background

sábado, 8 de agosto de 2020

Cosmobiografia Avatar do PVSE - "Khalreon Ylron "



KHALREON YLRON = é uma linda expressão / roupagem do Sistema Estelar de Pegasus, mais especificamente da estrela Epsilon Pegasi, com profunda conexão com o Sistema Estelar de Arcturus e Órion. É um ser muito belo de expressão masculina, um lindo centauro, metade homem e metade cavalo, em um lindo tom dourado brilhante. Cabelos longos em tom dourado, olhos dourados levemente arredondados com a íris na vertical e meio puxados para trás, como os orientais. Olhos  muito bonitos e penetrantes. Veste uma espécie de armadura com vários símbolos sagrados, especialmente no peitoral, que são difíceis de  descrever, mas toda essa simbologia é como se representassem toda a força do cosmos. São diversos símbolos em vários formatos como estrelas, triângulos, flechas, de vários tipos. Khalreon, você também segura um lindo cetro luminoso dourado, com uma esfera de cristal dourado na ponta, que parece ser um citrino. Essa é sua aparência primária. Mas, às vezes, você também se apresenta em uma roupagem galáctica, exatamente como descrevo: com o mesmo cabelo, olhos, só que vestindo um macacão completamente dourado, bem colado ao corpo até o pescoço. Nesta roupagem, você está completamente humanoide. Continua segurando o cetro e, desta vez, também está usando uma capa (a exemplo daquela do personagem Batman) completamente dourada. Você é um ser de personalidade forte, objetiva, muito inteligente e empata. Atenciosa e gentil. Às vezes, como um trovão e raios e, às vezes, como a brisa da manhã. Um ser sereno. É um lindo equilíbrio entre forças. Seu dom inato é o da cura, da inteligência, da estratégia, da suavidade e o da criatividade. Sua aparência é jovial nos seus 30 anos. Quando abro minha vidência para ver melhor, vejo-o em pé, na roupagem de centauro, em cima de uma montanha, uma linda pedra... E você está olhando o pôr do sol, completamente dourado brilhante. É uma montanha alta, muito alta, podendo-se observar uma imensa vegetação, a frente um grande abismo, e você, Khalreon,  está no topo dessa montanha, olhando o sol se por. Muito lindo!


Você dentro do comando tem a sua própria nave espacial que é uma linda nave esférica, dourada, belíssima. Às vezes, essa nave fica completamente cilíndrica. Muito bonita. A nave em si é praticamente um planeta com um ecossistema próprio. Você faz parte de um grande agrupamento especial de guerreiros, determinados guerreiros, e abridores do caminho. Você e seu agrupamento são a Força Centauro.

Os centauros estão associados à Mitologia Grega e em qualquer pesquisa na Internet se podem encontrar informações sobre eles. Em alguns casos, associados também a vida mais selvagem e agressiva, mas que, na realidade, como tudo na dualidade, não é completamente assim. Existem os sagrados centauros, guardiões especiais que protegem a Terra e guardam, especialmente, as pessoas de bom coração e com boas intenções na alma. Eles também são conhecidos como intolerantes à violência, pois, em suas muitas vidas, tanto na Terra como fora, estiveram envolvidos em barbáries, e seu akáshico carrega o “peso” desse passado. E  eles não querem mais, de maneira alguma, ser associados ou viver de tal forma e, claro, não admitem esse tipo de comportamento, tornando-se, então, seres muito disciplinados. Eles são amorosos, gentis, companheiros, mas muito enérgicos, quando preciso.

