Os Anjos – “Berinjelas, guaxinins e o poder do foco”

Os Anjos – “Berinjelas, guaxinins e o poder do foco”

Compartilhe esse artigo

O poder do foco está se tornando óbvio em minha vida.

Há anos, quando o filme “Encantado” foi lançado, eu o assisti tantas vezes que atraí ratos e pombos para o meu quintal. Era uma história moderna da Cinderela em que a heroína tinha um ótimo relacionamento com todas as criaturas, e eu me concentrei tanto em uma cena fofa do filme que pude começar a cantarolar “A canção feliz” e os pombos voaram para o quintal. Todas as noites, ratos apareciam por todo o gramado também. Era como se a palavra fosse espalhada: “Este aqui acha que somos fofos!” Era um pouco demais e eu não queria envenená-los, então, em vez disso, eu me concentrei em um quintal tranquilo e pacífico e ignorei “o problema dos ratos.” A Mãe Natureza veio com sua própria solução. Certa manhã, acordei e vi um coiote em meu quintal, cochilando preguiçosamente depois de comer Nuggets a noite toda. Ai, credo! Pobres ratos! A natureza equilibrou a situação. Tenho certeza de que, se tivesse adotado um foco de medo, raiva ou defesa, teria apenas atraído mais.

Ultimamente, tenho assistido a um maravilhoso vídeo de um senhor mais velho, no Youtube, à noite para “sentir-me bem” antes de dormir. Ele é conhecido como o “encantador de guaxinins” porque todas as noites ele alimenta uma enorme família de guaxinins. Eles o amam tanto que lhe dão beijos, deixam seus filhos para ele tomar conta e lhe fazer companhia. Ele começou isso depois que sua esposa morreu, colocou-o em vídeo e atraiu um grande número de pessoas que queriam assistir a algo bom durante a pandemia. Seu amor por esses pequenos seres é simplesmente adorável. Isso deixa o meu coração feliz.

Para minha grande surpresa, estava jantando outra noite com um amigo quando percebemos que uma gata havia entrado no meu quintal. De repente, a gata dobrou muito as suas costas! O que a estava incomodando? Da minha caixa de plantas apareceu um guaxinim de mamãe e o seu bebê! Eles eram adoráveis! Tentei tirar uma foto, mas eles correram para o santuário, em um canto aconchegante, onde não pude vê-los. Nunca vi guaxinins na minha vizinhança antes e estou aqui há mais de duas décadas. Coincidência? Ou meu foco neles os atraiu vibracionalmente para mim? Eu sei a resposta. Os anjos deixaram claro que era o resultado do meu foco.

Um foco de gratidão também está me trazendo uma safra incrível de berinjelas! Depois de não cultivá-las por décadas, tenho várias delas que tem agora uma grande altura. Tem folhas felpudas super macias que eu acaricio todos os dias, enquanto admiro as flores lindas. Eu peguei minha primeira fruta há algumas semanas, cortei pela metade, fiz cortes profundos, banhei em azeite, então assei a 400 graus até sair como um molho de berinjela com óleo de oliva que tem um gosto delicioso em chips. A planta sentiu minha gratidão e começou a trabalhar! Ela imediatamente produziu outra fruta grande e agora tenho mais seis a caminho.

Agora, vamos falar sobre a ideia de regar o fruto das ervas daninhas nos tópicos “mais importantes”, como alguns diriam (embora eu pessoalmente ache que o amor é o único tópico “importante”, não importa o assunto!) Em geral, ignorei o “ervas daninhas” em relação ao covid tanto quanto eu posso. Eu não estou enterrando minha cabeça na areia. Eu vi o número de mortos, mas também conversei com alguns que morreram de covid e expliquei por que foram embora. Sei que houve um grande sofrimento, mas também vi uma graça incrível e um crescimento incrível. Estou ciente da ciência. Meu pai, que é cientista, alimenta-me com um fluxo constante de fatos científicos. Eu ouço minhas orientações, uso minha máscara quando necessário e lavo minhas mãos. Eu desinfeto as coisas que entram em minha casa quando sou intuitivamente inspirada.

No entanto, não estou viciada no drama, nem estou lendo ou ouvindo relatos diários que me conectam à temerosa consciência de massa em torno do assunto. Em vez disso, estou apenas vivendo minha vida, focando feliz em tudo que é bom e me recusando a ser sugada pelo medo que parece tão predominante. Não
estou me envolvendo em discussões sobre a maneira “certa” de lidar com isso. Em vez disso, estou apoiando as pessoas a descobrirem o que é certo para elas. Quando as pessoas tentam me impor suas opiniões, eu as ouço com respeito e as apoio, amando-as e ouvindo-as.

