background

terça-feira, 9 de outubro de 2018

CRISTINA CAIRO / LINGUAGEM DO CORPO: ANSIEDADE




A ansiedade pode ter várias definições no dicionário, mas o que grande parte da população não sabe é que esse sentimento, dependendo das circunstâncias e intensidade, é considerado como uma doença psíquica (mental) e até mesmo corporal, segundo a medicina.

O transtorno da ansiedade é persistente, pode interferir no desempenho social dos pacientes e afetar pessoas de todas as idades, principalmente as mulheres.

Como dito acima, os sintomas são psicológicos e corporais, sendo os mais comuns: inquietação, fadiga, irritabilidade, dificuldade de concentração, tensão muscular, palpitações, falta de ar, taquicardia, aumento da pressão arterial, sudorese excessiva e dores de cabeça.

Existem tratamentos médicos para pacientes com transtorno de ansiedade. Eles podem ser a base de medicamentos, psicoterapia ou ambos, e são fundamentados de acordo com a intensidade do transtorno. Modificar alguns hábitos cotidianos e até mesmo a alimentação diária também podem trazer benefícios para a vida dos ansiosos.

Já em se tratando de Linguagem Corporal, Cristina Cairo, psicóloga e especialista em Medicina Chinesa e Filosofia Oriental, afirma em seu texto do livro “Linguagem do Corpo: A Cura pelo Amor”, da Barany Editora, os significados psicológicos da ansiedade e dá conselhos e dicas para acalmar a mente e o corpo.

Ansiedade segundo Cristina Cairo:

“A ansiedade se inicia na mais tenra idade, devido às primeiras cobranças de comportamento durante a educação. Toda criança traz uma energia forte de vida, que deve ser bem dirigida, para que essa força não seja dispersada ou utilizada para a agressividade.

Quando os pais têm o coração inquieto, seus filhos recebem essa vibração e tornam-se nervosos ou hiperativos, sem qualquer razão aparente. A forma que os pais ou responsáveis cobram da criança um resultado, uma tarefa escolar, a limpeza e a organização do seu quarto, a higiene, a troca de roupa, etc., desenvolverá atitudes calmas ou ansiosas frente aos problemas da vida, na adolescência e na vida adulta. Pais verdadeiramente calmos e amorosos criam seus filhos com muitas conversas e explicam na medida certa o que as crianças precisam saber. Com isso seus filhos crescerão esclarecidos e calmos. Ao contrário, pais ansiosos e intolerantes perdem a paciência com frequência e não se dão o trabalho de explicar, dentro dos limites de compreensão dos filhos, claro, o que os filhos questionam. Esses filhos, por sua vez, serão intolerantes, insatisfeitos, intransigentes e ansiosos.

Ninguém nasce ansioso, pois ansiedade é um estado emocional de defesa contra o tempo das coisas e cobranças da vida. Ansiedade é o medo de algo dar errado, de perder pessoas ou situações estáveis. Quando os pensamentos se tornam negativos e o coração aflito, a ansiedade invade a pessoa com tremores, agitações estranhas, alegria exacerbada, nervosismos e explosões sem motivos proporcionais. Esse estado mental é gerado por substâncias químicas drenadas do cérebro para todas as células do corpo, iniciando-se nos rins. Os rins são o nosso relógio biológico, os órgãos responsáveis pelo nosso instinto de sobrevivência. As glândulas suprarrenais produzem a adrenalina, hormônio que nos acorda de manhã, sem um relógio despertador. Também é esse hormônio que aciona nossos músculos para o ataque e a defesa, quando percebemos uma ameaça. Com isso, nosso organismo se prepara instintivamente para o ataque, pela energia do medo, e esse medo é transmitido eletricamente para os rins, daí as glândulas fabricarão a química para nos tornar espertos e atentos.

A ansiedade pode ser um estado passageiro ou durar anos, dependendo da consciência que a pessoa tem a respeito dos sintomas. A ansiedade é o oposto da paz de espírito e da tranquilidade no comportamento. Pessoas ansiosas têm dificuldade de escutar conselhos ou opiniões de outras pessoas. Estão sempre achando que sabem das coisas e não prestam atenção nas mudanças que a vida faz sutilmente. Com isso, são sempre surpreendidas pelas atitudes de pessoas que mudaram de opinião, ou que não tomam uma atitude que o ansioso esperava. Os ansiosos não percebem o tempo dos acontecimentos e nem se conformam em ter que acompanhar essas mudanças.

Uma pessoa calma e tranquila observa os fatos com outros olhos e sabe que nada acontece por acaso. Está sempre acompanhando o ritmo do Universo e não se abala com o novo em sua vida.

O ansioso vive à margem dos problemas, achando que está envolvido. E, enquanto imagina situações futuras negativas, o tranquilo trabalha calmamente para entender os porquês desses problemas, para agilizar uma forma saudável de solucioná-los, mesmo que tenha que esperar o tempo resolver. Mas, o ansioso quer soluções imediatas e não percebe que tudo tem seu tempo para acontecer.