Vocês desse agrupamento - especialmente você querido Khalreon Ylron, representante dessa força na fisicalidade - trazem essa herança, por já terem vivido como centauros e por terem sua essência nesse sistema sagrado, Pegasus. Necessariamente, não significa que vocês se apresentam somente desta forma, humano/cavalo como mostra a Mitologia. Isso é uma força, e também uma simbologia para o equilíbrio entre o homem espiritual e a natureza física. É um equilíbrio. Você, querido Khalreon Ylron, e todo esse agrupamento representam o equilíbrio entre o espiritual e o físico, entre a força bruta e a leveza. Vocês são a energia do equilíbrio. Vocês atuam em vários sistemas estelares resgatando seres das suas dores profundas. Vocês descem a ambientes densos e resgatam os seres que ali estão quase perdendo completamente as suas centelhas divinas e os levam para tratamentos. Vocês são guardiões das legiões de Maria (Mãe Maria) e aonde quer que ela vá, vocês “fazem a guarda” acompanhando-a a todo o momento. Às vezes, vocês estão na aparência metade humano metade cavalo, às vezes apenas humanoide, e ainda outras vezes somente cavalo.

Vocês desse agrupamento também trazem poderosa conexão com o Sistema Estelar de Arcturus, pois o Sistema de Pegasus foi semeado pelos arcturianos. Vocês são socorristas, guerreiros, médicos, estrategistas, empoderadores, oradores… O Agrupamento Especial de Centauros está apto a qualquer coisa. Formam, realmente, um agrupamento “coringa”. Especialmente no plano terrano hoje, ou atuando a partir dos planos espirituais da Terra, você, querido Khalreon Ylron, e todo o seu agrupamento têm trabalhado para afastar as forças negativas finais do planeta. Vocês também são protetores - como já foi dito - das pessoas de bom coração, missionários e mostradores do caminho. Qualquer um deste caminho da espiritualidade que esteja passando por qualquer ameaça, basta invocar as forças dos Centauros de Pegasus e, rapidamente, sentirão a radiação de proteção que chega como um trovão afastando a ameaça, seja ela qual for. Os Centauros quando descem aos ambientes mais densos nos planos do astral inferior, descem com muita força e ferocidade, abrindo caminho, atravessando os pântanos, desobstruindo passagens, literalmente passando por cima de tudo para chegarem ao objetivo. Vocês são muito determinados.

Vocês também atuam desmantelando os pontos de forças negativos, tanto no astral como no físico. A presença de vocês nesses ambientes, simplesmente, desintegra as forças negativas ali presentes. Por exemplo, se alguém fez alguma magia negra em um determinado ambiente, se fez alguma maldição ou qualquer coisa assim, a simples presença de vocês desintegra completamente essas forças negativas. Vocês carregam toda essa simbologia de pureza, leveza, força e atuações mais enérgicas. Os Unicórnios, os Pegasus e os Centauros estão conectados e vocês representam essa tríade de forças. Muitas vezes, também, de acordo com o ambiente em que estejam e precisem se manifestar, também podem se apresentar nessas outras roupagens. É um trabalho realmente muito lindo que vocês realizam de resgates de almas, de abertura de caminhos, de desobsessão e tudo mais que lhes for confiado.

Vocês também carregam a sua história no Sistema Estelar de Orion, quando, também, a maioria de vocês já viveu em corpos reptilianos, quando foram chamados para ajudar a interromper  a guerra de Órion, há milhares de anos. Vocês entraram em corpos reptilianos e, como diplomatas, começaram a tentar reverter os rumos daquela guerra. Muitas das suas almas ficaram presas por um tempo naquele ambiente, mas logo retornaram a sua essência original. Hoje também carregam em seu histórico Akáshico aquela conexão. Dessa forma, muitos de vocês, assim como você, querido Khalreon Ylron, tem atuado para tentar conscientizar as forças reptilianas negativas, que ainda atuam na Terra, a deixarem o planeta e se entregarem pacificamente aos Comandos Galácticos. Vocês têm descido em cavernas onde reptilianos tentam se esconder e tentam  instruí-los a desistirem. Vocês estão bem ativos nesse momento. Por serem bem familiarizados com os reptilianos devido a sua herança nesse sistema, por mais agressivos que, às vezes, os reptilianos negativos sejam, há um tremendo respeito quando um centauro se aproxima em sua roupagem homem/cavalo. Pois vocês emitem um campo de força tão poderoso, tão poderoso, que a mais feroz das feras se curva em respeito. A energia de vocês, centauros, doma qualquer negatividade. Ninguém ousa enfrentar um centauro nos planos espirituais, ou mesmo, quando este centauro toma posse do seu poder, como você, Khalreon Ylron, na fisicalidade, ninguém o desrespeitará. Apesar de toda essa força, queridos, vocês são simples, humildes e gentis. Apesar de todo esse poder, jamais se permitem cair em vaidade, pois vocês já caíram no passado, quando Pegasus, Arcturus, Orion passaram por suas fases difíceis e vocês trazem isso - essa lembrança - e prometeram nunca mais cair.

