background

sexta-feira, 17 de abril de 2020

O Coletivo de luz - "Uma mensagem aos trabalhadores da luz"

  

Nota da canalizadora: Mais uma orientação para os Trabalhadores da Luz de nossos amigos galácticos e os seres angélicos conhecidos como o Coletivo.

Saudações, amigos! Estamos muito satisfeitos por ter esse tempo para falar com vocês hoje.

Muitos se encontram esta semana no meio de uma situação global que parece continuar neste momento, sem grande alívio pelos fato de tantos que adoecem e tantos outros que vivem em circunstâncias restritas e às vezes mal privadas.

Nesses horas, é fácil fazer uma de várias coisas: desesperar-se ao mergulhar nas aparências dos números que adoeceram ou sofreram transição, e no pensamento daqueles que sofrem em seu isolamento - ou, tentar anular essas imagens com distração, negação e um mundo interior de pensamento privado obsessivo.

Isso é compreensível.

Todos vocês já estavam lidando com vários desafios, sejam de saúde, de residência, de trabalho, finanças, ou vários deles juntos, e agora precisam enfrentar uma ameaça maior ao negócio tênue de estar em Paz dentro de um corpo humano.

E diríamos que, em vez de se afundar energicamente no que os outros ao redor do mundo estão experimentando agora, aproveite a oportunidade - por necessidade - de viver ainda mais no momento presente.


Respirar silenciosamente dentro do milagre de seu próprio ser, ao invocar esses guias, seres Angélicos e seu próprio Eu Superior, que vocês sabem estar sempre ao seu redor.

Exija a ajuda deles não apenas para manter a calma, mas também para aceitar que seu mundo está passando por uma grande mudança.

E que o que parece ser uma espécie de terremoto ou tsunami pode ser a abertura de uma grande porta, um grande portal que vocês sempre procuraram.

Não dizemos isso para vocês levarem como se fosse nada o que tantos experimentam agora, na incerteza do seu tempo atual.

Esse momento oferece uma forte mistura, a vulnerabilidade da condição humana - enraizada como ainda está em muitas das formas, pensamentos e sistemas da terceira dimensão - com o poder da sua alma e do seu verdadeiro Eu.

Vocês estão tendo uma grande chance de entrar nessas fases de entendimento, sabedoria e neutralidade que teriam escapado de vocês no passado, mas que agora nestes tempos de luz mais elevada e na sua linha do tempo atual, lhes são apresentadas.

Este é de fato um portal para um dos grandes segredos e grandes mistérios da descoberta espiritual na vida humana.

É disso que o poeta Oriah Mountain Dreamer fala no poema "The Invitation", quando comenta:

“Não me interessa que planetas estão quadrando sua lua ... eu quero saber se você tocou o centro da sua própria tristeza, se você foi aberto pelas traições da vida ou ficou enrugado e fechado pelo medo de mais dor.

Eu quero saber se você pode sentar com dor minha ou sua sem se mexer para escondê-la ou desbotá-la ou consertá-la.”

Para o que a raça humana está experimentando agora, essa é uma sabedoria poderosa!

"Medicina poderosa", diria nosso escritor, do tipo energético.

Vocês podem se sentar com a dor, a incerteza, as perdas e a falta de respostas, e não se mexer para esconder, desaparecer, ou consertar isso agora?

Vocês podem se sentar com a dor do que Não Sabe e perceber, no fundo, que possuem uma conexão com o que Tudo Sabe e que tudo está bem, se sua mente consciente ou não dá permissão para rotulá-la como tal?

Em linhas posteriores, o poeta comenta:

“Eu quero saber se você pode ver a beleza mesmo quando não é bonito todo dia

E se você pode adquirir sua própria vida de sua presença. Eu quero saber se você pode viver com falha sua e minha e ainda ficar na beira do lago e gritar para a prata da lua cheia: "Sim".”


Aqui está a verdadeira investigação espiritual, a verdadeira busca da visão no momento mais inconveniente, menos procurado e menos desejado.

Esse tipo de jornada não significa que vocês “deram errado” em algum lugar.

Muito provavelmente vocês "fracassaram" como uma raça de seres, ao ser comprimida, encapsulada ou contida pelos sistemas em que viveram por muitos milhares de anos.

Falharam em ser bons em escravidão, em obediência irracional à essas formas que nunca fluíram facilmente com seu próprio espírito.

Alguns dias deixaram de ser ouvidos um pelo outro e, no entanto, também falharam em calar completamente a voz de seus próprios seres superiores e a presença mais elevada de outros.

No final do poema, o poeta exige a liberação de todas as máscaras, todas as fachadas culturais ou sociais, recintos e autoproteções:

“Não me interessa quem você conhece ou como você veio estar aqui. Eu quero saber se você vai ficar no centro do fogo comigo e não recuar. Não me interessa onde ou o que ou com quem você estudou. eu quero saber o que te sustenta de dentro quando tudo mais desaparecer.”

Isso é uma invocação poderosa para lembrar quem vocês são, queridos, fora de todas as circunstâncias, fora de todo o espaço-tempo.

Isso é um convite para exporem o tipo de bravura que não é tanto bravura quanto um desapego, uma vez que vocês permanecem nesse espaço energético.

Deixando de precisar de alguém ou qualquer outra coisa, além da respiração que vocês carregam dentro de vocês mesmos, e da Luz superior com a qual vocês se apresentaram no momento do seu nascimento.

Então, até o final do poema, o Mountain Dreamer insiste:

“Eu quero saber se você pode ficar sozinho com você mesmo e se você realmente gosta da companhia que você tem nos momentos vazios.”

Pode-se chamar esse vazio, esse grande portal pelo qual você viaja agora, um momento vazio.

Vocês não têm certeza do que está por vir, embora sua visão interior lhes diga que deve haver Unidade, e deve haver Paz, maior consciência, abundância e orientação mais elevada para todos, de alguma forma nascendo com isso.

Com isso vem o conhecimento de que vocês os criam, não "necessitando" deles, mas liberando-os.

Ao chamar sua própria vida superior, uma forma de vida Ascensionada, como muitos de vocês já chamaram um animal na natureza que conheciam e andavam entre eles, que confiavam em sua sabedoria e em sua conexão com eles.

Eles caminham ao seu lado agora, prontos para a próxima jornada, e garantimos que vocês já estão no caminho.

Namastê, amigos! Estamos sempre com vocês.


Canal: Caroline Oceana Ryan
Tradução: Jessica Braga / Sementes das Estrelas
Veja mais O Coletivo de Luz O Conselho Aqui