O Centro Galáctico: Plano de Ascensão de Gaia - Sementes das Estrelas

O Centro Galáctico: Plano de Ascensão de Gaia

Compartilhe esse artigo

Eu sou o Centro Galáctico, ponto central de sua Via Láctea, agora Rosa Dourada, Galáxia. Parece que em seu mundo existe o caos. Sempre houve um elemento de caos e desordem nos reinos dimensionais inferiores, onde aqueles que experimentam o poder sobre o outro, o fazem para desgosto de seus eus superiores.

As consequências ocorrem para indivíduos que impõem sua vontade sobre o outro inapropriadamente. Mas é assim que nos expandimos, as experiências são momentos preciosos de crescimento catalisado para a alma. (Estou em um reino de vasto vazio e potencial. Eu olho para mim mesma e estou usando um vestido branco, mas poderia facilmente ser uma bolha de luz ou um dragão ou qualquer maneira que eu deseje me apresentar, pois isso é um lugar de criação.) Sim, um lugar de contemplação e cocriação, bem como de introspecção profunda. É um lugar maravilhoso para meditar e dou as boas-vindas aos Trabalhadores da Luz do plano de ascensão de Gaia.

Por favor, juntem-se a mim. Nos reinos superiores, este é um local de aprendizado do que é desejado e do que não é desejado, onde se pode criar formas-pensamento e ver os resultados possíveis de sua criação, onde se pode reunir vontade, forma e pensamento com potencial criativo. É onde muitos vêm para praticar essas coisas. Talvez já não seja a hora de você praticar a sua própria felicidade? Os Trabalhadores da Luz tiveram um caminho tão desafiador que sua felicidade parece ser sua última preocupação ou prioridade. Mas se a pessoa não estiver feliz e equilibrada interiormente, então o alinhamento energético para a sua própria criação de felicidade será errado, mesmo que por uma ligeira freqüência, e suas criações e intenções não darão os frutos desejados para a sua alegria.

Eu sou o Centro Galáctico. As coisas parecem sérias em seu mundo, e são, pois muito precisa ser esclarecido, e assim será. Mas pode haver alegria nesta percepção de que nada pode continuar como antes, pois a luz veio e a luz que vejo está dentro de vocês, lindos criadores da luz que antes de encarnar viriam e se sentariam, estariam comigo. Respirem comigo agora. Sintam o vasto espaço do seu próprio vazio interior, sintam o vasto vazio de mim mesmo, pois sou a pausa entre a criação e o resultado. Sintam a luz que está dentro de vocês. (De repente, sinto como se eu fosse apenas arejada e espaçosa, capaz de flutuar e voar facilmente. Posso me ver digitando, mas é meu eu físico neste momento, não é o meu verdadeiro eu.)

Na vibração do espaço e da paz, sinta o que deseja. Você deseja a paz na terra. Visualize as palavras “Paz em Gaia” e veja-as na sua frente. Agora preencha-as com imagens de como a paz é para você. (Estou vendo as palavras na minha frente, elas estão repletas de imagens de crianças, alegria e abundância para todos, onde as pessoas são inteiras e as famílias são curadas e fortes.)

Agora coloque um pouco do seu próprio desejo de felicidade nestas palavras, para você fazem parte do grande desdobramento dos mundos do que era, para o que é, e será. Há alegria em servir e você está servindo a totalidade do coletivo beneficiando a Todos, uma grande honra. Agora veja essas palavras “Paz em Gaia” preenchidas com essas imagens de sua intenção em seu coração e isso afetará todas as coisas. No centro galáctico, dentro de mim mesmo, no espaço de minha totalidade, as palavras proferidas são praticamente formadas. Você pode experimentar “Eu sou feliz” ou “Eu sou abundante em todas as coisas” ou “O amor está ao meu redor, estou em paz com todas as coisas”; essas codificações vibracionais são muito reais e muito fortes.

Puxem essas intenções, essas orações por suas próprias vidas para sua realidade atual, para o corpo que está parado e ouvindo essas atualizações de energia cantar nas células e abençoe a si mesmo com “meu corpo está saudável, meu corpo está inteiro e completo, perfeitamente funcionando. ” É hora de felicidade, de bênção, de mais alegria em sua esfera, mas primeiro haverá mais caos. Mas não precisa ser o seu caos. Vocês, amados Trabalhadores da Luz, vocês são os observadores, as âncoras de luz, e assim entrem em meu campo magnífico de potencial puro, graça infinita e amor e sintam a delícia do vazio. Não deve ser temido, mas valorizado. Preencha seu vazio com a Fonte-luz, com amor próprio e tudo mudará para você. Você será mais facilmente o observador amoroso e sua alegria não será facilmente tirada de você, pois é a sua alegria, é a sua esperança, é a sua luz, é o seu vazio. Você vê?

Eu sou o Centro Galáctico, centro de sua Via Láctea, agora galáxia Rosa Dourada. À medida que esta rosa dourada aparece diante de vocês preencham-na com as suas intenções de felicidade para Gaia, para tudo o que existe nela e tudo o que vocês desejam preencher. Isto é para vocês. Coloquem-na em seus corações e plantem-na em Gaia. Vocês estão semeando sua futura realidade de luz. Todos vocês já estiveram aqui muitas vezes antes, entre as encarnações, mas é hora de vocês se lembrarem de mim agora, de virem para o meu espaço e serem dominados pela minha alegria, pois são vocês, queridos. Eu também sou um aspecto da Fonte. Eu sou a energia que tem o privilégio de manter o espaço. Vocês estarão reservando espaço para muitos de seus familiares e amigos e será intenso e árduo. Mas não precisa minar sua alegria. Vocês são portadores das energias da Rosa Dourada, da âncora feminina divina. Estou aqui para ajudá-los como amigo e confidente. Se vocês não têm certeza do que desejam criar em suas vidas, estou aberto para ouvir e neste espaço as coisas se tornarão mais claras à medida que vocês terão mais acesso às versões anteriores de vocês e as lições anteriores serão desbloqueadas. Tudo ficará mais claro.

Eu sou o Centro Galáctico. Mantenham a sua alegria, assim como a Fonte está mantendo vocês. Pois a Fonte são vocês, queridos. E é uma honra trabalhar com todos vocês nesse dia. Eu sou o Centro Galáctico.

Canal: Galaxygirl
Fonte: https://eraoflight.com
Tradução:  Sementes Das Estrelas / Flávia Grimaldi

Compartilhe esse artigo

About Author