background

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

AMMUNA-HA / RA-MI-RA: CHAMADA IMEDIATA PARA ILUMINAÇÃO DO HOM-DAI!



Há muito tempo, no Antigo Egito, no reinado do Faraó Djoser (https://pt.wikipedia.org/wiki/Djoser), estava Imhotep, Chanceler do Rei do Egito, Doutor, Primeiro na linhagem do Rei do Alto Egito, Administrador do Grande Palácio, Nobre Hereditário, Sumo Sacerdote de Heliópolis, Construtor, Carpinteiro-Chefe, Escultor-Chefe e Feitor-Chefe de Vasos (https://pt.wikipedia.org/wiki/Imhotep). Com Imhotep havia um grupo de seres, os sacerdotes de Imhotep, que trabalhavam com ele em vários pontos. Um deles era o trabalho sobre a Ressurreição.

Entre esses que estavam com Imhotep, estavam Ammuna-Ha (expressão masculina) e Ra-Mi-Ra (expressão feminina). Na época, eram feitos trabalhos para tentar trazer de volta à vida os corpos já mortos de egípcios, tanto integrantes do Palácio, como não. Nisso, os trabalhos de mumificação ocorriam sempre com rituais especiais para ancorar as energias, a fim de trazer de volta o sopro da vida para aquele mesmo corpo. Eles acreditavam que o espírito poderia voltar, sim, após a “viagem morte” e tentavam fazer com que isso fosse o mais rápido possível usando várias técnicas e rituais para acelerar esse processo. Infelizmente, em muitos desses rituais, os espíritos não conseguiam se desprender dos corpos, ficando presos biologicamente no corpo morto, com a alma aprisionada. Muitas múmias estão até hoje com as almas presas ali e não conseguem se desprender para outros planos.

Durante muitos desses processos, alguns sacerdotes de Imhotep, incluindo Ammuna-Ha e Ra-Mi-Ra,  tentavam conseguir isso de forma mais abrupta e ambiciosa, determinados a conseguir o que  queriam:  ressuscitar os mortos e preservar seus corpos intactos até a volta da “viagem morte”.  Mas era necessário que houvesse uma morte natural para que eles pudessem pegar o corpo e iniciar os rituais de ressurreição e/ou mumificação. Então eles aceleravam esse processo criando movimentos para que os corpos chegassem de forma mais rápida às mãos deles. Nisso, eles contavam com a ajuda de  Nefarini, a Sacerdotisa e chefe de mumificações e rituais de ressurreição que coordenava esses movimentos e garantia que os corpos chegassem até aos dois,  Ammuna-Ha e Ra-Mi-Ra.  

Sacerdotes mais antigos haviam criado uma maldição chamada de Hom-Dai como uma punição reservada  aos piores blasfemos que cometessem crime sexual com a filha e os filhos do faraó e também os piores atos contra a lei do Faraó.  Porém, esse castigo foi usado muito raramente. Os egípcios temiam muito o Hom-Dai.  Foi  tão sério,  que evitarei dar mais detalhes aqui devido à  energia, mas a pessoa era mumificada,  ainda viva,  com muita tortura, semelhante ao que é apresentado no filme “A Múmia” (https://www.youtube.com/watch?v=jVrbRDH4uTM), apesar de o filme não trazer precisamente o que de fato aconteceu, principalmente no que diz respeito à Imhotep, pois a figura “maligna” e vingativa apresentada no filme em relação à pessoa de Imhotep não está correta. Já a parte sobre o Hom-Dai está quase 100% precisa. Apesar de muitos desses novos sacerdotes não terem a devida permissão para aplicarem o Hom-Dai,  eles  o faziam,  muitas vezes,  na tentativa de acelerar,  de alguma forma, o processo de ressurreição e outros.   

Há muitos seres aprisionados na Pirâmide de Quéops, e um trabalho de iluminação de linha precisa ser feito para a purificação completa desses movimentos. Os seres Ammuna-Ha e Ra-Mi-Ra estão à frente deste movimento, como aqueles conhecedores desta linha de tempo e que presenciaram muitos desses movimentos. Juntamente com Nefarini, estão encarnados atualmente no Plano Físico Terrano, e o Plêiades 1 está chamando-os para esse trabalho de iluminação. A presença de Haronn, A Herança Magnética de Akhenaton, Avatar do PVSE, também é convocada para os três poderes iniciais que sustentarão e darão o impulso para esse trabalho. Haronn é, pode-se dizer, a força imediata de Ammuna-Ha e Ra-Mi-Ra, caso eles não sustentem a Força e deem continuidade ao trabalho, assumindo, assim, a responsabilidade de continuar. Caso sustentem, Haronn é aquele que dará o suporte energético direto e ajudará ancorando as forças primárias. Outros Avatares do PVSE que têm conexão com o Egito estão também sendo convocados a fazerem parte imediatamente deste movimento, trazendo suas Forças em somatória, para que a iluminação ocorra o quanto antes.

