Você, astrólogo (e qualquer um que se sintonize com as informações abaixo), amante dos astros e tudo que está relacionado a essa energia! Você que vive olhando as estrelas, que admira o movimento dos astros, suas energias e influências, seja bem-vindo a sustentar essa força!

Havia um sistema com vários pequenos planetas. Um deles se destacava: Hangrar. Localizado nos arredores de Sírius, estrela que iluminava aquele sistema, Hangrar tinha algumas luas à sua volta. Uma delas, chamada Hebah – que na linguagem local do sistema significa “integração mística” – mudou de órbita após uma chuva de meteoros gigantes. Estes meteoros empurraram Hebah ainda mais para dentro da órbita de Hangrar, causando um choque entre os dois astros. A lua Hebah foi completamente destruída e sua alma ficou mesclada à de Hangrar.

Depois de muito tempo, soube-se que aquela chuva de meteoros não foi “natural”. Foi causada por um grupo de seres chamados de “Zergurons”, ou algo assim (não identifico o nome, com clareza). Eles queriam aquele sistema, mas havia uma resistência muito grande por parte de seus defensores e habitantes. Então, eles promoveram um cataclismo direcionando grandes asteroides para aquele sistema, a fim de neutralizar a vida existente ali, para que pudessem “recomeçar” sob o domínio deles.

Mas, não foi bem como o esperado. A maioria daquela civilização resistiu e, ao contrário do que eles imaginavam, aquelas explosões acabaram criando um campo magnético muito poderoso de proteção, uma espécie de radiação especial que era tóxica ao grupo invasor, mas muito benéfica para os habitantes dali, tanto que eles tornaram-se mais conectados e com uma inteligência aumentada. Assim, se os “Zergurons” já não conseguiam entrar com facilidade ali, agora seria impossível.

Hangrar, na época, era um planeta de terceira/quarta dimensão, mas muito mais elevado espiritualmente do que a Terra. Seus habitantes tentavam entender a si mesmos e tinham um maior contato com seus mentores. Apesar de não haver aterrissagens de Naves no planeta, estas se mostravam muito mais do que se mostram na Terra hoje. Os habitantes tinham uma maior abertura para isso e ficavam muito felizes quando avistamentos aconteciam. Era ali que a consciência da lua Hebah “encarnaria”, pois ela pediu a Hangrar (planeta/alma) a permissão para encarnar na superfície dele. E assim foi. Quando encarnou, com certa lembrança de quem era, Hebah ali ajudou a muitos a se integrarem misticamente com aquele planeta e com os astros e estrelas daquele sistema. Hebah virou uma astróloga muito conhecida naquele lugar. Vejo a imagem de uma senhora muito velha e muito bela, sempre com crianças a sua volta pedindo-lhe para contar as histórias dos astros, como estes se movimentam, seus ciclos, etc. Hebah tornou-se uma das maiores místicas daquele planeta, encarnando em sua superfície pelo menos dezesseis (16) vezes.

Hangrar ainda existe nesse sistema e é habitado. A civilização de lá, naquela época, era muito semelhante a da Terra hoje: Humanoide, e com os desafios da dualidade. A maioria dos habitantes era razoavelmente alta nos seus dois metros e dez centímetros (2,10), mas também havia uns mais baixos com aproximadamente um metro e sessenta (1,60). Hoje, após a ascensão para 5ª e 6ª dimensões, houve, naturalmente, um ajuste em seus corpos, estando eles agora com a aparência de pele clara, em tom perolado. As cabeças, em sua maioria são carecas, com o crânio levemente alongado para trás. Alguns com lindos cabelos que mais parecem fios de ouro. Olhos, também, em sua maioria dourados, mas alguns com olhos verdes ou amendoados. Assim era Hebah! Hebah tinha mais ou menos um metro e setenta e cinco, com lindos olhos dourados, grandes, cabelos dourados amarrados em “rabo de cavalo”, na maior parte do tempo. Tinha um lindo véu em um tom de dourado suave envolvendo-lhe a cabeça. Usava lindas vestes também douradas. Ela segurava um lindo cetro cravejado de esmeraldas brilhantes que, na ponta, parecia que o próprio Sol Local do Sistema Solar estava ali.