Eu ignoro as projeções constantes de desgraça e melancolia e continuo com meu foco feliz em ajudar as pessoas a se curarem, ajudando as pessoas que querem tomar a vacina sem efeitos colaterais, ajudando as pessoas que não querem tomar a vacina a trabalharem com a luz e ficarem bem, ajudando as pessoas que têm medo a serem acalmadas com a ciência e o espírito, dependendo do equilíbrio de seu foco. Eu me concentro no crescimento maravilhoso pelo qual todos estamos passando, no aumento da vibração do amor, nas melhorias que fiz em minha própria vida e em como estou feliz por poder ajudar. Estou focada em ajudar meus clientes, curtindo meu jardim, organizando minha casa e curtindo conversas com a família.

Não quero regar as ervas daninhas do medo e da tristeza. Eu só quero regar as vibrações de amor em expansão neste mundo.

Tive mais um incidente na semana passada que demonstrou o poder do foco. Eu estava conversando com alguém que se curou depois de um caso grave de covid. Enquanto essa pessoa contava sua história, eu estava lá com ele, muito sintonizada com as “ervas daninhas” (a dor, o medo, o sofrimento) em torno disso. Minutos depois que a conversa terminou, comecei a ficar com dor de garganta e nariz entupido. Tudo o que eu conseguia pensar era “Sério? Estou ficando muito, muito boa em focar! ” Eu ri, sentei-me e foquei na luz interior, no fato de que essa querida alma agora estava saudável e feliz, e em poucos minutos todos os “sintomas” desapareceram. Todos nós somos muito mais poderosos com nosso foco do que imaginamos!

Aqui estão algumas dicas sobre como regar as frutas em vez das ervas daninhas …

1. Como sempre, preste atenção em como seu foco o faz se sentir

Seus sentimentos são o indicador que lhe diz se seu foco o está mudando para uma vibração alta ou baixa. Se você começar a se sentir mal, com medo, chateado, etc., este é um forte sinal para mudar seu foco o mais rápido possível. Se você estiver diante de alguém reclamando ou contando histórias de agonia ou medo, mude seu foco para a luz dentro dessa pessoa ou mude a conversa. Se algo estiver lhe perturbando, busque conforto saudável. Como alternativa, você pode chamar seus anjos e pedir-lhes para transmutarem a sua raiva – imagine que, ao fazer um bom discurso, você lhes está entregando a energia densa para ser reciclada – como se estivesse jogando lenha em uma fogueira de luz branca. Até mesmo focar nesta luz que queima a densidade, é um foco melhor.

Se você se sentir feliz, inspirado ou com alguma outra emoção positiva, mantenha seu foco onde está ou em algo que o mantenha naquele espaço.

2. Lembre-se de se concentrar no que você quer, não no que você não quer

O que você deseja se livrar e o que deseja capacitar são os dois lados da mesma moeda. O foco em um é “regar as ervas daninhas”, enquanto o foco no outro é “regar os frutos”.

Se quero que o mundo seja saudável e feliz, concentro-me nessa realidade, em vez de regar as ervas daninhas, ao me concentrar em temer ou odiar um vírus.

Se quero um mundo mais justo, não luto contra o preconceito. Eu me concentro em fortalecer a tolerância, a bondade, o amor pela diversidade.

Se quero que meu corpo se sinta bem, concentro-me no fato de que há uma grande luz sempre procurando equilibrar e curar. Eu me concentro em partes minhas que me fazem sentir bem. Acordei com as costas doloridas outro dia. Em vez de me concentrar na dor, respirei e agradeci pela luz Divina que poderia facilmente corrigir as coisas. Concentrei-me em me sentir bem na natureza, lembrei-me de caminhadas maravilhosas e foquei em como foi incrível quando as coisas voltaram ao lugar. Enquanto estava deitada, “regando” as boas sensações, uma onda de energia percorreu o meu corpo e consegui um auto-ajuste!

3. Agradeça

Não há nada como apreciar todas as bênçãos da vida para ajudá-lo a regar os frutos do amor. Desafie-se toda vez que ficar chateado, contando as suas bênçãos, e você verá que sua vibração aumentará muito mais rápida e facilmente quanto mais você praticar.

Eu sei que existem muitos desafios nos dias de hoje. É um momento intenso com certeza! No entanto, podemos escolher onde nos concentrarmos, e se nos concentrarmos em qualquer coisa que pareça mais amor, então nos tornamos aqueles que irão encorajar o crescimento em nossos próprios corações, em nossas próprias vidas e em nosso doce planeta.

Canal: Ann Albers
Fonte: www.visionsofheaven.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Veja mais mensagens dos Anjos Aqui

Compartilhe esse artigo

About Author