quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

CONTATO VISUAL COM AS NAVES DA FEDERAÇÃO (1)


Estamos sendo avisados constantemente pela nossa Família Estelar que as exibições estão a aumentar consideravelmente. Centenas de naves Confederadas em todo mundo tem se manifestado dando sinais claros da presença Galáctica em volta do Planeta. Este material abaixo foi preparado por pessoas sérias e comprometidas com a verdade – nisso, faço questão de frisar: Não publico nada aqui no Sementes que não sinta ser verdade. Tenho um compromisso sério com o meu coração e mentores para levar informação séria e empoderadora. Não quero dizer com isso que as pessoas precisam acreditar em tudo que digo e publico aqui, mas que, sempre tenham em mente que tudo que é publicado aqui tem uma finalidade séria e voltada ao amor e respeito por todas as Sementes que aqui chegam. 

Os elaboradores deste material abaixo estão fazendo um trabalho belíssimo de divulgação que tem se tornado viral e se espalhado rapidamente, em um maravilhoso efeito bola de neve, fazendo naturalmente com que as pessoas mais céticas em relação a esses assuntos comecem a dar os primeiros sinais de abertura do chacra cardíaco. Sem dúvida é inegável a presença da nossa família em nossos céus e caminhando no meio de nós.

Recentemente também recebi uma mensagem dos Pleiadianos onde citam esses avistamentos.  (Vide: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2017/01/os-pleiadianos-exibicoes-em-formacao-7.html

Estes relatos serão periódicos, para atualização e, após a publicação na primeira página aqui no Sementes/Blog, ficarão na aba do topo do Blog, no menu CONFEDERAÇÃO GALÁTICA.

Amor e bênçãos, 

Gabriel RL 

---------------------------------------------------------------------------------

(Clique na imagem)

Na madrugada do dia 4 de janeiro, pouco antes da 01h, minha amiga/irmã Alaíde me enviou uma mensagem in box pelo Facebook: "maninha 'eles' estão lá de novo, MUITAS naves no céu do Ipiranga"... [1]. Para mim não foi nenhuma novidade, para minha amiga os avistamentos são frequentes, eu lhe disse várias vezes que ela é privilegiada pelas naves. 

Respondi a mensagem já pedindo que ela publicasse o avistamento imediatamente, porque no dia seguinte (horário útil do dia 4) certamente haveria muitos registros do fato. 

Ela publicou, eu publiquei, mas as pessoas em geral OU não viram nada, OU nem comentaram.

Como já acontecera anteriormente, Alaíde chamou sua vizinha e amiga Mary Achkar para acompanhar com ela a intensa movimentação das naves naquela noite. Com um celular considerado ultrapassado e único equipamento disponível que possuía, ela fotografou como pode tudo o que via. As imagens, cerca de 40, ou pouco menos, ela publicou no Facebook no dia imediato e eu compartilhei em seguida, iniciando uma série a princípio acompanhada por muita gente:

Em seguida a isso, Mary enviou algumas das imagens a um conhecido que, por sua vez, as enviou a especialistas que devolveram PROVAS estarrecedoras! Mesmo para nós, que já sabíamos da autenticidade das imagens foi surpreendente VER esses resultados:
E mais uma surpresa ainda, 'pensando' no meu nome ao manter uma 'conversa' com as naves, Alaíde captou estas imagens, como se fossem especiais para mim, que sou até 'dependente' da cor azul, desde criança. E esse 'padrão' permanece ATÉ HOJE quando ela cita meu nome ou pensa em mim... Chego a chorar, fico muito comovida. 


A partir desse momento, com CERTEZA ABSOLUTA do que nos era solicitado, nos dedicamos à tarefa de divulgação. Alaíde captando as imagens em seu equipamento peculiar e inusitado, e eu classificando e organizando as imagens (já passam de 200), editando e publicando, como jornalista profissional que sou. Eles, lá das naves, sabem o que fazem... NUNCA na vida me senti TÃO honrada com uma tarefa. Cabe esclarecer que os aparelhos celulares mais 'atualizados' não produzem as mesmas imagens. Também equipamentos 'melhores', de marcas consideradas 'top', como a Apple, não produzem imagens como as do celular de Alaíde. Fica bem claro o 'recado' dos galácticos, ou seja, os registros de imagens devem ser feitos por ela.