Certamente, também existem os centauros encarnados (que não sabem das suas origens), os desencarnados com expressões humanoides e os centauros com a roupagem “tradicional” de centauro, metade homem, metade cavalo, que ainda se encontram nas baixas vibrações, usando suas forças de forma negativa. E vocês, os centauros conscientes - como você, Khalreon Ylron - que têm a missão de auxiliar a todos eles no retorno às consciências. Suas posturas amorosas e firmes irão guiá-los para a estrada luminosa,  novamente. Vocês desse agrupamento são unificadores, são mostradores do caminho, são instrutores. Quantas guerras foram paradas por vocês no plano espiritual e físico? Várias! Quantos planetas foram evitados da destruição porque vocês impediram? Vários! Quantas almas nobres e puras foram protegidas por vocês? Incontáveis! Vocês são seres de muita sabedoria, muito Amor e força, acima de tudo, e saibam que representam a Lei Universal: a ordem, a disciplina, o Amor e a fraternidade! Vocês representam as forças do Elohim Hércules, pois são raios de força dessa energia azul. Mesmo que tenham seus raios essências em outra tonalidade, vocês representam, em trabalho, este poder azul da transformação, força, poder, criatividade, disciplina, lealdade, fé, determinação e ordem divina.

Vocês também são grandes artistas, inspirados pela beleza do cosmos. Em muitas das suas encarnações, vocês exemplificaram sua profunda conexão com as forças artísticas sendo pintores, músicos, poetas, etc… Vocês são também protetores dos ambientes artísticos,  sejam eles quais forem. Onde houver arte, ali estão vocês, vivenciando ou protegendo, de alguma forma, e mesmo que não tenham nenhuma consciência disso, ali estarão. Vocês também são protetores da natureza, das florestas e bosques. Se alguém entrar em uma floresta, bosque ou algo assim e chamar pelos centauros iluminados, tenham a certeza de que sentirão suas presenças ou poderão até sentir as pegadas se aproximando. É lindo!

Khalreon Ylron tem passagens / expressões em inúmeros outros Sistemas Estelares além de Pegasus, estando também em Sirius, Órion, Plêiades, Andrômeda (galáxia e constelação), Vênus, Aldebaran, Capela, Arcturus, Alfa Centauri, Tau Ceti, Vega, Draco, ZetaReticuli, Urano, Netuno, Markab, Beta Pegasi, Gamma Pegasi, Júpiter, Capricórnio, Ursa Maior, Canis Majoris, Sol Central e em vários sistemas conhecidos e não conhecidos dos Terranos.

