O Coletivo de Luz – “Nesara”

O Coletivo de Luz – “Nesara”

Compartilhe esse artigo

A orientação desta semana dos Mestres Ascensionados, Galácticos, Elementos da Terra, Anciões Fae, Legiões Angélicas e Arcanjos conhecidos como o Coletivo.

Saudações, queridos! Estamos muito satisfeitos por ter este momento com vocês hoje.

Mais uma vez, nosso escritor fala com Saint Germain, e ele está feliz em oferecer insights sobre a situação atual em seu planeta e o que está ocorrendo agora em suas vidas na Terra:

COR: Saudações, Lord Saint Germain!

SAINT GERMAIN: Saudações, boa senhora. Como posso ajudar?

COR: Provavelmente porque sou um canalizador, tenho um bom número de pessoas perguntando de uma forma ou de outra: “Quanto tempo mais?”

Eu não os culpo por isso. Estou me perguntando agora regularmente, além de pedir uma assistência superior para todo o planeta.

Todos nós desejamos saber quando NESARA finalmente será totalmente promulgado, e o que mais poderia dar errado entre agora e então – como lidar com a loucura atual e como fortalecer nosso eu interior para qualquer outra coisa que possa estar acontecendo descendo a linha.

E pedindo para saber como podemos ajudar, seja energeticamente ou de outra forma.

SAINT GERMAIN: Geralmente, essa última parte não nos é solicitada.

Apenas a primeira parte, como se fosse um evento evoluindo fora de vocês, enquanto como já discutimos antes, este é um evento que só pode se desdobrar dentro dos próprios pensamentos, energias, expectativas e visão de cada pessoa.

É um momento de integração. Essa é a mudança que você busca.

E então, você está perguntando, além de “Quando?” que não é realmente a questão relevante, mas também “O que mais pode acontecer?”

O que, novamente, é uma questão de o que você e seus companheiros humanos decidem que ocorrerá ou deverá ocorrer em sua linha do tempo.

E é uma linha do tempo vibracional mais elevada do que a que tem estado por milênios – isso por si só é um motivo de celebração!

COR: Perdão, meu senhor – como é que “quando” não é uma questão relevante?

SAINT GERMAIN: Porque você está saindo do Tempo, todos vocês e seu planeta.

E porque medir o progresso em termos de horas, dias ou meses nunca é um caminho fecundo.

Vocês foram ensinados a pensar em termos de Tempo – quanto tempo levará até que eu seja proficiente em matemática, canto ou badminton… Mas o que isso importa?

A jornada é menos ou mais importante se terminar rapidamente?

Não é a jornada a mesma coisa para a qual você nasceu em um corpo humano?

COR: Sim e não!

Uma vez que você está aqui, em um corpo, você está sujeito ao tempo linear.

E você tem certos sonhos e visões, desde tenra idade, que deseja desenvolver “no tempo e da maneira perfeitos”, o que para a maioria de nós significa “imediatamente, por favor!”

SÃO GERMAIN: E então você fala agora do verdadeiro problema, que é a impaciência dos seres da Terra em ter o que desejam no momento em que o desejam.

E isso não é o mesmo que as formas de progressão e evolução das quais vocês vieram participar.

Isso não é o mesmo que a Terra e Seu povo estarem prontos para NESARA.

E então eu continuo: O que mais pode acontecer não é uma questão de “O que mais pode dar errado” se você sair do julgamento sobre o que é bom e o que não é bom.

Os seres humanos têm prosperado no julgamento e em suas muitas limitações e aspectos que alimentam o ego por milhares de anos.

E agora, como se costuma dizer: “Acabou o tempo”.

Não apenas no sentido de, “Tempo para os bandidos irem para a cadeia” (embora seja tal), mas no sentido de “O tempo não é mais relevante para a vida na Terra como era antes.

“Vamos parar de pensar em termos de ‘quando’ e ‘por quanto tempo’ e investir apenas no único Tempo que realmente existe, que é o momento presente.”

E perceba também que quando você espera por algo, você entrega seu poder a essa pessoa ou pessoas, e aquela circunstância que você decidiu pode fornecer o que você deseja.

Quando você decide não esperar, mas manter as frequências do que deseja em seu coração-mente, em seu corpo, em seu espírito a cada dia, desde acordar pela manhã até cair no sono novamente à noite – você faz o oposto.

Você então dá à luz aquilo que deseja onde DEVE nascer, para começar, que é a imagem baseada no coração e a frequência de um ser humano.

Esta não é uma jornada que pertence às estrelas ou àqueles que navegam entre elas em naves estelares altamente avançadas, nem aqueles que, como Anjos, fluem facilmente de uma dimensão para outra.

Esta é uma jornada que pertence aos nascidos em um espaço-tempo que segura o efêmero em uma das mãos e o eterno na outra.

E ainda – vocês vieram para superar as restrições do espaço-tempo.

Não incorporá-los e esperar por uma situação melhorada nos mesmos moldes que vocês, desde então, repudiaram como insuficientes e até mesmo perigosos para a vida na Terra.

COR: Bem, agora você apresentou um argumento para o qual não há argumento contrário, meu senhor.

Agora você apontou que, para passar para o próximo nível, temos que SER o próximo nível.

E isso requer nosso foco e determinação para negar tudo em que nascemos e experimentamos ao longo de centenas de vidas da Terra.

Isso parece ser um salto bastante grande, e não apenas filosoficamente, mas vibracionalmente!

Como, quando milhões estão morrendo e mentem para nós em tantos níveis – como podemos assobiar alegremente sobre o NESARA e dizer: “Tudo está bem” ?!

SAINT GERMAIN: Não sugerimos que a humanidade ignore o que está ocorrendo agora. Isso seria difícil ou impossível.

