background

sábado, 16 de junho de 2018

SAUL - "QUANDO SE ESCOLHE COOPERAR PARA O BENEFÍCIO DE TODOS, NÃO HÁ PERDEDORES!" - 13.05.2018



Em muitas partes do mundo, a humanidade, atualmente, está num estado de turbulência, já que todas as questões enterradas ou negadas que as pessoas, por eras, têm evitado lidar, surgem para serem tratadas AGORA! No fundo de si mesmos, abaixo de seu nível de percepção consciente, todos sabem que o Amor é sua natureza e que esconderam a Verdade divina de si mesmos, enquanto jogavam o jogo da separação da Fonte e viviam vidas,  basicamente infantis - a síndrome do eu, eu, eu.

Lentamente, ao longo dos últimos cem anos, a consciência tem vindo a crescer, basicamente, desde a Reforma no Século XVI, quando o comportamento desumano jamais poderia ser justificado e, no final dos anos do Século XIX, as Convenções de Haia e Genebra estabeleceram regras básicas para tratamento das pessoas de forma humana em tempos de guerra. 

A escravidão foi tornada ilegal alguns anos antes. Depois disso, ao longo do tempo, outros comportamentos desumanos tornaram-se ilegais. No entanto - em termos humanos - demorou muito tempo para que essas regras e convenções se tornassem efetivas onde, em muitas partes do mundo, ainda continuam sendo ignoradas.

Não obstante, recentemente, muito progresso tem sido alcançado nos esforços para o estabelecimento dos direitos humanos para todos, na medida em que a consciência do sofrimento desnecessário cresceu em todo o mundo. Conforme a educação para todos se tornou norma, as pessoas foram encorajadas a trabalhar e desenvolverem suas inteligências inatas, para que pudessem pensar por si mesmas, em vez de dependerem de autoridades, cujas agendas eram, principalmente, egoístas e corruptas. Como resultado dessa excitação intelectual geral, a compaixão, também, cresceu para aqueles que, em muitos lugares, vivem em miséria inconcebível.

Este crescimento na compaixão e preocupação um pelo outro, é parte do processo de despertar da humanidade e, rapidamente, tem se acelerado durante os últimos trinta ou quarenta anos. Uma grande mudança começa nos níveis mais baixos da sociedade, onde o maior sofrimento surge e se eleva. 

Nunca começa no topo, porque os que estão no topo tendem a cuidar de si mesmos muito bem. No entanto, quando são pressionadas por muitos, esses poderosos e influentes percebem que é de grande interesse seus envolvimentos na melhoria da sorte dos muitos que são bem menos afortunados do que eles.

A compaixão está se generalizando e está ajudando a levar a humanidade para longe do conflito e para formas não violentas de comunicação e discussão, a fim de resolver questões que, até muito recentemente, inevitavelmente levaram ao conflito.   A ineficácia do conflito na resolução de desacordos, agora, é reconhecida pela maioria.

No entanto, muitos daqueles em posições de poder e autoridade acreditam que o conflito os fazem parecer fortes e bom para a manutenção de suas imagens públicas. Acham que líderes mostram que são verdadeiros líderes, ao se engajarem em conflitos, em vez de buscarem um acordo harmonioso por meio de uma discussão significativa.

Agora, a maioria percebe que a resolução de conflitos por meio de discussões significativas é o caminho para a Humanidade e, na medida em que se torna cada vez mais o método escolhido para lidar com as questões, ficará evidente que de um modo geral as pessoas têm muito mais pontos de concordância do que discordância. Quando isso acontece, os problemas que surgem são vistos como oportunidades de se juntarem em reuniões comemorativas para a troca harmoniosa de ideias criativas, que venham em beneficio de todos. 

Na verdade, um grande número de pessoas já está entendendo isso e grupos de criadores amorosos já estão fazendo contato e se juntando em discussões harmoniosas, da mesma forma que os músicos se reúnem para realizar em seus encontros (como aqui, por exemplo: https://www.youtube.com/watch?v=vO3C4CHh0Nc&index=6&list=RDgKpFhPdyQLM)

São todos UM e, portanto, o intercâmbio harmonioso é o caminho natural, edificante, inspirador e rejuvenescedor, uma vez que os campos energéticos individuais de todos os envolvidos se fundem e se integram. Quando cooperam de bom grado e entusiasticamente, compartilhando suas ideias, em vez de tentar demolirem as dos outros, surgem resultados surpreendentes de seus esforços compartilhados. 

A cooperação é Amor em ação, maravilhosamente, demonstrado pelos resultados que surgem quando o egoísmo de precisar estar certo ou vencer, não interfere ou atrapalha os empreendimentos em que as pessoas se envolvem. O objetivo é criar algo novo, a partir do padrão de ideias que surgem e, se as pessoas se sentirem seguras e destemidas, todos participam da alegria que um resultado de sucesso produz. 

Ninguém se sente excluído ou inadequado porque a própria inadequação de algumas ideias - em vez de invalidar as que as colocam à frente – definitivamente contribuem para os resultados finais bem-sucedidos, claramente, demonstrando o que não funcionará conforme necessário. Quando escolhem cooperar para o benefício de todos, NÃO existem perdedores!

E isso me traz de volta à mensagem principal e constante que continuo oferecendo a você e da qual eu permaneço lembrando, que apenas Amor existe e que o Amor muda tudo!   E quando apenas olharem, verão que isso acontece em muitos lugares inesperados. Concentrem-se nos eventos positivos que estão acontecendo e, não nas manifestações negativas da grande mídia.

Com muito Amor, 

Saul.


Canal: John Smallman 
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais mensagens do Saul Aqui

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...