RELATÓRIO DA FROTA PRATEADA - "QUEM SOMOS NÓS" - 19.04.2017 - Sementes das Estrelas

RELATÓRIO DA FROTA PRATEADA – “QUEM SOMOS NÓS” – 19.04.2017

Compartilhe esse artigo

Gabriel: Por favor, queridos, leiam na sintonia dessa música abaixo. Eu particularmente recomendo que coloquem a música em uma altura agradável e leiam em seguida a mensagem em voz alta. Poderão sentir maravilhosas vibrações de luz em seus corpos.


———————————————————————————–


   
Saudações,
Camaradas! Temos um pouco de informação e alegria aqui!
Aqui
estamos, novamente, com mais um dos nossos relatórios, desta vez mais voltado
para informá-los de onde viemos e para onde vamos! É muito bom saber que vocês
estão receptivos às nossas mensagens e nos possibilitando trazer, cada vez
mais, outras informações importantes do que tem acontecido nos bastidores e,
agora mesmo, um pouco de nós, e das nossas instruções.
Camaradas,
nós somos um grupo vasto de consciências que foram chamadas para assistir a
Terra em sua reintegração à comunidade cósmica universal, de maneira a poder
interagir livremente entre todas as outras infinitas raças do Cosmos. Nós
somos, digamos, um departamento, dentro de outro departamento, dentro da Grande
Confederação dos Planetas Unidos (Federação Galáctica). Nós estamos atuando com
as forças do Comando Ashtar. Somos consciências de vários Sistemas Estelares,
dentre eles, Sirius, Plêiades, Andrômeda, Arcturos, Vega, Orion. (Sim, existem
uns Reptilianos que trabalham conosco a serviço da Luz e, sim, eles são
bonitos! Risos amorosos!). Auriga, Vênus, Marte,… esses são apenas alguns dos
sistemas de onde vêm os integrantes do nosso corpo chamado Frota Prateada.
Por
quê Frota Prateada? Bem, Camaradas! Não significa que todas as nossas naves
sejam prateadas ou mesmo nossos corpos prateados, se bem que muitos membros têm
seus corpos completamente na cor prata. (Ok, … sem preconceito aqui, certo?
Risos amorosos)! O Nosso uniforme é completamente prata, cobrindo todo nosso
corpo e temos um símbolo do Comando Ashtar no peito direito. Alguns usam as
vestimentas cobrindo todo o corpo até a cabeça, deixando apenas a face de fora.
Eu, particularmente, não uso dessa forma! Não precisa disso! (Risos amorosos!).
Meus companheiros, aqui na nossa nave de patrulha, brincam comigo agora
(risos!). A propósito, quem lhes fala agora é Shonin. Bem, gosto não se
discute,  não é mesmo?
Nem
todos do Comando Ashtar, obviamente, usam o mesmo uniforme, Camaradas! Cada
departamento tem seus próprios, como o nosso, então, nos chamam de “Os
Prateados” (Oh,  não! Não somos os Kani, está bem? – Risos…). Ou,
Frota Prateada! Especialmente, temos três tipos de nave: discóides, que podem
ser na cor prata ou mais creme brilhante, formato de pingo d’água com a ponta
alongada, também prata, ou mais creme brilhante, e em forma de bola, como se
fosse uma bola de chumbo, completamente prata, neste caso! Algumas outras,
 em alguns outros formatos, mas atuamos mais no plano da Terra com esses
três modelos que se desenvolvem melhor na sua atmosfera e facilita o nosso “deslizar”.
Agora,
por favor, Camaradas! Se encontrarem uma nave negra, com luzes vermelho
intenso, não gritem “Shonin,
Shonin! Frota Prateada!”
 
