benjamin Fulford 
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais artigos do Benjamim Fulford Aqui