Encarnou em vários pontos do Plano Terrano desde as primeiras civilizações, mais precisamente, trezentos e nove (309) vezes, estando também na Suméria, Lemúria, Atlântida e Egito (nos reinados de Amenophis III, de Ramsés II, Imoteph e de Cleópatra, por exemplo). Khalreon Ylron também esteve encarnado na Grécia, servindo como guerreiro em Esparta, como soldado do grande exército espartano de Leônidas e em outras oportunidades por ali e em outros pontos onde foi cavaleiro das Cruzadas. Esteve na Índia e em muitos pontos do Oriente Médio como Turquia, Iraque, Arábia Saudita, Síria, Israel e nos tempos de Jesus, encarnado como um dos seus seguidores. Posteriormente também encarnou como pregador do evangelho, cerca de duzentos (200) anos depois, e foi morto pelos poderes de Roma. Esteve em vários outros pontos do planeta como nas Américas do Sul, Central e Norte como EUA, México, Cuba, Canadá, Argentina, Chile, Peru, Colômbia, Guianas e Brasil. Alguns países da Europa Medieval e Moderna como Alemanha, Rússia, Inglaterra, Espanha, França, Portugal, Polônia, Itália, Holanda, Suíça, Bélgica, Bósnia, Romênia, Dinamarca, Escócia além da Grécia e Irlanda e alguns outros pontos da Europa. Esteve também em alguns lugares da África e Ásia como China, Congo, Japão, Mongólia e África do Sul. Também esteve algumas vezes entre os Incas, Astecas e os Maias como, por exemplo, em Yucatan:

“A Civilização Maia foi uma das mais ricas e significativas civilizações da Terra, na península de Yucatan, no México, onde havia um desenvolvimento material e científico superior ao de hoje, com amplo controle da energia atômica. Havia o “Homem-Pássaro”, que voava por todas as direções com um macacão especial, cheio de tubinhos energéticos. Entre os Maias, grandes sábios recebiam instruções diretamente de Capela, tinham a Voz Direta e realizavam grandes fenômenos. Havia, naquela ocasião, grandes amacês (Naves-Mães Estelares) que passavam em voo rasante, projetando a energia de Capela para aquele povo, essas naves mantinham aquelas áreas livres de certos animais que representavam perigo aos Homens, como também traziam instruções. Porém, sempre sem atravessar o Nêutron. (Vide mais sobre Nêutron aqui: http://www.sementesdasestrelas.com.br/p/demais-termos-usados-nas-mensagens-do_87.html).

Em um determinado momento, um grupo que estava envolvido pela energia da ambição e na intenção de ter acesso àquela tecnologia de forma não autorizada, planejou capturar uma das amacês. No movimento, esta Nave Mãe em seu sistema automático de defesa, irradiou uma energia muito intensa, a qual acabou por ocasionar a desintegração de toda aquela civilização. Os índios, após o ocorrido com o povo Maia, assumiram as cidades.

Em Theotihuacan foi construída uma pirâmide, que foi chamada de O Templo da Serpente Emplumada, por ter, em sua construção, inúmeras cabeças de serpentes, simbolizando, como já era utilizada pelos antigos povos, a representação da Kundalini. Pela natureza da própria construção, em pedras, mas notadamente muito diferente das outras - as pirâmides do Sol e a da Lua - pode-se notar a diferença profunda das técnicas utilizadas nas duas distintas épocas. São muitos os documentos, de variadas origens, que tratam do final de um ciclo em nosso planeta, o que seria o início de uma Nova Era. Um dos mais interessantes, depois do Apocalipse de João, é o que nos deixou a Astronomia Maia, em que considera a era atual iniciada no nascimento de Vênus, em 3113 a.C., e terminando em dezembro de 2012, fechando um ciclo de 5.125 anos, que seria encerrado com muitos movimentos, causando profundas mudanças energéticas na Terra. Bem como tocando a Humanidade e as condições climáticas, trazendo novas maneiras de produção de alimentos e limpeza da água, bem como mudando todo o sistema magnético e nuclear de forma global e uma sensível alteração do eixo da Terra.

Com o conhecimento das modificações geradas pelo aumento e pela diminuição das manchas solares, que estiveram ligadas a várias movimentações em civilizações terranas, os Maias tinham um ano sagrado de 260 dias composto e baseado de maneira perfeita em relação ao Sol. Sabiam que o ciclo das manchas solares era de 68.301 dias e que, após 20 ciclos (1.366.020 dias), o campo magnético da lâmina solar se inclina e a Terra acompanha aquele movimento, buscando alinhar seu eixo magnético com o do Sol, o que provoca terremotos, erupções vulcânicas, maremotos e outros fenômenos naturais que acabam por movimentar os planejamentos do Homem e de suas cidades, campos e áreas de produção de alimentos. A Ciência atual, com seus modernos equipamentos, demonstrou que o cálculo dos Maias estava bem próximo dos 1.366.040 dias que encontrou em suas pesquisas.”

