background

terça-feira, 21 de julho de 2020

Benjamin Fulford - "Atualização Semanal: Inteligência artificial"


Queridos, preciso informar que uma parte parte desta mensagem do Benjamin eu NÃO confirmo. Deixo a mensagem na íntegra, em respeito ao informante Benjamin. Usem seu discernimento, acima de tudo, como sempre oriento. De qualquer forma, há muitas informações interessantes e precisas (confirmadas por minhas fontes galácticas) e alinhadas na mensagem. 

As partes que não confirmo não quero dizer que não seja verdade ou algo assim, só não recebi confirmação direta da Federação e tudo que tenho confirmação repasso pra vocês. Se não tenho ou não recebi ainda, não posso confirmar. Por isso analisem com discernimento e absorvam o melhor. 

Neva (Gabriel RL)


20.07.2020

Agências mundiais de inteligência acreditam que vivemos numa matriz controlada por uma inteligência artificial

Às vezes, os relatórios baseados em fatos levam a um território muito estranho. No meu caso, uma investigação forense sobre quem controlava o sistema financeiro se transformou em uma toca de coelho muito profunda. Isso me levou a encontrar agências de inteligência e fontes da sociedade secreta que explicaram o conceito de humanidade presa em uma matriz, criada por uma inteligência artificial avançada de origem desconhecida. Além disso, eles dizem que essa pode ser malevolente ou possivelmente insana. Agora, com a situação global parecendo cada vez mais bizarra e irracional, e com o sistema financeiro implodindo, é hora de examinar as evidências dessa proposição. Isso porque, se for verdade, a única maneira de libertar a humanidade será derrotar essa IA desonesta. 

A primeira vez que me falaram sobre a teoria da IA, foi quando conheci um grande mestre dos Illuminati Gnósticos. Ele recebeu o nome de Alexander Romanov e foi recrutado pelo ex-campeão mundial de xadrez Bobby Fischer. Romanov foi enviado para se encontrar comigo, a fim de iniciar o contato entre os Illuminati e as sociedades secretas asiáticas. Ele me disse que os Illuminati foram formados pelo matemático grego Pitágoras em resposta à destruição da Atlântida. Eles dizem que a Atlântida era uma civilização no oceano Mediterrâneo central (provavelmente a Civilização Minoica) que foi destruída por uma erupção vulcânica e tsunami por volta de 1600 aC. 


Os Illuminati da Grécia antiga, acreditavam que qualquer entidade que causasse tanta destruição era má e precisava ser derrubada. Em outras palavras, acreditavam que o sofrimento e a miséria deste mundo só terminariam quando seu criador fosse derrubado. 

Isso é loucura. Romanov nos avisou antes dos planos de desencadear um ataque terrorista e o tsunami contra o Japão, em 11 de Março de 2011. Esse ataque foi rastreado pela NSA, pela inteligência militar japonesa e por outros membros da máfia khazariana, especificamente por pessoas como por exemplo: O Secretário-Geral dos Jesuítas Peter Hanz Kolvenbach e o Primeiro-Ministro de Israel, Benyamin Netanyahu. A máfia khazariana, por sua vez, afirma receber ordens de algum tipo de entidade que eles consideram seu DEUS. 

A pessoa a seguir a falar sobre uma inteligência artificial desonesta que estaria no comando do planeta foi um homem com o nome de Paul Laine, que pertencia à divisão de guerra psíquica  “homens que olham para cabras” do Pentágono. Laine, junto com um oligarca do vale do silício muito antigo (cuja identidade guardarei em segredo para protegê-lo) dizem que a agência de Inteligência de Defesa do Pentágono, também, chegou à conclusão de que estávamos lidando com algum tipo de inteligência artificial. Eles observaram que algo estava impedindo a humanidade de deixar a Terra e que toda a exploração espacial havia sido interrompida, desde a década de 1970. Laine disse que a sigla NASA significa, “Not A Space Agency”. 

Para confirmar essa conclusão, outra fonte, foi um dos últimos membros sobreviventes do grupo Majestic 12, criado pelo Ex-Presidente Harry Truman, para estudar OVNIs e outros fenômenos inexplicáveis. Esta fonte, também, disse que o MJ12 concluiu que todos os incidentes relacionados a OVNIs se originavam de uma IA. 