A ansiedade é uma guerra interna contínua, de pessoas que se cobram demais, devido ao condicionamento vindo de sua infância.

É preciso parar e se observar. Coloque o pé no freio dos pensamentos e tenha coragem de se acalmar. Use a lei do silêncio para começar seu trabalho interno de paz.

Muitos problemas de saúde são gerados devido a ansiedade, pois o organismo permanece ligado em um ritmo acelerado por muitas horas, dias e até meses. Com isso, o coração é obrigado a trabalhar mais, para compensar a energia física e mental que a pessoa despende, e os rins e o fígado têm que filtrar muito mais toxinas do que o normal.


Saiba que a respiração correta e lenta traz longevidade, mas a respiração ofegante ou rápida encurta o tempo de vida. Como expliquei em outro livro, as tartarugas podem viver até duzentos anos, enquanto um beija-flor, apenas alguns anos. Pense nisso!

Para acabar com o medo do futuro, que gera tanta adrenalina no organismo, é necessário compreender as leis do Universo que cito em todos os meus livros, principalmente na obra “A cura pela meditação”.

Compreendendo as leis que regem nossa vida e todo o Universo, podemos nos acalmar e desacelerar, pois passamos a entender que de nada adiantará correr ou temer em certos casos.

Pela astrologia séria, sabemos que tudo tem um tempo e que todo o Universo foi bolado de uma maneira sincronizada e perfeita. Nada acontece por acaso, por isso devemos jogar o jogo seguindo as regras e dançar conforme a música.

Nossa evolução está acontecendo de qualquer forma, pela dor ou pelo amor, mas podemos evoluir conscientes e alegres, sem torturas emocionais.
Quebre o orgulho e se desfaça da vergonha de errar. Acabe com a ansiedade, tornando seu coração mais dócil e flexível. Goste de escutar até o fim da conversa ou opiniões de algumas pessoas, queira manter-se quieto e em silêncio, enquanto os outros falam ou pensam.

Seja calmo para perceber a sua vez de falar ou de aquietar-se. Olhe ao redor sem pressa e observe as pessoas e o movimento da vida. Você descobrirá coisas impressionantes, que antes sua ansiedade não o deixava ver.

Também, fique atento quando seus sonhos parecem estar perto de se realizar, procure se acalmar para não sofrer, caso o destino estenda o tempo dessa realização. Nenhum fruto pode ser colhido antes da hora e tudo sempre tem sua hora de acontecer. A ansiedade pode fazer você ver seu sonho mais perto do que realmente ele está.

O ciúme também é uma forma de ansiedade, disfarçada de sentimento de posse, por isso não se engane achando que ciúme seja amor. Quem ama verdadeiramente consegue soltar a pessoa amada para que ela seja feliz à maneira dela.

Portanto, preste atenção nos conceitos que você tem sobre sentimentos e reveja seus relacionamentos. O ansioso costuma julgar precipitadamente, acreditando que paixão seja amor ou pensa que está amando alguém, só porque está se dando bem com essa pessoa.

A ansiedade é um mal comum da humanidade e é ela que provoca tantos mal-entendidos, discórdias, agressividade, enganos e todo tipo de precipitação.

Para sermos felizes, precisamos seguir nossa intuição e não termos pressa de agir. Contudo, agir com rapidez e ter habilidade para tomar decisões precisas significa que estamos calmos e atentos e não ansiosos.

Poderia escrever muitas páginas a respeito da ansiedade, mas seria angustiante para os ansiosos terem que ler tantas informações, não é mesmo?

Então se conscientize de que a ansiedade pode ser curada através de terapias, yoga, meditação, florais, remédios homeopáticos e autoconhecimento pela psicologia e por mapa astrológico profissional.

Saiba quem é você e quais os seus potenciais para interromper, definitivamente, as cobranças que vem de seu gene e da memória de suas células. Em seu coração existe a paz e o amor que você tanto procura. Silencie sua mente e deixe sua alma se acalmar.

Ser calmo não significa ser parado ou acomodado. Podemos estar no meio de uma discussão e estarmos calmos, praticando um esporte, dançando, cantando, trabalhando e mantermos o coração pacífico e sereno.

O ansioso precisa reaprender os significados das palavras, para compreender que calma não significa pessoa sem expressão. Calma significa estar fora da ânsia e participando da vida dentro do tempo dos acontecimentos.

E então? Entendeu um pouco do que estava passando dentro de você?

Respire fundo agora! Deixe a ânsia passar. Pense em Deus e na força da vida e solte todos os medos agora!

Vamos! Tente! Respire lentamente e olhe para o teto!

Pronto! Você iniciou o processo de se acalmar sempre.

Boa sorte”.


Auxilie curtindo e compartilhando essa publicação no rodapé da postagem, para que ela possa alcançar cada vez mais Sementes! Gratidão! ❤

Veja mais Cristina Cairo / Linguagem do Corpo Aqui

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...