Certa vez, Hebah estava com muitas crianças à sua volta apontando para o céu daquele planeta, mostrando as estrelas, constelações e ensinando sobre os astros e suas influências energéticas. Havia nas proximidades outro lindo planeta com lindos anéis que, de tão próximos, podia ser visto muito perto de Hangrar (exemplo: https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images). Ela pediu, então, para todos fecharem os olhos e entoarem um mantra:

“ESSANKE, ESSANKE, MALUN, MEAHAN, MAHAN, MAALHAN DÊ. ÊEE ALÊ ANAKNE! ÊEE ALÊ ANAKNE!” (Repete-se quantas vezes quiser…)

Esse mantra, segundo Hebah, era indicado para conectar-se com as estrelas e trazer as energias delas e de todos os astros. Hebah ensinava que ao entoar esse mantra ela sentia-se a desprender do corpo e a conectar-se a qualquer astro que ela quisesse. Ela brincava com as crianças: “Você pode ser o que você quiser! Quer ser uma estrela? Entoe o mantra! Quer ser uma lua? Entoe o mantra! Um cometa…” etc. Em poucos minutos, juntava-se a ela uma multidão e todos entoavam o mantra, formando um poderoso campo energético e elevando drasticamente o campo vibracional de todos.

De fato, quando entoado, esse mantra também ajuda os seres a se conectarem com sua criança interior, trazendo de volta a alegria de viver e de estar integrado com tudo. Ele impulsiona, anima, empodera e tudo isso alinhado com a sua criança interior. Além disso, aumenta as suas capacidades intuitivas e ajuda a atrair as vibrações positivas que lhes auxiliarão no desenrolar das suas missões na Terra e/ou onde quer que estejam. É um mantra muito poderoso. Quando Hebah deixou pela última vez o corpo físico naquele planeta, todo o planeta cantou esse mantra para ela, enquanto sua alma ascendia para os planos mais sutis.

Muitos dos que não gostavam daquele sistema por seus motivos particulares tentavam também encarnar ali, de um modo “natural”, mas foram impedidos porque causariam confusão. Estes acabaram encarnando na Terra, pois ao saber qual seria o destino de Hebah em seu próximo ciclo de encarnações (na Terra) também vieram. Alguns destes ainda desejam perseguir Hebah que, depois de todo esse trabalho em Hangrar, “ajustou” seu nome para Habgrar e sempre que ela emite esse nome, naturalmente traz toda a sua bagagem transcendental desta experiência. Na atualidade, essa Força Especial está sendo reancorada e reverberada na Energia Cristalina do PVSE.

Hebah, ou HEBGRAR, está encarnada na fisicalidade da Terra e atuando dentro do PVSE, trabalhando junto a mim. Alguns que estiveram naquele movimento, naquela época, também estão, inclusive como já disse, alguns dos Zergurons. Alguns dos outros estão nas zonas astrais, tanto inferiores como superiores do Plano Terrano e ainda há outros que já retornaram às suas origens.

Esta NÃO é uma “Linha Resgate”, é uma Linha de Sustentação. As Forças da Luz também chamam a todos os que se sentirem sintonizados com esse trabalho a se unirem, em Amor, na sustentação e reverberação desta força.

Uma página oficial poderá ser criada e coordenada por HEBGRAR, e quando o for, as formas de contato estarão disponíveis no link, a seguir:

Um Símbolo Geométrico que representa a iluminação desta linha foi canalizado. Este símbolo representa a iluminação completa e unificação, novamente. É este que ilustra essa publicação.

Você poderá acompanhar também nas Notas do P1 o Status da sustentação desses Projetores Especiais, que serão três (3). Um de cor dourada, outro azul-claro e um prateado e serão sustentados não somente por Hebah, mas por todos aqueles que se sintonizarem com esses acontecimentos. Hebah, por força de compromissos anteriormente assumidos e pela necessidade própria individual solicitada, e em comum acordo com o Alto Conselho Superior do PVSE a bordo de uma das Naves do Comando, é a Primeira em Sustentação, com a responsabilidade de guiar o movimento com muito Amor e carinho, junto a todos aqueles que se sintonizarem.

