Selácia - "A linguagem do coração" - Sementes das Estrelas

Selácia – “A linguagem do coração”

Compartilhe esse artigo

A PONTE PARA A COMPREENSÃO

Nossa sociedade global neste ano continua em um colapso de estruturas desatualizadas. A necessidade de encontrar uma ponte para nos entendermos é essencial para seguir em frente. A ponte de que precisamos está dentro de nossos corações. Continue a ler para entender a importância disso e o que isso significa em sua vida cotidiana.

Toda esta década envolverá um nível acelerado de mudanças na Terra – incluindo mudanças que nem podemos antecipar agora. Somos indivíduos passando por isso, mas também somos uma parte intrínseca do coletivo – tendo em algum nível nos “inscrito” para esta experiência para nos ajudar e o mundo a sair de um espaço escuro de medo e para o amor que pode acionar a transformação necessária.

O amor mencionado aqui deve ser incondicional e vir do coração espiritual elevado ou iluminado. Este não é o amor diário. Não é o tipo com o qual fomos criados, ou que vemos hoje expresso em grupos que se sentem superiores aos outros.

Todos nós carregamos vidas de velhas feridas que nos impedem de abrigar completamente e expressar o nosso coração espiritual inato. Provavelmente não nos lembramos destas feridas passadas, e talvez nosso ego nos convença de que nossos corações estão totalmente liberados do condicionamento.

Aqui está o toque de despertar: nosso mundo só pode refletir de volta para nós o que ainda abrigamos dentro de nós mesmos.

Como você lerá no meu novo livro que está sendo preparado agora – A Bússola Espiritual para 2021 – temos uma longa história juntos neste planeta. Tivemos vidas quando éramos relativamente altruístas e atenciosos, e outras quando éramos narcisistas e abusivos. Estávamos destinados a estar vivos agora para ajudar a facilitar a maior transformação para uma consciência superior que a humanidade jamais testemunhará em um período de tempo relativamente curto. Nenhum de nós gostaria de perder isso se realmente entendêssemos como isso é significativo para nós e para o futuro da humanidade.

SOBRE O CORAÇÃO ESPIRITUAL

Nosso coração espiritual é nosso coração iluminado – destemido, sem julgamento, amando incondicionalmente. Ele não toma partido. Ele não tenta provar que é melhor do que o outro. É permissivo paciente, gentil. Esta parte de nós – e todos nós a temos dentro de nós – pode desenvolver a habilidade de conversar com outras pessoas que têm pontos de vista opostos. Não há necessidade de estar certo. Não há como insistir para que a outra pessoa mude.

A LINGUAGEM DO CORAÇÃO

Existe uma linguagem ou habilidade de comunicação em seu coração espiritual. Você nasceu com isso nesta vida. Se não fosse pelo seu condicionamento e falta de compreensão sobre como ele funciona, você poderia facilmente acessá-lo diariamente. Este coração elevado tem a sua própria linguagem, muito diferente das comunicações cotidianas. Em um breve processo abaixo, você pode explorar a criação de uma ponte de comunicação do coração. Sugiro trabalhar com isso antes da meditação e, de fato, ao longo de fevereiro para ajudar a ancorar uma nova autoconsciência.

PROCESSO DE PONTE DE COMUNICAÇÃO DO CORAÇÃO

Experimente diariamente a aplicação dos seguintes princípios de comunicação espiritual do coração – em sua conversa interna, nas comunicações com indivíduos e grupos e ao ingerir informações do mundo exterior. O coração elevado se comunica o tempo todo, mesmo quando estamos em silêncio e navegando em nosso feed de notícias nas redes sociais. É preciso presença e um desenvolvimento das habilidades descritas abaixo para se envolver com a vida por meio do coração espiritual. É preciso paciência para aprender e reconhecer sua voz sutil. Enquanto isso, confie que ele está lá!

OUÇA

Ouça mais do que fala, ouça mais profundamente do que as aparências superficiais, ouça com a intenção de criar uma ponte para a compreensão. Pode ser sua compreensão pessoal do mundo. Pode envolver a compreensão dos outros. Ao ouvir dessa maneira, você está permitindo um fluxo de energia ao invés de colocar uma barreira ou um preconceito sobre o que encontra.

OBSERVAÇÃO

Pense como um cientista. Seja um observador de si mesmo, dos outros, do seu mundo. Observe como se você não soubesse tudo. Observe com alegria, como um explorador. Observe com a intenção de aprender algo novo. Mesmo com coisas ou dinâmicas que você acha que entende completamente – permita que o espaço dentro de você observe de uma maneira totalmente nova, que você nunca fez antes.

AUTO-REFLEXÃO

Quando fazemos uma pausa longa para a auto-reflexão, abrimos a porta para mais compreensão, menos julgamento dos outros que ocorrem muitas vezes quando agimos com base em sentimentos ou pensamentos muito rapidamente. A autorreflexão nos dá os momentos de que precisamos para respostas ótimas e, com o tempo, menos reações.

Autor: Selácia
Fonte: http://selacia.com/
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais Selácia Aqui
Compartilhe esse artigo

About Author

Neva (Gabriel RL)