Trecho adaptado de Relato de Tia Neiva - Vale do Amanhecer. (Sobre Tia Neiva vide: https://pt.wikipedia.org/wiki/Tia_Neiva e http://valedoamanhecer.org/category/tia/).”

Esteve também entre aqueles conhecidos como Equitumans (vide: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2018/02/equitumans.html) e Tumuchys (vide: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2018/02/tumuchys.html).

Em muitas das suas vidas já foi padre, cardeal, maga, mago, cigana, cigano, curandeiro, escravo, senhor e senhora de escravos, aviador, marinheiro, construtor, guia, médico, celta, druida, eremita, nômade, juiz, banqueiro, general, freira, conselheiro, filósofo, alquimista, sacerdotisa, sacerdote, guerreiro medieval, gladiador, inventor, músico, guardião de templo, diplomata, estrategista, guardião de tesouro, guerreiro medjai, guerreiro espartano, espião, pintor, arquiteto, monge, cobrador de impostos, camponês, diplomata, engenheiro genético, médico, geólogo, oceanólogo, orador, arquiteto, carpinteiro, tecelão, artesão, escritor e muitas outras personalidades neste Planeta, sempre vivenciando as experiências necessárias para a sua expansão de consciência. (Lembrando que algumas dessas vidas / experiências podem ter ocorrido em outros Sistemas Estelares, não necessariamente só na Terra. Eu vou vendo as profissões que vão aparecendo em minha tela mental e/ou o mentor sopra diretamente no meu ouvido e as coloco aqui).

Em outra vida especial, na Palestina, fez parte de um movimento já anunciado por Neva (Gabriel RL):

“Séculos antes de Cristo, grupos de seres que tinham ajustamentos kármicos se aglomeraram pelo Oriente Médio, onde toda energia desse movimento concentra-se, fortemente, em toda a região da atual Palestina. São seres vindos de vários setores da Galáxia e que já se enfrentaram em guerras galácticas há milhares de anos, a exemplo do que aconteceu em Nova Aurora, na Constelação de Lira. (Vide sobre: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2017/04/fragmentos-de-nova-aurora-chegam-ao.html). Outros conflitos semelhantes ocorreram em outros setores da galáxia, como nas Plêiades, em várias ocasiões, a exemplo do movimento Caiel e Coiel, naquela região. (Vide sobre: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2017/11/quem-sao-caiel-e-coiel-mencionados-pelo.html.) Guerras ocorreram também em setores de Órion, Virgem, Sirius, Arcturus e Capela e muitos desses seres, por misericórdia divina, encarnaram em massa no Oriente Médio e, como já dito, condensando-se na Palestina. ” Seu nome não foi citado nesse relato, mas você estava entre os encarnados. Você está sendo chamado a auxiliar na iluminação desta linha.

Em outra vida especial, na realidade em duas vidas especiais ao lado de Neva (Gabriel RL). Uma delas quando Neva (Gabriel RL) foi Amenophis III, ali você era um sacerdote da Alta Magia no templo. Em outra, mais recentemente quando Neva animava a personalidade do general Dmitry Karbyshev (https://en.wikipedia.org/wiki/Dmitry_Karbyshev), na Segunda Guerra Mundial, nessa ocasião, você foi um dos seus soldados espiões.

...