Haronn esteve também encarnado na época, era um dos Sacerdotes de Imhotep, mas trabalhava ancorando as energias da Ascensão e não estava conectado diretamente aos movimentos acima citados.

Nefarini fará parte desse movimento como aquela que ajudará na ancoragem desses movimentos de iluminação ancorando as energias de Ascensão, Pureza, Esperança, Ressurreição, Plenitude, expandindo a simpatia, generosidade, rapidez de intelecto e de percepção, afetividade, equilíbrio, harmonia, unidade, intuição, correto julgamento, sabedoria, criatividade e beleza. Nos rituais e meditações desse movimento, se possível, deixar flores (Lírio branco, que é um símbolo da Ascensão) em um vaso de vidro no ambiente. Nefarini, você está sendo chamada a trazer as forças do Templo da Ascensão de Serapis Bey, que tem sua localização no Plano Etérico Terrano, sobre Luxor, no Alto Egito. E, claro, você também é uma das “vozes do céu” que poderá trazer orientações acerca do movimento.

Esse trabalho também está sendo aberto tanto aos Avatares do PVSE como aos Avatares exteriores ao PVSE (já que todos somos Avatares) que têm conexão com o Egito e desejam ajudar no processo. Aqueles exteriores ao PVSE que entrarem em contato para participarem, e Ammuna-Ha e Ra-Mi-Ra caso sintam que não estão prontos, imediatamente deverão passar por uma iniciação e preparação especial - movimento energético este coordenado pelos dois, Ammuna-Há e Ra-Mi-Ra, sob o olhar e radiação do apoio amoroso de Haronn, para que possam ser autorizados. 

Contatos foram criados, como e-mail, grupo e página no Facebook para esse movimento: 


Um símbolo sagrado desse movimento também foi canalizado e deve ser usado também como um ponto de Força. É o símbolo que ilustra esse texto.

Queridos seres que estão sendo chamados para este movimento, vocês estão sendo apoiados por outros seres também determinados à iluminação dessa linha: Anúbis, Osíris (Ashtar), Isis, Áton, Akhenaton, Nefertiti, Amenófis III (Zero i), Hórus, Tutancâmon (o mesmo espírito de São Francisco de Assis), o mestre ascensionado Serapis Bey e, claro, Imhotep.

Queridos, há uma grande responsabilidade nas mãos de vocês. É um povo que pertence ao agrupamento de vocês. Há almas que precisam ser resgatadas de suas prisões, tanto internas como as de campos magnéticos. Vocês têm todo apoio do Universo, toda Magia, toda Luz e Amor. Lembrem-se da simplicidade em seus corações para conduzirem esse trabalho, lembrando-se que, quanto mais humildade, mais Luz e Confiança dos Planos Superiores para lhes entregarem missões como essa que, se chegou neste momento às mãos de vocês, é porque estão prontos. Aqui não há melhores, nem piores. Aqui não há mais poderosos e menos poderosos. Aqui é uma Alma subdividida que foi chamada para esse trabalho, e essa alma chama-se AMUN-DEI-A, AMUN-DA, DA-MI-RÁ! (EU SOU A ILUMINAÇÃO, EU SOU A RESSURREIÇÃO E PURIFICAÇÃO). 

Vocês estarão sob projeção de 3 (três) projetores do P1, sendo dois de cor dourada e um de cor branca brilhante. 

É até onde Jesus me permite ver e transmitir.

Gabriel RL

    
 INFORMAÇÕES E GLOSSÁRIO ESPECÍFICO CLICANDO AQUI
ENUNCIADOS DO PLÊIADES 1 x FATOS CLIQUE AQUI
TERRANOS RECONHECENDO ORIGEM! CLIQUE AQUI
See more NOTES of PLEIADES 1, IN ENGLISH, CLICK HERE
INFORMATION AND GLOSSARY SPECIFIC, IN ENGLISH, CLICK HERE

----------------------------------------------------------------------------------------

VEJA MAIS CANALIZAÇÕES MINHAS CLICANDO AQUI

Amor e Bênçãos,

Gabriel RL 

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...