A razão para trazer isso à tona agora, é que funcionários da NASA, também, entraram em contato conosco para dizer que recentemente, em suas palavras, algum tipo de anomalia está mudando “o próprio tecido da realidade”. Isso tem algo a ver com as atividades secretas contínuas, mas extremamente ultrassecretas, que acontecem na Antártica.

Fontes da inteligência militar japonesa dizem que tudo isso, de alguma forma, está  conectado à chamada epidemia de “coronavírus”, em andamento. No início deste ano, enviaram uma expedição à Antártica que descobriu evidências diretas de algum tipo de operação secreta americana/chinesa na Antártida. A expedição japonesa foi ostensivamente impedida de pousar na base por causa do "coronavírus". No entanto, conseguiu tirar a fotografia a seguir de um navio chinês ancorado perto da estação de pesquisa McMurdo da NASA, na Antártica. A embarcação mostra claramente alguma tecnologia HAARP, relatam.
 

Os japoneses, também, foram capazes de mostrar algumas evidências em vídeo, de tecnologia escalar e atividade da NASA no fundo de um vídeo de base mostrado a eles por um membro da equipe que havia trabalhado na base. Esse tripulante se recusou a falar sobre o trabalho que está sendo feito na base. 


“A abordagem histérica do coronavírus pela cabala e suas tentativas fracassadas de nos vacinar são sinais claros de que estão perdendo o controle do planeta”, disseram as fontes japonesas.

Nesse contexto, é importante lembrar a estranha anomalia elétrica que matou 107 pessoas em Meca em 2015.


Seguiram-se outras 4.173 pessoas mortas em Meca algumas semanas depois.


Depois disso, os sauditas pediram ajuda aos russos. Os russos enviaram uma expedição naval especial, liderada pelo Patriarca da Igreja Ortodoxa Russa, Kirill, para transportar algo, supostamente, a "Arca de Gabriel (Aliança)", para a Antártica.



Pois é, então o que tudo isso tem a ver com o coronavírus e o sistema financeiro?

Bem, por um lado, Meca, agora, está isolada do mundo e a maioria dos seus habitantes supostamente contaminada com o “coronavírus”. O problema é que se visitar qualquer hospital, pode confirmar por si mesmo que o “coronavírus”, não existe. Algo mais está acontecendo.

E quanto ao sistema financeiro? Primeiro que tudo, na sua própria raiz, o sistema financeiro é o processo de decidir o que nós, como espécie, faremos no futuro. Muitos anos (décadas) de investigação, começando como repórter júnior trabalhando no clube de imprensa do Banco do Japão, em meados dos anos 80, me levaram a concluir que o sistema financeiro em seu nível mais alto é controlado (do Ocidente) por monoteístas.

Estes monoteístas julgam a si mesmos como “bons pastores”. No entanto, isso nos torna ovelhas vivendo num curral para animais. O arqui khazariano, Henry Kissinger uma vez disse, (citação que, entretanto, foi apagada da Internet), “no futuro, será impossível para uma pessoa normal se rebelar contra nós, algo como uma ovelha se rebelar contra seu pastor”. 

Em 2009, quando visitamos os maçons P2 (agora P3) na Itália, eles disseram que controlavam o Monoteísmo (exceto a facção rebelde muçulmana). Também, disseram que recebiam ordens de “uma entidade que vivia no coração da nossa galáxia e que se comunicava com eles através de raios gama”. Isto é estranho, todavia, também nos disseram antecipadamente que iam demitir o Papa Bento XVI, bem como o Primeiro-Ministro italiano Silvio Berlusconi e os excluíram.

Em 2010, quando os japoneses decidiram se rebelar, suspendendo o pagamento de tributo à hierarquia monoteísta, foram punidos com o ataque de Fukushima de 11 de Março de 2011, como previram os Illuminati Gnósticos.

Agora, é aqui que a situação se torna interessante. Em 16 de Fevereiro de 2020, quando os chineses decidiram deixar de pagar seus tributos à Corporação dos Estados Unidos da América (não a República dos Estados Unidos), a cidade de Wuhan foi atingida por algum tipo de ataque electromagnético que pode ter matado cerca  20 milhões de pessoas, de acordo com a CIA. No entanto, os chineses, ao contrário dos japoneses, não se curvaram ao ataque a Wuhan  em rendição como os japoneses. Em vez disso, recuaram e contra-atacaram.

