background

segunda-feira, 14 de setembro de 2020

Selácia - "Compreendendo o caminho não marcado"



NAVEGANDO NO DESCONHECIDO

Quando crianças, éramos muito curiosos sobre imagens e sons, e  interessados ​​em explorar o mundo ao nosso redor. Antes de nosso condicionamento entrar em ação, não tínhamos noção do perigo ou das consequências. Avançando até agora com todas as suas incógnitas e crises - o nosso eu adulto condicionado pode considerar isto assustador e opressivo. Chegamos a um momento em 2020, quando poucas de nossas normas se aplicam, e quando somos forçados em um nível espiritual a nos adaptarmos e criarmos de maneiras inteiramente novas. Podemos e devemos fazer isso, mas nosso ego se rebela e deseja retornar ao status quo. Continue a ler para uma visão mais elevada de nossa situação e como podemos ser inspirados por nossa situação.

Apesar do caos e da crise em nosso mundo, as energias planetárias atuais apóiam mega mudanças na consciência e catalisadores significativos para trazer à luz novas abordagens. Estou vendo isso como uma janela de energia para o despertar. Isso ocorre em um nível coletivo, mas também é importante em um nível pessoal. Como respondemos a isso é vital. Nosso papel agora é fazer a nossa parte, contribuindo positivamente para o coletivo por meio de nosso próprio crescimento e modelando o que aprendemos.

O que esta janela de energia significa para nós pessoalmente? Por um lado, significa que quando usamos pessoalmente este tempo para nos tornarmos presentes em uma visão maior para nós mesmos - focarmos nisso e, em seguida, agirmos de acordo - podemos dar saltos quânticos que antes não eram possíveis!

Para esclarecer o que quero dizer com uma visão mais ampla, é aquela que vai além de visualizar a manifestação de um trabalho ou relacionamento específico ou uma situação financeira. Essas são metas mais lineares. A visão maior necessária deve ser holística e quântica. Com essa visão mais ampla, você está visualizando o resultado em termos de como isso alimenta o seu ser interior, ajuda-o a evoluir espiritualmente, ajuda-o a ser autêntico, ajuda-o a ter a autoconsciência necessária para expressar plenamente seus dons no mundo, e auxiliá-lo como um agente de mudanças divino na transformação de nosso mundo em um mundo de amor.

Seja proativo agora, usando os próximos meses para refletir sobre novas abordagens e maneiras de expressar a sua luz no mundo. Leve estas idéias para seus momentos de silêncio e meditações. Considere-as também antes de dormir, para que sua consciência superior possa energizá-las nos planos internos durante a hora do sonho e, então, você possa receber insights nos dias que se seguem. Dê a si mesmo momentos ininterruptos de inatividade para refletir sobre essas visões maiores para si mesmo. Acho que escrevê-los ajuda no fluxo de ideias. Use o que funciona para você.

UM CAMINHO SEM MARCADORES

Estamos em momentos como em um vazio, quando o tempo pode parecer que parou. Nossos sinais usuais de fluxo e o que vem a seguir estão silenciados. Pode ser assustador, com certeza, quando o mundo exterior parece tão estranho e não temos o nosso sistema de feedback usual no lugar. Na verdade, o tempo em um sentido linear não parou - nossa hipoteca ou aluguel ainda vence a cada mês e as datas como o equinócio e o ano novo permanecem intactas.

Mesmo em tempos "normais", nossos caminhos nem sempre tinham marcadores, exceto em nossas mentes condicionadas. Aprendemos a nos apegar a eles, pois forneciam uma falsa sensação de conforto. Avançamos para 2020 com a pandemia, e descobrimos que muitos marcadores previamente definidos podem ser irrelevantes ou simplesmente indisponíveis temporariamente. Alguns marcadores podem "retornar" - mas muito provavelmente, iremos experimentá-los de uma maneira diferente.

Nosso ego não gosta disso nem um pouco. Somos condicionados a temer o desconhecido - o não testado, o desconhecido e o que suspeitamos ser hostil.

O QUE PODEMOS FAZER

Sugiro considerarmos as bênçãos do desconhecido, pois é uma fronteira em que nossa alma crescerá ao navegar e é também o material com o qual os milagres são feitos!

Parte de ser resiliente nestes tempos de crise é acolher o desconhecido sem medo. Uma parte sábia nossa sabe que é inútil lutar de qualquer maneira. Não precisa ter medo. Nossa resposta proativa é cultivar maior resiliência e autoconsciência. Isso nos levará através do fogo da crise para encontrar o nosso caminho. 

É útil lembrar que o que estamos experimentando agora não é algo "a superar", mas um presente do universo que pode nos despertar para nossa verdadeira natureza, que é divina, quântica e sem limites. Quando reformulamos nossa percepção dessa maneira, cada dia é mais uma oportunidade para crescermos e agirmos de acordo com nossa consciência ampliada - ajudando a criar nossas melhores vidas e, ao mesmo tempo, transformando nosso mundo sem o medo.


Autor: Selácia
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais Selácia Aqui