BENJAMIN FULFORD - "ATUALIZAÇÃO SEMANAL"



30.09.2019 

SIONISTAS ALMEJAM POR DITADURA MUNDIAL DE RABINOS, NO ENTANTO, ENFRENTAM A DERROTA

Diante de uma perda de controle sobre o sistema financeiro do mundo Ocidental e, portanto, uma perda de poder, os Anciões do Sião, publicamente, estão pedindo por uma teocracia e morte para aqueles que os desobedecerem. Claro que, ninguém, embarca nessa, embora, haja alguns fanáticos prestando atenção a eles. Em vez disso, os Judeus estão prestes a serem libertados de milhares de anos de escravidão. Isso é algo que pode ser difícil de digerir para pessoas não religiosas e racionais, mas que é o objetivo que fatos do mundo real demonstram.

Na semana passada, o Sinédrio, um grupo que alega ter um direito divino de governar a humanidade, apelou para “uma organização internacional, baseada na Bíblia, para substituir as Nações Unidas”. Algo que seria composto por um grupo de 70 nações que obedecem aos Anciões do Sião. Para estabelecer este status, estão construindo o altar do terceiro templo e planejando fazer sacrifícios de animais nele. Também, pedem pela aplicação das Leis de Noé sobre toda a Humanidade.


Como o pastor Chuck Baldwin e outros apontam, “a Lei de Noé pede a morte de qualquer pessoa que pratique idolatria (definida como qualquer tipo de adoração que não seja adoração Talmúdica)”. Além disso, ele adverte, eles estão pedindo “a criação de um tribunal internacional com sede em Jerusalém, ao qual, finalmente, seria dado o poder de executar (via decapitação) qualquer um que venha a cometer” blasfêmia".


Para tornar isso perfeitamente claro, eles estão chamando para a execução de hindus, budistas, cristãos, muçulmanos, etc., a menos que se submetam aos Anciãos de Sião. Estas são as pessoas por trás da trama frustrada para matar 90% da Humanidade.

O chamado Deus que essas pessoas afirmam obedecer, como escrito na Bíblia Católica, diz, entre outras coisas, que alguém que não seja Moisés ou Aarão que tentar olhar para Deus será “apedrejado ou alvejado por flecha”. Êxodo 19:13


Seu Deus também pede sacrifício humano:

“Você vai me dar o primogênito de seus filhos.” Êxodo 22:28


Além disso, esse “Deus” pede por:

"Ouro, prata e bronze; materiais tingidos violeta-roxo, vermelho-roxo e carmesim, linho fino, cabelo das cabras;  peles de carneiros tingidas de vermelho, couro fino, madeira de acácia; óleo para iluminação, especiarias para óleo de unção e incenso perfumada; cornalina e outras pedras para ser definido no éfode e peitoral. Êxodo 25:3-7


Ok, então temos um chamado “Deus” que ameaça matar pessoas com pedras ou flechas, pede sacrifício humano e exige presentes como ouro e peles de “carneiros tingidas de vermelho”. Sinto muito, mas acho que o todo-poderoso Criador do Universo pode, pelo menos, usar raios para matar as pessoas e poderia possuir tanto ouro quanto ele/ela/essa coisa desejasse.

Uma explicação racional e científica nos leva a concluir que estamos lidando com um grupo de escravos sofisticados de humanos, escondidos por trás de uma imagem de algum “deus” e não do Criador do Universo.

De qualquer forma, depois desses pedidos de tesouros, o chamado “Deus” passou a matar um líder judeu após o outro, até que um grupo cegamente obediente viesse a aparecer. Seus descendentes são o Sinédrio, que reivindicam e podem recitar uma linhagem ininterrupta que remonta ao tempo de Moisés. Em outras palavras, essas pessoas têm ajudado a escravizar os judeus há milhares de anos. Agora, por trás de belas palavras, tentam escravizar o resto da Humanidade ameaçando matar aqueles que não lhes obedecerem.

Tendo sido educado como ateu, não me interessei muito quando a inteligência militar japonesa me disse que o grupo que me convidou para me juntar, num plano para matar 90% da humanidade (eu tenho isso gravado) era “os Anciãos do Sião”. Para evitar a implicação de judeus comuns, etc., tenho, por uma questão de simplicidade, chamado este grupo secreto de escravos humanos de “satanistas”. 

O horror de tudo isso é que eles quase conseguiram. Somente a união do Pentágono com os asiáticos, trabalhando em conjunto, foi o que possibilitou deter este plano horrível. 

Então, agora vamos ver porque os recentes acontecimentos mundiais levariam esses escravos do Sinédrio e seus semelhantes a pensar que o mundo poderia estar acabando (para eles). Vamos começar com os eventos nos EUA. Lá, fontes do Pentágono explicam que, “30 de Setembro de 2019, final do ano fiscal (hoje), coincide com a expiração do acordo de ouro do banco central. Isto, juntamente, com uma derrota maciça da Arábia Saudita e a retirada do poder do ministro criminoso israelense, Benjamin Netanyahu, “torna as moedas lastreadas em ouro uma realidade”, dizem as fontes.