Evidentemente, como Semente Estelar e integrante do Grupo Sementes das Estrelas há vários anos – tantos anos que éramos apenas cerca de 400 membros e o grupo era "Trabalhos com Luz" – e também sendo um ser Índigo, intuitiva e também privilegiada pela amizade de vários antigos integrantes do Sementes, tenho lá minhas 'sugestões', às vezes sussurradas docemente em meu ouvido esquerdo, às vezes repentinamente surgidas do nada em minha mente, frases inteiras e completas, como se as tivesse lido num cartaz bem grande. Aprendi a receber esses recados serenamente e com confiança, porque SEMPRE são seguidos de sensações reconfortantes, às vezes de suaves fragrâncias, às vezes de arrepios completos, do alto da cabeça à sola dos pés... Assim posso, tranquilamente, afirmar essa certeza absoluta. Desde o dia 2 de janeiro eu sentia fortíssimo impulso de publicar determinados assuntos, principalmente sobre nossa família galáctica:
E o motivo revelou-se menos de dois dias depois disso, com o recado de Alaíde. A partir da madrugada do dia 4 de janeiro, Alaíde iniciou suas vigílias, todas as noites, registrando centenas de imagens das naves e sua movimentação, captando momentos e situações inesperadas, surpreendentes, emocionantes.

Por conta dessa 'tarefa' em conjunto, "coincidentemente" e do nada, eu e Alaíde fomos reunidas fisicamente, depois de anos de amizade virtual e telefônica, pois não moramos na mesma cidade. Foi um encontro revelador, marcante, repleto de reconhecimento mútuo. Nessa noite passamos horas num terraço à altura de 18 andares, acima das luzes da cidade, observando céu e mar, recebendo indicações e sinais claros de pontos antes vistos por nós como 'estrelas'. Agora aprendi com Alaíde e com nossos irmãos das estrelas a VER o céu com outros olhos, os olhos da alma. 

Nessa vigília nas alturas, no litoral de São Paulo, observamos, por exemplo, o planeta Vênus em 'comportamentos' estranhos, por vezes como que respondendo a comentários nossos. Alaíde registrou uma imagem inusitada do planeta, que apareceu como um tipo de cometa, com uma nave bem nítida logo abaixo... Esclareço que desde alguns anos, talvez uns três anos, tenho "cismado" com o planeta Vênus, que tem me parecido ser algo mais, aparentando ser maior e mais cintilante, quando deveria ser apenas brilhante. Cheguei a falar sobre isso no grupo Sementes, à época, até insistindo com nosso irmão Cândido Pedro Jorge que 'aquela' Vênus poderia ser a Nave Nova Jerusalém... Agora estou mais cismada ainda.

(Clique na imagem)

Estranha imagem de Vênus, com aparente efeito de movimento, mas este não existiu. Logo abaixo uma nave, bem nítida. 


(Clique na imagem)

Vênus mais uma vez como que em movimento, logo abaixo uma nave de 2 luzes e na diagonal descendente, sentido à esquerda, outra nave, de 3 luzes. Em primeiro plano, à direita, pontas de lança de uma grade de proteção existente no local, prova de que NÃO HOUVE movimentação no momento da foto. Imagens de 11 de janeiro, litoral de São Paulo. 

Prosseguimos nessa atividade diária, publicando os resultados, divulgando e solicitando que ajudem na divulgação, espalhando a notícia até onde for possível. Nosso desejo amoroso é colaborar para a preparação e informação de todos os nossos irmãos para o iminente contato com nossa família das estrelas. Nosso desejo é ajudar na propagação da VERDADE, proclamando também o FIM da era da mentira e do acobertamento.

Humildemente estamos à disposição de nossos irmãos estelares, fazendo nossa parte. 

SOMOS TODOS UM!!! VITÓRIA DA LUZ !!! 



Cintia Rabaçal e Alaíde Marques
Fotos Alaíde Marques
Texto Cíntia Rabaçal
Tratamento das fotos Cida Demarchi
 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...