Porque eu não me responsabilizo por quem vai sair de lá de dentro, hem?
(Risos!). Se bem que, claro, estamos apenas trazendo a energia da alegria
porque essa frota tenebrosa está bem vigiada e não tem mais a liberdade de
antes. Muitas dessas naves, fabricadas no próprio solo da Terra, foram usadas
com terror nas guerras que foram criadas décadas atrás como arma bélica, e
também usadas para espionagem. Mais recentemente, esses sapecas trapalhões
tentaram usar algumas delas para fugirem da Terra e nós dissemos: “Oh!
Não, não! Esperem aí! Vocês têm coisas a acertar. Aonde pensam que vão?!
(Risos!). Bem, precisamos dizer quem ajudou esses humanos trapalhões a criarem
essas naves?
Como
já dissemos em um dos nossos relatórios, décadas atrás as nossas frotas
chegaram como medida de segurança dos céus, para garantir a passagem segura da
Terra, através do cinturão magnético. E também para criarmos um cinturão de
segurança para que esses sapecas trapalhões não escapassem às responsabilidades
dos seus atos. Formamos uma barreira de monitoramento em todo planeta,
especialmente nas zonas onde esses trapaceiros atuam, para garantir que eles
não criem mais problemas. De fato, criaram ainda alguns que lhes foram
permitidos devido às vibrações humanas que lhes emprestam a energia para suas
ações. Nós já batemos nesta tecla antes! Quando insistimos para que boicotem os
planos deles, é simplesmente isso: para que vocês parem de dar suas energias a
eles. Não deem atenção ao jogo deles, e assim nos ajudam nos trabalhos!
Certa
vez, estávamos sobrevoando uma zona onde estava havendo uma reunião desses
sapecas trapalhões! Vejamos se podemos dizer… Sim! Na Suíça! (risos!). Eles
têm um “lugarzinho” lá. Não vamos passar as coordenadas; não faríamos
isso! (Risos!). Deixem que disso nós cuidamos! Enquanto sobrevoamos a área, um
senhor conhecido como Henry Kissinger não gostou da nossa presença e disse aos
demais comparsas: “Esses
moços são apenas fantasmas; não assustam nem atrapalham o andamento dos nossos
planos! Ignorem-os
“. Bem, isso era ao ar livre. Estavam em uma
fazenda. Oh!… Isso não se faz com a Família, senhor Henry! No mesmo dia,
quando ele abriu seu luxuoso Notebook, surpreendeu-se com uma mensagem que
deixamos na sua tela: “Buuu!!!” (Risos). Oh, trapalhões! Não sejam
danadinhos! Venham para Luz! Temos bons divertimentos!
Camaradas
aliados, a nossa alegria vem de já termos passado por muitas coisas ao longo da
nossa história e aprendemos a movimentar essa energia, de maneira que ela
neutralize as forças densas que, especialmente, circundam a Terra. Alguns dos
nossos leitores, poucos, uns dois, não gostam das nossas mensagens, por conta da
nossa alegria! Oh, não sejam tão rabugentos! Que feio! Sorriam! Soltem o riso,
vivam a vida com leveza e alegria, Camaradas! Tornem-se mais leves! Nós fomos
instruídos pelos nossos mestres anciões a assumir essa tarefa, justamente por
conta da nossa alegria! Eles disseram que seria bom esse movimento alegre num
lugar, e em situações tão densas! Disseram: “É hora de suavizar isso!
Vão!” – E cá estamos nós, munidos do Amor e alegria inatos!
É o
bastante, por agora! Há mais informações vindo. Estejam prontos! Nós iremos
informando mais e mais, à medida que nossos mestres anciões autorizarem! É um
pouco mais de nós que entregamos a vocês, Camaradas Aliados, na certeza que
vocês se envolverão na nossa alegria, e a reconhecerão como sua também!
Aleluia! Aleluia! É a nossa intenção primeira mostrar que vocês são seres
alegres, por natureza! Mostrar que vocês não precisam ficar com essa cara
rabugenta porque é “segunda-feira”. Quanto mais vocês soltarem a
alegria, mais daquilo que vocês querem para vocês se aproximará de sua
manifestação! O Riso desintegra as barreiras que impedem as bênçãos de se
manifestarem! Saibam disso! Hosana! Hosana! Os céus estão em festa por tamanha
abertura que vocês estão a dar!
Neste
momento, estamos sobrevoando a Cidade Maravilhosa! “Cidade maravilhosa. Cheia de
encantos mil…”
. Que lugar maravilhoso! Bem Aventurados sois,
moradores destas paisagens! Ah, e não nos venham com “É lindo, mas é perigoso! Mudem esse pensamento, e sua
realidade mudará! Já ouviram isso antes, também! Em seguida iremos para um
lugar específico onde sabemos que existem umas “meninas” desejando
tirar uma Selfie! Digam “Olá”, meninas! Estão com a câmera pronta?
Daremos um tempo até se prepararem, mas não abusem! (Risos amorosos).
As
fronteiras estão sendo desmanchadas! A unificação está próxima! O Amor
prevalecerá! Os céus decretaram, e assim será! Isso não é uma simples vontade
nossa. Isso é UM DECRETO!
Oh,
queridos! Saibam que as incontáveis Fontes e a Prosperidade sem fim dos Céus,
na verdade, são suas!
Retornaremos
quando for apropriado! É bom falar com vocês, novamente! Sempre é! Vemo-nos por
aí!
Aloha!
       
Gabriel: Grato, amados camaradas de Luz!



Veja mais canalizações minhas Aqui

Veja mais mensagens da Frota Prateada Aqui

Revisão de texto: Marilene P. Costa  e Solange Yabushita 
Compartilhe esse artigo

About Author

Neva (Gabriel RL)