Avante através do túnel que nós caminhamos

Avante através do túnel que nós caminhamos

Compartilhe esse artigo

Um dos temas que sempre aparecem neste mês é ‘fique no olho da tempestade”. Com tantas mudanças rápidas ocorrendo e tanto ruído externo, é crucial ter algum tipo de abrigo seguro para onde você possa se retirar, para recuperar o equilíbrio, a sanidade e a clareza. Um refúgio interno deve, neste momento, ser inegociável. Por favor, veja as idéias abaixo, se necessário. Um refúgio externo também é importante, se possível: seja sua casa ou amigos e familiares que o apóiam. Se nada disso for possível, e estou ouvindo de muitos de vocês agora que não é, tente encontrar conexões por meio de grupos com ideias semelhantes, seja pessoalmente ou online. Sentir um senso de unidade, comunidade e conexão genuína com a alma é a chave para nossa sobrevivência emocional. Uma das razões pelas quais comecei o Sanctuary Space Zooms (Zoom do Espaço do Santuário) é para fornecer espaço para quem precisa, para falar, compartilhar, ouvir ou apenas sentir que não está sozinho.

As coisas estão mudando tão rapidamente de um dia para o outro, e há tantas peças em movimento. É como se estivéssemos todos participando de um filme em que alguém avançou rapidamente! É muito natural que nossas respostas ao estresse surjam constantemente durante um período de turbulência, incerteza, coerção implacável, divisão de família / amigos / comunidades e segregação social. No entanto, não podemos nos dar ao luxo de viver em um estado de estresse 24 horas por dia, 7 dias por semana, pelos próximos meses ou anos e quem sabe até onde. Temos que cuidar prioritariamente de nossa saúde física, mental e emocional, para que possamos navegar esse tempo com tanta força, coragem, clareza e tranquilidade quanto possível.

Nossas respostas de estresse aumentam porque, em algum nível, não nos sentimos seguros fisicamente, mentalmente, emocionalmente ou espiritualmente. Nosso corpo está fisiologicamente preparado para sobreviver e, para sobreviver, precisamos nos sentir seguros em todos os níveis. Podemos nos sentir oprimidos, frustrados, deprimidos, com raiva, controlados, com medo de uma ameaça real ou percebida, ou alguma outra emoção. Nossa resposta ao estresse pode se manifestar fisicamente, cognitivamente, emocionalmente ou comportamentalmente. Entramos no modo lutar / fugir / congelar, que quando confrontado com um tigre dente-de-sabre real salva nossa vida. No entanto, quando experimentado cronicamente por dias, semanas, meses ou mesmo anos a fio, esse tipo de estresse tem um efeito prejudicial em todos os aspectos de nossa saúde e vida.

Se você estiver fazendo todas as suas práticas espirituais e de autocuidado usuais e descobrindo que ainda está agitado de ansiedade, tente o seguinte exercício de registro no diário: “Sobre o que não me sinto seguro?” Fale diretamente em seu diário com sua resposta específica ao estresse, por exemplo, Harry Dor de cabeça ou Insônia Ivy. Gosto de dar nomes a eles, pois torna mais fácil ter uma conversa. Pergunte a Harry ou Ivy ou qualquer que seja o nome do (s) seu (s) aspecto (s) da Resposta ao Estresse: “O que você precisa para se sentir seguro? O que você precisa que eu faça ou não faça? ”

Atravessando o túnel

Durante o zoom do Espaço do Santuário na noite passada, eu estava levando todos para uma meditação e falando sobre a escuridão que tantos estão sentindo. Tive a visão de um bebê em um canal de parto e a analogia de que é onde estamos agora. Nós deixamos o útero seguro e aconchegante do velho mundo, (embora quanto dele era seguro, e quanto dele era uma ilusão de segurança é outro tema para outro dia), e estamos sendo espremidos através do canal de parto em diante.

O canal do parto é escuro, desconhecido, desconfortável, tem voltas e mais voltas, está apertando sobre nós à medida que parece ficar mais apertado e mais estreito. Não sabemos quanto mais temos que ir. Qual a extensão deste túnel, pelo amor de Deus! Achamos que não há como isso levar a algum lugar bom ou a algum tipo de final feliz. Achamos que nunca vamos sair deste túnel escuro. Mesmo quando vemos a abertura, a possibilidade de emergência, podemos pensar “de jeito nenhum, é uma abertura muito pequena, não tem jeito”.

E ainda assim, todos os dias, milhares de bebês nascem exatamente dessa maneira. Eles emergem, em um mundo totalmente novo. No início, é apenas um novo cômodo, uma nova família, uma nova casa. Então eles percebem que é uma nova cidade, um novo país, um enorme planeta Terra para explorar! “A viagem valeu a pena”, pensa o bebê. “Isso é muito melhor do que passar 100 anos no pequeno útero, tão aconchegante e familiar como era!”