É assim que muitos estão de luto por perdas pessoais devido a doenças, incêndios ou inundações.

E sentindo as pressões de um sistema econômico agora permanentemente quebrado, que nunca funcionou para a maioria, cujos interesses falsamente alegaram representar, e que foi construído sobre mentiras e todas as formas de trapaças.

Isso apresenta um enigma, no sentido de que vocês poderiam comemorar o fim do falso sistema de vida da Terra, mas comemorar agora seria negar as pressões pessoais e tragédias de muitos milhões, e a maioria dos Seres de Luz em forma humana oferece a resposta oposta.

Você prefere chorar com quem chora e concordar que esta é uma época muito sombria, em vez de comemorar em um momento em que a perda e o desequilíbrio parecem estar na ordem do dia.

Na verdade, há um terceiro caminho que a maioria não considera, e é o que se pode chamar de perdão, embora não seja um perdão da maneira como as religiões tendem a ensiná-lo.

COR: Perdão da velha ordem?

SAINT GERMAIN: Perdão de si mesmo.

Falo aqui do fato de que a maioria tem medo da própria vulnerabilidade e da humanidade.

Um sentimento de “minha impermanência está me matando”, pode-se dizer, o que é uma combinação divertida de palavras, ou irônica.

Nosso ponto é que você, como raça, não sente isso sozinho, isolado e vulnerável a ataques há vários séculos.

E você está reagindo de várias maneiras que não necessariamente ajudam em seu aspecto eterno.

Em seu desejo de imortalidade física, você se apegou à promulgação da lei NESARA como uma espécie de cura para o seu status efêmero, quando na verdade não foi criado para isso.

COR: No entanto, foi criado para libertar a humanidade – para nos devolver à soberania plena, mesmo que vivamos apenas mais alguns minutos após a sua promulgação!

SÃO GERMAIN: Com certeza, isso dará início a mudanças que muitos considerariam milagrosas – uma mudança drástica do sistema de escravidão feudal sob o qual a humanidade viveu por milênios.

Os preparativos estão sendo feitos para essas mudanças agora mesmo.

No entanto, isso não cria suas liberdades, por si só. Não pode ser apenas a lei que determina as liberdades da humanidade, antes ou agora.

Sua raça de seres está elevando sua frequência a níveis onde você está percebendo suas forças inatas para criar novas realidades.

Isso não é algo que uma lei “dá” a você, já que as leis tendem para assuntos externos, e falamos daquilo que é intrínseco a todos os humanos.

Para mover-se totalmente para a própria consciência consciente é o primeiro passo para se libertar, e então, conforme os outros seguem, um movimento e, em seguida, uma mudança planetária, é criada.

Isto é onde começa. Essa é a porta aberta que você procura.

Não a promulgação desta lei que é mais o anúncio dessas mudanças do que a sua criação.

COR: Perdoe-me, senhor, mas você parece estar falando em termos bastante idealistas.

Os humanos vivem de um dia para o outro, e nunca mais do que agora, como em todos os tempos de crise.

Quase nenhum de nós está lá fora dando graças pelo novo dia, vivendo inteiramente no presente, pavimentando o caminho para um mundo 5D com nossa vibração alegre.

Alguns, talvez. Mas a maioria os veria como vivendo em um mundo de sonho.

O verdadeiro trabalho de ser humano significa comunicação externa – encorajando uns aos outros onde podemos para permanecer o mais positivo possível, mas equilibrando isso com as tarefas diárias em curso que são baseadas nas realidades da Terra – trabalho e pagamento de contas, e cuidado de nós mesmos e família.

Não estamos criando novos mundos admiráveis, porque a vida já parece um romance de Aldous Huxley!

SAINT GERMAIN: Ah! E então – agora é a hora!

COR: Para perdoar nossa vulnerabilidade?

Para nos perdoar por ter mordido muito mais do que poderíamos mastigar encarnando neste momento?

SAINT GERMAIN: Certamente que sim!

E que você perdoe seu próprio coração por se inclinar para NESARA e a libertação deste planeta, como se você ainda estivesse casado com o padrão de crença salvador / vítima, e se segurando, esperando que seu herói ou heroína chegue para salvá-lo.

COR: Mas é um ato heróico, perdoar no sentido de dizer: “Eu, por meio desta, me liberto de meus próprios julgamentos, de mim mesmo ou dos outros. Eu chamo tudo de bom! Isso é tudo.”

SAINT GERMAIN: Provavelmente uma das maiores coisas para a qual vocês nasceram neste momento, todos vocês.

COR: A coisa toda é LIDADA com ironias!

SAINT GERMAIN: E assim é a vida na Terra, meu querido. Nos reinos mais elevados, você às vezes acha isso divertido.

COR: Eu também estou maluca, então.

SAINT GERMAIN: Mas não sem propósito. Tudo está bem, como você falou antes, embora a humanidade ainda não veja isso.

COR: Estranhamente, isso eu posso aceitar!

Mas você pode nos dizer, por favor, o quão perto podemos estar?

Você falou de um número de passos ou estágios de quando conversamos há alguns meses…

SAINT GERMAIN: Diríamos agora que restam dois.

Namaste, meu querido!

Estamos com vocês, todos nós. Nenhum de vocês está abandonado, agora ou nunca.

COR: Obrigado, senhor. Bênçãos para você.

SÃO GERMAIN: [curvando-se] Em seu serviço, senhora.

E a serviço de todos.

Canal: Caroline Oceana Ryan
Fonte: http://carolineoceanaryan.com/
Tradução: Sementes das Estrelas / Jessica Braga 
Veja mais O Coletivo de Luz / O Conselho Aqui

Compartilhe esse artigo

About Author