Querido, você está sendo chamado pelas Forças da Luz para receber essas informações com muito Amor e simplicidade, de forma a não se permitir cair em vaidade, pois assim dificultaria o processo de ancoragem dessa expressão no Plano Físico Terrano. Chamado a conectar-se em muito Amor com as Esferas Superiores, pedindo que todas essas informações reverberem de forma positiva em seu coração, para que possam vir a ser fontes de inspirações divinas e irradiem em seu ser, abrindo canais para maiores conexões, desbloqueando campos e conduzindo-o a um elevado estado de ser na Superfície Terrana. Chamado a todos os dias sintonizar-se com o seu Canto* e emiti-lo em um determinado horário, sempre que for possível e, caso esteja em algum ambiente que não possa se ausentar para um lugar mais tranquilo, fazê-lo mentalmente. Isso criará um Momentum de disciplina muito poderoso e o ajudará no descortinar dos véus. Chamado a se conectar com toda essa herança e bagagem transcendental, a entrar em estados meditativos que auxiliarão tantos outros deste agrupamento a também despertarem. Chamado a sintonizar-se com a nave principal desse agrupamento que se chama YHANR. Todos os dias por volta das 14h (correspondente ao fuso horário onde esteja), essa nave projeta nos seus representantes na fisicalidade. Essas projeções vão em sua direção para que você, como antena, capte essas forças e as distribua na superfície. Chamado a se conectar com o Elohim Hércules, o qual você também é um representante. Ademais, dispensam-se mais informações. A sua própria Cosmobiografia inteira é um chamado. Todo conteúdo aqui presente é um chamado. Um chamado a essa consciência. Você, querido avatar que está lendo essa sua Cosmo, caso se depare com outra cosmo com informações semelhantes, saiba que, certamente, você faz parte desse agrupamento. Conectem-se; unam forças. Vocês juntos são muito mais poderosos.

Khalreon Ylron vá, reúna-se com seus companheiros anjos! Há muitos espalhados pelo Planeta, encarnados e desencarnados! Fortaleçam-se juntos! Vocês representam um grande poder! Khalreon Ylron dentro do PVSE é o primeiro missionário da Falange, mas todos os demais que chegarem poderão se conectar a ele e juntos formarem uma única forma. Certamente, meios de contato serão criados e, quando forem, estarão disponíveis neste link: https://www.sementesdasestrelas.com.br/2016/11/pleiades-1-chamada-aos.html

Uma mensagem dos seus mentores: “É um momento de muita sabedoria, Amor e força. É um momento para que saiba por que está aqui. Saiba também que este Pai o abençoa e sempre estará lhe abençoando, em todas as suas sustentações. O Amor, onde quer que esteja, é a razão principal de você estar na Terra. Então, meu amado filho, você continuará me honrando onde quer que esteja. Esse grupo também é a sua herança, também faz parte da sua história. Salve Deus! Este Pai continua te olhando, como sempre! Salve Deus! Seta Branca.”

Khalreon Ylron, seu lema é: “EU SOU A FORÇA DA DISCIPLINA, CORAGEM E ABERTURA DOS CAMINHOS! EU SOU O AMOR AZUL”

Pela Verdade, nada mais que a Verdade,

Em Amor e Bênçãos,

Neva (Gabriel RL)

CONTATOS DO AVATAR CLICANDO AQUI

SOLICITE SUA COSMOBIOGRAFIA / SÍMBOLO PESSOAL PESSOAL CLICANDO AQUI

ATENDIMENTOS E CONSAGRAÇÕES COM NEVA (GABRIEL RL) CLICANDO AQUI

VEJA MAIS NOTAS DO PLÊIADES 1 CLICANDO AQUI 
INFORMAÇÕES E GLOSSÁRIO ESPECÍFICO CLICANDO AQUI
CHAMADA AOS AGRUPAMENTOS/FALANGES! CLICANDO AQUI
TERRANOS RECONHECENDO ORIGEM! CLIQUE AQUI
ENUNCIADOS DO PLÊIADES 1 x FATOS CLIQUE AQUI
SEE MORE NOTES of PLEIADES 1, IN ENGLISH, CLICK HERE
INFORMATION AND GLOSSARY SPECIFIC, IN ENGLISH, CLICK HERE

Pela Verdade, nada mais que a Verdade,

Em Amor e Bênçãos,

Neva (Gabriel RL)