background

sábado, 17 de outubro de 2020

Liberando o inconsciente (Com Jung)



Eu estava em um dia de muito cansaço físico especialmente sobrecarregada  com as tantas energias que lido diariamente. Justamente nesse dia, estava mais do que o normal. Era ainda o começo da noite e eu, sentada na sala da minha casa, senti tonturas e uma forte energia começou a me envolver. Fui levada ao quarto e deitando-me na cama, senti todo o meu corpo a vibrar, por dentro. Era muita energia! Minha língua começou a “enrolar” e ouvi nitidamente um ser dizendo “Sou Jung”. Ali mesmo deitada, “dei passagem” a energia e deixei esse querido espírito falar através de mim. Na gravação, podem observar inicialmente uma respiração mais ofegante. É uma tentativa de adaptação das energias do espírito com as minhas. Isso por decorrência do extremo cansaço físico que eu estava sentindo no dia, o que, compreensivelmente, dificulta a transmissão. Mas no fim deu tudo certo. A gravação abaixo é a citada mensagem dele, neste dia:


Essa é, então, uma poderosa ferramenta dada por Jung que vem para  o auxílio de trazer à consciência o que precisa vir, definitivamente. A própria mensagem dele já diz muito sobre a ação desse comando/ferramenta. É um comando que causará alguns movimentos internos, como se fossem um “sacode” - e isso fará com que venha para fora, para o seu consciente o que precisa vir para ser curado. Consequentemente, esse comando também auxiliará no processo de cura e realinhamento interior. Não há nenhuma contra indicação na verbalização do Comando; pode fazer quantas vezes desejar e se sentir confortável. É importante que quando começar o Comando termine-o completamente. Não o pegue só no começo, no meio, ou no final. É importante que se faça a sequência toda (começo, meio e fim). Observe o exemplo no vídeo  verbalizado na minha própria voz, para que se perceba a entonação/pronúncia, que ali está gravada.  Começar com a primeira frase. Depois repetir 3 vezes a segunda e também 3 vezes a terceira. Depois disso, respire profundamente. Faça-o novamente, se desejar. E pode repetir quantas vezes quiser.

O Comando a ser repetido, se possível em voz alta, com as duas mãos no seu coração, é:

LIR CRUZZ LIBEDH CENTRO CONSCIENTE! (1X)

ATRAR (3X)

LIBER (3X)

A verbalização na minha própria voz para que se perceba a entonação/pronúncia, está no vídeo acima. 

Jung também convidou Daniel Danguy para auxiliar na construção desse trabalho especial:

“Todos nós estamos imersos em uma sabedoria maior. Freud acreditava na existência de um inconsciente que representa a dinâmica psicológica de uma pessoa em sua vida. Enquanto Freud se debruçou a estudar apenas o aparelho psíquico inconsciente individual e sua relação com a cultura, Jung foi além e desenvolveu o que chamamos de inconsciente coletivo, um local simbólico que está além do tempo e do espaço. É um arcabouço gigante de informações que dizem respeito a cada ser humano, mas também ao fio que conecta toda a humanidade.

Jung, em seu trabalho, buscou costurar o paradigma científico ocidental com a sabedoria milenar do oriente. Com sua ousadia, ele também investiu a sua energia para compreender como estamos conectados aos símbolos que se apresentam na natureza (os elementos e suas relações com nosso psiquismo e à saúde), o que foi muito estudado há séculos, através da alquimia.

Para Jung, é esse mistério que nos move e, por isso, muitas vezes nos encontramos em uma posição de descontrole na vida. Acessar o inconsciente é revelar o que nos bloqueia, mas também a nossa joia rara. É gerar a conexão com a história e com os recursos ancestrais e acessar a instância divina, o Self, que orquestra toda a dinâmica pessoal e coletiva. Nesse sentido, podemos dizer que os símbolos oferecidos pelo inconsciente coletivo, para nós é uma maneira de despertar essa luz do Self. Símbolos não se reduzem apenas a códigos, imagens, traços. Mas também às diferentes imagens, pessoas que aparecem nas nossas vidas, pensamentos que temos e tecnologias, como essa que estamos recebendo. Por estarmos vivendo com uma parcela muito reduzida de consciência do que há por trás desse movimento, precisamos de coragem para nos voltar a investigação dos conteúdos não manifestos. Seja através de um processo terapêutico, seja através do acesso solitário. O mais importante é reconhecermos que a chave da sua liberdade se encontra em seu interior e é muito mais inteligente do que você pode imaginar. E claro, todos nós, seres humanos, estamos imersos nesse mesmo barco de autoconhecimento e se você precisar, não hesite em procurar ajuda. Tenho certeza de que a sabedoria do Self o redirecionará para o recurso ressoante com o seu momento. Um grande abraço,

Daniel Danguy Psicólogo 08/30999 Instagram: https://www.instagram.com/daniel.danguy/ Website: www.danieldanguy.com

Assim, agradecemos por mais essa oportunidade de auxiliar a humanidade da melhor maneira que nos for possível.

Que todos possam encontrar seu equilíbrio e harmonia interior, curando, elevando e abrindo espaço para mais Luz em seu interior.”

MENSAGENS INDICADAS:


O MITO E A PISCOLOGIA EM STARGATE SG-1:

Recebam sempre meu amor e gratidão pela oportunidade que me dão de entregar-lhes essas maravilhas dos céus!

Neva (Gabriel RL)

Canalizações, tecnologias, consagrações, meditações, palestras e atendimentos com Neva (Gabriel RL) CLIQUE AQUI

Pela Verdade, nada mais que a Verdade,

Em Amor e Bênçãos,

Neva (Gabriel RL)