Selácia - "Reagindo à loucura do coronavírus"


ENCONTRE A SUA CALMA EM TEMPOS TURBULENTOS

É a semana do Equinócio e o início de uma nova temporada, com energias de alta intensidade no ar. Algumas das energias podem convidá-lo a mergulhar e a tentar algo novo. Outras energias, como as que o coronavírus traz, podem impedi-lo e fazer com que você questione onde ir. Definitivamente uma semana para cintos de segurança e muita respiração profunda. Continue a  ler para entender melhor por que você se sente e como pode encontrar sua zona de calma nesses momentos loucos.

Em muitas partes do mundo, as duas últimas semanas envolveram uma resposta pública, comercial e social crescente ao vírus corona. Não tivemos nada nessa escala na Terra antes. Muitos fatores estão em jogo. Dizer que nós, como sociedade, não estávamos preparados para isso, é um eufemismo.

Já estamos no modo de transformação, em velocidade rápida agora. O ano de 2020 e a próxima década serão lembrados por isso e por como nós, como coletivo, respondemos à necessidade de mudar os modos de ser antiquados.

Ter o vírus corona chegando agora é definitivamente um acréscimo ao nosso chamado de mudança. Isso é realmente uma coisa boa, como descreverei mais neste artigo.

Esses momentos são fundamentais para determinar como nossa sociedade mais ampla pode se adaptar a essa magnitude de caos e até de loucura. Como escrevi em artigos anteriores - Navegando na próxima onda de mudança e  Enfrentamento durante a histeria e a incerteza globais - é essencial que nos interiorizemos e apliquemos nosso treinamento e sabedoria.

EXEMPLOS DE LOUCURA

Aqui estão alguns exemplos de loucura se revelando agora - especialmente em países com casos confirmados do vírus corona. Dependendo da localização, as situações descritas abaixo podem ocorrer por 2 semanas, 2 meses ou mais. O período de tempo "mais longo", como não é especificado, aumenta a sensação de ansiedade que as pessoas têm.

Por causa da ameaça do vírus corona à saúde e segurança da população, as autoridades de saúde pública em alguns lugares importantes estão exigindo coisas como as seguintes.

(1) As empresas ou reduzem o horário na loja, fecham completamente ou se adaptam às vendas on-line.

(2) Da mesma forma, grandes reuniões públicas estão sendo reduzidas e grandes eventos cancelados.

(3) Em muitas empresas, os trabalhadores estão sendo solicitados a trabalhar em casa.

4) O público está sendo aconselhado nos EUA e em alguns outros países a praticar o distanciamento social e a ficar em casa o máximo possível. Quando os compradores vão às lojas, podem encontrar filas de prateleiras vazias, produtos básicos mínimos e longas filas. O horário das lojas varia, às vezes da noite para o dia, pois as lojas lidam com a necessidade de reabastecimento.

(5) Os cidadãos estão em alerta máximo para receber avisos de seus órgãos públicos locais. Eles geralmente mudam diariamente para refletir as melhores práticas para se manterem saudáveis e evitar a propagação do vírus corona. A mensagem de muitos órgãos públicos é se preparar para um tempo indefinido em casa, sem interações habituais nas lojas, no trabalho e em eventos sociais.

Como exemplo de avisos de agências públicas - agora recebi um aviso da cidade de Santa Mônica de que, até 31 de março, teremos um fechamento temporário de negócios para restaurantes, academias, teatros e salões.

POR QUE VOCÊ SE SENTE ASSIM

Considerando o que acabei de descrever, você pode entender melhor por que se sente ansioso, irritado ou simplesmente inseguro nesses momentos. Esse pode ser o caso mesmo se você não mora em algum lugar com distanciamento social sugerido e atividades de vida reduzidas. Por quê? Estamos todos conectados. Nenhuma fronteira pode nos separar em um nível energético. Nós somos uma família humana.

PONTOS POSITIVOS DE NOSSA SITUAÇÃO

Considere os aspectos positivos da nossa situação. Alguns podem ser temporários, enquanto durar a crise, mas considere que alguns deles podem perdurar muito tempo depois, como novas maneiras de viver e trabalhar.

Primeiro, trabalhar em casa agora é uma opção para muitos funcionários que antes precisavam ir a um escritório.

Segundo, para algumas reuniões públicas descontinuadas, agora existe um componente online.

Terceiro, empresas com  lojas online estão começando a oferecer aos clientes frete grátis em qualquer tamanho de pedido.

Quarto, os funcionários como têm uma longa jornada para o trabalho têm mais tempo em casa para estar com suas famílias e aproveitar um tempo necessário para outras tarefas.

Em quinto lugar, as pessoas de todos os lugares têm a oportunidade de reavaliar como vivem suas vidas, o que é realmente importante para elas e como querem seguir em frente.

Sexto, indivíduos como profissionais de saúde e professores que anteriormente ofereciam serviços principalmente no local, agora estão começando a oferecer serviços à distância, por telefone ou aplicativos como Zoom e Skype.

Sétimo, os cidadãos estão chegando aos vizinhos com ofertas para ajudá-los com as compras e outras atividades.

O QUE VOCÊ PODE FAZER

Convide diariamente o seu bom senso e a razão guiada intuitivamente para lhe mostrar como responder ao que está acontecendo. Não leve esta crise pelo lado pessoal. Mas assuma a responsabilidade por você e suas respostas

Se você precisar de um tempo de inatividade ou simplesmente um momento para um ajuste de atitude antes de fazer compras ou interagir com outras pessoas, tenha este tempo.

Lembre-se dos aspectos positivos mencionados acima. Ao testemunhar ou experimentar coisas positivas, permita que elas o inspirem e o ajudem a encontrar momentos de calma. Compartilhe estas coisas positivas com os outros. Se você fizer um diário, anote-as em seu diário. Isso o ajudará mais tarde, quando você recordar esses momentos e tiver flashbacks de prateleiras vazias, tentando encontrar papel higiênico, e das atividades canceladas.

Evite suposições. Muitas coisas podem ser muito diferentes do que parecem.

Evite culpar alguém. Isso inclui culpar autoridades e líderes de saúde. Isso inclui culpar a crise por algo maliciosamente criado pelo homem. Não é útil ir lá em sua mente. Independentemente de onde tenha vindo o vírus, como surgiu e quem fez o quê - aceite que ele está aqui.

O vírus, se tivesse consciência e pudesse falar, poderia nos lembrar que precisamos de um alerta sobre como vivemos juntos neste pequeno planeta.


Autor: Selácia
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais Selácia Aqui