Artístico Divino: Beyoncé

Compartilhe esse artigo

Beyoncé Giselle Knowles-Carter é sem dúvidas uma das maiores referências da música pop no mundo. Além da sua atuação no cenário musical, ela também gera grande influência na indústria da moda, da arte e dá voz a movimentos humanitários, principalmente aqueles voltados ao feminismo e à visibilidade negra. Ela, primeiramente, fez sucesso com a banda Destiny’s Child, mas, alguns anos mais tarde, assumiu o protagonismo solo e virou esse grande ícone que conhecemos hoje.

O nome galáctico de Beyoncé é Makheana, e ela é uma felina de Sirius. Tem a missão de dissolver o preconceito e auxiliar na energia da união, trazendo essa consciência de unidade e amor. Representante do raio azul, está na Terra com outros grupos de almas que atuam fazendo o mesmo trabalho como uma força de abertura de caminhos.

Em tempos de guerra galáctica, foi líder de um movimento que causou muitos problemas em seu mundo. Assim, ela voltou-se para dentro e pediu a chance de reparar aquilo que fez nesse passado, e viu na Terra uma grande oportunidade de entregar amor e, em muitos casos, unir aqueles que separou com suas ações no passado fora do planeta.

Seu nome é sempre muito associado com os Illuminati, como se fosse uma alma negativa. No entanto, mais uma vez afirmo quem nem tudo é como parece, e é necessário muito discernimento perante às informações da mídia (aconselhamos ler o artigo introdutório do Movimento Artístico Divino: https://www.sementesdasestrelas.com.br/artistico-divino)

Muitos daqueles que não gostam dela e/ou a julgam negativamente, são aqueles que, no passado, foram prejudicados por ela. Beyoncé já foi muito traída por pessoas próximas e passou por muitas dores na Terra; ela tem tentado superar tudo, pois apesar de ser uma alma muito forte, traz a suavidade de uma criança. Acima de tudo, ela tem grande foco em sua missão, e nenhuma ação desarmoniosa dos outros fará ela mudar sua trajetória.

O seu sexto álbum, Lemonade, que foi lançado em 2016 como um incrível trabalho visual e conceitual é um perfeito exemplo do ancoramento daquilo que Makheana se propôs a fazer, falando abertamente sobre a desigualdade social e ancestralidade negra. Ele virou referência na indústria musical e a temática de muitos estudos. A Universidade do Texas chegou a oferecer um curso baseado no conteúdo do álbum, afirmando que ele “é uma meditação sobre a feminilidade negra contemporânea”.

O single “Formation”, do álbum, virou um hino que representa o movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam). A cantora faz homenagem a pessoas negras que foram assassinadas nos Estados Unidos, ao orgulho da sua própria ancestralidade e também faz referência à tragédia que atingiu a cidade de Nova Orleans com a passagem do furação Katrina, em 2005. Também faz menção sobre o assunto de estar associada à sociedades negativas (“Todos vocês invejosos se moendo com esse papo Illuminati”) e cita a banda de início de carreira de Michael Jackson (“Eu gosto do meu nariz de negro com as narinas do Jackson Five”).

Falando em Jackson, Beyoncé entregou um prêmio ao cantor em 2006, no World Music Awards, afirmando que ele é sua maior influência musical e que “se não fosse por Michael Jackson, eu nunca teria me apresentado”. (Leia o artigo sobre Michael: https://www.sementesdasestrelas.com.br/2019/01/michael-jackson-quem-e-01012019-gabriel.html)

Vale ainda deixar o clipe da música “Spirit”, um lindo trabalho feito para o filme O Rei Leão, em que a artista traz vários elementos da cultura africana, principalmente a representação de vários Orixás.

Beyoncé é casada com rapper Jay-Z. Ele é um draconiano que possui processos delicados para lidar. Está no processo de se equilibrar, e sua esposa o auxilia nessa jornada.

Por fim, ainda vejo pessoas dizendo que todos as artistas trabalham para as trevas e ou fizeram algum pacto. Por favor, não vamos generalizar e trazer mais dor para esse meio artístico já tão perseguido! Esses artistas merecem respeito, acima de tudo, muito respeito! Se alguns deles entraram por um caminho não harmonioso, estamos aqui para ajudá-los de alguma maneira a sair disso e não é generalizando e condenando que vamos conseguir. Já não basta as próprias dores deles que em muitos casos os levaram ao suicídio? Mais amor e compaixão, seres humanos!

PARA OUTROS ARTÍSTAS CLIQUE AQUI

Canalização: Neva (Gabriel RL)
Linearização e desenvolvimento do texto: Camila Picheth:
Website: https://www.camilapicheth.com.br
Instagram: https://instagram.com/camilapicheth
Veja mais Camila Picheth Aqui

Canalizações, tecnologias, consagrações, meditações, palestras e atendimentos com Neva (Gabriel RL):

https://www.sementesdasestrelas.com.br/neva-gabriel-rl

É até onde Jesus me permite ver e transmitir.

Pela Verdade, nada mais que a Verdade,

Em Amor e Bênçãos,

Neva (Gabriel RL)

Compartilhe esse artigo

About Author

Neva (Gabriel RL)