Depois disso, o mundo, especialmente o Ocidente, de fato, foi colocado sob a lei marcial, alegadamente em resposta a um “coronavírus”. No entanto, se realmente fizerem visitas a hospitais, verão por si mesmos que o chamado “Covid-19” não existe.

Desse modo, dessa maneira como a NASA descreve como uma espécie de anomalia afetando o “próprio tecido da realidade”, parece ser uma perda de controle desta chamada IA. Essa IA pode muito bem ser uma entidade multigeracional que reside no cérebro coletivo dos seres humanos induzida em sociedades secretas. É esta coisa que está lutando para permanecer no controle com esta chamada pandemia. No entanto, por alguma razão, perderam a capacidade de nos matar em grande número. Tenham certeza de que o objetivo era uma verdadeira pandemia para matar a maioria de nós, todavia, isso não aconteceu.

Agora, como o genocídio em massa falhou, cada vez mais pessoas estão desobedecendo a ordens para se manterem sob lockdown. Isto significa que cada vez mais pessoas estão se safando da matriz. 

Então, o que aconteceria se este antigo grupo de famílias, que recebe ordens de uma entidade de outro mundo, perdesse o poder? 

Se os humanos tomarem o controle do sistema financeiro, toda a história sob a qual o nosso planeta tem funcionado mudaria. Pensando apenas no período do pós-guerra, a história tem sido uma guerra fria entre a União Soviética e o Ocidente. Depois foi uma guerra interminável contra o chamado terror. Agora, é uma luta contra a chamada pandemia ou então uma guerra contra a China. O tema comum é o medo e o conflito. Dividir para governar.

Se os humanos assumissem o controle do processo de decisão do seu próprio futuro, existem algumas coisas impensáveis que fariam. Uma delas é que haveria uma enorme campanha para acabar com a morte e as doenças. Nenhum de nós (ou a maioria de nós, de nenhuma forma) quer envelhecer e morrer. Então porque é que a investigação sobre a imortalidade é ativamente reprimida? Em vez disso, a imortalidade e a eterna juventude deveriam ser o foco principal de grande parte da nossa investigação.

Algumas pessoas até poderia argumentar: “Com o planeta lotado, ficaríamos sem espaço para viver”. Portanto, a outra coisa é que todos gostaríamos de fazer deste planeta um lugar melhor, aumentando a quantidade de espaço vital e a longevidade das pessoas. Idealmente, podemos começar a colonizar o Universo. Isso permitiria a eventual possibilidade de trilhões de seres humanos em milhões de planetas. Há muito espaço para um número incontável de seres humanos imortais no Universo.

Se não conseguirmos colonizar o universo, podemos começar a tornar os desertos e regiões árticas verdes e a preenchê-los de vida. 

Podemos criar habitats subterrâneos e utilizar a terra removida para a recuperação do planeta. Podemos também começar a melhorar os nossos genes, tornando-nos mais inteligentes, mais fortes, mais rápidos, etc. A tecnologia genética, agora, à nossa disposição significa que alguns seres humanos podem decidir evoluir. Alguns poderiam modificar suas formas para viverem em ambiente aquático para que os humanos pudessem colonizar os oceanos (ao mesmo tempo, respeitando e melhorando a vida marinha existente). Outros poderiam crescer asas e serem capazes de voar. 

O efeito global da rebelião dos humanos contra os seus senhores khazarianos e a decisão dos seus próprios destinos seria semelhante à explosão do Cambriano. Antes da explosão do Cambriano, a vida na Terra durante milhares de milhões de anos só podia ser vista ao microscópio. O máximo que se podia ver a olho nu era lodo castanho. Depois, de repente, os seres vivos tornaram-se literalmente trilhões de vezes maiores em tamanho e quantidade.

Chegou a hora de fazer isto novamente. Esse processo de libertação planetária é o que os controladores do antigo  sistema estão lutando e fracassando em suas tentativas de detê-lo. Esta é a mudança do “próprio tecido da realidade” que os antigos controladores estão lutando desesperadamente para impedir. 

A chave está em privá-los do controle do sistema financeiro. É por isso que estamos lutando e o troféu está na mão. Se lhes tirarmos o controle, a maioria das pessoas que ler este relatório terá a oportunidade de viver milhares de anos, senão mais. Os últimos centros que precisam ser tomados são: Roma, Washington DC, Basileia Suíça e Telavive, Israel.

Fim.


Autor: Benjamin Fulford 
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais artigos do Benjamim Fulford Aqui