É aqui que estamos. Estamos no vazio, na escuridão desconhecida. No entanto, nós também emergiremos para o novo. Todos que estão lendo isso fizeram isso em um nível pessoal, provavelmente muitas vezes, nesta vida. E agora é hora de toda a humanidade, uma por uma, e todo o planeta passarem por este processo. É o processo de morte / renascimento / vida. O processo de trânsito de Plutão. O fim de uma velha identidade, o início de um novo processo de vida. À medida que emergimos, pode parecer apenas uma sala no início, algumas pessoas no início. Mas, eventualmente, veremos, oooh uau, há uma nova vida em um novo planeta acontecendo aqui!

No entanto, antes disso, ainda temos que passar por este canal de parto muito intenso e desafiador. Nem sempre é agradável. Você terá dias em que precisará chorar. Deixe-se chorar. Existem muitas formas de perda e luto que ocorrem em todos os processos de morte / renascimento / vida. Você terá dias em que sentirá vontade de desistir (as parteiras dizem que sabem que o parto é iminente quando a mãe começa a dizer “Não posso fazer isso! Deixe o bebê aí!”).

No entanto, apesar da dor, do peso e da loucura, há uma estranha sensação de excitação envolvendo esse momento, você pode sentir isso? Você pode sentir isso especialmente quando se conecta de alguma forma com outras pessoas que conhecem. Quem sabe não viemos aqui para ficar no velho. Não viemos aqui para continuar sendo controlados. E definitivamente não viemos aqui para que esse controle aumentasse mil vezes. Quando você se conecta com outras pessoas que sabem, isso o ajuda a lembrar que todos nós viemos aqui neste momento por um motivo. Viemos aqui neste momento para ajudar no processo de nascimento. Parteiras espirituais, homens e mulheres, sementes estelares, guerreiros da luz, vocês vieram aqui para isso.

Devemos seguir em frente pelo túnel. Não sabendo exatamente quanto tempo é, nem quantas voltas e mais voltas. Ainda assim, sabendo que estamos sendo compelidos a passar por ele, e a passar por ele mantendo nossa luz forte, mantendo nossa verdade forte, fazendo tudo o que somos chamados a fazer a cada momento.

Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo:

Viva um dia de cada vez.

As coisas estão mudando muito rapidamente com muitas peças móveis. É quase impossível planejar com antecedência. Olhar muito à frente constantemente pode levar a uma espiral de preocupação e medo. Martin Luther King Jr disse: você nem sempre precisa ver a escada inteira. Você só precisa iluminar um passo de cada vez.

Fique no seu centro

Tenha um espaço dentro de você que seja o seu olho pessoal da tempestade. Respirar fundo e permanecer no momento presente é a maneira mais simples de permanecer no seu olho / eu

Ter um bate-papo

Procure e fale com alguém com quem você se sinta seguro e apoiado

Sinta e registre no diário

Sinta seus sentimentos e anote-os se precisar. Melhor fora do que dentro!

Pratique Mindfulness

Dê uma caminhada e observe o que está ao seu redor, da mesma forma que uma criança faz. Sinta o cheiro das flores, ouça os pássaros, sinta o sol em seu rosto

Pratique Gratidão e Apreciação

Mantenha um diário de gratidão ou converse à mesa de jantar sobre o que você é grato e peça a todos que digam algo de bom que aconteceu hoje

Respire, Medite

Faça alguma respiração profunda, relaxamento muscular ou meditação por último à noite, para dormir e acordar o mais calmo e claro possível

Saia na natureza

Pegue um pouco de ar fresco, luz do sol, mergulhe em água salgada e sinta a Terra sob seus pés

Exercício

Qualquer tipo de movimento

Cuidados pessoais

Alimente-se de maneira saudável, beba muita água, acrescente vitaminas adequadas, se necessário, use óleos essenciais como lavanda para ajudar no sono e no relaxamento

Faça atividades calmantes

Jardinagem, artesanato, panificação, leitura de um livro – o que você gosta de fazer que não tem feito?

Monitore a exposição às notícias

Evite telas / e-mails / redes sociais / notícias especialmente à noite ou logo de manhã.

Rituais de Nutrição

Crie uma prática de nutrição curta, de até 5 minutos, para fazer a última coisa à noite e a primeira coisa pela manhã

(c) Dana Mrkich 2021. É concedida permissão para compartilhar este artigo livremente com a condição de que o autor seja creditado, e o URL www.danamrkich.com seja incluído.

Autor: Dana Mrkich
Fonte: https://eraoflight.com/
Tradução : Cintia Libório / Sementes Das Estrelas

Compartilhe esse artigo

About Author