Esse é o pano de fundo para o “teatro político e guerras comerciais”, dizem eles. O teatro político, é claro, apresenta um Congresso dos EUA histérico pedindo o impeachment do presidente dos EUA, Donald Trump, pouco antes de  repentinamente fechar por duas semanas. 

Fontes do Pentágono, também, nos reportam que o “Chefes do Estado-Maior Conjunto dos EUA (JCS), Joseph Dunford, está se  aposentando para se juntar ao [General James] Mattis e [General John] Kelly como líderes militares de alto escalão apoiando Trump em sua luta contra os Sionistas e o Estado Profundo”. Além disso, agora, “o JCS é liderado pelo General do Exército Mark Milley, enquanto o Vice  e de fato Conselheiro de Segurança Nacional Adjunto   é o Major Marine, Matt Pottinger, que esteve lá no primeiro dia, levado pelo [antigo Diretor-Geral da Agência de Inteligência de Defesa] Michael Flynn”. 

Como pano de fundo, as fontes explicam, “Dunford foi nomeado Presidente do JCS em Maio de 2015, para que  Trump o pudesse ter recrutado mais tarde, levando ao anúncio da campanha presidencial, em 16 de Junho de 2015. Os ex-chefes de Dunford, Mattis e Kelly, ingressaram na administração Trump, em janeiro de 2017. 

Fontes da família real britânica dizem que mesmo que o governo corporativo dos EUA não faça os pagamentos devidos em 30 de Setembro, terá até 17 de Outubro para tentar arranjar o dinheiro – ou, agora, ouro – para se manter à tona. Isso parece explicar por que seu grupo criminoso do Federal Reserve Board vem distribuindo US$ 100 bilhões em dinheiro por dia, desde 25 de Setembro e promete continuar a fazê-lo até 10 de Outubro. 

Meu conselho para qualquer um que tenha ativos reais é evitar ofertas de dinheiro para esses ativos vindos de mega-bancos controlados por Sionistas. 

Agora, vamos olhar para a absurda farsa política que está se desenrolando no Reino Unido, enquanto o prazo do Brexit de 31 de Outubro se aproxima. Eis como uma fonte principal do MI6 resumiu a situação: “Os britânicos enlouqueceram oficialmente no seu atual caos entre a guerra civil e o total caos. O MI6 emitiu um aviso de que, em termos inequívocos, a Alemanha calçou as luvas e puxou a facas contra nós. É uma guerra não oficial”. O que está claro é que os britânicos são a favor de avançar com o Brexit por uma margem de dois contra um, enquanto a classe política freneticamente tenta impedir que isso aconteça. Os militares britânicos sabem que os políticos têm sido subornados e chantageados para ir contra a vontade popular e vão agir em conformidade, se necessário, diz a fonte. 

A seguir, em Israel, as forças de defesa israelenses (israelitas) mais os judeus não fanáticos foram o destaque. Netanyahu fnão consequiu formar um governo e é apenas uma questão de tempo antes de ir para a prisão. 

Agora, vamos voltar atrás e olhar para a história oculta de um século 20, que foi dominado por uma conspiração Sionista diabólica para escravizar a humanidade. A primeira coisa que os leitores precisam se preocupar é que Adolf Hitler era (de acordo com uma comissão parlamentar austríaca e outras fontes) era um Rothschild e um dos pais fundadores de Israel. A sua missão era conduzir os judeus paraIsrael. Na próxima semana, esperamos publicar várias fotografias mostrando Hitler durante sua aposentadoria pós-guerra, na Argentina. Os japoneses, agora, nos dizem que o ditador soviético Joseph Stalin, também, era um Rothschild. 

Que fique claro: Os Sionistas não são só fanáticos religiosos messiânicos, como também estão entre os maiores assassinos em massa da história. 

Mais recentemente, os seus crimes incluem o 11 de Setembro, Fukushima, voos Malaysia Airlines 370/17, o assassinato em massa na Síria, etc. Além disso, temos sacrifício humano em grande escala – a razão mais provável pela qual 40.000 crianças desaparecem nos EUA todos os anos. 

Este, provavelmente seja o caso, se os Illuminati Gnósticos e MJ-12 (Majestic) forem considerados, algo como uma “inteligência artificial vilã”.

Provavelmente, seja um antigo culto, incrivelmente inteligente e malicioso de comerciantes de escravos humanos que desfrutaram do controle de informações (religião), alimento (dinheiro) e da violência (assassinatos) para governar (controle de mentes).

Sua fraqueza é a concentração nos níveis mais altos de poder e riqueza. Os militares dos EUA devem mobilizar todas as forças necessárias para treinar esses homens de poder.

Numa nota final, amanhã (01 de Outubro) marca o 70º aniversário da República Popular da China. Haverá uma grande parada militar para homenageá-los, onde muitos chineses pensarão nisso como uma espécie de desfile da vitória. 

A China nunca teria tido a oportunidade de conquistar o Ocidente se não o tivesse infectado com os poderes sionistas. Uma vez que a infecção seja curada, o Ocidente, em harmonia e amizade com a China, Rússia e todos os outros. 


Autor: Benjamin Fulford 
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais artigos do Benjamim Fulford Aqui