background

segunda-feira, 31 de agosto de 2020

Selácia - "Um novo tipo de força"



PRESENTES DA CRISE

Setembro começará com uma nota de energia elevada com a Lua Cheia em Peixes, marcando um mês de acontecimentos de elevada intensidade e muitas coisas novas vindo à tona. Os cintos de segurança são sugeridos, não apenas para testemunhar a loucura do mundo, mas para navegar pessoalmente pelos altos e baixos. Continue a ler para uma visão geral do que está por vir e sugestões para preparações antecipadas.

Como sabemos, as energias planetárias em 2020 tendem a ser ampliadas e algumas das conjunções são uma virada de jogo de proporções históricas - do tipo que não são vistas na Terra há centenas de anos. Estes alinhamentos indicam uma mega mudança no despertar e uma combinação de demolição de sistemas impraticáveis ​​e a  construção de novas infraestruturas. Isso está além da confusão, e a magnitude de tantas transformações tão rápidas pode ser enervante.

PEIXES EM LUA CHEIA

A Lua Cheia em Peixes de 1º a 2 de Setembro, destacará a confiança e os valores. Estes temas estão agora no centro do palco globalmente, enquanto os cidadãos em nossa sociedade dividida avaliam as informações que chegam. Estamos testemunhando uma “guerra contra a verdade”, em que os fatos são contestados, ignorados ou distorcidos. 

A dinâmica "nós contra eles" também se intensificou, atingindo os negócios e até mesmo as famílias. A tomada de decisões e as soluções reais para os dilemas do nosso mundo ficaram comprometidas. Problemas - como o racismo, a desigualdade de renda, infraestrutura desatualizada, saúde e clima - são como uma bomba-relógio. Essa dinâmica acrescenta um senso de urgência e crise à vida agora.

ENERGIA DE CRISE NO AR

Na verdade, a energia da crise está no ar. Muito de nossa existência diária foi revirada. O caos é palpável, gerando inquietação e incerteza dentro de nós. Este é o caso, mesmo que nos sintamos relativamente isolados de alguns dos problemas do mundo. Afinal, estamos todos conectados e, em um nível espiritual, há uma linha de energia conectando todas as coisas e todos os seres.

Nosso nível de despertar nos impede de voltarmos a dormir e fingir que não estamos envolvidos em revolucionar o nosso mundo para que funcione para todos. Na raiz das coisas, todas as injustiças e desequilíbrios estão conectados. Não existe separação.

SONHOS E PERCEPÇÕES INTUITIVAS

Um bônus desta Lua Cheia em Peixes nesta semana é como ela pode nos ajudar a nos conectarmos de forma mais tangível com os sonhos e percepções que vêm da atividade dos planos internos durante o sono. Esses insights podem vir no dia seguinte ou dias depois como um flash intuitivo de sabedoria ajudando a resolver um enigma da vida.

A energia de Peixes é bastante psíquica, então não se surpreenda se você chegar a uma solução que abra portas e talvez mude o curso de sua vida. A chave para esse resultado é estar presente aos seus cutucões intuitivos - sempre que eles vierem - e agir. Como sabemos, grande parte da vida depende do tempo divino e da orquestração divina - peças de um quebra-cabeça que se encaixam quando agimos de acordo com o nosso conhecimento intuitivo.

LIDANDO COM A CRISE

À medida que iniciamos um novo mês, continuamos a ser impactados pela crise pandêmica e pelas inúmeras ​​maneiras como ela mudou nossas vidas. Por perspectiva, a crise é muito mais do que um vírus que se espalhou globalmente. Trata-se de uma série de questões envolvendo a forma como vivemos juntos na Terra. Agora temos uma lente de aumento em algumas delas, vendo-as sob uma nova luz. Exemplos: o estado dos cuidados de saúde e uma população geralmente não saudável. A pandemia é temporária, mas os outros problemas da crise permanecerão até serem resolvidos.

EQUIPE AVANÇADA DE ALMAS

Encarnamos agora para fazer parte da equipe avançada de almas, testemunhando uma revelação em massa da disfunção social e participando ativamente de uma mega transformação que colocará as coisas em equilíbrio.

Sim, parece uma tarefa gigantesca e é. No entanto, estamos programados em um nível de DNA para participarmos totalmente disso.

Estamos juntos nisso, também, então lembre-se disso quando se sentir oprimido ou se perguntar se está fazendo a diferença.

PRESENTES DA CRISE

Se você se sente esgotado ao se ajustar à crescente lista de “novas normas” durante a nossa pandemia - você não está sozinho. Há pelo menos uma pequena esperança para esta crise. Essa é uma nova forma de força que estamos desenvolvendo à medida que fazemos ajustes repetitivos em normas totalmente novas. A magnitude daquilo a que precisamos nos adaptar - e o fato de estarmos nos adaptando à velocidade da luz - está nos ajudando a nos tornarmos mais resilientes.

Duas das qualidades indispensáveis ​​para dominar e incorporar a década de 2020 são a adaptabilidade e a resiliência.

Quaisquer qualidades internas de natureza espiritual são aprimoradas ao longo do tempo por meio da repetição, do acaso e do ganho de sabedoria. Eles não vêm automática ou facilmente. É preciso perseverança e dedicação para manter o curso. A maioria das qualidades iluminadas requer vidas para se desenvolver, em estágios. Nesta vida, estamos tendo uma espécie de curso intensivo: o universo nos está forçando a evoluir mais rapidamente.

Ainda depende de nós a rapidez com que evoluímos. Não há garantias. Afinal, temos um passado e muitas existências envolvendo nosso ego, dominando nossa expressão. Avance rapidamente para o momento em que despertar, e incorporar nosso eu espiritual faz parte de nosso propósito.

Neste raro tempo de megamudanças, nosso ego condicionado se rebela e prefere o status quo. Quando isso acontece, é como uma batalha de vontades - nosso ego versus a nossa sabedoria superior. Em 2020, devemos permanecer vigilantes a essa dinâmica e escolher o caminho da sabedoria.

Considere isto. Se a pandemia ou alguma outra crise global tivesse durado apenas 6 semanas ou 6 meses - e fosse a única crise que precisasse de atenção - não estaríamos nesta posição auspiciosa. Não seríamos constantemente forçados a nos adaptarmos a coisas novas. Portanto, não precisaríamos nos adaptar tanto ou nos tornarmos mais resilientes. Portanto, é aí que reside o nosso presente.

Embora eu saiba que esse presente não seja normalmente reconhecido como a bênção que é até muito mais tarde, depois que as dificuldades passarem - vamos aceitá-lo e usá-lo para nossa própria iluminação e transformação de nosso mundo. Nós podemos fazer isso.


Autor: Selácia
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais Selácia Aqui