background

segunda-feira, 11 de maio de 2020

Selácia - "Navegando no vazio entre o velho e o novo"


Muitas vezes, o espaço entre o antigo e o novo pode ser muito desafiador - sentir-se em um vazio entre o que era e o que será. Curiosamente, no entanto, esse vazio é onde temos o maior potencial para criar algo radicalmente novo e maravilhoso. Continue a ler para entender melhor o vazio e como fazer o melhor uso possível neste mês.

Maio é um mês de mais mudanças em nossas vidas. Estas mudanças são bastante pessoais - indo além do COVID e do estado geral disfuncional do nosso mundo. Quaisquer que sejam essas mudanças, neste mês seremos espiritualmente incentivados a fazê-las, mesmo que o COVID nunca tivesse chegado.

Energias retrógradas planetárias estão envolvidas, catalisando uma grande revisão de vida, envolvendo responsabilidade, relacionamentos e sucesso. O início dos três ciclos retrógrados é nesta próxima semana. 

As energias retrógradas envolvidas: Saturno retrógrado de 11 a 29 de setembro, Vênus retrógrado de 13 a 25 de Junho e Júpiter retrógrado de 14 de Maio a 12 de Setembro.


Para perspectiva, ciclos retrógrados nos dão a oportunidade de revisar, reavaliar e repensar. Às vezes, isto pode parecer sério e pesado, em parte porque o que precisa ser revisto subconscientemente resistimos, queremos atrasar ou simplesmente preferimos não ver. Além disso, passar por um ciclo retrógrado - com seus desafios de enfrentar a própria  sombra  e fazer um profundo trabalho interior para fazer mudanças - pode parecer um pouco opressivo durante uma crise global.

O lado positivo: os retrógrados em 2020 são momentos muito poderosos para fazer mudanças pessoais que antes eram impossíveis de orquestrar. É um excelente momento para fazer a limpeza ao nível do DNA de padrões ancestrais e condicionamento do início da vida.

A GRANDE REVELAÇÃO

Lembre-se do seguinte. Enquanto cada um de nós cresce espiritualmente, participando ativamente de nossa própria revelação pessoal do que precisamos mudar - nosso mundo está experimentando o que eu chamo de grande revelação.

Conforme descrevo mais em meu novo livro Previsões 2020, este ano e a próxima década de mudanças levam a humanidade a ter uma grande reavaliação de como chegamos aqui a esse espaço difícil e insustentável.

Durante esse processo, informações históricas talvez não escritas, propositalmente ocultas ou perdidas começarão a aparecer.

REAVALIANDO A HISTÓRIA

Nossa história não é o que pensávamos. Por quê? Uma razão é que os historiadores, ao longo dos tempos, podem ter tido um viés, carecer de toda a cena ou simplesmente entender mal o contexto dos eventos. Parte disso pode ter a ver com a tradução para diferentes idiomas e dialetos. Uma segunda razão pode ser atribuída à poderosa influência que os líderes orientados pelo ego tiveram no controle da informação.

Estou mencionando os dois aqui, em parte porque esse tema da informação distorcida - presente novamente hoje - tem raízes antigas. Nós experimentamos isso muitas vezes!

ESTA É A NOSSA VEZ

Saiba que ESTA é a vida em que cada um de nós veio codificado para (1) querer a verdade (2) querer fatos baseados em evidências (3) aprender a identificar líderes orientados pelo ego (4) aprender a desenvolver o discernimento.

Como escrevi na semana passada ("Anseio por liberdade e certeza - Discernimento durante o Caos"), vivemos uma época em que precisamos desenvolver nosso discernimento e nossa capacidade de classificar informações confusas ou tendenciosas para descobrir os fatos e nossa própria verdade.

O discernimento é uma habilidade em desenvolvimento. O mesmo acontece com a habilidade de reter julgamento e evitar o medo enquanto investigamos as informações.

Durante o mês de Maio, as duas habilidades precisam ser aprimoradas, para não sermos pegos pela mais recente histeria ou xingamentos.

MESTRES ILUMINADOS

Os Mestres iluminados, como Buda, se estivessem vivos hoje, iluminariam as distorções e desequilíbrios que os humanos aceitaram como "normais". Eles nos lembrariam por que estamos aqui - todos nós juntos neste pequeno planeta - lembrando como amar e estar com o outro e com a Terra.

De fato, sua sabedoria permanece viva para nós hoje, à medida que navegamos nesses tempos desafiadores. Confie nisto. E confie que, por mais loucas que as coisas sejam, temos propósitos mais elevados para esses momentos. Nos próximos tempos, cada um de nós tem o potencial de explorar isso em um nível muito pessoal - e depois empreender ações que reflitam nossos papéis únicos. É assim que mudamos a nós mesmos - é assim que mudamos o mundo.


Autor: Selácia
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais Selácia Aqui