Querida HABGRAR e todos aqueles desta sintonia, fico sempre muito honrada em poder ser a transmissora dessas histórias reais e lhes dar a oportunidade de saberem um pouco mais do seu passado, neste Planeta e fora dele. Que Jesus possa continuar me abençoando para que também eu possa abençoar a quantos puder, através de informações que venham a ajudar, cada vez mais, a Unificação dos Povos e a Iluminação das Consciências! Graças a Deus!

Pela Verdade, nada mais que a Verdade,
Em Amor e Bênçãos,

Neva (Gabriel RL)

A Civilização de Hangrar deixou uma mensagem especial para Habah (e, claro, pode ser estendida a todos os que se sintonizarem com essas informações, tendo estado ou não presentes em tais acontecimentos):

Transmissão direta:

“Hebah, nós sabíamos que o momento chegaria quando você nos ouvisse através do seu novo corpo na Terra. Nós ainda existimos aqui, em Hangrar. Sua essência ainda está aqui conosco. Nós esperamos (6) seis mil anos até ter um canal que pudesse nos retransmitir na energia que gostaríamos. Muito felizes e agradecidos! Nós estaremos mais integrados a você! Eu, Nia, sou uma amiga sua daqui de Hangrar e falo, agora, por todos aqui. Estamos em uma sala especial de transmissão. Todos ouvimos você. Estamos emocionados!”

“Reconhecemos todos os seus esforços para essa reconexão, e o momento chegou. Estamos em êxtase e muito felizes! Nós agora alcançamos a 5ª e 6ª dimensões e ainda existem lembranças da sua energia aqui. Muitos ancestrais lembram-se de você como a mãe Hebah, e veja: agora você é uma linda Terrana bem moça (risos…)!”

“Nós sabemos que sua alma gêmea está com você e queremos transmitir-lhe também o nosso carinho.”

“Nossa transmissão está sendo finalizada, pois é ainda um pouco difícil transmitir tão diretamente dessa forma sem que haja uma tentativa de interferência. Para poupar o vaso físico de Neva, vamos, temporariamente, cortar a transmissão. Mas saiba que pode nos chamar a qualquer momento, através de Neva, ou não. Nós a ouvimos.”

“Haluth Táh! (Uma saudação deles que significa “Bem e Plenitude”.)

Fim da transmissão.

Querida Hebah, boa sorte e muita Luz!

Em uma nota final, meus queridos! Algumas pessoas estão criando páginas usando os nomes de alguns relatos que estou trazendo, dizendo serem elas os representantes desses movimentos. Alerto que todas as páginas oficiais desses movimentos ficam disponíveis no link a seguir, e por qualquer uma que NÃO esteja nessa lista, eu não me responsabilizo pelas informações entregues: https://www.sementesdasestrelas.com.br/2016/11/pleiades-1-chamada-aos.html.

PARA OUTRAS LINHAS CLIQUE AQUI

MAIS CANALIZAÇÕES MINHAS CLICANDO AQUI

VEJA MAIS NOTAS DO PLÊIADES 1 CLICANDO AQUI 

INFORMAÇÕES E GLOSSÁRIO ESPECÍFICO CLICANDO AQUI

CHAMADA AOS AGRUPAMENTOS/FALANGES! CLICANDO AQUI

TERRANOS RECONHECENDO ORIGEM! CLIQUE AQUI

ENUNCIADOS DO PLÊIADES 1 x FATOS CLIQUE AQUI

SEE MORE NOTES of PLEIADES 1, IN ENGLISH, CLICK HERE

INFORMATION AND GLOSSARY SPECIFIC, IN ENGLISH, CLICK HERE

Canalizações, tecnologias, consagrações, meditações, palestras e atendimentos com Neva (Gabriel RL) CLIQUE AQUI

Pela Verdade, nada mais que a Verdade,
Em Amor e Bênçãos,

Neva (Gabriel RL)